Lobby graduado

10.05.19

Há uma intensa campanha em curso para que Jair Bolsonaro escolha a ministra Isabel Galotti, do Superior Tribunal de Justiça, para a próxima vaga a ser aberta no Supremo Tribunal Federal. Filha, neta e bisneta de ex-magistrados da mais alta corte do país, Isabel é casada com Walton Alencar, ministro do Tribunal de Contas da União. Há duas semanas, Bolsonaro foi à residência do casal, em Brasília, para a festa de aniversário de Walton. O ministro é o ponta de lança da campanha para colocar a mulher no Supremo. Durante o governo do PT, ele também foi um dos responsáveis por alçá-lá ao STJ. Àquela altura, suas articulações passavam pelos gabinetes de Dilma Rousseff e de Erenice Guerra, de quem era muito próximo.

ReproduçãoReproduçãoWalton Alencar: campanha em favor da mulher

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Essas campanhas para a indicação de Ministros é da maior imundície que se conhece. Perpetua o apadrinhamento e deixa os tribunais sob o "comando" de familiares. E o merecimento, onde fica? Sem desmerecer, de forma nenhuma, a Ministra Isabel Galotti, que aparenta ser excelente profissional. Critico a forma e não a pessoa.

  2. E o fim mesmo ...como pode está fome pelo poder , benefícios e privilégios. O Brasil não tem jeito ...e se tiver , serão gerações e não décadas ...

  3. A vaga será de Sérgio Moro. Se Bolsonaro não o colocar lá, eu e minha família (que votamos nele ) NUNCA mais terá nossos votos.

  4. Isabel Gallotti é minha colega de concurso para o MPF, inteligente, capaz, com um conhecimento jurídico acima da média, educada e culta: seria uma boa ministra, na minha opinião, a par de saber se portar, o que anda meio raro nas altas Cortes.

  5. Como está escrito em apocalipse, é preciso que haja choro e ranger de dente, para expurgar toda essa maldade que existente na política brasileira.

  6. Penso que as duas primeiras vagas de ministro para o supremo tribunal federal que ocorrerão até 2020, devido às aposentadorias compulsórias dos “Melos” pela história recente de determinação e honradez, devem ser preenchidas pelos juiz Sérgio Moro e Marcelo Bretas, respectivamente. Isso vai mudar a direção do STF e deixar desconfortável, pelos menos três ministros atuais, que talvez eles peçam aposentadorias.

    1. Quanto a vaga de procurador geral da república, essa ninguém ganha de Deltan.

  7. E mais, se com o governo eleito recentemente estão usando todos os meios em todos os poderes, boicotar e neutralizar a vontade popular em assuntos pontuais, podemos inaginar o que farão para que no STF não entre alguém com perfil de mudar o rumo dos julgamentos.

  8. Essas famílias que entranham pelo poder é um perigo. São pessoas que tem braços em varios órgãos do governo, não é ético.

  9. Se o cara é amigo de Dilma e de sua esposa/marido, Erenice, boa coisa não deve sair disso!!! Bolsonaro tem que abrir bem os olhos!!!

    1. Essas pessoas, pela ânsia de poder, sempre serão amigos de qualquer governante de plantão

  10. Qualquer um que tenha lobby de políticos e magistrados em Brasília é suspeito. A candidatura dela não deveria ser rechaçada, mas não deveria necessariamente ser para a primeira vaga. O que o presidente poderia fazer é aproveitar a oportunidade para provocar os corruptos exigindo em troca a aprovação da PEC da bengala. Seria bom para ver qual a reação deles e testá-los, enquanto o governo se mantiver longe da corrupção, cada movimento dos corruptos para retaliar acabará se voltando contra eles.

    1. Moro não sai. Vai esperar até o fim do ano que vem, quando será ele o indicado para o STF. Ele vai aguentar esse governo complicado durante 2 anos só por causa dessa vaga no STF. Ninguém toma dele, a não ser que Bolsonaro seja um grande traíra.

    2. Moro vai sair, não aguenta Bolsonaro, passando por cima de suas atribuições.

  11. A primeira vaga que surgirá no STF , não deve atender a lobista, seja ele quem for , a mesma deverá ser ocupada por juiz com merecimento e conhecimento a ser indicado pelo presidente , sem pressão de quem quer que seja , assim espero

  12. Parece que ñ tem jeito Será que o povo terá consciência. Para uma visão radical. E Mandar para o inferno está elite egoísta e psicopata

Mais notícias
Assine
TOPO