RuyGoiaba

Feliz napalm pra todos

08.11.19

Olá. Tem alguém aí? Tudo bem com vocês?

Passei uns dias — não, detratores, infelizmente não foram os dois meses de férias defendidos por Augusto Aras para a turma do MP; quem me dera — zanzando pela Europa e sendo mais um brasileirinho deslumbrado com aquela coisa curiosa que, segundo o Eça de Queiroz, fica-nos curta nas mangas: a civilização. Talvez os italianos nem sejam tão civilizados assim, mas disfarçam melhor desde a época em que Ferdinando de’ Medici tocou os açougueiros pra fora da Ponte Vecchio e pôs umas joalherias no lugar. E têm Berninis de montão — embora, admito, o mestre do barroco não chegue aos pés do gênio que nos legou uma obra como o Cocozão de Ponta Grossa.

Fugi do Bananão o máximo que pude, mas os brasileiros somos uma praga que dá em todo lugar e viceja nas condições mais adversas. Desde meninas tentando decifrar o alfabeto grego numa estação de metrô de Atenas até o sujeito que, da loggia do Mercato Nuovo — o “camelódromo chique” de Florença –, deu uma bronca em português no colega do outro lado da rua (“ô, Fulano! Vai ficar passeando pela cidade em vez de trabalhar, porra?”), foi impossível não esbarrar em meus semelhantes. Brasileiro gritando com outro no meio da rua e dizendo “porra”: Deus do céu, como não se sentir em casa?

Um belo dia, reentro na atmosfera do Brasil e tenho a péssima ideia de dar uma olhadinha nas redes sociais, essa ágora dos tempos modernos, esse celeiro de craques que chutam com as quatro. Encontro um grupo comentando a proposta de Paulo Guedes de extinguir cerca de um quarto dos municípios brasileiros — é mais fácil Jair Bolsonaro mudar de sexo durante o mandato e passar a atender por Odete que isso ser aprovado no Congresso em véspera de eleição municipal, mas OK. Os gênios do Twitter pareciam achar que extinção dos municípios implica extinção dos habitantes — afinal, “desse governo pode-se esperar tudo”.

Pensando bem, por que não? Talvez o programa Napalm para Todos seja mesmo a salvação deste país — ou qualquer coisa que preserve as belas paisagens e elimine o principal problema, que são as pessoas: nenhuma piada nos exprime melhor que aquela dos anjos perguntando a Deus por que tanta beleza no Brasil e tão pouca em outras paragens e Deus respondendo “cês vão ver o povinho que eu vou colocar lá”. Sei lá, terraplanar tudo, deixar um espaço pros índios de short Adidas (legítimos representantes do país) e estacionamento pra argentino ir à praia naquilo que sobrar. E trocar “ordem e progresso” por “7 a 1 foi pouco”.

Um século atrás, o poeta francês Guillaume Apollinaire já queria saber onde estava o Cristóvão Colombo a quem deveremos o esquecimento de um continente. É verdade que hoje muito menos gente morre como o próprio Apollinaire, vítima do surto de gripe espanhola em 1918. Ou seja, como dizia Paulo Mendes Campos, antigamente as coisas eram piores — depois foram piorando. E nada de o tal Colombo aparecer. Feliz napalm pra todos.

***

A GOIABICE DA SEMANA

Não dá para competir com a troca de carícias entre Augusto Nunes e Glenn Greenwald na Jovem Pan: foi a exata expressão daquilo que os narradores de futebol chamam de “cenas lamentáveis”. Enquanto o governo não encampar o meu projeto do napalm ou reforçar com césio-137 a dieta de todos os brasileiros, acho que o jeito vai ser legalizar a rinha de jornalistas.

Greenwald e Nunes em pleno debate de ideias na Pan, nesta quinta-feira

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O correto é terraplenar, pois o serviço é de terraplenagem. A não ser que você estivesse querendo relacionar com terra plana, essa loucura atual.

  2. Voltou? Não fazia ideia de que tinha ido. Ser obrigado a assistir a uma bateria interminável de trabalhos de conclusão de cursos dá nisso: ler até a coluna da Goyaba (com ípsilone mesmo).

  3. Que saudade... Sua ausência pareceu de um século... Já estou plenamente revigorada!! Qto ao Augusto Nunes: ele representa todo brasileiro de bem! A "bifa" em Verdevaldo foi bem dada! Bem vindo de volta, lindo!!

    1. Olha, o Augusto Nunes pode até ser processado mas ele só fez o que muita gente já vem querendo fazer há bastante tempo.

    2. Olha, o Augusto Nunes pode até ser processado mas ele só fez o que muita gente já vem querendo fazer há bastante tempo.

    3. Você está enganada. Foi um erro. Era tudo que o gringo queria. Ele vai processar o Augusto. E vai ganhar

  4. É, Ruy... A gente passa um tempinho curto no primeiro mundo e quando volta, dá mesmo uma vontade de jogar uma bomba para ver se o pau que nasceu torto dessa vez nasce certo.

  5. Não apoio a violência, mas no caso do Verdevaldo, achei lamentável que não tenha sido de mão fechada, com força bruta, bem em cima do nariz

  6. Goiaba, o Glenn não passa de um ativista. Chamá-lo de jornalista apenas demonstra o grau de civilidade do autor desta coluna ; )

  7. Augusto Nunes é um jornalista destemido e sem medo de dar a cara à tapa, porque é honesto. Mostrou não ser hipócrita ao desferir um soco nesse pseudojornalista, cúmplice no roubo de mensagens. Pena, muito pena mesmo, não ter acertado em cheio o nariz de mentiroso que esse ladrão tem!

  8. Em minha infância, e lá se vão 50 anos, cansei de ouvir os adultos chamando os bobões e os tontos de Ze Goiaba. Não mudou nada.

  9. Sarcasmo requintado. Humor inteligente. Ou será que alguém, ao ler esta coluna, espera uma análise jornalística fria e técnica dos fatos? É um texto bem-humorado e gostoso de ler. Gostei.

  10. É uma pena que você não tenha o privilégio de longa férias. Não nos fez falta. Quanto a redução de municípios,se você conhecesse melhor o seu país,talvez pudesse ver a real necessidade de diminuir o número de municípios. Passar bem.

  11. que boa nova: vc voltou ! pq está Edição 80 da Crusoé vai ser arquivada pra sempre da nossa memória! sim.. ela não aconteceu!!!! passei o dia lendo as Edições anteriores que me dessem esperança. conta pra gente uma coisa "nova" da sua infância!!!!

    1. Mas não foi violência, não! O Augusto estava apenas matando um mosquito no pé da orelha do gringo!

  12. Ei, Ruy, deixe de ser essa goiabada domesticada, que fica indignada quando vê um homem agir enquanto tal. Augusto Nunes não é um hominho acovardado e desvirilizado que ouve alguém Verde chamá-lo de covarde e deixa barato. Qdo crescer, seja igual

  13. Pra te atualizar mais um pouquinho, durante seu dolce far niente, por aqui teve de tudo: desde um presidente "P" da vida fazendo uma live às 4 da manhã lá das bandas das arábias, até esse mesmo presidente ser comparado a um leão cercado por hienas. Mas a pérola máxima veio da parte de um dos rebentos desse dito presidente: o mendecapto sugeriu reeditar o AI-5 (nada disso é fake, tudo verdade)

    1. A bem da verdade, eu adoraria que tudo isso fosse "fake", mas infelizmente não é.

    2. Isso, vamos ajudar a enriquecer os textos desse jornal. O pessoal parece não ler notícias

  14. Goyaba, Dio Santo!!!! Tava dando rolezinho nas oropas??? Depois dizem que os jornalistas ganham mal... kkkkkk!!!!! Bem vindo ao Circo Brasilis. A essa altura você já tá sabendo que Luladrao tá livre, leve e soltinho da silva. E tem mais um montão de meliantes na cola pra sair da cadeia. Querido, volta pras bandas das oropas pq aqui tá osso...

    1. Pois é, Marcos... só nos resta rirmos de nós mesmos, débeis palhaços que somos.

  15. Hahahaha!!! Muito bom! Acho que a troca do lema que consta de nosso "lindo pendão da esperança" para "7 a 1 foi pouco" deveria inclusive constar de uma PEC. Assim como o programa "Napalm para todos" e este outro aí, o Programa Bolsa Césio 137. Iríamos bombar!!!

  16. Regras p jornalistas urgentes ! Pq atualmente ser jornalista compensa pois “segredo da fonte” é puramente a impunidade ! Viva Augusto Nunes !

  17. Oi, Goiaba, bom tê-lo de volta, fez muita falta! Quanto a trocar o dístico da bandeira, eu proponho substituir por : “Nóis num vai preso”. Abraço.

    1. A bandeira brasileira atualmente acoberta quem tem kakai! DÃÃÃMMMM!

    2. Entendeu, Glória? Nóis vai ser preso, porque que nóis não tem kakay, nem gilmar.

    3. Nóis quem, cara-pálida? Kakai não é pra todo mundo.

  18. Já que vc perguntou, estamos bem, obrigada, depois da “bofetada cívica” (alguém disse isso, só estou repetindo) do Augusto Nunes. Ser chamado de covarde ainda vá lá, mas dedo na cara aí já é demais! Dito isso, agora sobre sua volta: tô feliz! É sempre muito bom ler sua coluna, Goiaba! Que vc não nos abone por tanto tempo. O humor nos redime!

  19. Depois da lavada que sofremos no STF, essa foi a única leitura possível neste número da Crusoe. Acho que todo o resto precisará de um tempo para se livrar do asco contido no texto. 7 x 1 foi uma boa é inofensiva piada...

  20. Casualmente, minha mulher e eu estamos em Florença e posso afirmar que o cara do Mercato Nuovo não só ainda está aqui como está hospedado no mesmo hotel em que estamos

  21. Poxa, Mário. Pensei que a alma do Paulo Henrique Amorim tinha roubado sua senha, quando comecei a leitura. À propósito: Verdevaldo não é jornalista, apesar de haver ganho o Pulitzer. Ontem comemoramos a versão nacional desse prêmio com um Pugilist entregue pelas mãos do mais jornalista brasileiro vivo.

    1. aquele foi cruzado que a maioria dos brasileiros queriam dar.

    2. Essa justificou o tempo que sempre perco lendo os comentários!!!!😂😂😂😂

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO