Nelson Jr/SCO/STFCelso de Mello pode "instar" Augusto Aras a agir, dependendo das provas

O jogo do inquérito

Os próximos lances da investigação das denúncias de Sergio Moro contra Jair Bolsonaro testarão a lealdade de Augusto Aras ao presidente. Mas Celso de Mello, o relator do caso, pode impor obstáculos à atuação amigável do procurador-geral
15.05.20

No código de conduta militar, “espírito de corpo” é um valor que reflete o grau de “coesão da tropa” e de “camaradagem” entre seus integrantes. Nesta semana, os ministros Augusto Heleno, Walter Braga Netto e Luiz Eduardo Ramos, todos generais do Exército, demonstraram afinidade com a camaradagem, mas pecaram na coesão ao tentarem blindar Jair Bolsonaro na investigação sobre a tentativa do presidente de interferir politicamente na Polícia Federal com uma frágil narrativa forjada no Planalto. As contradições nas versões apresentadas pelo trio palaciano fizeram aumentar as suspeitas sobre a real motivação de Bolsonaro em mexer no comando da PF, especialmente na superintendência do Rio de Janeiro, seu reduto político.

Os elementos colhidos até agora no inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal, como os depoimentos e o vídeo da fatídica reunião ministerial do dia 22 de abril, reforçam as acusações feitas pelo ex-ministro Sergio Moro e pressionam o procurador-geral da República, Augusto Aras, a aprofundar a apuração para saber se o presidente cometeu crime comum, utilizando-se do poder em benefício próprio, ou crime de responsabilidade, atentando contra as instituições. Como em todo processo legal, cabe à acusação o ônus da prova. A dúvida, até aqui, é se o PGR, sabidamente leal a Bolsonaro, está empenhado em obtê-la.

Os depoimentos prestados pelos delegados da Polícia Federal e pelos ministros do governo já permitem uma conclusão inicial: enquanto Bolsonaro pressionava Moro pela troca do chefe da PF no Rio, o delegado Alexandre Ramagem, chefe da Agência Brasileira de Inteligência, a Abin, e amigo da família Bolsonaro, já sondava um delegado aliado para assumir a superintendência fluminense no lugar de Ricardo Saadi. Toda a trama ocorreu pelas costas de Moro e sem o conhecimento do então diretor-geral Maurício Valeixo. A questão a ser esclarecida pelos investigadores e cuja resposta pode resultar em uma acusação formal e, depois, até em um processo de impeachment contra o presidente, é a motivação.

Rosinei Coutinho/SCO/STFRosinei Coutinho/SCO/STFAras: o procurador-geral tem sido mais pró-Planalto do que a AGU
O vídeo da reunião ocorrida no Planalto há três semanas é, até o momento, a prova mais consistente da apuração cujo objetivo é averiguar se Bolsonaro, para além de se exceder em seu já conhecido viés autoritário, cometeu um crime. Relatos de pessoas que assistiram à gravação exibida nesta semana, mantida até esta quinta-feira em sigilo por decisão do ministro Celso de Mello, o relator do inquérito no Supremo, indicam que o presidente quis mesmo mexer no comando da polícia para proteger familiares e amigos.

Juristas ouvidos por Crusoé afirmam que a conduta pode levar ao enquadramento do presidente no crime de advocacia administrativa, um dos oito sob investigação no inquérito – os outros são falsidade ideológica, coação no curso do processo, prevaricação, obstrução de Justiça, corrupção passiva privilegiada, denunciação caluniosa e crime contra a honra. O crime de advocacia administrativa ocorre quando alguém intercede junto a uma autoridade pública para obter vantagem pessoal. Para que ele reste configurado, porém, é preciso que haja materialidade, como uma prova de que Bolsonaro quis intervir na PF para interceder em uma investigação específica, por exemplo.

“Pode haver uma infração de ordem moral e ética, mas para que tenha crime é preciso provar que tenha havido um pedido para intervir em algo concreto em benefício próprio”, argumenta o criminalista e professor Pierpaolo Bottini. Para Miguel Reale Júnior, um dos autores do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2015, o que já veio a público mostra que Bolsonaro excedeu os limites da lei. “Ele interferiu na Polícia Federal para beneficiar sua família. É uma interferência em outro poder, porque a PF é uma polícia judiciária, um braço da Justiça. Tudo vai depender de o Aras ser omisso ou não. Eu sofri na pele com um procurador-geral omisso, que era o (Geraldo) Brindeiro”, afirmou o jurista, que foi ministro da Justiça em 2002, no governo Fernando Henrique Cardoso.

Há 28 anos, quando o Brasil discutia o impeachment de Fernando Collor, quem exercia o cargo hoje ocupado por Aras era o ex-procurador Aristides Junqueira, o primeiro na história do país a denunciar um presidente da República no exercício do mandato, em novembro de 1992. Junqueira prega prudência neste momento e afirma que uma denúncia contra o chefe da nação deve estar bem embasada. Mesmo com todas as provas de corrupção contra Collor no caso PC Farias, o ex-presidente foi absolvido pelo STF dois anos depois de renunciar ao mandato em meio ao processo de impeachment. “Naquela época não se discutia as provas, mas aqueles que foram contrários à denúncia argumentaram que as atitudes do ex-presidente foram apenas imorais, e não crime. Agora, a gente sabe o presidente pode trocar quem ele quiser, é a prerrogativa dele. É preciso saber qual a real motivação”, afirma Junqueira.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéBolsonaro e Moro, antes da guerra: as denúncias do ex-ministro ameaçam o presidente
O destino político de Bolsonaro está nas mãos de Augusto Aras – e de Celso de Mello, que tem poderes para expor à luz uma eventual má vontade do procurador-geral. Caso o PGR decida formalizar a denúncia, o prosseguimento do caso passa a depender da Câmara dos Deputados. Se houver aval, a acusação então vai ao plenário do Supremo. Os ministros decidem se a denúncia vira ou não uma ação penal. Uma vez aberto o processo, o presidente é automaticamente afastado por 180 dias, tempo limite para que o caso seja julgado. Se for considerado culpado, perde o mandato. Se for inocentado, ou se ao final do período não houver veredicto, ele volta ao cargo.

Em outra via, caso Aras conclua que o presidente não cometeu um crime comum, mas crime de responsabilidade, ele próprio, ou qualquer outro cidadão, pode formalizar um pedido de impeachment no Congresso. Nesse caso, o julgamento é exclusivamente político, a partir da abertura de um processo de afastamento feita pelo presidente na Câmara, também com maioria qualificada, e a votação final pelo Senado, a exemplo do que ocorreu com Dilma em 2016. Se o procurador arquivar o inquérito, inocentando o presidente, qualquer pedido de impeachment relacionado ao conteúdo da investigação perde força. Hoje, no Congresso, poucos apostam que um processo de impeachment avançaria, mas essa leitura é sempre acompanhada de uma ressalva: a depender do que vier na investigação e, principalmente, se houver pressão popular, o clima pode mudar.

O papel de Aras é crucial porque se, ao final da investigação, ele decidir pelo arquivamento, Celso de Mello pouco ou nada pode fazer. Mas, daqui até lá, o ministro tem margem para deixar suas impressões bem demarcadas – e, em último caso, até instar o procurador-geral a apresentar denúncia. Para isso, basta que, a partir de sua posição de relator, ele destaque a gravidade do que for surgindo, caso assim entenda. Conhecido pela contundência com que interpreta os malfeitos do poder – vide seus votos em julgamentos emblemáticos do mensalão e do petrolão, por exemplo –, o ministro pode num simples despacho criar um embaraço para Aras perante a opinião pública. É verdade que o ministro é conhecido no meio jurídico por exigir provas robustas em procedimentos criminais, mas quando entende que elas existem, costuma responder com firmeza. “Acredito que ele não vai deixar pedra sobre pedra”, diz um velho conhecido e colega de toga de Mello.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéHeleno corre, após cerimônia no Alvorada: depoimento para blindar o presidente
Os movimentos de Aras têm animado o Planalto. Já na instauração do inquérito, ele abriu caminho para a possibilidade de responsabilizar Sergio Moro, o denunciante, por crimes contra a honra, denunciação caluniosa e prevaricação. Nos últimos dias, vieram novos sinais: o procurador indicou que seria a favor da divulgação de apenas parte do vídeo da reunião do dia 22, em posição semelhante à da Advocacia-Geral da União, que defende o presidente. Na noite desta quinta-feira, em manifestação enviada ao Supremo, ele foi até além da AGU, ao alinhar-se ao discurso do Planalto contra o pedido de Moro para que Celso de Mello liberasse o inteiro teor do vídeo: “A divulgação integral do conteúdo o converteria, de instrumento técnico e legal de busca da reconstrução histórica de fatos, em arsenal de uso político, pré-eleitoral (2022), de instabilidade pública e de proliferação de querelas e de pretexto para investigações genéricas sobre pessoas, falas, opiniões e modos de expressão totalmente diversas do objeto das investigações”. Juristas ouvidos por Crusoé dizem ver nas atitudes de Aras indicações de que ele pretende engavetar a investigação.

A despeito dos sinais, o entorno de Bolsonaro se move com preocupação. Teme que, com o avanço da apuração, surjam elementos capazes de elevar a pressão sobre o procurador. Oficialmente, o discurso do próprio presidente e de seus auxiliares é no sentido de  não haver razões para preocupação porque não haveria provas. Nos bastidores, porém, as engrenagens se movem com cautela. Justamente por conhecer bem as possíveis implicações legais e políticas da investigação, a cúpula palaciana afinou o discurso nesta semana e tentou emplacar uma narrativa única sobre as ações de Bolsonaro junto a Sergio Moro.

Na última edição, Crusoé mostrou que Jair Bolsonaro tinha interesse em controlar mais proximamente a superintendência da Polícia Federal no Rio porque se via em guerra com o governador do estado Wilson Witzel, seu adversário político. Ele entendia que Witzel estaria usando o aparato de segurança do estado para atingir politicamente sua família – e queria responder na mesma moeda, por meio da Polícia Federal. A ideia era se antecipar aos movimentos do governador e, ao mesmo tempo, ter acesso a informações de inteligência que poderiam ser usadas para atingi-lo. “Ele quer transformar a polícia judiciária, um órgão do estado, em polícia pessoal. Isso é uma característica cruel de ditaduras”, afirma Miguel Reale Junior.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. 1 - Excelente entrevista ao CLÁUDIO DANTAS de O Antagonista, General CARLOS ALBERTO DOS SANTOS CRUZ !!... E, apenas uma observação a quem possa interessar: .... A expressão “sob vara” é tradicional no ambiente jurídico, tendo adquirido outro significado no século XX, passando a designar 'o local de exercício da função da magistratura', figurando então como 'sinônimo de *juízo*', ou seja, 'do *juízo* ou tribunal de Primeira Instância', onde se desenrola a ação judicante.

    1. 5 - A opção pelo seu uso é portanto apenas por tradicionalismo, não o sendo, claro, por razões ofensivas.

    2. 4 - O art. 95 do Código de Processo Criminal do Império, de 1832, dizia:.... "Art. 95. As testemunhas, que não comparecerem sem motivo justificado, tendo sido citadas, serão conduzidas debaixo de vara, e soffrerão a pena de desobediencia". Portanto, a expressão tradicional, não adquire caráter intimidador a mais ou a menos, dependendo do cidadão a quem se dirija e, antigamente, deixar de portar desta o símbolo identificador, motivava punição até mesmo aos próprios juízes.

    3. 3 - A expressão tradicional cristalizou-se à partir de um símbolo mencionado nas 'Ordenações Filipinas', quando no antigo direito português, a vara era a insígnia dos juízes ordinários e dos juízes de fora e, símbolo de sua autoridade, como se segue: .... “E os juízes ordinários trarão varas vermelhas e os juízes de fora brancas continuadamente, quando pella Villa andarem, sob pena de quinhentos réis, por cada vez, que sem ella forem achados” (Ordenações Filipinas, Liv. 1, Título LXV).

    4. 2 - Essa opção pela expressão tradicional é a de praxe, tendo uma ou outra versão suavizada mas, é a mais tradicional, pela sua simbologia e ênfase expressiva, a regularmente usada para qualquer cidadão, não havendo motivo para que qualquer uma das categorias profissionais deste, seja tratada de modo a se diferenciar em sobreposição às demais.

  2. Como as historinhas dos ""mercenários pateteiros ""canceladores profissionais de assinaturas"" do gabinete do ódio"" não colou, a quadrilha agora passou a se especializar em historinhas de ""vítimas da """injustícia""" dos pagamentos à CRUSOÉ!!!.... E o mais cômico, é acharem que, a primeira historinha não colou mas, essa segunda historinha colará!!!! Que retardados mentais!!!! Uma hora dessas, a diferença de pressão interna e externa, acabará implodindo a caixa craniana cheia de vento deles!!!!

  3. Votei em Bolsonaro, mas não tenho nem bandido e nem político de estimação e como o próprio Presidente gosta de repetir "conhecereis a verdade e a verdade os libertará", então que venha a verdade do vídeo para libertar o Brasil e evitar as Fake News que surgirão como versões "oficiais". De secreto nessa reunião só tem a vontade de quem quer encobrir a verdade. Liberar a integralidade desse vídeo será um gol de Placa do Ministro Celso de Mello e a oportunidade para recauchutar a imagem do STF.

  4. Vocês falam, falam e falam, mas na "hora do vamos ver", prejudicam o próprio cliente. Não podem falar de ninguém. São todos parceiros, lamentavelmente, do próprio ex-presidiário. Pago 12 parcelas de R$12,90 (R$154,80) e quero cancelar para assinar o combo da Crusoé + Antagonista!. O combo sai por 3 parcelas de 1,90 (R$5,40) mais 9 parcelas de R$13,90 (R$125,10). Portanto, o valor total é R$130,50. Não posso cancelar, pois me enganaram. Pouco se lixam para o próprio cliente.

  5. Crusoe e O antagonista, eram mais confiáveis, no começo. Ultimamente,ficou tendencioso, parecendo a FSP. Fazem parte de um movimento, da grande mídia, em distorcer notícias, visando derrubar Bolsonaro. Celso de Melo, tinha até 60 dias, para iniciar o inquérito. Começou no 5dia, num sábado. Não pediu a investigação no celular de Moro, nos últimos três dias, antes da demissão, em que ele conversou com várias autoridades, inclusive CMelo. Os delegados são da confiança de Moro. O advogado,é o mesmo

    1. Mais um vômito desta merdinha Jose-2. Vem pra rua me abraçar vagabunda.

  6. Final da sua bela Carreira de Juiz de Diteito, sem nunca pender nem pra Esquerda e nem pra Diteita, nesta que será a última página de sua história na magistratura do Brasil! Celso de Melo poderá escrever, ele mesmo, o fecho de sua vida acadêmica. Servirá aos Poderosos ou irá bem Servir seu país. Nunca como agora, foi maior a necessidade da TRANSPARÊNCIA, esta irmã siamesa da VERDADE, em tudo aquilo que diz respeito ao interesse público, ao povo que merece e precisa saber o que de REAL aconteceu.

  7. 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 NÓS BRASILEIROS TEMOS O SAGRADO E CONSTITUCIONALMENTE CONSAGRADO DIREITO DE SABER TUDO O QUE FALAM E FAZEM OS AGENTES PÚBLICOS QUE ELEGEMOS!!! POR AMOR À DEMOCRACIA E À LEGALIDADE, LIBERE A ÍNTEGRA DO VÍDEO DA REUNIÃO, MINISTRO CELSO DE MELLO!!! 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷

  8. Na minha visão esse inquérito não vai dar em nada, pois esse pessoal do STF e o PGR detestam o Sérgio Moro, que será nosso futuro PR.

  9. O decano não perderá oportunidade de jogar areia no Presidente e no ex-Juiz Moro. O supremo enche seus elementos de vaidade e soberba, está capa faz sim seu usuário ter certeza de que pode tudo, até invadir o poder alheio à propósito de defender as instituições. A imperfeição da constituição é permitir que atos invasivos sejam tomados em nome da defesa das instituições e da democracia. A interpretação tem um viés que foge a qualquer lógica ou expectativa.

    1. Concordo. Essa isenção que diziam ter se coloca como satélite global....

  10. Vocês chegam à beira do ridículo de tantos artifícios para tentar derrubar um Presidente eleito com mais de 57 milhões de votos. Crusoé, Globo, Moro, PSDB, FHC e George Soros são todos da mesma corja. Querem o poder e ficam vomitando intrigas em todas as materias. A minha assinatura expira neste mês, graças à Deus!

    1. A Dilma sofreu o impeachment porque o PT não tinha mais o apoio popular devido ao enorme assalto que fizeram contra o país. Bolsonaro é um Homem honesto. A diferença é que temos uma imprensa podre e uma oposição corrupta que quer, a todo custo, derrubar um Presidente que tem muito apoio popular.

    2. Lula tb foi eleito com milhões de voto. Péssimo presidente.

  11. Tenho assinatura até fim de 2020 e está cortado meu acesso. Favor restabelecer imediatamente afinal estou pagando mensalmente o valor através de cartão de crédito.

    1. Com certeza. Segundo outros juristas não consultados pela Crusoé, até agora, será recomendado o arquivamento do processo.

  12. Todo texto pra ser devidamente interpretado necessita de: ser completo; imagem tb é texto ; pausa tb complementa os significados e o contexto contribui mto pra nitidez dos fatos! Simples assim! Se liberar parcial, tiro da arrogância / mentira em nossa inteligência!

  13. Celso de Mello tem que fazer história antes de se aposentar. Torcemos pelo vídeo integral para que o povo possa tomar conhecimento que espécie de presidente temos. Quanto ao Aras, temos que torcer para ele ter o mínimo de dignidade.

  14. será q a investigaçao, pelo caso de censura a crusoé, e a interferencia do STF pelo Sr. Tofoli nao valeria impeachment tb? Acho relevante o STF responder um questionamento deste tipo. Quanto ao Bolsonaro, se tiver que sofrer impeachment, que aconteça, desde que caracterizado crime.

    1. Exato, ELIO. Há um grande e comprometedor pacote a ser considerado.

  15. A pergunta que não quer calar: "Como é que generais presentes o tempo inteiro no ambiente da presidência, SABENDO PERFEITAMENTE da integridade, da honestidade, da probidade, da lisura, da ética, da conduta honrada, da competência, da biografia impoluta, do amor ao BRASIL do DR. SÉRGIO FERNANDO MORO, têm a perversidade, a covardia, a desfaçatez de não depor claramente favorável à ele com todas as letras????!!!! Como é que eles ousam negar fatos que todos nós vemos exatamente como ocorreram???!!!

    1. É, Neusa, a palavra é essa: 'estarrecidos', é como estamos todos, os decentes, com essas condutas absolutamente indecentes!!!

    2. Concordo plenamente! Estarrecida tb estou com esse lamentável comportamento!Vergonha alheia...

    3. E eu pondo fé numa nova geração deles, advindos de moderna e lúcida formação e mentalidade muito diferente da mentalidade tacanha daqueles sombrios do passado!!!...

    4. Essa conduta é contra os princípios mais basilares da NOSSA CONSTITUIÇÃO FEDERAL!!!

    5. Como ousam se posicionar contra um grande e valoroso cidadão sabidamente inocente, com relevantes serviços historicamente prestados ao BRASIL, em favor de um medíocre sabidamente culpado???!!!

  16. Recordando as msgs, entre a dep. Zambelli e Moro. Escreveu a Moro: "o Brasil precisa de vc"; e Moro respondeu: "se o PR ANULAR o Decreto de Exoneração, OK ! Moro, deseja imputar um crime ao PR, por considerar a interferência dessa forma, embora tenha omitido a palavra crime, porém ao condicionar o seu próprio retorno a, "SE o PR anular a exoneração, OK", seria como dizer, "Presidente, não o denunciarei (mesmo sabendo ser crime) SE, trouxer o Valeixo de volta. Essa atitude não seria crime ?

    1. Continua copiando e colando em todas as páginas, mesmo depois das críticas arrasadoras, não é mesmo, robô?!!!!

  17. Bolsonaro está brincando com o Brasil. Não tem a mínima capacidade para entender a grandeza do cargo a ele outorgado através do voto dado pelos brasileiros que não aguentavam mais ver tanta roubalheira, tanta incompetência e tantos desmandos de Lula e seus petistas. Mas JB está indo muito mal como diria FHC, seguindo os mesmos passos que culminaram com a prisão de Lula. O barco está afundando. Socorro Sérgio Moro!

    1. Deus sabe como desejava Moro concorrendo em 2022 a presidente. Foi minha frase para minha mulher logo após saber de sua demissão. As horas foram passando e aconteceu o Show do Fantástico. Algumas frases desconexas e não reconhecia Moro quando ele comparou ao PT sobre interferências. Ledo engano, interferiram mais, mas com ministros LEAIS. Interferência através dos ministros. E MORO não interferiu ? Juntando as peças de Curitiba em outro local. Não poderíamos tb considerar interferência de Moro ?

  18. uma coisa é certa, a tal carta branca era lorota hoje confirmada. o cara mentiu veementemente para chegar ao poder. tem gente q ainda acha q esse Brutos ainda não traiu ninguém? Caesar deve estar dando risadas, gaitadas, durante cada dia. Podem ficar tranquilos, ele não conseguiu comprar todas as emissoras de televisão. A malhação no JN deve continuar religiosamente em todas as futuras edições enquanto esse crápula ainda estiver atrapalhando a presidência da República.

  19. Este Celso de Mello é o maior CRETINO do Supremo Tribunal de Fascínoras . Quem bem definiu ele foi SAULO RAMOS em seu livro. Uma pena que o vírus não pegou este FDP.

    1. Zilmar, bostao . Acredito firmemente que o covid-19, penetrou em sua cabeça.

  20. Quanta gente sem um mínimo de seriedade ou sinceridade. Sinceridade para deixar de lado todo o seu viés ideológico e enxergar que o Bolsonaro pode ser, e é, um desvairado mas nessa história não cometeu crime nenhum. Tudo que se diz ou se escreve não passa de politicagem, vil. Afastando -se do presidente, imagine um governador que não tenha autoridade e poder para chamar seu secretário de segurança e mandar o mesmo substituir um diretor de qualquer departamento, sem precisar dar satisfação??

  21. Fábio Leite, você está lembrando da lambança que incluiu o nome do homônimo do Dep Hélio Negão num processo, para derrubar o SPF/RJ? O Moro determinou abertura de investigação, mas já se sabia que era armação da caterva "ideológica". Eu desconfio que tudo isso está alinhavado.

  22. A única coisa a fazer no momento é liberar toda a gravação. Temos que saber com quem estamos lidando. Não é possível mais jogar a sujeira para debaixo dos panos. Bolsonaro foi eleito falando e ética e transparência. Ele tem que agir assim. Senão é estelionato eleitoral.

  23. O principal erro do PGR: querer colocar no mesmo barco o presidente - que não hesita em usar sua bota sempre que se sente ameaçado - e o Dr. Sérgio Moro. Este último, por motivos ligados à sua invejável biografia e às prováveis tentativas de execração publica pelo governo revanchista, viu-se forçado a expor os motivos de sua saída.

  24. Denúncia vazia, feita apenas para satisfazer o ego machucado de Moro. Ficou claro que ele não pediria demissão se o PR revogasse a exoneração do diretor da PF. Então todo o resto não teria importância para Moro. E quem já teve chefe acuado sabe que reunião é para soltar o verbo. Sem melindres. Seria Moro mal acostumado por ser ex-juiz? Ou fez com outros interesses?

    1. O Moro provou sua lealdade e compromisso com o atual governo. Se o PR revogasse a exoneração do diretor da PF não haveria ingerência na PF. Infelizmente o PR apunhalou o MORO pelas costas exonerando o Valeixo sem a assinatura e o conhecimento prévio do ex-ministro.

  25. Ora bolas. Deixando de lado a ingenuidade ou o mal caratismo da plebe ignara de apoiadores fanatizados, vcs sinceramente acham que o atual PGR agirá tecnicamente e dentro dos fundamentos jurídicos para comprometer seu futuro indicante ao posto máximo da judicatura, uma cadeira vitalícia no STF? Só se ele fosse nórdico para desprezar seu futuro imediato, e decididamente não estivesse ocupando um posto vital para a "inocência" do seu indicador. Tenham juízo Sras e Sres. apscosta/df

  26. Transparência JÁ!!! O povo paga caro para que os 3 poderes atuem. Todos eles são funcionários do público, ou seja, do povo. Temos o direito de COBRAR todos os NOSSOS funcionários !!!!

  27. Não será estranho se ele mandar arquivar! Com uma montanha de provas os Ministros do Supremo mandaram arquivar um processo da Lava jato contra a Gleisi Hoffmann! E no Impeachment da Dilma o próprio Celso de Mello Rasgou a Constituicão ! Deste Supremo podemwos esperar tudo! Eles todos ou quase todos tem que ser cassados, pois nâo são imparciais , pois estão a serviço de seus partidos, e nem todos tem saber juridico confirmado !

  28. Não surpreenderá se o PDR arquivar a investigação, temos o exemplo no TSE onde Gilmar jogou no lixo, uma montanha de provas conta a chapa Dilma/Temer.

    1. Muito vem lembrado. Quando interessa ao STF eles dão um jeitinho. Eles aprontam com a maior cara de pau.

    1. O capitão CLOROQUINA só terá os votos dos fundamentalistas sectários bolsonarianos.

  29. Bolsonaro ainda não entendeu que os votos que recebeu não foram por se acreditar nele. Foram para o PT não voltar. Mas infelizmente é farinha do mesmo saco podre..

    1. Rodolfo, eu concordo com você! Se ele não fizrsse tanta besteira, seria mais respeitado ! O meu único medo é que se ele sofrer impeachment se vão deixar o Mourão assumir, pois, com este, não teremos s estapafúrdias!

    2. Perfeito! Votei no Bolsonaro em razão de se apresentar como único candidato com chances de tirar a quadrilha petista do poder. Porém, o histórico do Bolsonaro denunciava que ele fazia parte da "velha política". Não deviamos ter confiado nele como instrumento de mudança. Aprendi a lição.

  30. A Crusoé informou de início que o depoimento do delegado geral da PF é nitroglicerina Pura e o que se viu foi um depoimento totalmente favorável a Bolsonaro. Se Moro tinha provas por quê até hoje não as apresentou, apelando agora para o vídeo da reunião? A Crusoé deveria sim mostrar ao Brasil a verdadeira realidade: todos contra Bolsonaro porque a boquinha acabou.

    1. É triste também voltei nele , mas por pura falta de opção.

    2. Ta certo. Até concordo contigo mas.. pq não assinar o comentário com a sua verdadeira origem.. a editoria da revista? Seria mais autêntico. Concorda? apscosta/df

    3. Vejo que não vai ficar comprovado a autoria de nenhum crime comum praticado pelo presidente Bolsonaro e nem o crime de denunciação caluniosa praticado por Moro, até agora por tudo que já li e vi pela televisão é que o comportamento do presidente Bolsonaro é imortal e anti ético para um chefe de Estado. E assim não haverá denúncia por parte do PGR, e se pedido de arquivamento.

    4. Antagonista e Crusoé nunca receberam nem recebem quaisquer tipos de ajudas e/ou incentivos públicos por serem Jornalismo Investigativo de altíssimo nível e independentes. Nunca fizeram nem fariam parte de "boquinhas". Antes de acusar tenha as informações corretas.

  31. VOTEI EM BOLSONARO PARA TIRAR O PT, A QUADRILHA DO LULA E FAMILIA. INFELIZMENTE BOLSONARO COM O MESMO DISCURSO DE OUTRORA DO LULA E COLLOR CONTRA A CORRUPÇAO E MARAJÁS, ELEGEU-SE. QUANDO NO PODER PERCEBEU QUE ENTRE SEUS FILHOS E OS FILHOS DO LULA NÃO HAVIA DIFERENÇA. LADRÕES IGUAIS. E AÍ TUDO SE PERDEU. PARA SALVAR OS FILHOS ACABOU COM NOSSOS SONHOS DE UM BRASIL MAIS HONESTO E MAIS JUSTO. INFELIZMENTE NÃO FOI DESTA VEZ QUE O BRASIL SE LIVROU DOS CORRUPTOS, ALIÁS ALIA-SE AOS PIORES POLITICOS.

    1. Somos muitos e cada vez mais. Sou moro em 2022. Temos q ajudá-lo, ajudar o Brasil.

    2. Também votei em Bolsonaro é me decepcionei..... Mas de uma coisa é certa ele disse que ia defender a família.......Só que não nos disse que seria a sua Família.

  32. desde o início do governo tenho acompanhado cada decisão do presidente em assuntos de maior relevância. Sempre suas decisões, principalmente quanto às leis aprovadas pelo congresso sobre corrupção, a aí destaco as 10 medidas contra a corrupção que o congresso transformou em medidas as favor da corrupção, presidente nada fez para alterar a decisão dos congressistas, nada aceitou para aprimorar o combate à corrupção , sua bandeira maior e de campanha. Além da Receita e COAF.

  33. Se queremos o melhor para o Brasil, não devemos querer que a verdade manifesta nos fatos seja morta pelas narrativas e pelo discurso. Que o vídeo seja dado a público por inteiro, poupado o nosso tempo em ler palavrões, pois aí cada cidadão poderá saber que intenções más tentou o ex- Min. Moro bloquear , preservando a PF e suas atribuições. Se crimes foram cometidos por quem quer que seja, amigo ou não, familiar ou não do PR, que venham a luz. Como a PF fez com os LULAS. Simples e salutar.

  34. É triste constatar o que está revista vem fazendo, terror como a que fez dizendo que o conteúdo do vídeo era devastador e com essa simples manchete fez a bolsa despencar! Afinal, de q lado vcs estão? Do caos ou do oportunismo?

    1. Mas um presidente querer intervir na PF em favor de familiares não é no mínimo devastador??

  35. Bem que está revista poderia pelo menos falar a verdade é dizer quanto foi o valor que recebeu para mudar de lado Não estou falando lado políticos e sim lado da verdade

    1. Eu aprendi com meus pais ,irmãos, religião e o no mundo . A VERDADE NINGUÉM É CAPAZ DE ESCONDER A VIDA TODA . ELA A QUALQUER MOMENTO ELA. VEM A TONA . PAÍS DE FAZ DE CONTA .

  36. A extrema Imprensa, faz de tudo para prejudicar o Governo e o Brasil. Como este artigo que fala da importância do vídeo da reunião ministerial, como se o autor tivesse assistido ao mesmo. Tudo é parte de um plano para voltarmos à velha Política do Café (SP) com Açúcar (NE). E o Brasil? Ora Presidente!

    1. Que eu saiba o PR está noivando com o Nhonho, isto é nova política?? Tudo velho!! Que país é este??

  37. Sinceramente... Que Bolsonaro caia logo e não deixem Mourão assumir. Façam novas eleições, burlem as urnas e deem logo a vitória para Ciro, Haddad, Moro, Doria, ou qualquer outro vigarista. Assim o Brasil volta a ser o que era e a imprensa para de encher o saco. Assim os idiotas se calam e voltam a postar nas redes sociais, apenas suas opiniões sobre futebol, novelas, BBB e música ruim. Que o novo presidente não dê entrevistas diárias, não se importe com a opinião da população e continue o legad

    1. De jeito nenhum! Se o abolsonaro caįr, pela constituição tem que assumir o General Mourão, senão, serå um golpe esquerdista!

    2. Será que toda a imprensa está errada e somente Bolsonaro e seus filhos estão certos?? Não digo o JN , Globo, que realmente são parciais , mas todos os outros?? Tenha dó!!

    1. Esse texto aí abaixo está com todo o jeito de ser o do Mário Sabino. Ô Mário, não precisas de pseudônimo chapinha. Seria melhor pra credibilidade da revista, não achas? apscosta/df

    2. A insegurança hoje com os rumos do Brasil sob comando inexperiente e extremamente autoritário e egoísta é muito maior do que nos terriveis tempos petistas e de corrupção. Hoje não somente a Nação pode caminhar para uma verdadeira ditadura como a de 30, ( 64 foi regime de força por contragolpe contra o comunismo e anarquia) totalmente radicalizada por fanatismo e ambições de direita, como para um verdadeiro morticinio por decisões monocraticas contrárias à ciência e de cunho populista.

    3. @Ruth: Bolsonaro tentando consertar? É sério ou é piada?

    4. coitada. O pior cego é aquele que não quer ver e o pior surdo é aquele que faz ouvidos moucos para a voz da sensatez

    5. Merece o que? A volta dos ladrões do erário que quase quebraram o país e que deixaram 13 milhões de desempregados, 60% das famílias endividadas, 60 mil homicídios por ano, caos na educação colocando-nos em penúltimo lugar no rancking mundial de educação? Bolsonaro não é um modelo, mas está tentando consertar o caos que a esquerda deixou. Tá difícil conseguir pq a turma do quanto pior melhor não quer largar as tetas do governo.

    1. Infelizmente você e outras estão entrando na "onda" da extrema Imprensa, que faz de tudo para prejudicar o Governo e o Brasil. Como este artigo que fala da importância do vídeo da reunião ministerial, como se o autor tivesse assistido ao mesmo. Tudo é parte de um plano para voltarmos à velha Política do Café (SP) com açúcar (NE). E o Brasil? Ora Presidente!

  38. Urge a substituição de nosso presidencialismo pelo Sistema Parlamentarista Clássico de Governo,com voto distrital,Chefe de Governo,Chefe de Estado e o poder deste em nomear e destituir àquele convocando novas Eleições.Que Deus nos ilumine a todos e um abraço fraterno em agnósticos e ateus!

  39. Ainda bem que minha assinatura vence amanhã. Cancelei minha assinatura. Não colaborarei com essa oposição irresponsável ao Bolsonaro, que só favorece a esquerda e os corruptos fisiológicos do Centrão.

  40. O Ministro Celso de Mello é originário do Ministério Público paulista, portanto, tem cultura de promotor. Se ele vir fortes indícios, vai soltar os cachorros. Porque a cultura institucional fica muito marcada no cidadão. Foi exatamente isso, a cultura institucional de magistrado federal, que falou mais alto para o Min. Sérgio Moro e tornou impossível para ele ignorar os sinais de malversação do poder público que emanavam do seu chefe. Agiu pelo manual, mesmo pagando alto preço pessoal.

    1. O Ministro Celso de Mello, nomeado por Sarney (olha que credencial) é o mesmo que Saulo Ramos, seu padrinho, chamou de " advogado de merda " Celso é uma nulidade jurídica que quer ir para o fausto da aposentadoria com algo digno de registro, para o bem ou para o mal, em sua opaca biografia.

  41. Nenhum crime foi cometido por Bolsonaro. Voces estao forcando a barra. O suposto crime, do antagonista e empirucus, na bolsa ainda vai ser investigado.

  42. Vamos torcer para Bolsonaro ir embora logo. É um homem mentiroso, covarde e ignorante. Sua falta de empatia é tão grande que é tipificável como psicopata. Os psicopatas podem também ser burros.

  43. Quem foi que mudou? A revista? Os leitores? Ou o Presidente? Se Bolsonaro, em quem votei com esperança e orgulho, tivesse tido um único mês de serenidade desde que assumiu, ainda mereceria credibilidade. O Presidente traiu milhões de cidadãos de bem e se mostra, a cada dia, menor capaz de nos liderar. É com tristeza que digo isso.

    1. #EDai é só uma #GRIPEZINHA #Bolsonarocoveirodalavajato respeite o luto dos brasileiros. #DivulgaTudoCelsodeMello

  44. Na época do governo militar haviam inúmeros ministros civis que conduziam relativamente bem as políticas públicas. Hoje temos um “civil” , recheado de militares, que vêm conduzindo o país, sob a batuta de um descontrolado, de forma absolutamente desastrosa. Eu , se fosse militar, sairia correndo desse governo, para não macular a imagem da instituição, ou colocaria logo o vice que me parece bem mais sensato e inteligente.

  45. Se colar, colou. Isso não é jornalismo, mas sensacionalismo barato. Parem de utilizar o pretérito imperfeito nos verbos e ficarem no achismo. Alguns de vocês ainda tem um nome a zelar, e participam e concordam com as narrativas desses focas.

    1. Ué.. viu o erro em quê? Onde? A frase está correta!

  46. essa revistinha de merda, está caminhando pra falência, conheço muitos que estão cancelando a assinatura,"se cancelar a exoneração, tudo ok"

    1. Que nada. até o Bolsonaro está lendo diariamente Crusoé e O antagonista.

  47. Aqui tem muita louvação a Celso de Mello, cuja conduta não a justifica. Lembro-me que no Mensalão ele conseguiu excluir Lula além ressucitar os tais embargos infringentes. Não é tudo isto que a reportagem tenta mostrar.

    1. Kederis, segundo um ex ministro que o conhece bem, ele é um " juiz de merda " segundo um seu livro publicado.

  48. Celso deMeo Ta no fim e quer se tornar o campeão dos factoides Nunca contribuiu com o país Só soltou corruptos e agora no fim da medíocre carreira quer ganhar notoriedade em cima de disse me disse

    1. #BolsonaroCoveiroDaLavaJato e dos brasileiros também.

  49. Qual é o interesse da Crusoe em derrubar o presidente ? Parem com essa bobagem e lembrem se dos grandes problemas nacionais Para mim isso não passa de uma tempestade no copo d’água

    1. #EDai é só uma #GRIPEZINHA #Bolsonarocoveirodalavajato respeite o luto dos brasileiros. #DivulgaTudoCelsodeMello

    2. De vez em quando, enquanto não vencer minha assinatura, venho dar uma lida em alguma matéria, mas vejo que nada mudou. Também me pergunto qual é o interesse da revista Crusoé em derrubar o presidente? O bom jornalismo deve-se limitar aos fatos, mas virou revista de fofocas. O assunto é sério para ser tratado com tanta leviandade. No início foi sério, mas faz tempo que a coisa descambou.

    3. Dib, é com tristeza que vejo a metamorfose desta publicação. Se arvorou em jornalismo isento pra angariar assinantes, e agora quer impor suas opiniões muitas vezes tendenciosas, subliminarmente. Isenção é publicar o fato e deixar que o leitor tire suas conclusões.

  50. É lamentável ver nessa coluna a adoção de especulação, e até, porque não dizer, de imputação inverídica, no tocante a cogitar que o PGR agiria sob o manto da "lealdade" ou de uma dita "ação amigável", quando na verdade o PGR não oferecer Denuncia vai apenas corroborar a retidão profissional decorrente da inexistência de qualquer crime a ser processado, pois a conduta do Presidente, nas narrativas até agora, ficam apenas na esfera das questões éticas, que não produzem efeitos no mundo juridico...

  51. Sério, esse nobre periódico não tem uma "Assessoria Jurídica" não?! O que se vislumbra no que se mostrou até agora nesse Inquérito não configura qualquer tipificação penal, e cabe a PGR tratar apenas da observância da existência de fatos ilícitos para poder ou não apresentar Denuncia contra quem quer que seja e, sinceramente, inexiste o crime de "interferir", e nem se configuraria uma possível "advocacia administrativa", visto que o Presidente não interveio em qualquer investigação...

  52. De acordo com a jurisprudência do STF se o motivo do arquivamento pelo PGR é a atipicidade do fato (os fatos narrados não constituem crime), o plenário do STF tem q se manifestar a respeito antes de q seja feito o arquivamento. E se discordar do PGR, a ação penal é instaurada.

  53. Quando o articulista da reportagem menciona Celso de Mello costuma ser implacável quando há provas robustas sobre os fatos, citando o mensalão e o petrolão, implacável com quem cara pálida?? Vide o voto do ministro no "enésimo" julgamento da segunda instância!! Por favor, não subestime a inteligência das pessoas de bem do Brasil.

  54. A sorte do Bolsonaro é ter o Sars-Covid-2 ao seu lado. Ele deveria estar dando graças a Deus ao isolamento social que tanto combate. Sem o isolamento, o povo iria às ruas exigir o impeachment do presidente sociopata.

    1. Lucia penso nisso sempre,a sorte do presidente,com p minúsculo,é de ter isolamento social.Fica sobre proteção do curralzinho que ele chama para abaná-lo

  55. Por que Celso de Mello não pegou toda a informação do Celular de Moro???? Tem algo lá que não pode ser mostrado?? Gostaria de saber com quem Moro conversou à época do pedido de demissão.... Toffoli? O próprio Mello? Acho q traria maior clareza ao processo

    1. Clara exatamente. Querer interferir na PF no meio de uma crise de saúde e econômica, uma crise política parece muito desespero para esconder alguma coisa.

    2. a pergunta que não quer calar é: por que o Rio?????? estamos em uma pandemia e o PR preocupado com policia!!!??? Sério???? PR.Pinóquio!!!

  56. O presidente pode mexer na polícia, nos ministérios, só não pode mexer na Crusoè, já o Alexandre pode mexer na Crusoè, em SP, no RJ em todo Brasil e tudo ok ! Tudo ok, Crusoè???

  57. Sem entrar no mérito da questão, passemos ao mérito do Ministro decano: só basta relembrar seu voto no caso Sarney, bem descrito por Saulo Ramos. Chutar cachorro morto até a Velhinha de Taubaté chutava.

  58. Comentários contra a Crusoé, uma revista opinativa, somente demonstram a escuridão que os apoiadores do presidente se cercaram, a cada atitude insana que este toma. Usar o fantasma do Lula e do petismo para justificar o apoio incondicional ao nosso presidente é não conseguir se livrar do tema da campanha eleitoral de 2018.

    1. Perfeito Luiz. E por qual motivo JB abandonou as bandeiras de campanha que o elegeram em 2018?

    2. Exatamente. Lamentável o nível. Idêntico do de quem eles apoiam. Não conseguem enxergar um palmo à frente dos olhos. Defende o indefensável e sem qualquer argumento sério e coerente. Meus caros, não se prendam à personagem política, mas sim ao que de fato está acontecendo; não tenham políticos de estimação

  59. Devemos fidelidade às idéias, não a indivíduos, pq estes hão de passar e a nação é perene, Jair traiu td oq pregou em campanha, não vetou o juiz de garantia, não ajudou a derrubar o abuso de poder, agiu para extinguir o COAF, enfim...ajudou como nunca a propagação da corrupção, ele(Bolsonaro), nada mais é q uma fraude, um homem pequeno q nos enganou, podia fz história como um grande reformista, mas, é apenas mais do mesmo q sempre infestou a nossa naçã.o, por fim agora se alia ao centrão...

    1. Agora está junto com a corja do Centrão, retornando a velha política, traindo os eleitores e, ontem 16de maio, reconduziu CARLOS MARUN, ele mesmo, do Centrão para o conselho de Itaipu, 27 mil por mês Esse é o BOZONARO

    2. É uma pena, mas concordo plenamente com você Derby.

    3. A maioria só votou nele pra não ter luladrão de volta com a dilma de calças. Não havia opção. E essa maioria tá pulando fora dessa canoa mais que furada.

    4. Por isso levou várias facadas. Entendí. Aos domingos o povo brasiliense vaí lá no Palácio com faca na mão tentar fazer o que Adélio não conseguiu.

    1. Não. Eles todos estão com a faca na mão como Adélio. Desde antes do sujeito ser eleito. São os vícios da profissão.

    1. Não eles querem o impeachment do presidente, sem saber bem por quê.

  60. Brasil mostra a sua cara. Este vídeo tem que ser mostrado na íntegra, é preciso escancarar para a sociedade por quem estamos sendo governados.

    1. O presidencialismo acabou há muito tempo no Brasil; somos governados pelo STF. Os ONZE fazem o que querem; monocraticamente e através de conluio no plenário...e segue o jogo...

  61. Seja lá como for, não é crime trocar empregados se não estão correspondendo. Todo o tempo o presidente nunca negou o interesse de trocar figuras do governo. E Daí? Então os que estão entrando estão entrando é para cometerem crimes? E a reputação deles? É tudo uma forçação de barra para denegrir o presidente.

  62. é incrível a semelhança entre lula e Bolsonaro, estou pasma ..usam até às mesmas pessoas para se safarem das idiotices ou safadezas cometidas...muito decepcionada..

  63. Incrível. O que aconteceu com o pessoal da Crusoé?? Mudou sua linha editorial e caiu na mesmice da mídia esquerdista?? Eu estou fora. Vou cancelar minha assinatura. Sempre gostei da linha liberal e moderada que a revista tinha, infelizmente se rendeu a linha esquerdista. Uma pena.

    1. O Danilo tem razão. Me parece que Crusoé, depois da censura deu uma “virada esquerdopata”. Por favor, lutemos todos contra o vírus doença e deixemos um pouco de lado o “ vírus política “. A saída do Moro não deve ser “pauta diária”. O Congresso atual nunca aprovaria o nome dele ao STF, em represália por sua atuação na Lava Jato. Uma boa parte dos brasileiros não aprovou sua conduta ao deixar o MJSP, e só tem uma justificativa plausível para fomentar diariamente essa fofoca.

    2. Vce tá querendo uma imprensa que tenha lado. Crusoé mais uma vez se mostra que é independente. Denunciou a quadrilha do PT e agora denuncia o atual governo. Votei em Bolsonaro mas não tenho político de estimação!

    3. Ñ podemos ser tão estúpidos e desunidos. Somente a n determinação política, direta no q interessa ao POVO, a PRISÃO EM 2ª INSTÂNCIA E O FIM DO FORO PRIVILEGIADO, nos levará à reconquista da Pátria, aparelhada por bandidos de COLARINHO BRANCO, em conluio c corporações criminosas na OAB, STF, mídia, bancos, e até em açougues. Só as RUAS, sem ideologias e partidos políticos, na PRESTAÇÃO DE CONTAS definitiva c o Congresso, em quem confiamos n/voto e nos traem, haveremos de sair do caos.

  64. Esse. velho escroto já devia estar em casa cuidando das hemorróidas. Despachod quilométricos sem nenhuma substância jurídica. Decano é o cacete. Saulo Ramos já disse que como juíz ele é um merda, mim livro que li e reli umas 5 vezes

  65. O que lamento muito mesmo é o rumo que o país está tomando depois deste desastre do pedido de desligamento do Moro. Saiu pela porta dos fundos e não podia ser assim. Fez um trabalho brilhante na Lava Jato e permaneceria como herói nacional e até internacional, porem desceu o tobogã e chegou abaixo do limite da terra. O país inteiro perde um tempo imenso debatendo futilidades que na verdade não se salva ninguem por aqui. Este assunto inundou tanto as mídias que encheu o saco. Pensemos no país...

    1. Ñ podemos ser tão estúpidos e desunidos. Somente a n determinação política, direta no q interessa ao POVO, a PRISÃO EM 2ª INSTÂNCIA E O FIM DO FORO PRIVILEGIADO, nos levará à reconquista da Pátria, aparelhada por bandidos de COLARINHO BRANCO, em conluio c corporações criminosas na OAB, STF, mídia, bancos, e até em açougues. Só as RUAS, sem ideologias e partidos políticos, na PRESTAÇÃO DE CONTAS definitiva c o Congresso, em quem confiamos n/voto e nos traem, haveremos de sair do caos.

  66. quem fica na pior situação é sempre a população brasileira, ninguém consegue mesmo saber qual situação seria menos ruim , manter um presidente que vinha fazendo um bom governo mesmo cometendo alguns excessos, e que agora perdeu o seu melhor ministro , mesmo todos tentando desqualifica lo, é o ex juíz que mudou o país , conseguindo provas irrefutáveis para colocar ex presidente da Câmara, ex presidente do país , ex governadores e os grandes políticos e empresários que saquearam esse país.

  67. Ñ podemos ser tão estúpidos e desunidos. Somente a n determinação política, direta no q interessa ao POVO, a PRISÃO EM 2ª INSTÂNCIA E O FIM DO FORO PRIVILEGIADO, nos levará à reconquista da Pátria, aparelhada por bandidos de COLARINHO BRANCO, em conluio c corporações criminosas na OAB, STF, mídia, bancos, e até em açougues. Só as RUAS, sem ideologias e partidos políticos, na PRESTAÇÃO DE CONTAS definitiva c o Congresso, em quem confiamos n/voto e nos traem, haveremos de sair do caos.

  68. Compartilhe esse conteúdo utilizando as ferramentas de compartilhamento oferecidas na página ou pelo link: https://crusoe.com.br/secao/reportagem/vou-interferir-ponto-final/. Nossos textos, fotos, artes e vídeos são protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo da revista em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Mare Clausum Publicações Ltda.

  69. Presidente é pessoa de dupla ou até mesmo "tripla"personalidade. Deixou a farda por "revolta" no quartel; eleito deputado federal a 28 anos passados conhece a fundo o"crime oficializado na casa, assumiu a presidência lastreado na teoria de "foi eleito o menor dos piores candidatos". Cerébro doentio, assumiu postura não dar $$$ aos "corruptos da velha casa". Bem tentou, mas a doença é mais forte. Começou a levar "porradas". Agora despertou, vou para o crime, decidiu, abrir a "burra da caixa $$$"

    1. Ñ podemos ser tão estúpidos e desunidos. Somente a n determinação política, direta no q interessa ao POVO, a PRISÃO EM 2ª INSTÂNCIA E O FIM DO FORO PRIVILEGIADO, nos levará à reconquista da Pátria, aparelhada por bandidos de COLARINHO BRANCO, em conluio c corporações criminosas na OAB, STF, mídia, bancos, e até em açougues. Só as RUAS, sem ideologias e partidos políticos, na PRESTAÇÃO DE CONTAS definitiva c o Congresso, em quem confiamos n/voto e nos traem, haveremos de sair do caos.

  70. Não podemos,jamais, confiar em petista. Aras vai engavetar porque tem o espírito da vassalagem, típico de gente incompetente que tem que viver de favor.

  71. O atual PGR é o que de pior existe entre os seus antigos aliados (PT) e os novos (Bolsonalistas), só olha o próprio umbigo.

  72. Celso de Mello não manchará sua biografia! O mesmo não se pode dizer de Augusto Aras que está pouco se importando com biografia. O que ele quer é a indicação, já prometida, para ocupar a vaga do atual decano no STF. Aguardemos o desenrolar dos acontecimentos neste país amaldiçoado por Deus e bonito por natureza.

    1. kkkkk... Um "juiz de merda" e um "inapto para magistratura ... segundo Saulo Ramos em seu livro "Código da vida"

    2. esse Celso de Melo e cria do Sarney o maior bandido da história do Brasil só não sabe quem nunca leu nada analfabeto

  73. A renovação e feita automaticamente. peço processar a renovação.E possível está vencida ou haver cartão um novo cartão, substituto. recentemente houve substituição pelo mesmo emissor.

    1. Reportagem tão tendenciosa e mal feita, q leitores buscam soluções administrativas de suas assinaturas na mesma, desnudando a incompetência geral desta revista.

  74. "O DESTINO POLÍTICO DE BOLSONARO ESTÁ NAS MÃOS DE ARAS..." Reportagem podre, sendo este um dos parágrafos q li. A estória dos últimos 35 anos foi interrompida por 1 pau mandado CORRUPTO, segundo a listagem da Odebrecht, protegido por clãs e amigos de amigos..., ao apenas peidar em cima do q interessa: PRISÃO em SEGUNDA instância e fim do foro privilegiado.Não se destitui um presidente querido por 90milhões de brasileiros c este argumento, sem revivermos a MARCHA DAS FAMÍLIAS. Juízo e prudência

    1. Ñ podemos ser tão estúpidos e desunidos. Somente a n determinação política, direta no q interessa ao POVO, a PRISÃO EM 2ª INSTÂNCIA E O FIM DO FORO PRIVILEGIADO, nos levará à reconquista da Pátria, aparelhada por bandidos de COLARINHO BRANCO, em conluio c corporações criminosas na OAB, STF, mídia, bancos, e até em açougues. Só as RUAS, sem ideologias e partidos políticos, na PRESTAÇÃO DE CONTAS definitiva c o Congresso, em quem confiamos n/voto e nos traem, haveremos de sair do caos.

  75. Não entendo as leis brasileiras, quem quer a abertura de uma reunião do presidente com os ministros, usarem a mesma lei para proibir que o celular de um criminoso que tentou assassinar um deputado candidato a presidente fique escondido.

    1. Chegou no ponto "H"aroldo. Procure saber sobre o passado de alguns togados, do Renan, do filho de César, de 80% dos senadores e deputados! Nós, POVO, o QUARTO PODER que deveria ser o PRIMEIRO, esquecidosna elaboração da CARTA Frankenstein e COMUNISTA, temos que ir ao PONTO: PRISÃO em SEGUNDA instância e fim do foro privilegiado. O resto é de interesse inclusive de FHC e os relacionados nas listas da JBS e Odebrecht, inclusive desta imprensa esquerdopata cooptada em sua maioria.

  76. A matéria começa descrevendo um vídeo que o autor não viu, confiando em amigos que supostamente viram, continua com a opinião de juristas dizendo que há crime no vídeo que não viram, continua com uma suposição da psicologia dos outros (sem nenhuma evidência material de nada) e conclui a especulação de um jurista de oposição comentando a psicologia alheia com base na leitura de uma fonte terciária que não viu o vídeo. Jornalismo tão fantástico quanto a carreira do Celso, descrita pelo Dr. Saulo.

    1. Insinuar que generais mentem é muito para minha cabeça já condenaram o presidente.

    2. Ñ podemos ser tão estúpidos e desunidos. Somente a n determinação política, direta no q interessa ao POVO, a PRISÃO EM 2ª INSTÂNCIA E O FIM DO FORO PRIVILEGIADO, nos levará à reconquista da Pátria, aparelhada por bandidos de COLARINHO BRANCO, em conluio c corporações criminosas na OAB, STF, mídia, bancos, e até em açougues. Só as RUAS, sem ideologias e partidos políticos, na PRESTAÇÃO DE CONTAS definitiva c o Congresso, em quem confiamos n/voto e nos traem, haveremos de sair do caos.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO