A morte da Dersa

10.09.20

O lançamento do edital para retomada das obras do trecho norte do Rodoanel, anunciado na quarta-feira, 9, pelo governador de São Paulo, João Doria, é apontado dentro do governo como o “atestado de óbito” da Dersa. Isso porque a conclusão dos 44 quilômetros de via, que deveriam ter sido entregues em 2016, será gerenciada pelo Departamento de Estradas de Rodagem, o DER, uma autarquia, e não mais pela estatal envolvida em uma série de escândalos de corrupção nas gestões tucanas. O dinheiro desviado no trecho sul, concluído em 2010 pelo ex-diretor Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, ajudou a abastecer contas pessoais de políticos e campanhas do PSDB. Já o trecho norte foi paralisado em 2018, após a prisão da cúpula da Dersa pela Lava Jato paulista, por suspeita de superfaturamento para favorecer empreiteiras como a OAS. Nele, já foram gastos cerca de 10 bilhões de reais. A estimativa, agora, é de que a conclusão prevista para 2022 onere os cofres públicos em mais 1,6 bilhão. Mesmo sem obras e com projeto de extinção já aprovado pela Assembleia Legislativa, a Dersa deve continuar existindo no papel por mais alguns anos por causa das ações trabalhistas e, claro, criminais.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéEdital de Doria para retomada das obras do Rodoanel decretou o fim da Dersa

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. ESTE CARA É UMA FIGURA. RESSUSCITA 0 VELHO DER . QUERO VER A QUALIDADE FINAL DA OBRA. SERÁ QUE TEREMOS PAVIMENTAÇÃO DE VERDADE PARA UM TRANSITO PESADÍSSIMO OU AS VELHAS TRAQUEIRAS DAS ESTRADAS VICINAIS PAULISTAS?, O FUTURO DIRÁ......

    1. Sim . Eu votava no PSDB . Considerava FHC um Estadista mas é um Pilantra . Protegeu Aécio, Serra, Alckmin, Jose Aluizio .. Amigão do Lula. PSDB NUNCA MAIS CANALHAS CORRUPTORES

  2. Ao ser preso por corrupção, a pena do criminoso só deveria começar a contar após a total devolução daquilo que desviou com as devidas correções. Apreensão de tudo aquilo comprado com o dinheiro desviado. Mantendo o mesmo preso, obviamente. Por fim, mudanças nas leis. Tratar corrupção como crime hediondo e crime hediondo ter como pena, prisão perpétua. Rapidinho essa porra de corrupção acaba e o Brasil cresce.

  3. Dersa X DERs, corrupção não depende de sigla, mas dos dirigentes. Ouvi sobre muita corrupção em muitos DERs. Afinal, é por onde escoa grande parte dos impostos pagos pelos mal assistidos contribuintes.

  4. Sempre imagino um debate entre o articuladíssimo Doria e o jumento boçal e corrupto que elegemos presidente. Só outro Adélio poderia evitar isso

  5. Houve quem minimizasse o dano causado pela corrupção política. Os chamados funcionalistas afirmavam enxergar na ladroagem a virtude de azeitar o sistema político e administrativo. Pura sacanagem de pseudointelectuais. O dinheiro desviado de hospitais se traduz em mortes e desamparo prematuros. O que se rouba das escolas públicas exacerba o analfabetismo, além de privar crianças pobres de uma refeição diária essencial ao seu desenvolvimento físico e mental. Exemplos de tais males não têm fim.

  6. O anel que não se fecha. O trecho norte do rodoanel, tiraria da marginal Tietê, milhares de caminhões, travados em um trânsito infernal, além dos veículos de passeio. Prejuízos para todos, excepto para os políticos corruptos.

    1. Uma coisa nada tem a ver com outra, por favor, me poupe de ter que ler os jabutis introduzidos no assunto do estado de São Paulo, da União,em especial do Rodo Anel.😏

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO