Adiamento providencial

04.10.19

A propósito do atentado contra Jair Bolsonaro, foi providencial a prorrogação, por mais 90 dias, do prazo para o encerramento das investigações a cargo da Polícia Federal. Já estava tudo organizado para fazer a apresentação à imprensa das conclusões da apuração, que certamente não agradariam ao presidente porque não foram encontradas evidências da ligação de Adélio Bispo com outros criminosos ou mesmo grupos políticos. O resultado do trabalho seria anunciado justamente no período em que o diretor-geral da corporação, Maurício Valeixo, estava sob fogo cerrado de Bolsonaro. Até que veio a solução: como havia chance de nas semanas seguintes a Justiça julgar o recurso para os investigadores terem acesso ao telefone celular do advogado de Adélio, optou-se por esperar mais um pouco. Como Crusoé informou nesta semana, o tribunal federal de Brasília onde tramita o processo já formou maioria para remeter o recurso ao Supremo, por se tratar de um caso que envolve crime contra a segurança nacional. Ao que tudo indica, ainda levará tempo para que se resolva a questão em torno do aparelho – e das mensagens que ele guarda.

Pedro Ladeira/FolhapressPedro Ladeira/FolhapressMaurício Valeixo: anúncio da conclusão do inquérito poderia enfraquecê-lo

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Atentado contra a vida do Presidente é assunto prioritário em qualquer nação do planeta! É muita incompetência! Somos mesmo o coco do cavalo do bandido.

  2. Alguns com insuficiência de interpretação de matérias colocam culpa na PF??!!! Leiam a reportagem de novo, leiam outras matérias do mesmo assunto.

  3. Absurdo a justiça guardar informações sobre um atentado terrorista contra a democracia do Brasil. O Brasil quer saber quem são os.mandantes do atentado. Seria o mínimo.de uma nação séria.

    1. É verdade. E se o caso for mesmo ao stf, nunca mais saberemos os segredos desse telefone...

  4. O assunto Adélio passa por um crivo já previsto. É só arrombar a porta da frente da OAB e prender os advogados que o defendem. Porquê os advogados precisam ter sigilos !? Claro que os mandantes tem carimbo da PTzada.

  5. Prendam então o Bolsonaro. Crime de não morrer. E promovam o adelio a capataz do Toffoli. Pqp só nessa república que não se investiga de forma séria

  6. A quem interessa que não se chegue a lugar nenhum nessas investigações? O que ou quem estaria comprometido com tais resultados? Porque a OAB pediu a não abertura dos celulares dos advogados Adélio? Salve- se quem puder quando estas e outras respostas vierem a público. E virão!

  7. Se mesmo em caso de crime contra a segurança nacional o STF preservar o sigilo das comunicações do advogado estaremos diante de um golpe de estado, aliás, apenas mais um, dos que o STF vem reiteradamente praticando.

    1. Rodrigo Maia fará um pronunciamento de apoio e oferecerá a procuradoria da câmara para apoiá-lo

    1. "stf"!!! pra quê ?! Rsssss ..... o "stf" é a maior vergonha nacional! só falta deixar tudo sob a irresponsabilidade do beiço de gamela, ou boca de merda , que tará tudo arresorvido.

  8. Impressionante não pode investigar os telefones do bispo e nem dos advogados mas pode soltar os presos por justa causa . Nosso país não é sério , disseram isto há muitos anos atrás e ainda continua esta lambreca , que vergonha !!

  9. O importante nesse caso é abrir brecha para que advogados possam ser investigados e se valer para este caso é preciso que valha para todos, muito embora sob a direção de Toffoli o STF vem adotando tratamento diferenciado para a família Bolsonaro.

  10. Como tem gente da esquerda envolvida e grande parte da PF é canhota o caso está abafado. Será que o Dr. Mouro vai deixar por isso??

  11. E o registro da presença do Adélio na câmara no dia e na hora do atentado em Juiz de Fora ? E os advogados que chegaram de jatinho em JF para defender o Adélio ?

    1. E o treinamento na escola de tiros frequentada pelos filhos do Bozo?

    2. Pois é, parece que os grandes investigadores da PF nem perceberam isso.

  12. Mais um caso, como tantos outros, que ficará no limbo da justiça. Há muitos indícios, como também haviam em outros casos, que nos remetem à desconfiança. Mas esse baú de ossos não pode ser aberto, por motivos óbvios. No Brasil, tem coisas que , por tradição, serão eternos segredos.

    1. Polícia Federal hein 🙄, abafando o caso. Supremo tribunal federal, todos esquerdistas, fudendo o país, congresso lixo, Senado mais lixo, e agora?

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO