Carlos Fernandodos santos lima

A república da mentira

11.12.20

A Constituição Federal foi a grande vencedora no recente julgamento do Supremo Tribunal Federal sobre a possibilidade de reeleição dos presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados na mesma legislatura. Entretanto, mais que a alegria de ter prevalecido o que já estava previsto no artigo 57, o significativo e preocupante foi o placar apertado em relação à interpretação – se é que cabe alguma interpretação além do reconhecimento da literalidade do seu comando – ao texto claro e inequívoco proibindo “a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente”.

Essa divergência no plenário do STF só confirma o que temos falado há muito tempo. Alguns ministros do Supremo agem movidos por interesses obscuros (ou não tão obscuros assim), criando interpretações que são condizentes com sua vontade e não com a da Constituição Federal. Ou seja, primeiro decidem quais interesses desejam atender e depois criam o “juridiquês” para enfeitar a decisão.

Basta ver a lista daqueles que resolveram atropelar o texto de lei e tornar possível o sonho de Rodrigo Maia de se tornar o primeiro-ministro de fato, para entender toda a jurisprudência recente do STF. Temos um eixo de ministros (Toffoli, Gilmar e Lewandowski) que representa os interesses da classe política e do atual sistema de manutenção do poder pelo abuso sistemático do poder econômico. Esse núcleo comandou não somente a recente tentativa de burla à Constituição, como ainda, pelo mesmo motivo, vem destruindo as investigações e condenações da operação Lava Jato.

Por sua vez, o escolhido pelo atual presidente, Kássio Nunes Marques, que se alinha quase automaticamente com esse “eixo”, divergiu apenas para fazer valer a vontade de seu padrinho Jair Bolsonaro. Assim, votou contra Maia para beneficiar Arthur Lira, líder do Centrão e envolvido em escândalos de corrupção, mas torturou a Constituição Federal para satisfazer a ambição de Alcolumbre, apoiador do presidente.

Em sentido contrário da subordinação da ordem jurídica aos interesses políticos, encontram-se os ministros Fachin, Barroso, Rosa Weber, Cármen Lúcia e Fux. Esses ministros aliam-se em defesa da Constituição e da subordinação da atividade política a ela. Como ministros pendulares (swing votes), há os ministros Marco Aurélio, conhecido por ser imponderável, e o calouro Alexandre de Mores, que embarcou em mais uma canoa furada ao apoiar Gilmar Mendes nessa tentativa de agradar ao grupo de Rodrigo Maia.

Aliás, Alexandre de Moraes já embarcou em sua curta carreira como membro do STF em outras aventuras contra a Constituição, como a de censurar a revista Crusoé apenas para satisfazer Dias Toffoli. Tudo isso mostra que vivemos no Supremo Tribunal Federal um equilíbrio de forças muito delicado e que a qualquer momento há risco de novas interpretações que transformem proibido em permitido, ou vice-versa, apenas para satisfazer poderosos. E é nisso, mais do que em grupelhos de autoritários fascistoides, que se encontra o risco para nossa democracia.

Esse “eixo” de ministros que representam interesses políticos é exatamente aquele que vem destruindo todos outros avanços no combate à corrupção obtidos nos últimos 20 anos. Aliás, foi justamente um acordão nacional entre Rodrigo Maia e Dias Toffoli, então presidentes da Câmara dos Deputados e do Supremo Tribunal Federal, no começo de 2009, com a adesão posterior do próprio presidente Bolsonaro, que iniciou o paulatino desmonte dos órgãos de controle e o silenciamento de vozes discordantes, como a de Deltan Dallagnol, por meio de múltiplos procedimentos disciplinares contra ele conduzidos por subalternos da classe política. É esse “eixo” de ministros e parlamentares que apoia agora projetos para destruir a Lei de Improbidade Administrativa e a Lei de Lavagem de Dinheiro.

Por fazerem de tudo para satisfazer os interesses poderosos que representam, esses mesmos ministros e parlamentares aproveitam-se de uma válida preocupação com a garantia aos acusados do devido processo legal para disfarçar seu propósito de deixar livres políticos pegos em indiscutíveis casos de corrupção. São esses mesmos ministros que se aliam a garantistas a soldo para justificar que um acusado de crime do colarinho branco fique livre, desfrutando de um padrão de vida incompatível com seus ganhos lícitos, como se não fosse perigoso para a sociedade.

E vamos engolindo essa ladainha nas manchetes dos jornais, como se realmente organizações criminosas que roubaram bilhões não só da Petrobras, mas de obras da Copa, Olimpíadas, do metrô de São Paulo e Rio de Janeiro, marmitas de presos e merendas de estudantes não fossem tão perigosas quanto traficantes de entorpecentes. Entretanto, Fernandinho Beira-Mar está preso e os colarinhos brancos investigados, acusados e até condenados por corrupção estão no poder novamente.

Infelizmente, muitos, inclusive na grande imprensa, movidos também por interesses ou ideologias ou simplesmente ingênuos, acreditam que política é esse festival de absurdos que vemos nos tribunais e no Congresso Nacional. Isso a que assistimos não é política no sentido verdadeiro da palavra, da conciliação de interesses legítimos na busca do bem comum. O que temos visto na história do Brasil são manifestações da impostura e da mentira, e as justificativas de Gilmar Mendes para trocar o “não” pelo “sim”, acompanhadas entusiasticamente por Toffoli e Lewandowski, não podem ser consideradas apenas interpretação, mas sim a manifestação mais atual dessa doença congênita à nossa formação pública: há os que podem, mesmo contra a Constituição, e há os que não podem, mesmo que com toda a lei a seu favor.

Como disse certa vez Rui Barbosa, há “uma impregnação tal das consciências pela mentira, que se acaba por se não discernir a mentira da verdade, que os contaminados acabam por mentir a si mesmos, e os indenes, ao cabo, muitas vezes não sabem se estão ou não estão mentindo”. Precisamos escapar dessa cegueira moral ou da conveniência de nossos interesses privados e exercer clara e abertamente a crítica às decisões judiciais e aos projetos de lei que representem a manutenção de um sistema antidemocrático e não-republicano de apropriação do público pelo privado. De outra forma, iremos logo ver a Constituição tornar-se letra morta.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Parabéns Carlos Fernando, pena que você, Joaquim Barbosa, Moro e tantos outros tenham saído da vida pública. Além das mortes e da paralisação da economia o vírus também trouxe a ausência das manifestações de rua. Logo que possível -as vacinas assim permitirem- devemos voltar a gritar contra os escroques e canalhas espalhados em todos os poderes.

  2. Certíssimo o Carlos Fernando. Pena que deixou o serviço público. Estamos carentes de profissionais destemidos e sem medo de quem vem pela frente.

  3. como sempre o trio da mafia?STF, sempre contra o Brazil uns parasitas que recebem grandes bonus por suas defesas d contra a patri a e a favor desses facinoras do dinheiro publico

  4. Mais uma excelente explanação do Dr. Carlos Fernando. Apenas uma pequena correção, no sétimo parágrafo, onde se menciona o ano de 2009. O correto é 2019.

  5. Dar a entender que Fachin, Barroso, Rosa Weber, Cármen Lúcia (e até mesmo Fux) são legalistas é piada!!! Ali só tem oportunista!!!! Mudam o discurso (voto) de legalista para progressista igual biruta de aeroporto (vide escolha de reitores, prisão em segunda instância, etc)... No mais, excelente artigo!

  6. Excelente análise, corajosa manifestação. A mentira, a corrupção e a imoralidade tanto política quanto administrativa estão arraigadas de tal forma às instituições mais poderosas da República que nos parecem parte da natureza dessas instituições. Lamento pelas próximas gerações, mas, não vislumbro saída desse túnel interminável!

  7. Basta imaginar que leis fariam um grupo de estelionatários no poder, num hipotético país: é permitido lavar dinheiro ganho em rachadinhas, propinas e outras fontes similares, sendo vedada a investigação de contas, o bloqueio dos recursos, a divulgação na imprensa e a condenação judicial em qualquer instância.

  8. Agradeço grandemente por ser mais uma voz contra o absurdo de um placar apertado para decidir pelo óbvio - com o agravante de que consta que ministros mudaram de opinião na última hora para que o quadro não fosse trágico. Deveria ser protocolado impeachment de todos que votaram contra o texto constitucional.

  9. Penso que pelo fracasso de nossas Instituições, onde a maioria está desmoralizada e que faz tudo terminar em judicialização no STF e retornando ao ponto inicial: STF é um fracasso que tem sua maioria formado por trapaceiros e indicados por outro desonesto, corrupto, onde tudo acaba estalando no lombar do povo, isso sim! Vivemos em círculo vicioso.

  10. Nada a ver com o texto já falei uma vez e vou falar de novo o no nome do autor na capa e dentro do texto está invertido : DOS SANTOS LIMA / LIMA DOS SANTOS. EDITOR VÊ SE CORRIGE!

  11. Perfeito Sr Carlos Fernando, é tudo isso somado a um bando de politicos picaretas, que estão querendo aprovar em regime de urgência, lei protegendo advogados e seus escritórios de serem investigado!! VERGONHOSO.

  12. Concordo plenamente e acrescentaria: as instituições estão podres e os seus representantes estão doentes pelo poder. Insanos, cegos, psicotizados pelas ideologias. Isso está parecendo o período que antecedeu à queda do império romano, em que as leis eram invertidas e violadas, a corrupção e a improbidade reinantes. Chega um momento que não se pode mais manter uma estrutura pútrida a esse ponto. Eles não têm um mínimo de sentimento republicano. É, amigo, o poder corrompe, de fato.

  13. Parabéns Carlos Fernando dos Santos Lima, esse sim, podemos citar seu nome completo, ao contrário do eixo do mal, tais como; Tofinho (aquele reprovado 2 vezes para magistratura), Lewan (para os íntimos), nomeado pela Marisa Letícia, e o empresário juiz, Beiçola, "amigo "de governadores,ou tudo que possa estar ao alcance de um suposto poder. Agora temos o copiador- mór da república, o Kássio com K, que recentemente foi admitido ao clube dos garantistas.

  14. Mais um primoroso texto do dr. Carlos. A pergunta que fica é a seguinte: Onde estão os homens de bem deste País? Onde está o lado bom do Congresso, do Judiciário, do Ministério Público, dos Empresários, da Sociedade Civil em geral?

  15. Parece que no supremo tem uma delegacia para investigar, fazer dossiês e um EXMO calvo, só para monitorar e prender esse tipo de gente que escreve assim deles. Como ousa senhor, não teme os supremos?

  16. Carlos. Com extrema lucidez, você descreveu como opera esse "eixo do mal" da Suprema Corte. Esses três sujeitos já politizaram as suas funções faz tempo. Quem não se lembra quando Levianowsky cuspiu na CFB ao ferir o ART. 52, Parágrafo Único no impeachment de Dilma Roussef? Eles deveriam ser expulsos do STF pelas afrontas feitas à nossa constituição. Esse caras não têm escrúpulos.

  17. Carlos Fernado, brilhante texto!!! Você colocou o dedo no cancro do STF chamado Gilmar, Toffoli e Lewandowiski. Como é bom encontrar alguém que expões às claras o que pensamos desse trio de bandidos do STF.

  18. Vamos torcer para que o autor que está certíssimo e “mandou bem” uma análise concreta dessa safadeza em exercício nos abutres do supremo, não seja processado e preso a mando desses bucéfalos e paquidermes Gidowski e outros palermas - deuses de barro.

  19. Parabéns pelo artigo. Concordo plenamente. Isso reforça a necessidade do VOTO FAXINA nas próximas eleições gerais. Precisamos renovar o Congresso Nacional com a máxima urgência possível.

    1. Concordo plenamente. Precisamos não reeleger corruptos e familiares de corruptos, o atual congresso é um cancer com metástase no executivo, no judiciário (principalmente no STF), no estado. No STF a Constituição é rasgada diariamente, um soco no estômago do brasileiro que paga seus impostos. É preciso um voto Quimioterápico pra matar este cancer e manter a democracia.

  20. Faça-nos um favor. Nas próximas eleições, candidate-se a algum cargo, nem que seja deputado federal, ganhará "com um pé nas costas"; pode ser até senador, mas as vagas são menores. Ajudará imensamente o Brasil. Mas ..... não anuncie isso agora, senão vai ser torpedeado por todos os lados!

  21. Mais uma vez parabéns pelo seu artigo claro e inquestionável todas as colocações. Entretanto, só um comentário discordante. A Constituição no Brasil é uma maquiagem, que esse "eixo" se maquia como quer e bem entendem. Quando esta Constituição não agradar mais ao "eixo" convoca-se outra e mais outra... É frustrante viver num país sem perspectivas de melhora.

  22. a constatacao perfeita mas como mudar. li outro dia que se votar mudassem as coisas seria ilegal.....onde esta a solucao qual caminho seguir ir pras ruas ou votar

  23. Perfeito o teu artigo. Com o fim da pandemia voltemos às ruas para expressar o tamanho da nossa indignação com esses elementos, e em 2022, que elejamos alguém lava jato puro sangue e nada de menos.

  24. a justica em todas as instancias ja foi contaminada como sair.desta arapuca. as pessoas do bem estao sendo derrotadas. como mudar de rumo sem ser um cavalo de pau a manobra suave ja era.

  25. Desassombrado e verdadeiro! Corajoso e fiel analista dos fatos criminosos dos poderosos mentirosos que regulam nossas vidas, Carlos Fernando! Desculpe-me pela intimidade... você me representa e aos brasileiros do bem! Parabéns

  26. Parabéns ! Claro e objetivo . Nossa democracia está sendo completamente desfigurada por esses ministros do STF e pelo PGR. Bolsonaro está administrativamente destruindo o MP e as operações independentes . O PT por baixo dos panos aplaude

  27. Dr Carlos,o sr expõe de forma brilhante como os votos dos nossos ministros são feitos!São escolhidos os interesses a serem defendidos e aí,usam o ridículo juridiquês para explicar o inexplicável!

  28. Não deixo de lê os artigos brilhante do Dr Carlos Fernando,nós honestos sentimos um bálsamo para aliviar nossas raivas que semtimos desses políticos ridículos e de Ministros questão esses três citados do Supremo que temos ojerizava eu pelo menos fico envergonhada com 72 anos vendo tudo isso,vergonhoso.

  29. Dr. Carlos Obrigado pela comentario brilhante. Quando iremos ter pessoas do seu nivel nos representando no congresso? O que temos sao minoria. Quando vai sair essa prisao em segunda instancia?

  30. C. Os ministros do STF que rasgam a Constituiçāo para atender a seus interesses pessoais sāo as verdadeiras ameaças ao Estado democrático de direito.

  31. STF aparelhado, julgando segundo seus interesses particulares. O que pode ser pior do que isso para a formação de uma nação democrática e livre?

  32. Foi muito grande a lucidez apresentada neste texto. Parabéns Carlos Fernando! Só destaco que sempre nos espanta e revolta o uso, por alguns ministros do STF, da tal "interpretação" dos textos constitucionais que sejam absolutamente claros e diretos, num desrespeito profundo e imoral ao povo brasileiro. Esse recurso da "interpretação" faz com que a Constituição valha absolutamente nada para esses facínoras, já que apenas serve como base para um exercício inescrupuloso do "juridiquês".

  33. Como sempre, firme, corajoso e preciso nas análises q faz do nosso triste cenário ! Parabéns, Dr Carlos Fernando! Há momentos em q nos sentimos sozinhos e em total desalento, crendo q não há esperanças de q nosso país um dia irá se libertar da ignorância, da corrupção, do atraso econômico e moral. Mas, ao ler textos como esse, percebemos q não estamos sós e q precisamos não nos deixar esmorecer por esse estado de coisas! Mais uma vez, parabéns pela brilhante análise!

  34. Parabéns procurador, sempre preciso na análise política de nosso País. Difícil de mudar esse caos no Brasil em curto prazo. A maioria dos políticos não vão mudar o que sabemos que tem que mudar. A maior parte dos eleitores são alienados. Conheço pessoas de classe média, formadas, que ficam cegas, pelo fanatismo, que ainda estão apoiando esse presidente insano e estelionatário. Quanto ao STF, deveriam ser eleitos por mandatos de 10 anos, eleitos por categorias, MPF, Justiça etc.

  35. Perfeito, sensacional... Se pudesse daria publicidade nacional a tantas verdades ao mesmo tempo nos faz sentir inúteis na nossa cômoda passividade brasileira a tudo isso. Parabéns!

  36. Estamos entregues às quadrilhas que atuam nos três poderes da República. Sair disso vai ser difícil e levará muito tempo.

  37. Neste momento, so mesmo o impeachment eh soluçao considerando que JB se tornou uma marionete do que ha de pior na politica e vai escolher mais um ministro do STF. Mais um ministro escolhido por JB teria decidido a favor dos interesses da corja e virado a partida.

  38. O ex-procurador acusa o Presidente de ser o responsável pelo voto do Kássio Nunes apenas baseado no fato de tê-lo nomeado para o STF. Pode apresentar alguma prova concreta sobre isso? No caso negativo, faça-nos a gentileza de calar a boca e escrever baseado em provas, ao invés de seguir fielmente as ordens do seu patrão Mainardi.

    1. "apenas baseado no fato de ter nomeá-lo para o STF".🤦🏻‍♂️ 🐮 bolsonarista ainda não compreendeu a grandeza deste tipo de nomeação presidencial, a mais importante para o país? Lá na frente, quando o governo Bolsonaro se tornar ultrapassado, esse ministro estará 'votando' em favor dos acordões. 'Apenas" pelo fato de ter "beijado a mão" de Senadores, o centropetista Kássio Marques já votou contra a LavaJato. Belo começo de carreira! 🤦🏻‍♂️

    2. Eita bozoísta ridículo. Está mais claro que água de bica .

  39. Você consegue exprimir nosso sentimento com polidez. Eu não consigo escrever o nome de alguns desses personagens sem meia dúzia de palavrões na sentença. O pior é perceber que não há cura homeopática para o nosso mal. Ou apelamos para uma cirurgia ou vamos viver e morrer com essa comorbidades.

  40. Brilhante e corajoso como sempre Dr Carlos Fernandes. Descreveu precisamente o maior problema do Brasil, nosso judiciário, todos os demais problemas brasileiros são oriundos de nosso judiciário, afinal eles ocorrem porque a corte permite. Acredito que a solução deve ser iniciada pela eliminação dos privilégios da classe, isto os tornará mais iguais e menos poderosos,

  41. Educação já! 98% do povo não entenderia seu texto, não saberia interpretar e a grande maioria esqueceria no primeiro minuto seguinte. Uma pena! E com essa geração fraturada chegando ... Esquece! Segue o baile!

  42. Uma pergunta que não quer calar: ATÉ QUANDO NÓS SEREMOS REFENS DESSES BANDIDOS QUE SÃO MOVIDOS POR INTERESSES QUE NÃO SÃO INTERESSES DOS BRASILEIROS?

  43. Cirúrgico!! Gilmar é um grande canalha....uma investigação rigorosa desvendaria sua verdadeira face. E a estréia do mini ministro Kassio? foi ridículo...rss votou exatamente como queria seu dono!! rss

  44. Explicito e brilhante. A Republica da mentira é uma verdade que deve ser contada para toda a Nação. Parabéns Carlos Fernando. Só a Crusoé/Antagonistas podem nos oferecer a visão verdadeira dos fatos dentro da nossa imprensa historicamente fisiológica.

  45. Artigo com oportuno e excelente conteúdo. Deveria ser reproduzido em todos os jornais e demais veículos de imprensa.

  46. Muito bom, doutor. Também podemos afirmar que MORAL alguns não tem, pois já veio do "berço", e assim não se apertam e arrumam um "jeito" da família toda ganhar um dinheirinho fácil com a "adevogacia", ne?

  47. Fui estudante de Direito ainda numa época em que o STF tinha apenas a prerrogativa de errar por último; hoje é o primeiro a errar e a envergonhar não somente o Judiciário, mas todos os brasileiros decentes.

  48. Parabéns mais uma vez Carlos Fernando , pelo brilhantismo , clareza , ética e realismo contundentes em seu texto.Pensamentos e leituras claras do nosso governo desvairado , oportunista e corrupto são imprescindíveis para a boa formação de opiniões e o Sr.nos presenteia isso com maestria!!! Homens como o Sr. e Moro são fundamentais para recompor esse congresso repleto de meliantes.Seja nosso guia e nossa bandeira por um Brasil ético e responsável!Seus textos deveriam estar em toda mídia séria!

    1. Florival , nosso dever cívico é corroborar com ideias civilizadas e realistas como a do Dr. Carlos Fernando.Vamos disseminar esses textos claros e realistas à imensa população desinformada e despolitizada, e que colabora cada vez mais para a proliferação de políticas corrosivas e corrompidas ,( infelizmente nunca tínhamos chegado antes a esse ponto)...tamanha a corrupção que não vai embora...

    2. Concordo, esse seria também o meu comentário. agora não preciso fazê-lo. Obrigado

  49. A interpretação da palavra vedada pelos ministros do supremo soa como piada. E eles estão sendo pagos, e bem pagos, pra isso.

    1. Indo para as ruas os ministros do STF acompanham os manifestantes. O trio de sempre, figuras manjadas e conhecidas. Carlos Fernando irretocável. Moraes e Kassio ridículos.

  50. Só quero a vacinação em massa, para que possamos voltar às ruas gritar contra esse desmando generalizado que aí está. O povo tem poder.

    1. Penso sempre nisso,Maria. Torço pela vacinação não só para protestar,mas também para isso.

  51. O grupo minoria patrimonialista da Casa Grande pode tudo, estão acima da CF 88, o grupo maioria escravos da senzala pode nada, são obrigados a obedecer a lei e pagar impostos, infelizmente poucos cidadãos terão acesso a esse texto esclarecedor dos bastidores do poder. Está na hora de exercitar a desobediência civil, o povo não aguenta mais os desmandos dos donos do poder

  52. O melhor artigo que já vi aqui na Crusoé, e que vi na imprensa nos últimos anos. Descreveu, sem máscaras, o lixo do sistema de acordão em que vivemos. Parabéns pela nobreza!

  53. Creio que a censura a Crusoé foi um mal praticado por Alexandre de Moais mas pior que isso é o chamado 'inquérito do fim do mundo'. Além das prisões incabidas de críticos de alguns supremos.

  54. Cabe uma das frase de um dos grandes gênios da humanidade: " O mundo não esta ameaçado pelas pessoas más, e sim por aquelas que permitem a maldade". Obrigado por mais um dos seus lúcidos textos.

    1. José , o mais perigoso deles é o ministro- empresário (pode isso?) Gilmar, visto que os outros dois são reles paus mandados e o Alexandre até hoje não sabe o que está fazendo no supremo. PQP.

  55. Parabéns pela live da OABDF, Dr Fernando. Ainda bem que temos vozes como a de vocês e da Crusoé, nesse mar de desolação, parece que cada dia ficamos mais sós. Parece que nadamos no meio do furacão, que não acaba. A Lavajato nos deu esperança, ensinou que poderíamos sonhar com um país melhor, e os diabos sociopatas só estão vencendo. Estou numa canseira sem igual.

  56. Louvo sua opinião mas, recrudesce em mim, a sensação de que uma quadrilha de celerados bandoleiros (como dizia minha mãe) estão se tornando maioria, irreversivelmente. Mas, afinal, se está quase tudo dominado pelos bandidos "no poder", que surjam reações mais agudas dos setores que ainda não estejam contaminados pela indecência e imoralidade das forças que conspiram contra a parte sadia da sociedade. Levante a sua voz, meu caro. Lidere o levante! Alvaro Costa @brasilia_urgente)

  57. Mais uma vez um texto formidável. Teve erro em uma data, mas leitores da Crusoé, que somos, entendemos muito bem..Realmente a tal subjetividade é vergonhosa. E nem precisa entender claramente o assunto para constatar isso. Prisão em Segunda Instância. Sabemos exatamente como votarão certos ministros. Que inclusive, mudam seus votos, se os ventos mudarem para os seus protegidos ou senhores.

  58. É um malabarismo jurídico bananeiro típico de país corrupto sem perspectiva de mudança. É o uso da toga como moeda de barganha. Triste. Muito triste.

  59. Esse Brasil só endireita na força!! Não tem jeito!! É inacreditável oque estamos vivenciando! Não dá pra duportar!! Até quando essas aberrações vão continuar??

  60. 🙏🏼👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼🙏🏼🙏🏼👏🏼👏🏼🙏🏽

  61. A omissão da grande mídia em divulgar todos os desvios nos três poderes propicia o terreno fértil à Continuidade dessa roubalheira no Brasil. No auge d Lava a Jato vimos a grande mídia cumprindo melhor o seu papel o que criava um feto temor nos criminosos dos 3 poderes.

  62. Os DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! No EXECUTIVO e no LEGISLATIVO promoveremos a RENOVAÇÃO! E com este JUDICIÁRIO? O QUE FAZEMOS? Temos de ALTERAR a CONSTITUIÇÃO, exigir CONCURSO PÚBLICO para TODOS MINISTROS de TRIBUNAIS SUPERIORES e estabelecer MANDATO de 10 ANOS! Exigimos MERITOCRACIA, INDEPENDÊNCIA e ALTERNÂNCIA! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos!

    1. Totalmente de acordo,temos tantas reformas a fazer PRÁTICAS fazer deste País uma república civilizada,que infelizmente não veremos,quiçá nossos netos,mas precisamos começar

    1. Verdade fez bastante como promotor,precisamos demais homens honrados

  63. O que precisamos no Brasil de hoje são pessoas com conhecimento jurídico e que não advogam mais, que não terão um dia processos julgados no STF, estes não precisam temer os Gilmares da vida, e podem analisar e falar a verdade pura. Meia dúzia de ministros mudam a constituição a toda hora, a bel prazer, mas deputados e senadores juntos gastam-se centenas.

  64. ... O que mais leio (internet) e ouço em tudo é a expressão de concordância ou discordância por um(a) simples "Vdd." ... Um país da "verdade abreviada".. ... tudo é Vdd. !!! ... Detesto quando leio ou ouço Vdds ...

  65. Verdade pura o comentário do Procurador Carlos Fernandes. Resta saber até quando o país vai aguentar esse descalabro dos 3 poderes sem uma intervenção militar para arrumar a casa.

    1. Sinval, entendo tua ansiedade em querer resolver as coisas rapidamente, mas pode acreditar q o caminho é a democracia com tds os seus defeitos. Vai ser um prazer vê-lo espernear como faz até hj seu ídolo D Trump. Nosso problema é escolher o cara certo. Eu tou com MORO22 e não abro.

    2. Desculpe Sinval ,mas intervenção não vai levar a nada.Inclusive atualmente já estão no poder.Veja o que está acontecendo.

  66. O Doutor Carlos Fernando falou tudo! É a purissima verdade explícita que acontecendo em nosso Brasil. Então?... o que fazer para impedir que esse sistema acabe o Brasil e com o povo brasileiro?

  67. Belíssimo artigo Carlos Fernando. Esclarece a gravidade de nossa situação. Como psicanalistas sabemos que a mentira é um câncer mental. A disposição para mentira é sinal de uma personalidade perturbada. Sabemos que a busca da verdade é um alimento para a mente. Precisamos dela. Estamos adoecidos como sociedade. Caímos em um estelionato eleitoral. Lamento por Moro, por todo país. Muito triste,olhar todo cenário político e só ver raposas prontas para entrar no galinheiro com parte do Supremo.

  68. PQP! Esse Carlos Fernando é muito bom! Este artigo traduz o que a esmagadora maioria do povo brasileiro pensa e como age. Entretanto, a podridão dos políticos é o que prevalece. Pobre Brasil!

    1. SÓ acho que a maioria do povo que pensa pode entender,num País de analfabetos é mal letrados,infelizmente Pois se todos pensassem assim ,não seríamos o que somos Está é a situação

  69. Bah! Bah! E Bah! Que artigo, Carlos. Como te expressas bem. Eu já disse aqui e repito: serias sem nenhuma dúvida meu candidato à presidente da república. És reservado, eu percebo isso, mas defendes os interesses do Brasil com uma lucidez invejável e bastaria isso para recolocar o país nos trilhos. Um norte. É isso que precisamos. O resto vai se encaixando naturalmente. Parabéns. Grande abraço. Grande prazer em te ler.

    1. Que satisfação ler comentários de cidadãos sensíveis ao momento implosivo que o país atravessa, senhores!!!👏👏 O analfabetismo político nos trouxe a essa baixeza moral , disseminados pela escória governista..."Nação miserável é aquela que precisa de herois; os verdadeiros heróis são , em verdade , os cidadãos que enxergam" (Brecht) Aqui está um de nossos exercicios de boa cidadania ...prestígioe divulgação de leituras sérias e honradas , como as do excelente Carlos Fernando!!!

    2. Sem palavras . Texto maravilhoso . Parabéns Dr Carlis Fernando. Que podemos fazer com esse trio de excrementos humanos?

    3. Caros Fernando e Welinger: grato pelos comentários. Vocês acrescentam sentido e ampliam minha compreensão de um tema que considero triste nesse momento de 6 a 5. E, nessa época de desencontro quase feroz de opiniões, escrever com educação estimula o diálogo e a coragem de expor o que penso. Abraço

    4. Pois é, temos, sim, pessoas capazes de tornar esse país uma 1grande potência, muitas delas, até por terem perdido a esperança já se mandaram daqui. O problema é que a democracia impõe a questão da escolha dos mandatários pela maioria de votos e é aí que a coisa pega. Precisamos de mais "Carlos Fernandes" pelo menos como formadores de opinião e mesmo assim sem muita esperança de mudança a curto prazo.

    5. Gostaria de ter escrito seu comentário, Roberto... Está excelente como o texto do Dr. Carlos Fernando dos Santos Lima.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO