Extorsão à paraguaia

16.10.20

A área de inteligência do governo acredita que se André do Rap, o megatraficante libertado por ordem de Marco Aurélio Mello, refugiou-se mesmo no Paraguai, dificilmente a recaptura se dará no curto prazo – e a ressalva não se dá exatamente pela dificuldade de localizá-lo, mas por razões que envolvem um tema complicado do ponto de vista diplomático. Brasília acredita que, após ser localizado pela polícia paraguaia, o chefe do PCC passará por um processo que tem se repetido com criminosos brasileiros endinheirados caçados no país vizinho: ele provavelmente será achacado à exaustão antes de ser entregue ao Brasil. Esse é um tema delicado nas relações entre as autoridades de segurança dos dois países, que não tratam do problema abertamente sob pena de melindrar a relação. Há, no entanto, casos recentes que ilustram bem o problema. Chefes do próprio PCC localizados do lado de lá da fronteira e extraditados relataram a autoridades brasileiras que já não aguentavam mais os sucessivos achaques praticados pela banda podre da polícia paraguaia. A lógica por lá, segundo uma bem posicionada autoridade brasileira, é encontrar os criminosos, tirar deles tudo o que for possível e só depois prendê-los e mandá-los para o Brasil. Por óbvio, a torcida é para que, dada a sua repercussão, o caso de André do Rap tenha tratamento diferente.

Reprodução/Polícia CivilReprodução/Polícia CivilAndré do Rap: investigadores acreditam que ele voou para o Paraguai

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. ué, ladrão que rouba de ladrão não tem 100 anos de perdão? vamos esperar completar o centenário, enquanto isso estou a perguntar-me quanto custou a última saída dele da prisão.

  2. Discordo, agem os corruptos lá, como agem os corruptos cá, ou em qualquer outro lugar do mundo. Brasileiro vive encontrando tipos mais ou menos graves para encontrar exceções absurdas. Precisamos abraçar a luta contra a corrupção. Ponto.

  3. Sem filtros politicamente corretos. - A polícia paraguaia tem atitude elogiável. Retira dinheiro do bandido, enchendo-o de porrada e entrega o bife já pronto para passar na grelha.(texto bolsonarista. Rsrsrs). O traficante colombiano Carlos Abadía, em 2008, suplicou ao STF sua extradição para os EUA. Trouxe para o Brasil 16 milhões de dólares em espécie. Segundo fuxicos penitenciários apanhava dia sim no outro também. Viajou de mãos vazias e corpo dolorido.

  4. A América do Sul é igual em todo o lugar!! Aqui em São Paulo vários traficantes colombianos famosos e já extraditados foram achacados à exaustão antes de serem presos...!! É só perguntar aos presos...e vejam o que dizem!! A corrupção melhorou no Brasil, mas ainda é mais frequente do que pensamos!

  5. Taí, um bom lugar para mandar o Queiróz... Isso porque como há ligação com milicianos, de extorsão, essa turma entende muito bem... Seria até uma forma de troca de experiências e know-how da área da extorsão e rachadinhas...

  6. Não acredito em fuga para o Paraguai. Aqui é muito melhor para qualquer criminoso, o achaque está sob controle absoluto das facções. Não há o que temer pois não há lugar no mundo melhor do que o Brasil que alguém possa escolher para ser um pária com CPF ,título de eleitor, carteira de motorista e um juiz só prá si. Fugir para o Paraguai? Faz-me rir!

  7. Quem ficou 5 anos no país das maravilhas, em Angra dos Reis, pode muito bem estar desfrutando das mesmas maravilhas em Fortaleza, graças ao beneplácito de Marco Aurélio.

  8. Falar em banda podre no Judiciario Paraguaio é brincadeira com os brasileiros..la é 100%, só não fala que e ofical por modestia.

  9. Duvido que esse cara tenha deixado país. Ele está por aqui mesmo. Já deve ter se refugiado no nordeste, norte, interior de São Paulo, ou vindo pro Rio. Tudo foi muito bem planejado. Nada de fugir às pressas pro Paraguai e lá ter extorquido seu rico dinheirinho ganho com tanto suor. Ele está escondido bem à vista de todos.

    1. Ele ficou foragido cinco anos em Angra dos Reis, por que iria ser achacado no Paraguai?

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO