Vaga para o Centrão

15.05.20

O brigadeiro Mozart Farias está de saída da vice-presidência de Logística da Caixa. Indicado pelo Planalto, ele vai para a Caixa Cartões, uma das subsidiárias do banco, que está sendo preparada para um IPO. Internamente, a mudança é vista como um movimento para abrir espaço para o Centrão. A caneta que o brigadeiro está deixando comanda um orçamento de nada menos que 6 bilhões de reais. Assim como o PP, o PL de Valdemar Costa Neto está entre os partidos que reivindicam uma posição de destaque na Caixa. Tem até nome para a vaga, qualquer que seja ela: o do ex-deputado Milton Monti, funcionário de carreira do banco. Fontes da direção da Caixa sustentam, porém, que ainda não há martelo batido quanto a quem substituirá o brigadeiro. Dizem até que o plano é preencher a vaga por meio de um processo seletivo a ser tocado por uma empresa independente. Detalhe: ao ser nomeado, na cota pessoal do presidente da República, o brigadeiro Mozart foi apresentado como alguém que estava chegando para ajudar a combater e prevenir esquemas de corrupção no banco, protagonista de escândalos em governos passados.

ReproduçãoReproduçãoO brigadeiro Mozart: ele chegou à Caixa por indicação pessoal de Bolsonaro

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
Mais notícias
Assine agora
TOPO