Como dizer que o STF é uma vergonha

07.12.18

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem.

500
  1. Faço minha as palavras de Luiz. Precisão cirúrgica, clareza incontestável, embasamento profundo e humor fino…almost British, I would saúde! ( apesar da sua francofilia- e minha também, devo confessar!) Ave, Sabino!

  2. orgulho-me de assinar uma revista que tem textos de qualidade como este, notável e que me dá inveja a ponto de entranhar seu estilo admirável. não resisti à vontade de repassá-lo entusiasmadamente.

  3. Sou anglo-saxão de coração. Tenho uma inveja branca desses povos práticos, diretos. Por trás da “frieza” entendida pelos latinos espertos, há uma sinceridade, um respeito. Nada é perfeito, antes que surjam comentários simplórios aqui. Mas o maior bem estar que conseguem prover a seus povos é atestado do sucesso de suas culturas. Folgo em ver que o novo governo é muito mais anglo-saxônico.

  4. Cargos do judiciário acima de juízes deveriam ter mandatos de 10 anos, prazo a partir do qual os homens começam a se julgarem Deuses … Terminado o prazo, volta para sua função anterior. Não gostou ? Recuse a oferta do cargo. Simples assim.

    1. Será que são mesmo necessários 10 anos para se julgarem deuses? Acho que 10 minutos ou 10 segundos, para alguns, é mais que o bastante…

  5. Mario Sabino seu texto eh, simplesmente, espetacular e na condição de Advogado com mais de 45 anos de atuação so posso aplaudir por inteiro suas oportunas e inteligentes palavras sobre essa VERGONHA que eh esse tribunal brasileiro corrompido por homens sem vergonha na cara e que se acham deuses e pensam que estão acima de tudo e de todos. Esse Juiz do STF merece o impeachment. Em qualquer pais serio isso já teria acontecido. Mas não so ele como a maioria. Homens sem moral.

  6. Transformar o complexo em simples, sem perder ou corromper o conteúdo, requer inteligência, estudo e boa vontade em fazê-lo, sempre pensando no próximo. Três coisinhas que não se encontram no STF.

  7. É sabido que até o ensino do Direito neste país enviesa por linhas Tortas. Via de consequência o Judiciário pratica uma linguagem subterrânea, não para esclarecer, mas para complicar. Resultado: os inúmeros recursos que entopem os escaninhos dos tribunais são mais para ESCLARECER do que para JULGAR. E, o resultado desse ” embroglio” é que a maioria dos processos dorme um sono profundo à espera de uma nova lei que acene com um norte.

  8. Não adianta deixar comentário, nunca tive um comentário publicado.
    Com certeza o STF é uma imoralidade. Rosa Weber faz um discurso longo e ideológico na diplomação de Bolsonaro , alerta para que a vontade da maioria não pode abafar a minoria, entretanto não agiu quando um governo corrupto, que era minoria frente à um país inteiro ,pintou e bordou com dinheiro público, levou o país ao fundo do poço por arrogância, vaidade , autoritarismo e desmandos.

  9. PARABÉNS PELO ILUSTRE COMENTÁRIO, ONDE SÓ FALA A VERDADE. A LINGUAGEM REBUSCADA É DE QUEM JÁ ATINGIU OS PÍNCAROS DA VAIDADE E DELA NÃO QUER MAIS SE AFASTAR. POR QUÊ? PORQUE NADA SABE DE VERDADE E SE ESCONDE ATRÁS DESSAS! É LAMENTÁVEL! TUDO ISSO POR FALTA DE HARMONIA COM A NATUREZA: TÃO SIMPLES E TÃO PODEROSA! ESSA FALTA DE CONHECIMENTO VERDADEIRO DA VIDA FORMA DOUTORES DO NADA, POIS, QUEM NÃO TEM A DONA DE TODAS AS VIDAS COMO ESPELHO É, NA VERDADE, UM ANALFABETO DA VIDA QUE VIVE DE APARÊNCIAS.

  10. Então Sabino , o STF é deontologimente questionável !!!! ( isto é uma vergonha ! )
    Seu texto foi cirúrgico , parabéns !
    Fico daqui fazendo uma enorme torcida para que eles ( juízes ) leiam todos os artigos da Crusoe . Quem sabe assim eles aprendem um pouco sobre justiça , ética e moral etc não é ????

  11. Show de comentário. Eu, nunca entendi a causa de tanta complexidade juridica desses ministros. Como também.
    a entediante apresentação dos argumentos. Assistir Rosa Webet, Celsode Melo, Marco Aurelio, Alexandre, Facchin é um ato de sadismo.
    Pedido: por favor retornem os áudios. Eles ajudam mto quem tem problema de visão.
    Grata

    1. Certa feita a min. Rosa Weber (foi recente) leu um longo e extenuante voto. Ao cabo, os pares perguntaram: e aí? seu voto é contra ou a favor? kkkk. nem eles se entendem.

  12. Artigo primoroso. Parabéns, Mário. Clareza não é sinônimo de superficialidade; muito pelo contrário como bem salientado por ti. A que se buscar uma linguagem correta, simples ou culta, todavia acessível.

  13. As decisões da Suprema Corte não são televisionadas. São publicavas sucintamente, e o público não sabe o voto individual de cada um, para garantir isenção nos julgamentos. Que inveja!

  14. O mundo jurídico brasileiro não é mais o mesmo de antigamente. As faculdades pregam a objetividade, clareza e simplicidade na linguagem jurídica quando não causa prejuízos técnicos. Tanto é que o Judiciário já recusou petições iniciais que não foram objetivas. Portanto, a afirmação de que há uma tentativa de manter o juridiquês é falsa. Só não sei por qual razão (desconhecimento ou outra coisa).

  15. No TRT várias vezes ao término da sentença eu perguntava ao meu advogado; eu fui condenado ou absorvido?
    Não entendia nada. Depois por outros motivos descobri que sempre perderia pois estava em um Tribunal Revolucionário que detesta empresários. Mas isso é outra história.

  16. Sempre pensei que um de nossos “nós” são as multiplas compreensões de nossa lingua. Quanto á linguagem jurisdiquez, vejo que é uma forma desses orangotangos se protegerem. Precisamos que o Bolsonaro inicie essa mudança com a escolha de jurista que fale noss lingua, se é que esse existe?

  17. Mário Sabino
    Você é realmente um jornalista maravilhoso ,meu marido era membro da Academia,Ciências& Letras e mato a saudades quando leio você!
    Amo tudo que escreve,mas estou sempre reclamando que precisa escrever mais. Uma vez por semana não dá ajuda necessária que o futuro presidente precisa para encarar os gângsters do Congresso e do STF.
    Estou percebendo pelas notícias dos jornais e revistas que a imprensa já iniciou a demolição do novo governo.
    maria elisa alves de lima

  18. Prezado Mário Sabino, excelente artigo! Infelizmente devo pontuar somente que um tanto rebuscado ao entendimento do Ministro que nunca prestou passou em concurso que o levasse de modo meritocrático ao posto de Superior Tribunal Superior, ainda que por indicação. Ainda, devo dizer que você foi benevolente ao interpretar as palavras de Lewandowski, afirmando que o mesmo “defendeu a honra de seus pares”. Ao contrário, a aberração afirmou que defendia a honra do STF. Não sabe nem que é impossível.rs

  19. Excelente texto para quem não é do direito. Já faz tempo que o direito brasileiro não se preocupa com o significado da lei. Basta retórica para contrariar a expressão e o sentido da lei. Este modelo é inspirado nos EUA, pois lá vige a common law. Juízes americanos são mais políticos que os nossos. Eles ingressam na magistratura por votação ou por indicação do Presidente ou do Governador. Como dito, o texto é para leigos. Críticas existem, o problema é que a análise é totalmente imprecisa.

  20. Por trás de toda esse juridiquês obtuso e esgueirado, muitas vezes se escondem intenções tão cristalinas quanto uma poça de lama! Já passou da hora de se falar português em todos os tribunais no Brasil.

  21. Menos, Sabino, menos. Na engenharia, na botânica, na medicina, na contabilidade, na economia, etc, também há jargões ininteligíveis ao cidadão comum. Você sabe o que é “habite-se”? E “terrarium”? Os próprios jornalistas não tem os seus? Mas o resto do texto está impecável. Parece o mensalão e o petrolão pela insistência. Quanto mais se fala dessa “promiscuidade jurídica”, mais eles participam delas. Há pouco houve outro convescote em que o mestre de cerimônias era um advogado filho de Ministro.

  22. Eu acho é que está todo mundo levando muito na brincadeira o fato de que alguém foi PRESO! E o crime, eles dão um jeito de achar qual é. Imprensa, ficar aí repetindo “STF é uma vergonha” é uma forma pateta e covarde de combater esse abuso de poder.

    1. Concordo com você….apenas acrescento, lembrando que a imprensa é o quarto poder, ou pelo menos deveria ser…..nosso Alamo, símbolo de independência

    2. A condenação de um panfletário nenhum prejuízo pode trazer à ciência sobre que insensatamente se tenha manifestado. A absolvição é certamente benéfica porque induzirá os Ministros a propósito de alguns de seus aspectos, melhorarem os argumentos determinando a formação de decisões com mais aperfeiçoados critérios.Algumas decisões parecem indefensáveis à luz do verdadeiro Direito, como bem o Sabino exemplificou. Direito esse sustentáculo da estrutura social. Belo e competente artigo.

  23. Parabéns Sabino! Concordo com tudo o disse nesse maravilhoso artigo, só gostaria de saber
    porque quando Dirceu, Namus e Lula ofenderam o STF não houve reação! A bem da verdade me parece mais grave o que dissera, afirmando que o STF deveria ser fechado. Você sabe de alguma reação que eu desconheça?

    1. Boa Maria!…muito bem lembrado!! porquê devem ter interesses escusos; para aguentarem essas ofensas e ficarem quietinhos, com certeza tem favores ocultos por trás disso tudo!! O toffoli quando chega HC do amigo e antigo patrão Lula, deveria não julgar, como determina a lei? Mas que lei!?

  24. O STF É UMA VERGONHA PRO BRASIL PERANTE O MUNDO. SEUS MEMBROS, COM RARAS EXCESSÕES, DEVERIAM SER PRESOS EM PENITENCIÁRIAS DE SEGURANÇA MÁXIMA.
    GILMAR (O VENAL, INIMIGO PÚBLICO NÚMERO UM), MARCO AURÉLIO, TOFFOLI E LAVANDOSKY SÃO A PODRIDÃO DESSA CORTE.

  25. O Direito, na mente dos juristas pedantes encontrados entre togados do STF, em outros tribunais e até em pequenas comarcas, é só uma seita que cultua uma deusa vendada com uma balança na mão. Não existe para fazer justiça, mas para decantar os tecnicismos e a verborreia que os exprime em suas peças de processos, que são como salmos de adoração à referida deusa. Ela os abençoa com polpudas verbas do erário público ou de quem pode contratar seus serviços.

  26. Excelente artigo! o comportamento mundano do nosso STF serve de exemplo para os desvairios da maioria dos togados do Brasil. Devemos também lembrar que V.Exa. Lewandowski é Juiz ” dos quintos “…

  27. Talvez mais vergonhoso foi ver o restante dos passageiros calados diante de todo ocorrido no avião, acorda Brasil, aquele rapaz deveria ser aplaudido de pé por todos que estavam ali presentes.

    1. Isso foi bem pior! Por causa desse tipo de covardia e omissão esses indivíduos da pior qualidade estão folgando. #ostféumavergonha

    2. Em outros videos publicados pelo advogado Cristiano mostra claramente outros passageiros dando apoio a ele e nao ao supremo idiota do STF.

  28. Acho que eu sou a única panaca do Brasil que está com medo com esse fato. Tenho 51 anos e tive noção de que tinha que tomar cuidado com o que falava pra não ser presa (ou meus pais) quando tinha 10 anos. Nos últimos 20 anos eu fui relaxando e passei a me sentir muito livre quanto a isso pois pois todo mundo passou a falar mal de todo mundo. Sem consequências. E de repente, esse cidadão questiona sobre uma instituição (não de uma pessoa) e é preso em flagrante! E é isso?

  29. E se puder, quando passar um desses togados sempre a serviço dos corruptos dê uma cuspida no chão, simbolicamente claro, para que entendam o quanto são desprezíveis e o mal que representam…. …. …. Essas Desgraçados de toga e caneta, ainda são pagos com o dinheiro do cidadão decente, desamparado de justiça. Prostitutas de criminoso rico.

  30. A tal linguagem esópica, plena de metáforas e eufemismos ajudou a afundar a imprensa tradicional acompanhada pela televisão.
    Crimes abjetos passaram a ser malfeitos (criação da influenciadora presidenta Dilma) termo sofregamente adotado pela mídia. Delinquentes contumazes passaram à condição de supostos acusados.
    E, last but not least , toda a imprensa solicitou humildemente que o PT se desculpasse pelos “erros” e “malfeitos” cometidos, sem consegui-lo, pois se trata de perseguição política.

  31. Como é fácil para os funcionários públicos com cargos mais “Altos”, se acham no direito de evocar para se, prerrogativas autoritárias. Mandar prender!. Será que ele acha que população está contente com desempenho do STF?

  32. adorei, fiquei feliz em saber que a linga que eles falam, ninguem entende….podemos daqui a algum tempo, exigir que falem de maneira mais clara. Entendo tudo que s Sergio Moro fala!!!!! e o STF é uma vergonha, muito dificil essa tal de “deontologicamente questionavel”. me lembrou dentista 🙁

  33. Mas há que considerar que pessoas públicas não podem ficar sendo atacadas, por ruim que sejam. Se questionamos as atitudes de certos ministros precisamos fazer alguma coisa, legalmente. Quem sabe até mesmo levar a uma Corte Internacional para avaliar o caso ou levar para o nosso Congresso Nacional.

  34. Estou há dias me perguntando o que aconteceria se um “justice” da Suprema Corte mandasse prender um cidadão que tivesse falado o mesmo, se é que um fato como esse possa acontecer por lá. Ou mesmo se um prefeitinho de algum condado no meio-oeste o fizesse. E somente a imprensa digna criticou o ministro: vocês, a JP, Josias… o resto da sociedade organizada correu para demonstrar sua fiel vassalagem ao abusador de poder.

    1. Mário, perfeito na apreciação. Ainda acrescentaria que a redação de algumas leis é um desafio para qualquer comum dos mortais conseguir entender. Parabéns!

  35. Não sejamos ingênuos , os ” nossos ?” Ministros são Nomeados por Políticos Brasileiros , então não podemos esperar nada mais que ARROGÂNCIA , é só ver as caras que fazem , Ricardo , Gilmar e os outros . Eleições não mudam isto .

  36. Com esse STF é impossível governar o país decentemente!
    Que a Lava Jato tenha o fio da meada e não seja corporativa na hora da caça aos juízes corruptos!
    Impeachment p todo STF!
    E que no Senado e Câmara dos deputados se cassem os mandatos de Rena, Color, Gleise, Aécio entre outros. E que os enrolados que perderam o foro privilegiado vão direto para cadeia já em Janeiro.
    São votos para um bom 2019 para este esculhambado país!

  37. Graças ao constante desprezo dos membros do STF brasileiro às leis que juraram defender e ao povo do país, o povo se mobilizará para a remoção de todos, exigindo democraticamente o impeachment de todos eles – um a um – por intermédio do novo Senado em 2019. Instrumento democrático, previsto em lei e inexorável. O primeiro passo e’ garantir que Renan não seja presidente da casa. Depois, pautar o abaixo assinado de +de 3,5 milhões de assinaturas para o impeachment de Gilmar Mendes, e expulsa-lo.

  38. De todas as porcarias que inventaram nesse judiciário brasileiro nada se compara ao incrível fato do presidente da república ser responsável pela nomeação dos ministros do stf. Não existe independência de poderes no Brasil.

    1. Fico a pensar quem eram os caras que compunham o congresso constituinte, a exemplo do sr. Henrique Eduardo Alves, deputado flagrado em pleno plenário lendo a revista playboy, e olha que nem tínhamos internet no Brasil.
      Não sei se a estrada da CF88 está madura aos 30 anos!

  39. Oba, mais um artigo supimpa do Sabino. Dá prazer e compensa esperar pela sexta-feira. Erudição e estilo. Li que uma assinante está brava com a reportagem sobre a Joice e deixou de ler o artigo do Sabino por isso. Não faça isto assinante, leia o Sabino e esqueça a Joyce,

  40. Genial o artigo. Concordo com Sabino em gênero, número e grau. Siendo sinceros hiperbólicos, será que alguém tem orgulho do nosso Supremo que está mais para Ínfimo Tribunal…

    1. Como salientou Bruna, realmente a coluna do Sabino por si só já vale a assinatura. Muita qualidade… imperdível !!!

  41. Esses moleques de toga, usam esses termos esdrúxulos para uma população minimamente alfabetizada, com o intuito de calar o povo. Esse “juridiquês” falado principalmente por Celso de Melo, é simplesmente para que a maioria dos Advogados formados por faculdades duvidosas, não insistam em contestar a “grande sabedoria togada”! Mesmo com tudo isso, são uma vergonha sim!! Quase todos eles!

  42. Parabéns Sabino, pela clareza com que expôs seu raciocínio. Esse STF, que aí está é realmente uma vergonha e eu me envergonho, como cidadão toda vez que vejo seus membros. Temos ainda muito o que evoluir como povo e nação… mas chegaremos lá.

  43. No fundo no fundo parece tudo uma brincadeira de criança. Ou seja uma infantilidade só. Principalmente por parte do ministro. Poucos sabem como foi a estrada que ele caminhou de São Bernardo do Campo para chegar ao STF. Aí entra na história a educação de berço etc. & tal.
    O que matou esta turma do STF foi a TV SENADO. Uma fogueira só de vaidades. Uma vergonha! Quando não havia esta TV eles resolviam todos os assuntos em pauta dentro de 40 minutos a 1 hora no máximo.

  44. Adoro a clareza de suas matérias, 2018 foi o ano de descobrir quais os meios de comunicação levam as notícias de forma idônea, por isso, acabei ficando restrita, sexta feira começa para mim como bálsamo. Café da manhã com Crusoé.

  45. Adorei seu texto acho que você escreveu inspirado. Li duas vezes. A segunda com muita calma. Suas palavras foram perfeitas, claras e objetivas e tocou a minha alma brasileira. Será que o STF leu ? Acredito que sim. Parabéns Sabino. Estarei aguardando o que tem a dizer novamente em breve. Obrigada.

  46. Mário Sabino TOP. Redação clara com palavras pouco usuais mas passível de entendimento por qualquer pessoa. A conclusão é ainda mais clara, o juiz desceu no submundo e mostrou a sua pequenez em dar tamanha importância a algo tão singelo como O STF é uma vergonha e fez isso tudo em nome da honra dos colegas sem medo de ser ridículo.

  47. Mario, você não pode criticar linguagem rebuscada porque você faz uso. Seus textos tem palavras que não é qualquer revista ou jornal que utiliza. Eu mesma de tanto tropeçar nelas e muitas vezes sem saber o sentido abandono a leitura.
    Você é um excelente jornalista mas não é qualquer um que acompanha seu texto. E eu sou uma destas.

    1. Discordo, a palavra mais “complicada” do texto é o sobrenome do Ministro, mas isso não é culpa do Mario Sabino. A linguagem que ele usa é clara, sem malabarismo.

    2. Sugiro então que leia mais, Karina. Os textos do Sabino nunca foram herméticos nem tampouco parnasianos. Não concordar com tudo, faz parte. Culpar pela forma, pelo estilo, sua incompreensão, é apenas falta de leitura. Quando não entender um texto, fica a dica, procure suas fontes. Caso não haja fontes, vá ao google e pesquise os termos que lhe são estranhos.

  48. Mário Sabino vc como sempre escrevendo de forma clara e sucinta.
    A população perdeu de vez a paciência com as instituições que não protegem o cidadão de bem, mas zelam pelos corruptos e mal feitores.
    Não duvido nada que se continuar do jeito que está teremos protestos pedindo que STM julgue os ministros vendidos do STF, e ai quero ver a cara de Bu#da do Gilmarzinho da corte, do mensaleiro Tofolli, do capacho Lewandoski, do indignado Celso bandido de Mello e do seu alforje Marco Aurélio Mello.

  49. O Min. Lewandosky defende haver uso excessivo da prisão no país. Ele foi o relator de um habeas corpus coletivo que concede liberdade à gestantes e mães de filhos menores de 12 anos em prisão preventiva, para qq crime. Mas, veja só, quando o Min. foi alvo de uma interpelação que julgou inadequada, lançou mão da prisão para resolver a questão, justo a medida que ele diz que está banalizada. O Min. deveria dizer ao advogado “quer cumprir prestação de serviços à comunidade?” ou “quer paga multa?”

  50. Nem vou ler seu artigo hoje, minha conversa é outra. Não assinamos a Crusoé para vocês darem palco para uma oportunista, arrivista e egocêntrica como Joice Hasselmann, para isso tem trouxa que assina e assiste os vídeos dela em suas redes. É melhor admitir que não tem notícia do que insultar a inteligência dos leitores dando palco p/ quem faz espetáculo dos fatos objetivos. Espero que isso não se repita e o nível da revista não cai pq senão infelizmente vou ter que cancelar a assinatura.

    1. Uuuuuuuuuuuuuuu…que “meda”. A porta da rua é a serventia da casa. Além de não ler, e por causa disso e só por isso, sente-se insultada? Aaaaaaaaa, vai catar coquinho. Vai ler Capricho, menina.

    2. Você é da turma do “não li e não gostei!” Tem todo o direito. Aliás, recentemente uma turminha muito parecida foi posta para fora do poder e cultivava a mesma predileção pelo ataque gratuito.

    3. Enquanto você cancela por parecer egocêntrica como a Joice, outros tantos a assinam. Quem perde não ler o Mário é apenas você e eu não precisaria dizer isto se você não fosse tão egocêntrica. Sorte para você, acho que apresenta precisará dela em sua vida.

  51. Torço muito para que o Moro tenha a coragem e as armas para combater a corrupção no Judiciário. Não tenho a menor dúvida de que é o Poder mais corrupto da República. Outra coisa que me inspira os instintos mais primitivos é o exército de concurseiros que almejam um carguinho nessa estrutura, um exército de zumbis opulentos que sonha em morder, não os cérebros, mas as boquinhas sensuais da corrupção.

    1. Não há esse tipo de ingerência entre os Poderes! São independentes e harmônicos. Com a leitura simples e direta de Montesquieu (O ESPIRITO DAS LEIS) pode-se compreender melhor essa questão. Moro está no Poder Executivo. No Judiciário, Moro era Juiz Federal e, como tal, à época, postava-se diante da norma positivada e seguia em frente, naquilo que era provocado a se manifestar na via processual. Mas agora é Ministro do futuro governo. Terá que se ater aos limites de ordem constitucional.

    2. Certamente, Alexandre, não quis dizer que ele tome decisões pelo Judiciário, mas à frente da PF e dentro do escopo do Executivo há muitas ferramentas à disposição para combater a corrupção no Judiciário. A ideia de separar os poderes também se justifica pelos limites que um impõe ao outro.

  52. O filho de uma égua Lewandowski reagiu dessa maneira foi porque o rapaz não falou com muita educação. Além do mais não se espeta bandido com vara curta, faltou voz grossa. É injusto, mas é a lei dos cães.

  53. Sou advogada e me empenho a ser o mais clara e simples quando escrevo! Eu acho um “saco” esses rapapés jurídicos. Muitos juízes, especialmente de primeira instância, tem se inclinado mais para a simplicidade na escrita! Ainda há futuro! Ah!!! O STF é uma vergonha!

    1. Sou médico e também me empenho em ser o mais claro e simples ao abordar o problema e o tratamento. Nossas profissões tem mais convergências neste campo da compreensão que quaisquer outras.

    1. o que me insulta é a falta de solidariedade do brasileiro. Pensar que naquele avião havia pelo menos mais 100 passageiros, e que nenhum. deles se solidarizou com o “agressor”, da uma dimensão do país que temos.

    2. Como você sabe que nenhum passageiro do avião se solidarizou?
      Você estava presente? Você sabe quantos passageiros tinham no avião, em que lugar estavam sentados o Levando e o advogado que o interpelou , a altura que eles conversaram e se era audível pro todo o avião? Se estava, ótimo, está dando um informação relvante, se não estava, está apenas repetindo o que leu por aí!

    3. Comungo da mesma visão do Reinaldo. Se houve comoção, Sophia, esta foi prá lá de contida. Prudência mundana ou medo mesmo! Provavelmente todos os outros passageiros tinham “mais o quê fazer” do que se arriscar a perder o dia indispondo-se com um togado deontologicamente questionável. O recado foi dado. O STF sabe qual o conceito que a sociedade tem de seus togados. Certamente não são os mais elevados.

Mais notícias
TOPO