24 horas no batente

10.09.20

A psicóloga Emanuela Dourado Rabelo Ferraz, que foi flagrada acumulando três cargos públicos de forma ilegal, quer encerrar a polêmica sob a alegação de que já devolveu parte dos salários aos cofres públicos. A afilhada política do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, exerceu concomitantemente três cargos  – um na Câmara dos Deputados, outro no governo do Piauí e o terceiro na área da saúde do Distrito Federal. Em sustentação apresentada ao Tribunal de Contas do DF esta semana, a defesa de Emanuela tentou demonstrar “a boa fé” da cliente ao afirmar que ela restituiu 74 mil reais à Câmara. Disse ainda que a psicóloga atuava presencialmente no comando do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF, trabalhava de maneira remota no gabinete da deputada federal Iracema Portella, ex-mulher de Ciro Nogueira, e também despachava virtualmente como assessora do governador Wellington Dias, até então aliado do presidente do PP. Só não explicou como conseguia trabalhar 24 horas por dia, de segunda a sexta-feira, já que os cargos que ocupava tinham carga horária de 8 horas diárias cada.

Edilson Rodrigues/Agência SenadoEdilson Rodrigues/Agência SenadoPsicóloga que acumulava três cargos é afilhada política de Ciro Nogueira
 

 

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. É O BANANAL EM AÇÃO. DANE-SE 0 ESTADO. E OS POBRES. QUERO O MEU.....COMO DIZIA O PERSONAGEM DO CHICO ANÍSIO....SEMPRE O N.E. SE DESTACANDO.....

  2. Isso é a reforma administrativa de Guedes, acabar com funcionários concursados para colocar figurinhas como esta drenando nossos impostos.

  3. façamos as contas: 3 cargos públicos a uma média de 10.000,00 reais cada um = 30.000 - 50% (rachadinha) = 15.000,00. até que era muito pra quem não honra o nome que tem.

  4. A rachadinha é mais uma praga nacional, mostrando que a maioria destes cargos de confiança são uma tremenda fraude para desviar recursos públicos.

  5. Essa é trabalhadora. Deveria ficar no quadro de "Funcionária do Ano" É muita cara de pau... E nós, os otários que assistimos a tudo isso e nada fazemos....

  6. Devolve a grana e tudo bem? E a sujeira em que se meteu e os que a colocaram nessa sujeira, fica tudo para as calendas? Quantos outros afilhados de políticos vagabundos fazem o mesmo?

  7. Precisa explicar? Sabe fazer conta não? O dia tem 24 horas, 8 para cada cabide. Pronto, tá explicado. Só gostaria de ver a psicologia da corrupção na voz dessa santa.

  8. Se o Eduardo Bolsonaro que trabalhava no gabinete do Roberto Jeferson em Brasília e fazia faculdade no RJ, acho possível que essa moça possa estar em três lugares ao mesmo tempo! Se vira nos trinta na política......

    1. Certamente por amor à pátria, ao contrário dos impatriotas donos de supermercados

  9. Esse combinado aí tem dedo do Gov.DF, Ibaneis que pegou Covid19. Depois do covid agora só falta a PF ou a PCDF. #Covidao19DF. Aguardem.

  10. Perfeitamente possível. No horário da manhã ela não almoçava e despachava, nesse horário, para o outro "emprego". No horário da tarde ela não jantava e despachava remotamente para o outro "emprego" e no trabalho da noite ela dormia pois ninguém é de ferro. kkkkkkk

  11. Ê!!! Brasil! Ainda mantém esse corrupto na política! Quanta necessidade de oferecer educação de qualidade p que esse povo, principalmente do Nordeste , não seja massa de manobra.

    1. E a Justiça ainda tem que gastar tempo e dinheiro dos contribuintes para que estes processos tramitem em todas as estâncias possíveis e imaginarias até que o réu seja absolvido por decurso de tempo. Pensam que enganam os contribuintes?Até quando?

  12. Duro é que ela é solta. Em quer outro país do mundo essa e outros funcionários fantasmas e seus contratantes estariam presos mas aqui...

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO