Agência CâmaraEm novo ambiente, com toma-lá-da-cá e tentativas de liquidar a Lava Jato, o sistema político se acomoda e volta ao "velho normal"

Guerra fria entre os poderes

Inquérito de Dias Toffoli, CPI da Lava Toga, insatisfação dos chefes do Congresso com o Planalto, fúria nas redes sociais: o temor de uma onda autoritária leva os poderosos de Brasília a se armar. O risco real até aqui é que tudo acabe servindo para que nada mude
22.03.19

Existem diferentes tipos de táticas para superar o inimigo. As mais óbvias envolvem ataques frontais e o uso da força. Outras medidas são mais sutis e podem transformar a disputa numa espécie de guerra fria. Em Brasília, por vezes o confronto é explícito. Mas quando as partes envolvidas são poderes da República que, em conflito, têm o condão de provocar um desarranjo capaz de interditar o país, o jogo é muito mais delicado. Nas últimas semanas, vieram à luz lances da cena política nacional que, somados à atmosfera reinante nos bastidores da capital, indicam estar em curso um conflito velado entre Executivo, Legislativo e Judiciário. O pano de fundo é o temor de que o estilo agressivo da ala mais radical do governo, aliado à fúria de militantes na internet e à ação de parlamentares da chamada nova política, possam resultar em um inédito enfrentamento. As partes que se veem como possíveis alvos se armam.

Do Congresso Nacional emergem duas forças importantes nesse tabuleiro. Uma delas está nos deputados e senadores recém-chegados a Brasília e eleitos com o discurso da mudança. É desse grupo, por exemplo, que surgem iniciativas como a abertura de uma CPI para investigar eventuais desvios de ministros de tribunais superiores, incluídos aí os do Supremo Tribunal Federal. A chamada CPI da Lava Toga, iniciativa do novato senador Alessandro Vieira, já tem o número de assinaturas necessárias para ser instalada, mas em meio ao clima de acirramento vem sendo mantida em banho-maria pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

A cautela de Alcolumbre, porém, não tem sido suficiente para serenar os ânimos. Do outro lado da Praça dos Três Poderes, no Supremo, uma parte dos onze ministros da corte têm observado o movimento como uma agressão. Alguns enxergam até um apoio implícito do Planalto à ideia de abrir a investigação parlamentar. Contribuem para o clima pesado outras iniciativas dos novos parlamentares, como uma proposta de emenda constitucional apresentada ao Senado nesta semana pelo também novato Plínio Valério, que prevê mandato fixo de oito anos para ministros do Supremo.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéO ministro Gilmar: ele acredita haver uma conspiração contra o Judiciário
Ainda no Congresso, há uma leva de parlamentares que, assim como a parcela de ministros do Supremo que se vê agredida, se coloca do lado oposto da trincheira dos colegas que querem fazer uma devassa no Judiciário. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, é o personagem mais destacado entre os que veem excessos e enxergam, tanto nos parlamentares iniciantes quanto na ala mais ideológica do governo de Jair Bolsonaro, movimentos capazes de deflagrar uma crise institucional. Nesta quinta-feira, 21, Maia almoçou com o ministro Gilmar Mendes. Os dois têm conversado regularmente e trocado impressões sobre o contexto. Outro interlocutor frequente do presidente da Câmara é o ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo. A avaliação, comum nessas conversas, é que tanto os políticos tradicionais do Congresso quanto uma parte do Judiciário estariam sob ataque da chamada “nova política” e de seus defensores – e que por trás desses ataques haveria o dedo do Palácio do Planalto.

A situação de Rodrigo Maia é especialmente curiosa. Ao mesmo tempo em que é tratado como o fiador no Congresso da proposta de reforma da Previdência, a pedra de toque capaz de definir o sucesso ou o fracasso do governo, ele se vê sob fogo cerrado. A interlocutores, Maia tem dito que há sinais explícitos de que setores do Planalto o atacam. Nesta semana, como mostrou o Diário de Crusoé, ele se queixou ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, de ataques que sofrera nas redes sociais no mesmo dia em que Carlos Bolsonaro, um dos filhos do presidente, montou acampamento no palácio. A Onyx, Maia atribuiu as ofensas a Carlos, que ele vê como líder de um exército de militantes bolsonaristas que usam o front das redes sociais para agredir adversários. O presidente da Câmara também tem recorrido com frequência ao ministro da Economia, Paulo Guedes, de quem é muito próximo, para reclamar do que considera serem agressões patrocinadas pelo governo contra ele próprio e o Congresso. Por mais de uma vez, alertou que, se os aliados de Jair Bolsonaro seguirem na toada de “criminalizar a política” e os parlamentares que não são oficialmente aliados ao governo, será muito difícil aprovar a reforma.

Rodrigo Maia foi mais além. Em conversa recente, fez a seguinte avaliação: se hoje — quando o governo ainda está dependente da aprovação da reforma — os bolsonaristas atacam, imagine amanhã, se a proposta for aprovada, a economia decolar e o Planalto passar a nadar em dinheiro: aí, sim, é que a ofensiva à política tradicional será ainda mais intensa, com risco até para a democracia. Em suma, há um medo difuso no ar. Não foi por outra razão que Maia montou uma espécie de gabinete de crise extraoficial com Dias Toffoli e Gilmar, dois dos ministros do Supremo que também se sentem alvos dessa mesma guerra — e que, a seu modo, têm igualmente estocado os seus mísseis.

É justamente esse contexto que explica a iniciativa de Toffoli, anunciada no último dia 14, de abrir um inquérito sigiloso no próprio STF para investigar ameaças a integrantes da corte e a seus familiares. A abertura da investigação, a partir de uma brecha no regimento interno da corte, sofreu críticas por algumas razões. A primeira é que o Judiciário não poderia ser, ao mesmo tempo, investigador e julgador — o comum é juízes requisitarem a abertura de investigação à polícia ou ao Ministério Público. No caso concreto, conforme anunciou Toffoli, a investigação será feita pelo próprio tribunal. O ministro designou o colega Alexandre de Moraes para tocar o procedimento – o que também foi criticado, inclusive por outros ministros, já que a distribuição não passou pelo sistema de sorteio do tribunal. O Ministério Público não foi acionado para acompanhar a apuração. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, questionou a iniciativa formalmente.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéRaquel Dodge questionou a iniciativa de Toffoli
O caráter inédito do inquérito aberto por Toffoli tem relação direta com o ambiente tóxico que domina Brasília. É a guerra fria, de novo, dando sinais. Se ao instaurar a investigação o ministro não explicitou quais seriam os alvos, logo depois se descobriu que o primeiro lance seria avançar sobre autores de ameaças de morte e de ataques à reputação de integrantes da corte por meio das redes sociais. Na quinta-feira, 21, por ordem do Supremo, a polícia cumpriu as primeiras medidas da investigação, com buscas e apreensões em São Paulo e em Alagoas. Na capital alagoana, Maceió, o alvo foi um advogado que teria ameaçado dar um tiro nas costas de Dias Toffoli. Dois dias antes, Alexandre de Moraes, o relator do caso, fez saber que o inquérito pretende mapear “essa rede de robôs, WhatsApp e Twitter, essa rede que alguém paga, alguém financia, por algum motivo”. A declaração de Moraes dá uma pista do objetivo da investigação. No Supremo, especialmente entre os ministros que se veem como alvos, a impressão que se tem é que há uma mão a incentivar os ataques à corte. Há quem enxergue evidências de que as redes que agitam a internet contra a turma da toga seriam ligadas a personagens do círculo de Jair Bolsonaro e do governo. No fundo, a suspeita é similar à de Rodrigo Maia. Identificar quem paga e financia, como disse Alexandre Moraes, seria uma forma de contra-atacar no momento oportuno, caso a investigação vá adiante.

Há, em meio à guerra fria, um elemento adicional. Tanto a turma do Congresso que se julga na mira quanto os ministros alvos dos ataques veem um motor na operação Lava Jato. Para os que enxergam uma grande conspiração em curso, a operação estaria alinhada aos mesmos objetivos das tais redes de detratores, interessada em fazer uma limpa na política e nos tribunais. Gilmar Mendes, por exemplo, acredita que veio da Lava Jato a ordem para que auditores da Receita Federal passassem a investigar as movimentações financeiras dele próprio e de seus familiares. A mulher de Dias Toffoli, a advogada Roberta Rangel, também foi incluída entre os alvos dos auditores. Não por coincidência, a iniciativa da Receita que mira os dois ministros estará entre os alvos do tal inquérito. Rodrigo Maia faz mais uma conexão: a interlocutores, disse nos últimos dias que, com o pacote anticrime, o ministro Sergio Moro está interessado na tal “criminalização da política”, em conluio com a Lava Jato, da qual foi protagonista como juiz.

Como a história ensina, guerra fria é um tipo de embate que tem por objetivo simplesmente fazer o oponente recuar. Excessos de parte a parte, evidentemente, são condenáveis. Ameaças físicas, então, devem ser reprimidas exemplarmente. De tudo o que se observa até aqui, porém, o risco real que o país corre é o de que esses movimentos, no fim, acabem servindo para manter tudo como sempre esteve. Se a cúpula do Judiciário reage no momento em que se vê sob cobrança, e se essa reação surte efeito, a ideia de investigar eventuais desvios da toga cai por terra e nada muda. Quando os políticos tradicionais se queixam de ataques e condicionam seu empenho na aprovação das reformas, por exemplo, ao estabelecimento da pax plena, corre-se o risco de voltar ao toma lá dá cá. Isso, claro, não tira a responsabilidade de quem está do outro lado, atirando: se os autores dos ataques desferem ataques à base de verborragia e ódio, ignorando os marcos da lei, dão azo a um rebuliço institucional desnecessário e, no limite, perigoso.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Para mudar o Brasil é necessário o Apoio do Povo nas ruas, a guerra está grande, e se continuarmos somente assistindo e lendo, o País vai continuar o mesmo. o STF intocável, o Parlamento corrupto e o Executivo sem poder desempenhar para o que foi eleito. É necessário irmos para as ruas, lembrem que 2013 e 2016 ajudaram a mudar algo, agora precisamos terminar o que ali se iniciou.

  2. OS PODERES DA REPÚBLICA ESTÃO EM ESTADO ADIANTADÍSSIMO DE PUTREFAÇÃO. PAUPÉRRIMA NAÇÃO! EM NOME DA GOVERNABILIDADE o ¨EXECUTIVO¨IMPLORA AO CONGRESSO NACIONAL PARA VOTAR AS REFORMAS NECESSÁRIAS E URGENTÍSSIMAS, O CONGRESSO INSISTE EM QUERER O TOMA LÁ DÁ CÁ, ISTO É OBSERVADO A OLHO NU, E O JUDICIÁRIO COM SUAS DECISÕES DUVIDOSAS , COOPERA PA A INSEGURANÇA JURÍDICA ( PRENDE, SOLTA, SOLTA PRENDE) INDEFINIDAMENTE, O LEIGO COMO EU NÃO ENTENDE ALGO QUE SÓ BENEFICIA AOS ENDINHEIRADOS , ENQUANTO O

  3. Mais uma vez o povo está sendo ameaçado pelo Congresso, é muito criança o Maia dizer q estão atacando sem reformas, imagina com os cofres cheios! Então o Presidente não pode fazer nada para o bem do Brasil, tem q ficar assim, melhor para todos, quem são "todos"? Ficar jeito q está? Nenhum governo irá restabelecer nosso País, principalmente qdo dizem q a democracia "corre risco", que democracia é essa? Hoje sim, não temos democracia, a verdade veio através do STF!

  4. Quer dizer que a responsabilidade por querer tornar o judiciário ético e a política ética é de quem se posiciona contra a corrupção? (Não estou falando de crimes de ameaça). Vocês se tornaram como a extrema imprensa, passando pano em ladrões, vocês tem lado e deve ser o do PSDB.

  5. Os políticos tradicionais e grande parte do judiciário, principalmente no supremo, estão acostumados a olharem só para o umbigo e o povo não aguenta mais isso. Abram os olhos e prestem atenção na população de um modo geral, pois a mesma não aguenta mais esse autoritarismo e saqueamento da nação. Basta. Lembrem eles que quem paga seus salários, é toda a população brasileira.

  6. Não sou do círculo dos bolsonaristas da internet e nem de nenhum grupo radical.Mas sou a favor da Lava Toga e da Lava Jato.Lugar de bandido é na cadeia ou fóra do país.Não da mais para suportar a velha política e uma justiça que nunca funcionou.A hora é agora sim

    1. Precisamos enxergar as soluções de forma suprapartidária. Merecemos isso.

  7. Essa crise está muito longe de uma solução, pois seus agentes tem muito maus conselheiros: Rodrigues Maia, tem como conselheiros seus, os Ministros Gilmar Mendes e Toffoli; Bolsanaro escolheu seus filhos, ja o STF, os mais mal avaliados pela sociedade, nem conselheiro tem, como missão, escolhei atiçar ás intrigas. Isso é o samba do crioulo doido.

  8. Passar a limpo um processo que envolve algumas pessoas com interesses escusos sempre exige coragem, determinação e inteligência dos seus promotores. Imaginem passar a limpo as instituições públicas de um país tão enlameadas como as do Brasil?!! É preciso ser feito - com os recursos legais - e haverá muito esperneio e "ranger de dentes": para isso foram eleitos Bolsonato e os novos parlamentares

  9. É uma pena que ninguém vai para as ruas em defesa da reforma da previdência, mas pelo texto, se o povo fosse eles se cagariam e aprovariam rapidamente.

  10. Não há a menor dúvida de que o mar de lama chegou nos três poderes, na polícia, na igreja, na Universidade, e se apura em alguns setores e noutros não, o que haveria: a velha política do privilégio, do foro especial. A rigor nenhuma grande mudança. Os magistrados que nada devem querem justiça. Avisa o Gilmar. Avisa o Tófoli.

  11. todos sabemos que essa insatisfação é a velha política querendo manter a velha forma de $Argumento$ com o congresso e o senado. Bolsonaro mantenha-se firme o povo te apoiará.

  12. A inércia do Congresso em pautar o projeto do Ministro Sergio Moro só atrapalha o país, pois prevalece o interesse pessoal de alguns políticos já atingidos pela Lavajato, sobre o interesse público que é dificultar a corrupção e tornar o Brasil um país melhor.

  13. Rodrigo Maia está fazendo chantagem, quer continuar com o toma-lá-da -cá, mas não foi pra isso que elegemos Jair Bolsonaro. Estamos de olho!

  14. Trio parada dura Gilmar Tofolli e Maia não precisa falar mais nada e a imprensa não diz a verdade distorce e bate nos Bolsonaros não podem ceder se não estaremos de volta a política do toma lá dá cá no qual Maia e especialista

  15. Era muito bom pros políticos tradicionais da casta ficarem sem ataques... eu não sou bolsonarista, considero-os por vezes petistas com sinal trocado, mas acho que a pressão sobre os deputados, senadores e ministros deve continuar, eles não são iluminados, são canalhas pendurados em privilégios que tiram direitos básicos do povo brasileiro. Devem ser combatidos sim. Se tiver que ir pro pau, problema deles. Somos maioria.

  16. O que Bretas faz, não é justiça, é sabotagem da necessária reforma previdenciária, cada vez que esta entra em pauta, ocorre um factoide com o Temer, primeiro a conversa com o Joesley, agora a prisão, isto não é justiça é politicagem da mais rasteira. Maia está certo, para ser aplaudido na mídia, basta não fazer nada que os aplausos vem. Cunha com impeachment da Dilma, está preso, isto Maia não quer. Temer que ocupou a vaga e negociou com o congresso está preso, coisa que Bolsonaro não quer.

  17. De tudo o que foi exposto fica muito claro a intenção do Rodrigo Maia de deixar tudo como está, porque ele mesmo estaria envolvido em propina recebida da OAS conforme se tem notícia. Portanto é totalmente contra o Ministro Moro que apresentou seu projeto anti crime recentemente, bem como outros parlamentares que se tem notícia, também, em envolvimentos corruptos. Quem votaria contra si próprio? Há um ditado popular que diz: "Se a farinha é pouca meu pirão primeiro..."

  18. O Nhonho tem medo de que, após aprovada a reforma, haja mais ataques à "política tradicional". O que ele quer dizer com "política tradicional"? O velho toma-lá-dá-cá? A velha pratica dos balcões de empregos? O mesmo jogo sujo que é praticado há anos, quando deputados e partidos exigem cargos e "mesadas" para aprovações de emendas e projetos? CHEGA, NHONHO! Estamos cansados da velha política tradicional. Será que ainda não entendeu?

  19. A pergunta é: porque Rodrigo Maia colocou na gaveta o pacote anti- crime do Moro? Temos uma situação interessante: o pacote anticrime é popular, mas Maia não quer. A reforma da Previdência é impopular, mas Maia decidiu tocar. os dois podem correr em paralelo, então, porque não articular os dois, ou jo mínimo o mais popular? Só da para concluir que é para eles mesmos não irem para a cadeia.

  20. Nao esqueçam do artigo 142. Quem pode fazer uso é o Presidente Jair Bolsonaro, que, não tenham dúvida, o usará se for sabotado pelo Legislativo e Judiciário. Não será derrubado cordeiramente !! E ser derrubado, significa tentarem continuar com a "Velha Política".

  21. Encontros de Maia, o Botafogo, Dias Toffoli, ex-advogado do PT e auxiliar de José Dirceu, com Gilmar Mendes, não precisa definir, certamente foram muito republicanos.

  22. O Nhonho não entendeu ainda: não existe exército comandado por Carlos Bolsonaro. Existe uma NAÇÃO indignada com políticos e ministros do STF que estão na contra-mão das aspirações legítimas do POVO BRASILEIRO. Só isso. ACORDA AUTORIDADES! Vocês não são donos do Brasil!!

    1. concordo. Esses políticos que só armam contra o povo do Brasil são muito deficientes de tudo para entender o que o povo quer: Honestidade e Patriotismo

  23. Bolsonaro teve 57,8 milhões de votos em 147,3 milhões de eleitores, isto é 39,2%. Duas recentes pesquisas mostram que ele perdeu significativo apoio, sobretudo na classe mais esclarecida. Além disso tem baixo apoio no Congresso. Bolsonaro achar que irá vencer essa guerra fria, com a manipulação dos skinheads nas redes sociais, é apostar errado. Esses fanáticos, por mais virulentos, não representam o povo. Logo, Conciliação Nacional é a saída; coisa que ele não sabe fazer. Por ser marrudo...

    1. A Conciliação Nacional seria um acordo de impunidade entre corruptos dos 3 poderes? Pois prefiro que continue a guerra contra os corruptos.

    2. Que comentário mais infeliz, Joshua! O Brasil que presta está cansado dessa corja. Também está cansado de saber que pesquisa de Ibope e DataFolha é pura manipulação, ainda mais encomendada pela endividada Globo. O que o Presidente Bolsonaro necessita fazer com urgência, é por alguns gatos no "congresso". Tem muito rato lá.

    3. Engano seu. Estes que tu chama de fanáticos, representam o povo decente. Se ainda acredita em “Pesquisas” do IBOPE, mostra que tu tá desconectado do povo, os “fanáticos”.

  24. A verdade é esta: Maia é um corrupto, Existem vários bandidos dentro STF. todos sabem quem eles são. O Presidente do Senado é um corrupto. Infelizmente a política seguirá travada. O maldito petismo era uma parte do problema. Claro que todo este caos moral de então é parte do legado petista. Não só deles, claro. Esperemos dias difíceis. 😥

    1. O povo não aguenta mais tanta corrupção ,Moro, Bolsonaro,vieram para mudar, vamos dar força pra eles.

  25. Ninguém em sã consciência esperaria ímã transição, da velha para a nova política, como um toque de mágica. O governo vem mantendo o discurso de que a nova política é a divisão de protagonismo. Ou seja, cada poder tem o seu momento. Fora disso será visto como intromissão. Acabou a troca de favores, só isso.

    1. Joshua, você é a favor do tomá-la-dá-cá? O que o Presidente Bolsonaro está fazendo é cumprir uma promessa de campanha e acabar com essa prática suja que tanto mal causa ao país. Chega de corruptos mandando no Brasil! 🇧🇷

    2. Bolsonaro não está tendo a mínima percepção de que se trata de um PROCESSO de mudança, que requer muito talento, negociação, convencimento e dar o exemplo. Simplesmente parir reforma e entregá-la para o Congresso, "toma que o filho é teu", mostra enorme inabilidade política, principalmente para quem viveu 28 anos na Câmara. Preguiça, má vontade, prepotência, são todas possíveis causas. A consequência será o emperramento do país em curto prazo. O método bolsonariano não irá funcionar.

  26. Sim. tudo está ocorrendo porque de um lado os que ainda continuam no poder( como antes ) não querem perder nada, por outro lado os que deveriam ser os primeiros a desejar um País de Justiça para todos, não o fazem causando uma revolta da população que agora sabe e deseja ver o País limpo dessas artimanhas, corrupção desenfreada. O Povo Brasileiro está mais politizado, sabe mais agora entender o que é correto e o que não desejam para o País. Quer o Congresso e Órgãos em geral, transparência!

  27. Eu nunca recebi nunca fui influenciado por ninguém.Para divulgar as minhas indignação com essa corja de CORRUPTOS e CORRPTORES.O BRASIL TEM QUE MUDAR.

  28. Que as instituições devam ser preservadas, vá lá. Contudo isso não significa, por exemplo, no caso do STF, que os seus ocupantes não devam ser investigados. Com isso, só se preserva uma instituição, nesse caso em particular, pois há evidências mais do que suficientes para justificar uma profunda e ampla investigação. Esse procedimento já foi feito no Legislativo e no Executivo, pq não no Judiciário? A Lei ( real) está acima de Lei (dos interessados em que não se investigue nada)!!!

  29. Não queremos, como povo, criminalizar a política. Queremos que os crimes sejam apurados e os culpados punidos. Políticos criminosos, deveriam ser punidos de forma exemplar. O que vemos é um bando de suspeitos que descaradamente utilizam a política para tentar escapar da lei. Declarado caça implacável a este tipo de criminoso

  30. Exército Bolsonarista? Agora o cidadão manifestar sua opinião, passou a se chamar ataques? Não ignorem que quem apoia BOLSONARO é a maioria do povo brasileiro, as urnas provaram isso. Façam uma pesquisa sobre a credibilidade da velha imprensa junto à população, com certeza tomarão um susto. Mostrem as notícias de forma imparcial como é a obrigação da imprensa aí voltarão a ter a confiança do povo, desse jeito não dá

  31. Estamos vivendo a ditadura do STF. Agora aliado ao Nhonho, para criar dificuldades e vender facilidades ao presidente Bolsonaro. Esperamos que o Executivo não ceda. O povo quer o pacote anticrime e a CPI da lavatoga. Todo poder emana do povo e em seu nome será exercido. Gilmar não tem voto. Nhonho tem apenas 56.000.

  32. A POLÍTICA TRADICIONAL do senhor Rodrigo Maia, mais conhecida como o "Toma Lá Dá Cá", tem que ser banida do Nosso Brasil que está cansado de tanta corrupção causada por essa POLÍTICA TRADICIONAL.

    1. A política tradicional a que o Nhonho se refere é aquela de criar dificuldades para vender facilidades. com apenas 56.000 votos este projeto de Cunha consegue se eleger presidente da casa, por oferecer mundos e fundos, o que não consegue fazer com a nova política. Usa, então o artifício de criar dificuldades para vender facilidades...

  33. Parece que Maia está revoltado com um governo que apenas apresentou um projeto para ser analisado para aprovação ou rejeição pelo legislativo, e o legislativo está igual aquela propaganda da "vivo", mal acostumada, pois não veio junto muitos mimos por debaixo dos panos pra turma.

    1. É exatamente isso!! O Nhonhô sabe que tem que aprovar a reforma da Previdência - a pressão do stablishment financeiro é imensa. Mas aprovar o pcte do Moro, jamais! E fica fazendo chantagens explícitas com a benção das grandes imprensas!!!

  34. um certo grau de vaidade faz bem em qualquer área e situação . Mas como dizia minha mãe ; nem tanto ao mar nem tanta a terra , no meio . O que a gente percebe , em nossos políticos , é que a vaidade pessoal , impera nas decisões , em detrimento do bem estar da povo brasileiro , como um todo . A falta de bom senso domina as decisões daqueles que governam para o coletivo . Que tristeza !

  35. A ação do executivo é inteligente mas arriscada. Para perplexidade dos deputados, senadores e dos juízes, nos primeiros dias de mandato, apresentaram projetos de reformas bem elaborados e exequíveis; foram convenientemente apresentados aos partidos (lideranças), à mídia (imprensa), nas cerimônias públicas (discursos inteligíveis) pelos ministros responsáveis (3) e entregues ao Congresso Nacional. O que sair de lá, será responsabilidade deles, é assim que funcionam os poderes republicanos.

  36. Maia, Toffoli e Mendes em um "Gabinete de Crise". Vamos trabalhar para que se juntem ao 9 dedos e ao Temer. Traidores da pátria, seres repugnantes e aproveitadores.

  37. Esses bandidos do poder reclamar de ataques, e o mesmo que num puteiro, as meninas reclamar de serem tocadas. Vergonha essa reunião de vermes.

  38. A vagabundagem brasiliense se apavora em ver a fidelidade dos eleitores do presidente Jair Bolsonaro e o desejo de mudanças na política brasileira. Não daremos arrego,! 🇧🇷

  39. Existe um conhecido ditado que diz: "Quem não deve, não teme " . Qualquer cidadao fica indignado ao saber que ministros se acham INTOCÁVEIS, a ponto de nao serem investigados pela RF . E este Maia , parece q quer mesmo continuar com a velha politica .Parabéns ao presidente da republica e a todos os politicos que querem mudanças na politica brasileira . Lava toga ja !!!!

  40. Não a surpreza o conflito entre os poderes. O poder executivo que agora sob o comando de Bolsonaro esta em harmonia com a contade do povo. Ja o legislativo e judiciario sujos querendo combater com unhas e dentes o ooder executivo querendo contamina-lo. Apoiaremos Bolsonaro ate o fim pois esta limpando as sujeira em brasilia!!!!!

    1. É isso aí! E a mídia, equivocada, bate no executivo, quando deveria estar pressionando a Câmara, que faz corpo mole para chantagear o governo.

  41. DE FATO O MAIA ESTÁ CERTO, O PRESIDENTE PRECISA ASSUMIR DIRETAMENTE AS NEGOCIAÇÕES, NO GERAL COM OS PARTIDOS E COM OS PARLAMENTARES INDIVIDUALMENTE. DO SERVIÇOS PÚBLICO ELE NÃO PODE TIRAR OS PARASITAS DE ESQUERDA, POIS ELES VEEM SE INFILTRANDO NO SERVIÇO PÚBLICO À 100 ANOS, É PIOR DO QUE DENGUE, MAS DEIXE ELES NOS CARGOS ONDE ELES TEM ESTABILIDADE E DÊ OS CARGOS DE CONFIANÇA A QUEM QUEIRA COLABORAR....

  42. Falta diplomacia. Inteligente seria a ponderação , a civilidade na interação entre poderes. O bom senso tem mais força que a truculência. Falta raciocínio estratégico a esse Exército Brancaleone. Essa beligerância, estimulada por moleques que fazem do poder uma extensão de seus play station, só poderia resultar em disputas pueris. Está faltando bombeiros nesses incêndios irresponsáveis. Como se não bastasse, teve o piromaniaco da Virginia, que botou o fogo no alto e retirou a escada.

    1. Diplomacia com bandidagem e bala. Enquanto não mostrarmos os dentes, seremos roubados.

  43. Os tres poderes estão se degladiando. Acusações de parte a parte.Um poder “joga” a responsabidade para o outro. Resultados? Nada! A realidade é assumirem que para salvar o País as reformas TÊM que ser feitas. Ninguém até agora teve a coragem de por o “dedo na ferida”. Só acusam ao outro e tangenciam. Sabe-se que há os intocáveis, os privilegiados e os “demais”. Ainda não vi nenhum estudo comparando o que recebem os privilegiados, e os “privilegiados”, seja dos três poderes.

  44. Parabéns Alexandro Vieira e Plínio Valério por sua atuação. 👏👏👏🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷 Alcolumbre faça seu papel. De andamento na CPI da Lava Toga. Maia trabalhe a favor dos brasileiros. Coloque a proposta anticrime pra votação. A aprovação da Reforma da Presidência é um dever cívico dos políticos. Quem não aprovar estará condenando sua própria vida política.

  45. Funcionarios publicos, todos eles, pagos com os nossos impostos, se comportando como milicianos, nao vamos ficar de joelhos para essa bandidagem de meia duzia, somos milhoes ,, podemos mais, e nao e isso que queremos que roubem tudo, nos envergonhem no exterior, magistrado almoçando com bandido, bandido compradre de politico, e tudo roubando entre si e de todos, basta.

  46. Acabar com os velhos métodos é ferir de morte os que deles vivem. Quem vive neste meio de cultura, lutará até o fim para que tudo continue como está. O parasita não vive sem o hospedeiro!

  47. Quem nao tem culpa no cartório não tem medo de ser investigado. Quem é brasileiro e quer ver o país caminhando não é contra a reforma da previdência. Não entendo porque não se pode analisar os dois pacotes, Moro e Previdência. Se querem investigar possíveis ataques cibernéticos que o façam conforme a lei. Está claríssimo o fato de que existem políticos corruptos. Os bons e honestos também existem. Esta briga de comadres, fofocas e disse me disse... está passando dos limites.

    1. Exatamente. Quem não deve não teme! Nosso grande problema no Brasil é que, entre os poderosos, a maioria deve, logo teme! O projeto de Moro coloca o dedo na ferida e já receita a medicaçåo adequada. Esse o motivo da polvorosa!

  48. Chegou a hora do enfrentamento. Ou cai a velha política e o judiciário podre ou a vida das pessoas nunca será melhor nesse país.

  49. Tadinhos, vitimas da sociedade e da matrix. Que pesadelo! O foro privilegiado, termina quando se da o flagrante. Todo poder emana do povo, Pátria Amada Brasil.

  50. O STF precisa melhorar muito pra ficar péssimo é uma cagada após outra. Jair ta fazendo milagres, há centenas de milhares de pessoas querendo destruir o governo a qualquer custo (vide Constança Rezende Estadão) ainda que para tanto destruam o próprio país. Maia e Alcolumbre precisam expor a falta de caráter da oposição no processo legislativo.

  51. Tudo isso leva a um impasse que não será tolerado pela sociedade brasileira. Se estão brincando com fogo a queimadura vem a caminho. Está na cara que esse enfrentamento não se resolverá pela conversa e sim pelo artigo 142 da constituição. Esperar que isso se resolva pelo diálogo é ingenuidade.

  52. Nessa "guerra fria" o Executivo com 53 milhões apoiadores, que votou pela mudança. No front oposto uma Corte atolada em práticas não republicanas, e parte do Legislativo que esperneia pela velha prática toma lá dá cá. Robotização nas redes sociais é fantasia e mi mi mi de perdedores que não enxergam a Ascenção de novos protagonistas no ringue político. Hora da Colheita

  53. São as reações dos que devem e vêem se aproximando a hora de pagar. O povo está ávido de justiça, a lama continua escorrendo e os desregrados não aceitam a nova ordem. Não tem volta... é tudo ou nada !

  54. Rodrigo Maia confessou nessa matéria que tem medo de aprovar a reforma da previdência e o povo phuder com os políticos, numa onda avassaladora anti-stablishment!!!

  55. Claro que existe uma guerra fria. Todos são investigados na lava jato. Somente Bolsonaro não é. E ele está disposto a deixar a lava jato prender todo mundo. Os investigados decide os projetos, Bolsonaro precisa deles. Bolsonaro não, o Brasil. Então tá aí nosso problema. Os criminosos que comandam nosso país. Não é uma guerra de poderes. É a guerra da luta contra a corrupção.

  56. Acho que já passou da hora dos dois soldados e um cabo fechar o STF, câmara de deputados e senado. Prender os bandidos. Novas eleições e vamos em frente. É ridículo ver esses bandidos brigando e nos fazendo de trouxa e acéfalos

    1. Concordo plenamente. Tomavam e acabavam com o mimimi. Pronto!

  57. A democracia serve pra esses caras agirem à margem da lei, por debaixo dos panos, impunemente, protegidos nas instituições “democráticas” as quais integram. Para as pessoas comuns a democracia é a imposição de pagar impostos e a conta, é a dificuldade ou impossibilidade de acesso a uma Justiça justa ou a leis republicanas. Na verdade, o que temos é uma cleptocracia protegida por uma grande burocracia estatal. Brasília é a mega projeção do que ocorre em milhares de municípios e estados.

    1. É o que temos: "uma cleptocracia protegida por uma grande burocracia estatal. Brasília é a mega projeção do que ocorre em milhares de municípios e estados". E isso tudo com a imprensa livre.

    2. Esses caras usam a imunidade do cargo para cometer crimes e agora estão sentindo o cheiro de encrenca e estão se articulando pra contra atacar.

  58. Gilmar Mendes, Dias Tofolli e Rodrigo Maia vêem o tsunami se aproximando deles e estão desesperados; tentaram um armistício com JB no tal churrasco de final de semana mas o próprio JB tratou de abortar o plano deles levando consigo 14 ministros como testemunhas. O plano foi por água abaixo.

  59. Tô me sentindo uma imbecil, uma idiota sem cerebro. Quer dizer que Maia, Gilmar e Toffoli pensam que a revolta na internet é impulsionada por Carlos Bolsonaro é sub estimar nossas inteligências. Não há complô, apenas a sujeirad toda veio à tona!

    1. Exatamente!!! To impressionada como são uns caras de pau😒

  60. Cada um tem agir com ética e patriotismo. Porque o medo e o rancor ? Rodrigo Maia deve fazer sua parte como a Câmara vota urgente questões tão importantes para eles e demora tanto nestas? Partidos façam sua parte. Os juízes do STF sendo íntegros não devem se importar com a Lava Jato porque ela é o melhor para o país devem ser um exemplo da maior justiça. Temos que acabar com a corrupção. O Brasil vence se honestos e patriotas forem. Não pensem em si pensem no Brasil. Dever da função pública

  61. Então, estão usando-a reforma da previdência que é tão urgente e necessária, para se manterem no poder. É isso aí, o povo é quem paga

  62. Perplexo fico ao ouvir um presidente do senado,eleito com o total apoio da bancada governista,dizer que se o governo aprovar as reformas do governo e o combalido Brasil progredir, pode o governo usar da força popular que terá, irá sufocar a velha politica e implantar a nova politica. ou seja, os interesses da nação abaixo dos interesses políticos,onde até vale barrar reformas de interesse do país! Ajudar a eleger o Mais, foi o único erro até agora governo ! pf sou contribuinte e não militante!

    1. Também estou estupefato. Já sabia que o Botafogo pensa e age assim. Mas chegar a falar claramente....estamos mesmo ferrados.

    2. Esse trecho da reportagem me deixou chocada! Assustador pensar que Maia que deveria representar os brasileiros se alia a Toffoli e Gilmar pra impedir que o país avance?

  63. Esse triunvirato do mal: Gilmar; Maia e Tofolli, entre outros, vai dar o país de bandeja na mão dos Militares, com o aplauso da população. Juízo seus insensatos !

    1. Estarrecedor e chocante! Na medida em que lia a reportagem inha indignação crescia. Ainda ofendeu o povo que pensa ou seja viramos mesmo ROBÔS?

  64. Para limpar o braziu tem que ser na porrada, não é crível que os bandidos vão pedir desculpas e se retirar. Como disse o Ministro Barroso, esses caras não querem se tornar honestos...Se o preço for não ter reforma mas guerra, vamos à guerra... lá na frente a gente vê o que fazer, num ambiente menos podre...

    1. Isso aí. Se o preço de aprovação da Reforma e do Pacote anti crime for o toma lá dá cá de Maia e a impunidade que os Togados querem estabelecer, fiquemos sem. Adiante vamos saber as contas que iremos debitar o fracasso do país!

  65. A questão que fica é se o governo e os novos deputados irão peitar os reacionários. Sem a liderança do presidente, a chance da coisa voltar para tudo como era antes é grande. No fundo, ninguém quer mudar nada. E os poderosos enrolados (tipo Gilmarzão) farão o diabo para sustentar suas posições de poder.

  66. O que seria "criminalizar a política"? Seria inventar crime e responsabilizar os políticos? Querem é que se esqueça, perdoe ou faça vista grossa aos crimes praticados para apoiarem as reformas que equilibrariam o Brasil e beneficiariam o povo mais pobre? Bombardeiam os novos parlamentares, ameaçam todo mundo que pede justiça e ainda contam com a imprensa tradicional fanatizada e desonesta.

  67. Dá pra perceber o constrangimento do Bolsonorano por estar em companhia tão comprometedora: 1 x 0 para para ele no quesito vergonha na cara. E se os interlocutores do Maia no STF são o DT e o GM já dá pra saber que nada de bom sairá daí.

  68. O que se observa e se conclui com a leitura dos sinais vindos de dois dos poderes da República é que os velhacos políticos e os magistrados, que têm a cabeça ainda no século XIX, cheia de ranço e de mofo autoritário, não entenderam que o momento é outro: a mudança não foi radical porque alguns parlamentares da velha política voltaram à Casa do Povo. Mas mudar é preciso.

  69. E a foto diz: Maia está junto mas não fecha com ninguém. Alcolumbre fecha com Bolsonaro - por qual motivo for. Bolsonaro não fecha com nenhum e não pretende ceder nada; Toffoli, um passo à frente do Presidente da República, não fecha com nenhum e não pretende ceder nada também. Venham, cenas dos próximos capítulos.

  70. Não há guerra fria e sim uma forma de tentar colocar uma cortina na Cena Real que estamos vendo, e não aguentamos mais, a falta de caráter, de alguns ministros do Supremo e do sr. Rodrigo Maia preocupado consigo e com seu sogro na Lava Jato, estão tentando intimidar os internautas, o povo e o Executivo. Deus está acima de Todos e com certeza a solução virá na Paz e com Justiça.

  71. Não existe nenhum financiador de fakes News, são pessoas de livre iniciativa que estão indignadas com toda essa postura leniente com a corrupção dos poderosos e que se revoltam e começam a atacar as autoridades que elas julgam serem responsáveis por tudo isso!!! simples assim.

  72. Rodrigo Maia, definitivamente não é e nunca foi confiável.......o sogro dele...Moreira Franco....preso recentemente, que o diga.....e mais.....a Justiça continua dominada e contaminada pela ORCRIM LuloPTista;......principalmente a Justiça Federal...........é muito triste isso....FFAA a hora é agora.......o Brasil Continental precisa de ORDEM E PROGRESSO........e não de Desordem e Regresso.......assim como está......ninguém aguenta mais.

  73. No meu entendimento são três os caminhos que o Brasil poderia tomar: continuar como dantes, ser tomado de assalto ou continuar a mudança. O primeiro, até poderia ser se tivessem feito alguma lá atrás. Quando a Dilma foi reeleita, dançaram. O segundo, não temos quaisquer movimentos no sentido. Como disse o bolsonaro, com as FA garantindo, não vai haver golpe. O terceiro, a mudança, está em curso e não me parece que tenha alguma força de poderia detê-la, apesar das algumas tentativas pontuais.

  74. Os corruptos dos três poderes estão assustados e acuados com a reação do povo, em tempo real, através das redes sociais. Agora nós temos voz e as “autoridades e vossas excelências” não esperavam, nem estavam preparados para isso.

    1. Excelente observação Rosa! Poderia ter criado interlocução com a Cármen ou mesmo com a sua xará. Decerto não teria pego a pecha de chafurdador sub-reptício!

  75. Já não é sem tempo, que o poder dos homens supremos seja limitado a um tempo determinado. Esta coisa de perpétuo só nos mausoléus e nas coisa perpétuas. Esta é um dos princípios, dos problemas, pois o perpétuo, se julga o home supremo e toma soltar bandidos e o outro solta o ex chefe e o outro quer soltar 170 mil, para beneficiar uns, portanto têm que ter tempo determinado e ser no mínimo juiz, pois PTralhas e PToff têm muitos, que nunca foram capazes de serem aprovados em concursos.

  76. Foi exatamente para mudar a atual política, é que nós elegemos novos deputados e senadores. A reação contrária aos interesses dos antigos, né parece mais uma questão de ego, ou rabo preso mesmo. Mudanças já! Ninguém é dono de Câmara, Senado, STF.

  77. O nó das discórdias passa pela ficha limpa. O homem público que tenha algo a esconder e deseja manobrar instituições para isso, vai se dar mal. O Brasil quer limpar o entulho.

  78. Resumindo: Os caras que têm rabo preso, se mijam de medo de irem presos e partem para o ATAQUE!!! Fim da matéria. Agora, entre aspas: “Sobra para o irrepreensível Moro, porque ele simboliza exatamente o que tais bandidos, de toga ou não, temem...a Justiça, claro, né”? Pois é, querem me contratar pra escrever, ou continuo ‘escrevendo’, simples assim, para vocês aprenderem? Pô!

  79. contrata uma multinacional blindada, para gerir esses um trilhao e meio,coloca um presidente decorativo, e vamos ser uma alemanha em pouco anos, temos dinheiro, somos potencia, mas a corja nao larga a teta, que ele chamam de instituiçoes funcionando pra eles, a democracia deles, divisao igual de roubo de imposto, e pronto, qual eo sentido de manter esse cabare que nada funciona, DEMOCRACIA E BOA QUANDO SE TEM GENTE HONESTA, SE GRITA PEGA LADRAO, E SEMPRE E O OUTRO E HAJA IMPOSTA. PALHAÇADA .

  80. Articulistas, lembram da piada do dono do jornal que queria contratar um jornalista, mas sem indicações de "amigos". Resolveu submeter os candidatos a um teste. Escrever uma matéria, em tempo e espaço determinado. O tema dito na hora. Candidatos a postos, tema: Jesus Cristo. Aí, atrasado, chega um candidato com cara de louco. É informado do teste. Pergunta qual o tema. Jesus Cristo. Ele pergunta: a matéria é a favor ou contra? O dono diz: pode parar o teste. Ele já está contratado. Tenham juízo!

    1. Muito bem lembrado. As pessoas às vezes esquecem do óbvio: "follow the money", ou "sinto muito, sou profissional e tenho contas para pagar".

  81. espero que os tres poderes não esperem a população começar uma revolta, para começarem a agir com mais honestidade, se a vaca descobrir que é mais forte que a cerca, não havera cerca que a segure

  82. Falar em verborragia é simplista demais. Lembrem-se da defesa de Evaristo de Moraes (pai) fez do homem que matou outro só por causa de um apelido. Os articulistas (a quem respeito) talvez entendam. Dia 20, Rodrigo Maia (bebezão e vilão) mandou Bolsonaro entregar a reforma no protocolo da Câmara. Bolsonaro foi de imediato até lá e "entregou" pessoalmente o documento. Só que Maia o recebeu das mãos de um "funcionário de Bolsonaro", sob o olhar de Bolsonaro. Revejam a cena, por favor, srs. Acordem

    1. Você quer esse unicórnio de que cor? Azul, branco, vermelho...

  83. "...verborragia e ódio ignorando os marcos da lei". Crusoé não poderia encerrar uma matéria sem posicionar-se à esquerda e contra o povo, contra o Brasil. Verborragia é dessa imprensa calhorda e mercenária. Ódio é dos corruptos que estão vendo ex presidentes irem em cana. Ninguém paga os manifestantes nas redes sociais, a não ser os bandidos, o derrotado PT e seus asseclas. Guerra fria não é só para fazer o adversário recuar, é o equilíbrio do terror. (continua)

    1. ...já cansaram de comer bolos porque não tem pão. Os corruptos da ilha da Fantasia (BRB) estão, como Maria Antonieta pagando para ver. Quando essa Bastilha cair, vai sobrar para quem nem se imagina que exista e os militares aí sim, terão que sair de sua zona de conforto. Não se faz omelete sem quebrar ovos. E nesta ilha de frustrados e comunas camuflados aqui e tucanos de bico colorido, algo vai frustrá-los ainda mais. E, Gadelha, invente outro codinome; José está cansativo, com ou sem acento.

    2. Na Guerra Fria - a original, entre EUA X URSS - o comunista Kruschev instalou mísseis atômicos em Cuba apontados para os EUA e Kennedy (um Democrata, viram esquerdófilos?) deu 48 horas para retirarem, cercando a ilha com a 4ª Frota. O russo cedeu. Estava blefando.Na verdade, na guerra fria, cada um paga a mão para ver as cartas do outro, se estava ou não blefando. É isso que está acontecendo. Só tem um fator MUITO desagradável: chama-se POVO. Os brasileiros já cansaram de comer bolos porque não

  84. No fantástico mundo de Gilmar, só os outros podem ser investigados pela receita federal, ele não. Vitimismo de esquerda descarado desse zé-plenário disfarçado.

  85. O Ministro Gilmar Mendes acredita haver uma conspiração contra o judiciário? Avisa ele que o povo acredita que parte importante do judiciária conspira contra o povo. É isso.

  86. Não existe exército de Bolsonaro nas redes sociais. O que existe é um exército de brasileiros contra o um legislativo, um judiciário e uma imprensa que não querem ver que o Brasil está mudando. É bom vcs irem acordando, senão vão dormir na cadeia.

  87. OPINIÃO: eu votei nele, sabendo das limitações, contudo a realidade decepciona. Bolsonaro não sabe jogar o jogo da Presidência. 1 - Não atua e não articula; 2 - Mídia social sua e dos filhos prejudicam o governo; 3 - Não se governa por rede social; 4 - Não tem base aliada sólida (são 513 deputados e 81 senadores, não tem 20%); 5 - Não negocia com Maia e Alcolumbre; 6 - Seu discurso é contraditório, nem contra, nem a favor, pelo contrário (das reformas); 7 - Não administra o governo. TUDO PARADO.

    1. Drusius, não é questão de pouca ou muita fé, é questão dos fatos. Para quem consegue avaliar um campeão, apenas pelas passadas do cavalo já se percebe se ele tem garra para a corrida. No caso, já diagnostiquei que ele NÃO CHEGARÁ em primeiro lugar na raia. Poderá correr, mas não pagará nem o placê... NÃO É UM CAMPEÃO. Infelizmente.

    2. Joshua, você continua um homem de pouca fé. Calma, expanda sua paciência, como dizia Stallone. Os aliados internacionais reforçam e muito o Governo - qualquer governo - Mostram que "u hômi" é poderoso. Na Ilha da Fantasia, as melancias irão se acomodar. Depois de aprovada a Previdência e o pacote de M oro, vem a 2ª parte do plano. Aí caem fora as laranjas podres (por estarem podres). E se algo der errado, há o fator inusitado: chama-se POVO. Que já cansou de comer bolos porque não tem pão.

    3. COM OS MEU BOTÕES já dou por descontado que o governo Bolsonaro NÃO ENTREGARÁ o prometido. Se perder Guedes e Moro, irá afundar em pouquíssimo tempo. Não terá sustentabilidade da população (séria), do mercado (internacional também); da política nacional (da qual tem pouquíssimo). Os problemas do Brasil não estão em Washington, Santiago,Jerusalém, eles estão em BRASÍLIA.

  88. Em quem você votaria na foto de chamada dessa matéria?????AcordaPresidente!!!! A sociedade que o elegeu Prioriza o Pacote anticrime! Somostodosla-jatistas!!! E enguliremos a refirma da previdência desde que o fim da impunidade seja mostrado e sacramentado!!!!Ah! E corrigidas as falhas do.modelo chileno como " falêncuas" e " vendas de passe sem anuência do investidor"!!!!!!!!!!!!!

  89. O ôvo da SERPENTE é o STF. Nao adianta fazer terrorismo. Quem tiver de pagar na SUPREMA CORTE que pague. Nenhum MINISTRO pode estar acima das leis. Eles estão dando conta que nao dai Deuses. A única instituição confiavel é a Polícia Federal. E preparem ministro ela vai te pegar. Cedo ou tarde, esse jogo de xadrez terá um xeque mate. """"Mas so lembrando dia 04/07 será maior"""". Nao brinquem com o povo nas Ruas ministros. Agora temos motivos de sobra.

  90. Não é onda autoritária é necessidade imperiosa, vital, de limpar o país! O Brasil está sob o dominio do criminosos corruptos e dos armados!!! Autoritária é a corrupção entranhada em todas instituições roubando o povo descaradamente, acintosamente! Se fosse na China seria uma bala na nuca e o exemplo estaria dado!

  91. Se for para acabar com essa corja que anteriormente tomou de assalto os três poderes, desejo mais é que haja uma disrupção em todo nosso sistema político e judiciário!!!!

  92. BOLSONARO está em uma posição super confortável. Tem apoio popular, legitimidade e é honesto. Os outros querem tragá-lo para um lodaçal que ele não vai por um simples motivo : NÃO PRECISA !

  93. Realmente há um clima tenso em Brasília e uma indefinição de rumos. O Legislativo e o Judiciário se aliam e tentam construir uma defesa, mas ainda há grupos que remam contra. O Executivo não recua e pouco negocia. Enquanto isso, o Brasil fica à deriva nesse mar tempestusoso. Acredito que há momentos em que se deva ceder. Não digo descer ao nível sórdido do inimigo, mas negociar e assumir o timão. Afinal, não é ruim que as reformas deem certo e o Brasil decole, como pensam "alguns". Oremos!

  94. Gostaria de ver Maia repetir hoje, o que disse na quarta-feira...kkkkk...a aprovação do Pacote Moro é exigência da sociedade. Não queremos continuar sendo o país que está na lama! E confiança é fundamental! E não confiamos nos chefes dos poderes legislativo e judiciário. Ponto.

    1. Ninguém cai mais em conversa fiada, só ações concretas podem convencer alguém. Quais as ações concretas do Maia? Para apagar a madrugada das dez medidas, só tramitando o pacote do Moro. O Alexandre de Moraes não tem um pingo de apoio popular e está também com a credibilidade baixa. O que Maia fez? Tirou o time, alinhou e confirmou a estratégia da velha política (e diz o contrário).

  95. Ainda não entenderam que NÃO somos " pagos" para publicar nossas posições nas redes sociais!!! O mais básico dos erris básicos: não ouvir o " eleitor, contribuinte, povo"! Nós somos " supremos" e temos nas FFAA o nosso braço armado sim!#MudaBrasil...na marra! Merecemos um país melhor, sem ratos no poder!!!#PacoteMoroUrgente!

  96. Tudo isso sobre o qual a coluna discorre é o que os caciques do poder querem que continue. Também indica que Bolsonaro está certo no que faz.

  97. É preciso crer na possibilidade e capacidade de mudar esse modelo político nefasto.A luta é renhida e covarde.Mas,em benefício dos nossos filhos e netos,é preciso fazê-la.A população cidadã não pode se deixar enganar. Persistir e manter a motivação/posição.Pois o objetivo é nobre.

  98. Muito boa a ideia de um locutor narrando o artigo. Ajuda, principalmente os deficientes visuais. Mas, convenhamos, esse que aí está é muito ruim! Ele não sabe sequer pronunciar corretamente as consoantes, colocando como fechadas as que são abertas e vice-versa; a entonação de voz é péssima; as vírgulas representam para ele pedras de tropeço; parece não conhecer os atores políticos citados, pronunciando seus nomes de forma inteiramente desconhecida; será um estrangeiro?

    1. Marcos, essa eh um tipo de leitura feita por computador. Começou com o Zkinfle mas não evoluiu pois eh “horrorosa”. Fiquei feliz com seu comentário pois eu já reclamei e inclusive escrevi a redação sugerindo uma mudança. Acho que a Crusoe já tem um número suficiente de assinantes para pagar um leitor humano.

  99. Os deuses dos templos estão atordoados. Rodrigo Maia deus das reformas, bateu de frente com Moro, recebeu o sogro na cadeia e a culpa do fracasso das reformas.Toffoli, Gilmar e Morais, deuses da defesa dos padrinhos receberam o Temer na cadeia, o bode Ioiô das mídias e o celular atômico do Chico Silva da JBS. O Álcoolumbre deus da vaidade e incapacidade , pela luta contra a Lava Toga e faltas de estatura política, luz própria e de projeto político explodirá. E o povo que se dane.

  100. Muito bom! Creio que estamos no meio do embate entre o sistema, o tal mecanismo e o desejo de mudança, de se despir de todas estas práticas nocivas a nação. O problema é que o velho sistema tem estrada, manha, e o novo ainda não tem experiência. Quando alguém não consegue seus intentos ou desiste ou apela para a força, os dois são ruins mas,como sempre, tem-se que escolher o menos pior.

  101. fecha tudo, tudo aquilo que atrapalha o brasil eos brasileiros, fecha nao vamos pagar esses gangsters para ficarmos de joelhos essa gente trabalha pra nos, e nos rouba com a democracia na boca, a unica democracia e da miseria, Hum TRILHAO E MEIO, e nada funciona, vem um botafogo da vida e ainda faz chantagem, um supremo cheio de psicopatas mal intencionados, so temos noticias ruins e pagamos, pagamos pagamos,pagamos, pessoal do truck vamos parar esses tiramos.

  102. Curso de Democracia para STF. Programação. 1 - Imprensa se combate com imprensa 2 - Não cale seus adversários mas sim busque mostrar que estão equivocados 3 - Não bloquear contas no twitter, facebook e outras redes sociais nem mesmo restringir a internet. 4 - Não fazer ameaças durante as sessões do STF nem constranger o povo. 5 - Caso queira abrir inquérito requeira à Polícia MP não use o STF, não abuse do poder. *descontos especiais para OAB e PGR. #STFoDITADOR

  103. A verdade é que os lixos de ministros do stf e maia estão preocupados em não irem presos, são lacaios e vivem do dinheiro público, se esbaldando dos desvios e falcatruas provenientes do nosso salário.... ou vcs acham que o patrimônio deles é fruto do salário que ganham???

  104. A preocupação deles é que o Brasil dê certo. Para evitar isso irão fazer de tudo para não aprovar a reforma da providencia. Brasil!

  105. O Presidente e da Câmara e os ministros nunca viram "perigo à democracia", quando o PT e seus cúmplices arruinaram o País, transformando o governo num grande balcão de negócios. Agora, quando a lava-jato está nos seus calcanhares, os atores saem das sombras para "defender" a democracia. Vou ali vomitar e volto!

  106. Maia, Gilmar e Toffoli fazem a frente dos desesperados. Sabem muito bem que os brasileiros de bem não toleram mais corrupção e desmandos dos poderes. Sabem que aqui do outro lado existem cidadãos que acordaram para um novo Brasil. Ou acham que somos apenas robôs? Pois fiquem achando. E a matéria do Antagonista que já acusou Toffoli de receber uma mesada suspeita é extremamente branda em relação as anteriores praticamente fazendo uma defesa da velha política e do judiciário atual.

  107. No meu entendimento a questão é simplesmente a manutenção do status quo. Todos sabem as falcatruas realizadas pelos três poderes e aqueles a realizaram no passado não querem ser punidos e irão as últimas consequências, se puderem!

  108. Agora o Maia diz que pula fora por causa do Carlos...que é da nova política da madrugada de 10 medidas... Me engana que eu gosto.

  109. Incrivel mesmo é acharem que tudo é uma conspiração, e que o povo não pensa, não se expressa, e não é capaz de entender e se indignar com o proceder dessas pessoas, ...... realmente eles desprezam o povo da maneira mais vil possivel......

  110. É o prenúncio Lampedusa (em Il gattopardo): “Algo deve mudar para que tudo continue como está”... Mas a questão é: porque o Brasil deve sucumbir aos interesses dos políticos tradicionais e dos magistrados que apoiam esses interesses? Afinal, o quê de bom, nos trouxe a política tradicional?

    1. Qual a representatividade desses três senhores: um recebe mesada de R$100.000,00 e não revela a origem; outro é investigado na lava-jato; e o terceiro recebe patrocínio de empresas com processos sob sua condução.

    1. Em casa que falta pão todos brigam e ninguém tem razão. O Brasil está chato!!

  111. Deixa eu ver se entendi. Os caras têm contratos de roubo de 30 anos e agora querem que o Brasil aceite a "legitimidade institucional" do roubo explícito? Sem chance.

  112. É a nossa revolução francesa atrasada em muitos anos e sendo resolvida de outra forma... sem guilhotinas, mas sim, grades!! É a tentativa de mudança de percepção e forma de se fazer política... Resta saber, se a própria revolução não engolirá seus filhos como a primeira!!

    1. Eu penso, ao contrário do antagonista, que a sobrevivência do governo independe da Previdência. Esta é importante para o país. O Bolsonaro sucumbe se ceder ao toma lá dá cá. Aí sim as ruas se voltam contra ele. Claro que deve batalhar pela previdência, mas não a qualquer custo. Reforma da previdência sempre é impopular, se perder componente Ético, quem o defenderá?

  113. Se essa matéria diz alguma coisa lógica, conclue-se que para essas instituições sob judice, POVO não existe. Mas insistem em defender uma DEMOCRACIA. A deles, das malas com 51 milhões. O congresso e seus asseclas fisiologistas não tem nada a negociar se se retira neste momento a reforma da previdência da pauta. Vamos às ruas aprovar a reforma do MORO, a casa vai cair pra bandidagem, não importa a cor do colarinho.

  114. Presidente, na realidade estão todos com o "C&"nas mãos, mantem a pressão que eles vão implodir, tirando Vossa Excelencia todos ai deveriam está respondendo na Justiça, são costumaz corruptos de carteirinha....

  115. Esta matéria mostra o quanto o stf e o maia estão forjando uma narrativa de que existem robôs atuando em campanhas difamatórias contra os ministros do stf, e contra o próprio maia. Então, pelo exposto, sou um robô, pois não me canso de xingar esses canalhas miseráveis. Eu e outros milhões de robôs, iguais a mim.

    1. Como faço parte dos sessenta milhões que elegeram o JB exatamente pra varrer essa corja chamada velha política, então presente, também sou um robô.

  116. 1º - Maia não é fiador de nada, perguntem a qualquer polícia se dá certo ceder a chantagista. 2º - O Brasil inteiro sabe "quem" são os problemas no STF, quem dá cobertura para o resto de ORCRIM que sobrou no congresso. Toda a crise institucional é "só" esta. "Remove" estes aí que o Brasil anda e para de sangrar. Simples assim.

    1. E a cada dia, cada declaração dessa gentalha dizendo que o povo não tem direito de exigir o cumprimento da lei e que eles fazem o trabalho para o qual são pagos, mais eles se expõem e expõem seu caráter feudal, autoritário e ditatorial. Agora está ficando claro que a mudança tem que ser de MENTALIDADE, e TEM que ter um componente moral, que os Maias e Gilmares da Vida NÃO TEM. Isso vai ser interessante.

  117. Cada poder, legislativo, judiciario e executivo, devem atuar de forma técnica pensando no Brasil. A política abjeta do toma lá,dá cá em nada contribui para a melhoria de nossoa amado Brasil.

  118. Será preciso um banho de sangue para nos livrar de autoridades corruptas e ladras? Essa política nojenta e abjeta tem que acabar agora. Chega de mafiosos no Poder!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO