Câmara dos DeputadosO deputado Sebastião Oliveira: com afilhados, ele é suspeito de desvio de verbas

Um aliado exemplar

Quem é o deputado Sebastião Oliveira, um legítimo representante do Centrão que foi alvo de operação da Polícia Federal enquanto negociava cargos com o Planalto
15.05.20

No último dia 8, a Polícia Federal bateu à porta da residência do deputado federal Sebastião Oliveira, do PL, em Brasília. Surpreendido logo cedo por um mandado de busca e apreensão da Operação Outline, que investiga desvios de recursos em obras da BR- 101 em Pernambuco, ele não estava sozinho. Além de um motorista de seu gabinete, tinha a companhia do engenheiro Fernando Marcondes de Araújo Leão, que se apresentou aos agentes como “primo” do parlamentar. O grau de parentesco, se confirmado, poderia adicionar mais um elemento à complexa teia de interesses descoberta pela PF. Mas não, não é a família que os une.

A Fernando pode ser atribuído outro termo típico da cadeia familiar, mas que na política é usado para designar uma pessoa que é indicada ou chancelada por uma autoridade – em geral dotada de mais peso político – para assumir um posto no governo: o de “afilhado”. A aliança com o padrinho havia sido selada dois dias antes da batida policial à casa do parlamentar do PL. Graças à indicação de Sebastião Oliveira, Fernando Leão passou a chefiar o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, Dnocs, um órgão de orçamento bilionário e conhecido como um escoadouro de dinheiro público, que entrou na mesa de negociações do presidente Jair Bolsonaro com o Centrão por espaços no governo em troca de apoio no Congresso.

Sebastião Oliveira é sobrinho de Inocêncio Oliveira, ex-PFL e PL, que presidiu a Câmara dos Deputados nos governos Fernando Collor e Itamar Franco (biênio de 92/93) e era conhecido como “o rei do baixo clero”, numa época em que Eduardo Cunha, o pai do Centrão, embora já aprontasse das suas na Telerj no Rio, ainda era uma miragem política. Por representar parlamentares de pouca expressão, mas bem numerosos, Inocêncio se notabilizou por sempre ocupar cargos de direção na Câmara e carimbar indicações para todo e qualquer governo, de quem ele era, invariavelmente, aliado de primeiríssima hora. Foi alvo de acusações de corrupção, mas acabou condenado mesmo em 2006 por submeter trabalhadores de sua fazenda no Maranhão a maus tratos. Sebastião Oliveira poderia ter evitado flertar com os malfeitos, mas resolveu trilhar pela mesma rota – um caminho que, na política, é sempre pedregoso.

Divulgação/DnocsDivulgação/DnocsObra de adutora tocada pelo Dnocs: orçamento do órgão é de R$ 998 milhões
No fisiológico Centrão, Sebastião Oliveira ganhou prestígio e poder graças à aproximação com um dos próceres do bloco: o deputado Arthur Lira, hoje chamado por Bolsonaro de “meu malvado favorito”. Réu no processo do Quadrilhão do PP, sob a acusação de integrar uma organização criminosa no partido montada para saquear a Caixa, a Petrobras e desviar recursos do Ministério das Cidades, Lira considera Sebastião Oliveira um bom articulador e uma das peças-chaves para ajudá-lo a ser eleito presidente da Câmara no próximo ano. De uns tempos para cá, Lira se transformou no candidato do coração do presidente Jair Bolsonaro para substituir Rodrigo Maia, mas o parlamentar sabe que para pavimentar o caminho até lá precisará bem mais do que insinuações de apoio do Palácio do Planalto. Sebastião Oliveira faria parte de sua tropa de choque e, consequentemente, da tropa de choque governista. Como o seu tio Inocêncio, ele tem como marca a fidelidade quase canina aos inquilinos do poder. No impeachment de Dilma Rousseff, foi o único deputado a se abster. Ao julgar no Congresso uma das denúncias contra o presidente Michel Temer, um ano depois, votou pelo arquivamento.

Como o aliado está de malas prontas para ingressar no Avante, Arthur Lira, hoje no PP, conta com Sebastião Oliveira para atrair ao seu grupo político parlamentares de sua futura legenda. No toma lá da cá, o toma lá veio primeiro: Arthur Lira comprou briga dentro do PP, para conceder a Oliveira o privilégio da indicação para o almejado comando do Dnocs. Alvo da Operação Outline dois dias depois da nomeação do afilhado Fernando Leão, o novo aliado do Planalto ainda tem muito a explicar. Os desvios ocorreram entre 2016 e 2018 – à época, Oliveira era secretário de Transportes do governo Paulo Câmara, do PSB. De acordo com as investigações, a empreiteira contratada para a obra fazia repasses a empresas fantasmas.

Na operação, os policiais descobriram que outros afilhados do deputado, também investigados por participação no esquema, se encaixavam à perfeição no conhecido modelo que liga as nomeações negociadas em Brasília com a roubalheira de dinheiro público lá na ponta: ao mesmo tempo em que assinavam as ordens de pagamento no órgão onde tinham cargos de chefia, ostentavam um padrão de vida incompatível com o salário que ganhavam. Em um telefonema interceptado pelos investigadores, uma das participantes da trama parecia adivinhar que estava em apuros ao manifestar preocupação com as altas faturas de cartão de crédito. “Do jeito que estão fazendo, vai todo mundo para Curitiba”, disse, em referência à primeira sede da Operação Lava Jato.

Reprodução/redes sociaisReprodução/redes sociaisBolsonaro com Arthur Lira, um dos chefes do Centrão: a aliança avança
O próprio Sebastião Oliveira foi pego numa troca de mensagens de celular. Em uma delas, o deputado determina a um de seus afilhados políticos que deixasse à disposição dele, em Recife, uma lancha e um jet ski. O Ministério Público Federal suspeita que as duas embarcações pertencem ao próprio Sebastião Oliveira, embora estejam em nome de seu auxiliar. As ligações suspeitas não param por aí. Entre janeiro de 2018 e maio de 2020, o deputado gastou 209 mil reais de sua verba parlamentar com uma locadora cuja dona era, aparentemente, controlada por aquele mesmo afilhado político a quem ele pediu para deixar a lancha e o jet ski de prontidão.

A procuradora da República Silvia Regina Pontes Lopes, que conduz a Operação Outline, ficou surpresa com a presença de Fernando Leão, novo chefe do Dnocs, no dia da busca e apreensão na casa de Sebastião Oliveira, e cobrou esclarecimentos dos ministros da Casa Civil, Braga Netto, e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que, pelo lado do governo, endossaram a nomeação.

Ela argumenta que, em tese, as nomeações deveriam observar o caráter técnico, e não pessoal. Ressalta ainda o tamanho do orçamento previsto para 2020 no Dnocs – 998 milhões de reais – e lembra que o Tribunal de Contas da União chegou a apontar, em 2018, que o órgão é um dos que apresentam maior risco de corrupção no país. Coincidência ou não, os escândalos no órgão remontam a 1993, época em que uma CPI chegou a ser instaurada no Congresso para investigar perfurações de poços nas propriedades de Inocêncio Oliveira, o tio ilustre do Sebastião do Centrão. É difícil crer que a história, agora, não se repetirá.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O Brasil não vai mudar enquanto não acabar o Fundo Partidário. É ele que alimenta esses vagabundos, que se elegem graças aos currais eleitorais alimentados com nosso dinheiro. E Boçalnaro capituilou a eles. Pobre Brasil

  2. nunca ficou tão fácil roubar e não pagar pelo crime. decisões do STF e leis de retrocesso do pacote anti crime. viva nossa escolha .PSL. tomamos no toba

  3. Corrupção ficou mais fácil após a blindagem de corruptos pelo congresso, queda da prisão em 2a instância pelo stf , sanção do juiz de garantias pelo jair e agora os abraços do centrão. Depois pede voto de confiança? #bolsonarotraidor!

    1. Essa Maria é demente, falando sobre corrupção, falar da vida pregressa de Bolsonaro, que passou 28 anos no ambiente corrupto do mundo e não ter um processo por corrupção, só atesta sua honestidade.

    2. Quem se informasse um pouco sobre a vida pregressa de Bolsonaro, jamais votaria nessa escória.

  4. As constantes metáforas de casamento e namoro com políticos devem conter uma leve tendência do presidente gostar de ser enrabado. Apoiou nhonho botafogo e agora se prepara para outro corrupto do centão. Não é estranho?

    1. 'Leve' foi gentil. E a fixação em armas e pistolas?

    1. não Jorge, são do Planeta Terra mesmo. Mais precisamente do mesmo cantinho do nosso Planeta: Brasil. Até quando isso irá acontecer? essa resposta infelizmente ainda não tenho resposta. Alguém pode nos ajudar???

  5. Era esse sujeito que ia romper com a velha política?? Com o sistema? O Capitão Cloroquina sempre foi parte desse sistema podre. Lamentável!!!!!

  6. Vc tem que entender que essa Miséria é inevitável se: primeiro, enquanto não mudar regras de nomeações de Ministro e Juiz pro Tribunal, bem como abolir cargo em comissão em esfera subterna da administração e; segundo, tornar efetiva a lei penal e processual, inclusive com mundança na Constitução Federal estabelecendo duas e somentes duas instâncias de julgamento (cível e penal), sendo que STJ, deixa de conhecer casos concretos (envolvdo pessoas) para cuidar da interpretação da lei, somente.

  7. O Judiciário do Brasil é uma vergonha, com destaque as Cortes Supremas. A história há de registrar a fase negra do Judiciário brasileiro.

  8. Ainda bem que minha assinatura vence amanhã. Cancelei minha assinatura. Não colaborarei com essa oposição irresponsável ao Bolsonaro, que só favorece a esquerda e os corruptos fisiológicos do Centrão.

    1. Este tal de "Rafael" escreve isso todos os dias, em todos artigos da Crusoé. Palhaçada... E daí? Lamento. Quer que eu faça o que?

  9. Rapaz, vou lhes contar. É inacreditável como esses pilantras tentam e muitas vezes conseguem, usufruir dos benefícios públicos.

  10. JB está = ao Lula! Não foi p/ isso q eu votei nele. JB e seus ministros mostram q são tão sem vergonhas quanto os ladrões do Centrão. O barco está afundando e o capitão deverá ir junto! A esperança do Brasil: Moro eleito em 2022 como Presidente da República. Espero que ele acabe c/ a corrupção, os privilégios da "privilegiatura" assim chamada p/ Fernão Lara Mesquita, e implante o voto distrital puro c/ "recall", o "performance bond" e acabe c/ foro privilegiado, volte a prisão após 2ª instância

    1. A minha assinatura foi renovada automaticamente. Parabéns pela reportagem considerando também que toda a imprensa publicou o assunto. A imprensa tem suas limitações mas não pública fake newes.

  11. Todo político não tem palavra; o presidente em que votei não poderia ser diferente. Ainda bem que arrependimento não mata.

  12. o que esperar desses vagabundos do centrao?? a mesma coisa do pretenso pres. da republica. nada. logo depois saberemos. e vai ser de arrepiar.

  13. COM CERTEZA A HISTORIA SE REPETIRÁ. NO PANTANAL DIZEMOS "FILHO DE PEIXE, PEIXINHO É." "CESTEIRO QUE FAZ UM CESTO, FAZ UM CENTO". CENTRÃO = DONO DA BOLA, OUTRA VEZ. A CONFERIR.

    1. Se, em um balde de água pura, pingar uma gota de lama, toda a água estará contaminada. Para purificar esta água, toda ela deverá ser descartada porque se uma pequena porção dela permanecer no balde, será suficiente para contaminar a outra porção que for encorporada ao restante. Enquanto forem eleitos velhos políticos corruptos, corromperão novos com o " esquema".

    2. Afinal, a velha política do toma lá dá cá VOLTOU com toda força. Medo do impeachment . Quem tem ...U tem medo

  14. O casamento entre o Executivo (Bolsonaro) e o Centrão está começando bem e promete muito mais ainda. Enquanto isso o Brasil caminha na rota do centro da epidemia no mundo.

    1. Ñ podemos ser tão estúpidos e desunidos. Somente a n determinação política, direta no q interessa ao POVO, a PRISÃO EM 2ª INSTÂNCIA E O FIM DO FORO PRIVILEGIADO, nos levará à reconquista da Pátria, aparelhada por bandidos de COLARINHO BRANCO, em conluio c corporações criminosas na OAB, STF, mídia, bancos, e até em açougues. Só as RUAS, sem ideologias e partidos políticos, na PRESTAÇÃO DE CONTAS definitiva c o Congresso, em quem confiamos n/voto e nos traem, haveremos de sair do caos.

  15. Pobre Circo Brasil, palhaços sem graça cúmplices de assassinos e calhordas. Quando no Poder, se alternam: Os ladrões predadores da fajuta Esquerda e os piores tresloucados e despreparados da Direita. Fora, os que no varejo aqui desta praia, ridiculos Carluxo-boys alternam nomes sem mudarem de assunto. Pouquíssimos, raríssimos, são os “patriotas” nesta porca lide política... MAS, herois os há sim e muitos, entre os profissionais de saúde que estão morrendo para salvarem vítimas do OUTRO Vírus...

  16. Ñ podemos ser tão estúpidos e desunidos. Somente a n determinação política, direta no q interessa ao POVO, a PRISÃO EM 2ª INSTÂNCIA E O FIM DO FORO PRIVILEGIADO, nos levará à reconquista da Pátria, aparelhada por bandidos de COLARINHO BRANCO, em conluio c corporações criminosas na OAB, STF, mídia, bancos, e até em açougues. Só as RUAS, sem ideologias e partidos políticos, na PRESTAÇÃO DE CONTAS definitiva c o Congresso, em quem confiamos n/voto e nos traem, haveremos de sair do caos.

    1. Igual ao Lularápio vai ser difícil menina. Ele é "HORs concurs". Se tivesse + 1 "e", seria "trojan HORse", enganando-nos a todo tempo e hora, desde qdo roubava seus pares metalúrgicos no ABC. Solto ao acaso, presta-se a falar mal de nós brasileiros junto c a sua "criação" estúpida, q aquí em MG levou o GOLPE fatal. Logo após a combinação do "parlamentarismo branco" pelo Dória, passou por Paris, sempre com o mesmo objetivo e determinação do Zé Dirceu: guerrilha, guerrilha..poder..crimes..conluio

  17. Chegando a Primavera s/a PRISÃO em 2a. instância e fim do foro privilegiado virando realidade, as eleições municipais correrão sob "cabresto", e em fevereiro/21, teremos Ailton Lyra e Fernando Bezerra eternos presidentes da Câmara e do senado federal. Só o POVO UNIDO fará se representar na CARTA Frankenstein e COMUNISTA, indo ao PONTO, sem aguardar a votação p crápulas q a 35 anos protelam o futuro de gerações de jovens e crianças. Às RUAS para acabar com a maior das epidemias: a CORRUPÇÃO.

    1. Todos tenham a máxima atenção: nunca a IMPRENSA, qu tanto interfere nos destinos do PAÍS, vai ao PONTO q NOS interessa: a PRISÃO em 2a. instância e fim do foro privilegiado. A imprensa é 1 dos cancros da NAÇÃO, são as "bicheiras" q corroem nossas feridas. Jornalistas em sua maioria são ateus, são apátridas, são comprados, são comunas, q ao vestirem terno são Dorias, e tantos crápulas q governam neste PAÍS. O POVO financia seu próprio calvário. São iguais políticos sem escrúpulos.

  18. Sobrinho do Inocêncio Oliveira? Só pelo DNA, Sebastião merece puxar os anos de cadeia que seu tio conseguiu se livrar sabe-se lá como.

    1. Compartilhe esse conteúdo utilizando as ferramentas de compartilhamento oferecidas na página ou pelo link: https://crusoe.com.br/secao/reportagem/vou-interferir-ponto-final/. Nossos textos, fotos, artes e vídeos são protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo da revista em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Mare Clausum Publicações Ltda.

    2. Ao perguntar ao Edinho e restarem dúvidas pergunte ao Hélder Barbalho do Pará, ele redime qualquer dúvida sobre respiradores sofisticados

    3. PS: As cisternas e poços artesianos com a grana dos nossos impostos, sem licitação, com preço de "respiradores, cujos valores é só perguntar o Edinho Silva, um de seus fãs.

    4. Inocêncio Oliveira furava cisternas em seus terrenos e postos de gasolina. Tem água quem "obedece" seu direcionamento político. Por isto Lula da Silva se julga "inocêncio", e diz: eu só sou o aluno,vá tinha Boa índole e para olhar só céu, só bêbado.

  19. juizada corrupça omata, a lava jato, esta ., pronto pra julgamento, centrao do pp, qual a dificuldade, extensa prova material, e nao julgam, e a turma continua roubando, estao esperando o que.

    1. Terão os esquerdopatas como o xará 90 milhões de cegos para interromper uma provável MARCHA DAS FAMÍLIAS? Quero as FFAA como vc xará, mas é bom q venhamos a dar conta dessa bandidagem instalada pelos sociais democratas, que a vc enganam, antes q tenhamos o resultado dessa implicância com a mudança. Uma guerra Civil.

    1. É muita estupidez ou cego de guia continuar a apoiar este Desequilibrado mental, ditadorzinho de merda, chamado Jair Bolsonaro! Onde é que estava quando resolvi acreditar neste irresponsável! Fora Bolsonaro!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO