Poço sujo

05.02.21

Engana-se quem acredita no discurso oficial segundo o qual a Petrobras pós-petrolão está livre das interferências políticas. Fontes da companhia asseguram que a saída do ex-promotor Marcelo Zenkner do cargo de diretor de conformidade, responsável por prevenir e corrigir desvios e irregularidades, está relacionado a modos não muito republicanos, digamos assim, ainda em vigor na companhia. Zenkner já havia se desentendido, não faz muito tempo, com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco. Internamente, o que se diz é que Castello Branco tem se mostrado permeável a interferências políticas de Brasília. O ex-promotor, que estava no posto desde 2019, é alinhado à Lava Jato, que descobriu desvios bilionários na companhia praticados durante os anos de governo do PT – na raiz do problema, não custa lembrar, estava justamente a ingerência de políticos e de partidos sobre os negócios da empresa. A Crusoé, a Petrobras afirmou que a saída de Zenkner não está relacionada a irregularidades que ele possa ter detectado e que a decisão foi motivada por “razões pessoais”.

Lucas Tavares/FolhapressLucas Tavares/FolhapressA sede da Petrobras, no Rio: mandonismo e queixas de práticas antigas

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O Brasil 🇧🇷, como a Petrobrás, continuam sendo esquartejados e roubados pela mão grande que subiu ao poder, mentindo, fingindo e corrompendo... conseguiu-se destruir a Lava Jato e governar sob o domínio do mal, da ganância e da arrogância! 😢😢

  2. A Petrobras deve ser olhada com lupa até porque as quadrilhas estão se remontando e reorganizando devidamente apoiadas em esquemas de impunidade.

  3. Quando os corruptos viram vítimas e a Lava Jato é perseguida por ter colocado fim nos interesses de ladrões, algo está errado. Com o STF com o objetivo claro de anular julgamentos, está na cara que a corrupção venceu. Espero ver Mourão como candidato em 2.020.

  4. Até hoje só foram eleitos no Brasil aqueles bem falados pela “grande imprensa nacional”, e foram decepções repetidas. Pela primeira vez isso mudou.

    1. Pelo menos mude os comentários. Vocês são dignos de pena.

    1. Pois é,e tem algo de bom pra ser dito desse tresloucado ?

  5. Engana-se mais ainda, quem acredita no que informa esse poço de ideologia, mentiras e distorções de fatos, chamado Crusoe. Canalhada Crusoe!

    1. bem falado! essa turma aqui vai sofrer muito até 22 KKKKKKK

    2. O gado se alimenta da bosta do presidente, só falando assim.

  6. BOLSONARO “PERSONALIDADE em CORRUPÇÃO e CRIME ORGANIZADO do Ano!” FAMÍLIA BOLSONARO promoveu retrocessos na luta contra a CORRUPÇÃO que nem mesmo Dilma e Temer ousaram! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

    1. Um novo PETROLÃO,batendo nas portas da "NOSSA PETROBRAS".Só q agora mais aprimorado,e com a certeza da impunidade.....VIVA a "NOVA POLITICA do ASNO 171.Logo logo,FERNANDINHO beira-mar,terá uma diretoria. Se bem q perto dessa MÁFIA BOZONARISTA,Beira mar é batedor de carteira.

  7. Mundialmente, tanto na iniciativa privada como no mundo estatal, infelizmente o prazo de validade dos diretores de compliance é o momento em que abrem os olhos para descobrir que quem dorme com cachorro acorda com pulgas...

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO