Marcelo Gonçalves/FolhapressCom as bênçãos de Aras e Bolsonaro, o advogado Frederick Wassef foi à sede da PGR para tratar da delação da JBS

Ligações perigosas

Como o presidente Jair Bolsonaro, Augusto Aras e Frederick Wassef se envolveram em uma operação de bastidores em favor da JBS, que pagou 9 milhões de reais ao advogado do presidente
21.08.20
Mais notícias
Assine
TOPO