André Dusek/Estadão Conteúdo"Desde a Constituição nós escolhemos gastar muito. A forma que o país encontrou para lidar com isso foi aumentar a carga tributária"

‘Não tem mágica’

De saída do governo, o secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, diz que é imperioso seguir cortando os gastos públicos e defende a urgência de uma reforma tributária
03.07.20
Mais notícias
Assine
TOPO