Adriano Machado/Crusoé

Temer pistola

03.08.18

Da visita do vice-presidente americano Mike Pence ao Brasil, algumas semanas atrás, restou um mal-estar diplomático que as partes envolvidas tentaram a todo custo manter na surdina. Não pegou bem no Itamaraty e no Palácio do Planalto a iniciativa de Pence de, num discurso oficial em Brasília, mandar um recado para latino-americanos que tentam entrar ilegalmente nos Estados Unidos. As autoridades brasileiras foram pegas de surpresa com a fala do vice de Trump. Acharam-na inapropriada para um evento em que a ideia era celebrar a boa relação entre os dois países. Diplomatas dos dois lados se esforçaram para que Pence corrigisse o que foi interpretado como um ato de deselegância. Conseguiram, então, convencê-lo a ligar para Temer para explicar o ocorrido e, quem sabe, até pedir desculpas. Só que, na parte mais reservada da história, quando o telefone tocou no Planalto o cada vez menos poderoso presidente brasileiro resolveu falar grosso. Mandou dizer que não poderia atender. A explicação: ele estava assistindo a um jogo do Brasil na Copa. Os americanos não engoliram a recusa.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Nossa ! Parece que compraram ventilador novo para jogar bosta velha. Americano bicudo e insolente tentando se desculpar com menino birrento... que cena !

  2. Hilario ver o pato manco corrupto do Temer fingir ter algum poder. Em Janeiro, será da presidencia direto pra cadeia ou pra fralda geriátrica e para o total esquecimento na história

  3. Do ponto de vista diplomático o Temmer se apequenou e perdeu a chance de usar o incidente a seu favor. Podia ser pior, e ele poderia ter enviado uma foto fazendo beicinho.

  4. Educação, boas maneiras não faz parte do caráter da maioria dos nossos políticos Eles se julgam superiores aqui o que prevalece e a arrogância a prepotência ,acostumados a tratar o povo como subalternos e seus iguais com ofensas se esqueçeram o que é civilidade princípios que regem uma sociedade jogaram tudo na lata do lixo deplorável a atitude de chefe de nação e de Estado que diz no mínimo bem educado.

  5. Nada de deselegante no pronunciamento do vice americano. Mesmo o Brasil enfrenta diariamente o problema da entrada e permanência de ilegais. É por patacoadas como essa do Temer que ninguém no mundo que importa leva o Brasil a sério.

  6. Brasileiros não se cansam de dar vexame. Nada de deselegante a respeito do pronunciamento do vice americano. O Brasil mesmo enfrenta problemas com ilegais a cada dia.

  7. Qual é a dificuldade de entender que Pence se referia aos ILEGAIS. O que esperavam que os EUA fizessem? Boas vindas ou incentivos aos ilegais? A imprensa finge não entender o significado de ILEGAL. Extraordinário!

    1. Perfeito. No Brasil se tem ojeriza ao óbvio, ao moral e ao decente.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO