Pela entrada privativa

16.04.21

Com Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde, a cúpula do laboratório União Química, representante no Brasil da vacina russa Sputnik V, teve acesso privilegiado a gabinetes importantes da pasta. De janeiro a março, em pelo menos seis oportunidades, o representante da empresa em Brasília, o ex-deputado Rogério Rosso, entrou na sede do ministério pela portaria privativa, usada pelo ministro e por seus secretários – em alguns casos, não havia nem sequer registro na agenda. Os acessos não foram lançados no sistema eletrônico de visitantes. Constam apenas de um caderno em que funcionários anotam, à mão, o nome de quem passa pela porta exclusiva. Em duas das seis visitas, Rosso estava acompanhado do dono da União Química, Fernando de Castro Marques. As visitas aconteceram, em maior número, no período em que o laboratório ultimava as negociações com o governo para vender a vacina russa. A assinatura do contrato, para a aquisição de 10 milhões de doses, foi anunciada no dia 10 de março. Até hoje a vacina não obteve a aprovação da Anvisa.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéCastro Marques e Rosso, da União Química: acesso especial ao ministério
 

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Será por isso que o Gal Pazuello quando “ foi saido” do MS falou em pedido de propina?? Respostas para o terceiro andar do palácio do planalto.

    1. Eita .pazuello é honesto? se fosse não deixaria nada oculto

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO