The White House/Shealah CraigheadDonald Trump e navio-hospital em Nova York: número de casos nos EUA é maior porque eles fazem mais testes

A nossa curva e a dos outros

Noves fora a subnotificação, o que a propagação da Covid-19 no Brasil nos diz se comparada com a expansão da doença nos demais países
03.04.20

Em 18 de março, o Brasil registrou três mortes por coronavírus no mesmo dia. Descontado o aparentemente gigantesco número de casos não notificados, a data pode ser usada como uma espécie de “marco zero” para acompanhar como a epidemia evoluiu no país desde então, olhando o que aconteceu com outras nações que enfrentaram antes as agruras da Covid-19.

Quinze dias depois dessa data, o Brasil tem contabilizado 60 novas mortes por dia. É uma curva menos acentuada do que a da China, que teve 86 óbitos neste mesmo momento (considerando o “marco zero” chinês como o dia 22 de janeiro, com 17 mortes). Nesse ponto, o país asiático já tinha cancelado voos e trens já haviam sido proibidos de entrar e sair de Wuhan, o berço da epidemia. O governo local também já havia suspendido a circulação de ônibus, barcos e metrôs dentro da cidade.

O vírus estava alastrado pela região. A província de Hubei, onde fica Wuhan, registrou 14 mil novos casos de infectados em uma semana – o Brasil, como comparação, ainda não chegou a acumular 10 mil casos no total.

À primeira vista, a vantagem comparativa do Brasil tem a ver com a decisão de restringir logo cedo a circulação de pessoas para refrear a propagação do vírus, como o cancelamento de aulas — uma boa parte do país começou a adotar essas medidas há duas semanas. Apenas três unidades da federação ainda não fecharam shoppings e o comércio de rua.

O número de infectados, porém, é um indicador capenga. O dado varia de acordo com a disponibilidade de testes rápidos. Se não há kits para os exames na praça, o número de casos é menor. Na China, dezesseis hospitais de campanha, erguidos entre o final de janeiro e o início de fevereiro, faziam testes em massa na população. Desde o início de março, o número de casos estancou no país. A explicação? A China mandou parar com os testes.

Chen Sihan/XinhuaChen Sihan/XinhuaNa China, redução dos testes diminuiu número de infectados
No Brasil, os testes na rede pública demoram cerca de dez dias para ficar prontos. No estado de São Paulo, que concentra quase a metade dos casos nacionais, há mais de 10 mil na fila do Instituto Adolfo Lutz, esperando o resultado. Entre 30 e 40 pessoas são enterradas diariamente nos cemitérios da capital paulista com suspeita de coronavírus. Nos boletins de óbito, os médicos dizem que aguardam os resultados dos exames.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ordenou no final de março que todos os casos suspeitos deveriam ser testados, mas a ordem está longe de ser cumprida. Um estudo da Escola de Londres de Higiene e Medicina Tropical concluiu que apenas um de cada dez casos sintomáticos no Brasil é detectado. “Neste momento não temos uma ideia clara de quantos casos temos, devido ao represamento de testes nos grandes centros. Isso faz com que a curva de casos suba mais lentamente”, diz o físico Roberto Kraenkel, da Universidade Estadual de São Paulo, a Unesp, e membro do Observatório Covid-19 BR.

A influência que a disponibilidade de testes exerce no total de casos registrados pode ser constatada na explosão da Covid-19 nos Estados Unidos. No momento em que o país atravessava a fase que o Brasil passa hoje – quinze dias após ter registrado três mortes em um mesmo dia, portanto –, o país contava cerca de 40 óbitos por dia. É menos do que o índice atual do Brasil. O número de infectados, contudo, já era bem maior: 24 mil. A diferença, nesse caso, também pode estar relacionada aos testes: há quinze dias os Estados Unidos aprovaram a aplicação dos testes em massa e eliminaram todas as restrições para que isso acontecesse. O país atualmente é o campeão em número de infectados: 216 mil, quase a soma dos casos da Espanha e da Itália.

“Há uma falsa impressão de que a doença é mais grave nos Estados Unidos pelo fato de o número de infectados ser maior. Isso só está acontecendo porque os americanos vão testar mais gente do que em qualquer lugar do mundo”, diz o médico Marcus Dias, estudioso de saúde pública, mestre em economia e especialista em econometria.

A Itália é o país com mais mortes registradas até agora em todo o planeta. São mais de 13 mil. Quando estava numa fase similar à do Brasil hoje, novamente levando em conta como “marco zero” o dia em que se registraram três mortes pelo vírus, o país contabilizava cerca de 200 óbitos diários — três vezes mais que atual número brasileiro.

ReproduçãoReproduçãoHospital na Itália: serviço funerário sobrecarregado
O governo italiano foi moroso em tomar medidas para conter o avanço da doença. Por causa dessa lentidão e da população mais velha, os hospitais rapidamente ficaram superlotados e idosos com sintomas foram orientados a voltar outro dia. Quando alguém morria em casa, apenas o serviço funerário, com agentes vestindo roupas e equipamentos especiais, estava autorizado a recolher os corpos. Em alguns casos, a retirada dos corpos em caixões especiais demorava mais do que 24 horas.

Na semana seguinte, os italianos começaram a receber a ajuda da China, que enviou médicos e equipamentos. O vice-presidente da Cruz Vermelha chinesa, Sun Shuopeng, caminhou por Milão, a capital da Lombardia, e fez um diagnóstico chocante. “Aqui em Milão, a área mais atingida pela Covid-19, não há um bloqueio muito rigoroso. O transporte público ainda está funcionando e as pessoas continuam se movimentando. As pessoas ainda estão fazendo jantares e festas em hotéis e não estão usando máscaras”, disse Shuopeng.

A Espanha, em momento equivalente ao atual do Brasil, teve 280 mortes em um dia. Os hospitais estavam colapsados e só então os governantes tiveram a ideia de montar um hospital temporário em um pavilhão de feiras de Madri, com 5,5 mil leitos. Já não havia máscaras e luvas para os profissionais de saúde. O primeiro-ministro, Pedro Sánchez, determinou o confinamento da população uma semana antes. Ele demorou um pouco mais que os estados brasileiros. Os espanhóis então foram orientados a só sair de casa para comprar alimentos, remédios e ir a hospitais.

Friamente, os números podem indicar que a situação brasileira é melhor do que a dos demais países atingidos impiedosamente pela pandemia. Só que a boa notícia pode ser apenas uma miragem – e isso só será possível descobrir com a ampliação do número de testes por aqui. Nesta quinta-feira, aliás, médicos que se reuniram com Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto explicaram a ele que só a aplicação de testes em massa poderá fazer com que o país encurte com segurança os prazos do isolamento social – assim seria possível mapear com mais segurança os riscos de propagação e estabelecer medidas de contenção mais objetivas.

Ainda longe do ritmo ideal, a testagem no país deve se ampliar sensivelmente nos próximos dias, com a chegada de milhões de novos kits. Isso certamente fará com que a curva brasileira se acentue. Mas, ainda que o número de infectados se mostre muito maior do que o que conhecemos hoje, ainda há outro indicador que pode fazer com que vejamos água no deserto: se não estivermos subnotificando também o número de óbitos, pode ser que a tragédia por aqui não evolua no mesmo ritmo dos demais países. Nesta quinta, o mundo atingiu a marca de 1 milhão de pessoas diagnosticadas com a doença, com mais de 50 mil mortes.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Fui lendo o longo texto e a ausência do sempre citado Bolsonaro,me suscitou alguma esperança de que a perseguição ao Presidente havia dado uma trégua,mas,eis que de re pente,não mais que de repente nosso insibstituível mandatário foi abordado novamente. Crusoé,quando passará sua tempestade? Lógico em copo d'água.

  2. Comparações bem feitas, espero. Estados Unidos, deve ser, mesmo o país a fazer o maior número de testes, por saírem ba frente, na busca por testes em massa!

  3. Uf! Finalmente um artigo técnico que faz sentido! Obrigado Duda! Pessoalmente penso que o número de óbitos está é super notificado! Nesse sentido há até orientações que saíram no Diário Oficial de São Paulo. Na dúvida, atribuir o óbito ao corona vírus! E se de fato houver super notificação de óbitos por corona vírus, e quando se implantar testes mais abrangentes de infectados, o índice de mortalidade vai despencar! Veremos!

  4. Ao final desta tragédia, as famílias com mortos e todo o país, iremos, claro, responsabilizar a Covid-19 e seu virus SARS-COV-2. MAS, se houver forte indício de autoridade pública, ter agido por interesse vil e torpe, ao arrepio da Ciência e do resto do mundo, provocando um número maior de vitimas, o Brasil terá que discutir a PENA DE MORTE. O pico da Covid assassina, fará par a outros milhares de mortes de nossos miseráveis, até por inanição e fome, por vírus humanos protegidos pela IMPUNIDADE.

  5. Faz parte da condição humana tentar explicar a realidade. Toda explicação sempre será um recorte incapaz de abranger todas as variáveis de um dado fenômeno. Sei, está se dizendo o obvio, mas sempre é bom nos lembrar. Na COVID19, algumas especificidades brasileiras contaminam e até mesmo invalidam as comparações. Exemplos ? As variações climáticas, agora e no inverno; a sobreposição com a influenza e, máxime, as controvérsias geradas pelo diversionismo irresponsável do criminoso BOÇALnaro !

  6. é a temperatura!! o vírus não sobrevive abaixo de 20oC. PTP!! Eles estão com média de 5oC. !! aqui enquanto tivermos sol e temperatura de 20oC. não teremos o mesmo problema!!

  7. Minha opinião sobre esta diferença é que aqui políticos usam esta catástrofe como propaganda eleitoral, enquanto o STF afaga os corruptos. Estes “Canalhas “ Nunca pensam no povo. Existe a chance de D. Pedro voltar Proclamar à Independência novamente???

  8. Antagonista só terror o dia todo . Falem do sucesso da azitromicina com hidroxicloroquina . Consultem a USP . Façam jornalismo .

    1. De repente todo mundo passa a ser um expert em jornalismo.. eita profissãozinha prostituta..seguinte, sabichões: se acha que esse treco aqui não faz jornalismo, pq tu não vai tnc? E vai se infomar na pqp? Apscosta/df

  9. A reportagem dá a volta em dados condicionais. Se... isto então aquilo. Se ...aquilo então.... Confuso e sem conclusão. Ansiosidade e medo implícito. Entulho de informação!

  10. Se os testes atingissem mais pessoas, ficaria claro que nossa situação é bem melhor do que os "mensageiros da catástrofe" profetizam. Um pouco de matemática, amigos. Todos sabemos que, no mínimo, o triplo de pessoas foram infectadas , sem sintomas e sem recorrer aos hospitais. A nossa taxa de letalidade, que é, ao fim e ao cabo, o que importa, seria 03 vezes menor. Brasil está enfrentando bem. Vale a pena repensar o isolamento !! Vários cientistas endossam a opinião de JB.

    1. E tem mais! Há orientações oficiais para, em caso de dúvidas, atribuir o óbito ao covid-19. Vejam no Diário Oficial de São Paulo, de 21/03/2020, página 5.

  11. Morrem na média 3.500 pessoas por dia no país, ou 105.000 pessoas por mês. Até agora não vi nenhum jornalista comparar detalhadamente a letalidade do corona (± 500 mortos em 1 mês) com outros causadores de fatalidades: seria interessante colocarmos os números em perspectiva! Apenas como exemplo: quantos morrem mensalmente por tuberculose sem que seja declarada uma pandemia dessa doença? Tarefa para vocês, Antagonistas!

  12. Nem li o texto inteiro que me pareceu desinteressante. Se temos subnotificação e os índices não são tão alarmantes, é sinal que avoada de letalidade é menor. O. Mais infectados e menos mortes, a conclusão é esta.

  13. Acredito que o marco zero na China tenha sido antes da data aqui publicada, porque o governo chinês demorou a admitir a epidemia por lá. Infelizmente, medidas em outros países poderiam ser sido tomadas antes.

  14. Óbvio que estamos com sub notificação, uma vez que há falta de kits de testes. Nossos números subirão consideravelmente quando houver essa testagem mais eficiente; natural. Outro fato que ocorreu na Itália, em Milão, foi uma partida de Champions League entre Bergamo x Valencia ( times italiano e espanhol) onde, um estádio lotado fez com que logo depois 40 mil estivessem infectados nas respectivas cidades dos times .

  15. Mais testes em vez de piorar a situação do Brasil em relação a outros paises, a melhoraria, pois faria com que o numero de mortes em relacao ao numero de infectados diminuissem, diminuindo, assim, a letalidade. Lembrando que correm notícias de que há muitas mortes contadas como causadas pela covid-19, mas que na verdade são por outras doenças e outras causas. Até mortes por atropelamentos estão sendo colocadas na conta da covid-19. Diminuindo essas mortes da equação, a letalidade é ainda menor.

    1. Se a pessoa estava com covid 19 e morreu de parada cardiaca, qual foi a causa? Parada cardíaca? Estatistica espertinha, contaria a última.

  16. Mesmo que não saibamos quantos infectados existem, os casos graves e mortes não deixam de aparecer. Podemos contar os que sejam suspeitos nesta situação. Acho que o Brasil deu sorte por ser mais pobre e ter um trafego internacional menor que os E.U.A. por exemplo. A Itália, coalhada de chineses indo e vindo, tomou o rumo errado e acabou como a China ... A Espanha relaxou, por falta do material, o uso de EPI nos hospitais e os números explodiram nas mortes. Só o Lockdown salva ? Não.

  17. O que me preocupa é o momento em que o coronavirus chegar nas periferias pobres das grandes cidades. Condições precárias de higiene e saúde, maior densidade populacional, maior convivência entre jovens e idosos...

  18. De que adianta o EUA, ser uma potência, se não tem um serviço de saúde, como o SUS. Nestas horas é que a população mais carente, precisa da intervenção do estado.

    1. os liberais são contra é coisa de comunistas, dizem ...mas quando se trata de salvar Bancos aí e diferente...fazem corar até os mais desavergonhados intervencionistas

  19. Não tem como se basear nos números da China. Tudo foi omitido e abafado. O Brasil tem um número superior de UTIs do que Inglaterra, França, Itália, EUA, Espanha. O Brasileiro adora meter o pau no SUS. Sem conhecer a realidade nos EUA não existe saúde pública. Esse artigo não tem embasamento em dados científicos. Que tal comparar o número de leitos de UTI a cada 100.000 habitantes com o dos outros países citados. Além do número se Profissionais da Saúde?

  20. Só nos resta torcer....como toda a infraestrutura no Brasil a de saúde também é meia-boca. Provavelmente nunca saberemos nem o número de infectados e nem o número de mortes do vírus. Só saberemos que foi terrível....

  21. Há muito ruído nas informações dos últimos quatro anos que atribuem a Rússia o sucesso de Trump na eleição americana de 2016. Agora, é possível que ele perca em 2020 por causa da China. Globalização.

  22. Da série “O FRACASSO DO GOVERNO TRUMP”: O capitão do porta-aviões USS Roosevelt, diante do aumento alarmante de Covid-19 em sua tripulação, solicitou permissão para evacuar o navio para desinfecção. Obteve sucesso mas pagou caro por isso. Foi dispensado por Trump de seu comando. Diante do fracasso de sua administração, Trump insiste em transferir aos governadores a responsabilidade pelo combate à pandemia, como se o governo federal não tivesse um papel fundamental diante da crise. Na busca...

    1. ...por outros culpados, Trump agora culpa Obama por supostamente deixar os estoques de suprimentos médicos e respiradores baixos. Mesmo se isso fosse verdade, o que não é, só agora, após três anos, isso foi descoberto? A cada dia fico mais chocado com o tipo de gente que a direita brasileira idolatra. Por que os CONSERVADORES precisam tanto de calhordas?

  23. 🇧🇷 Artigo completamente sem lógica e fora da realidade wuhan apresentou seus primeiros casos em novembro não em janeiro nesse período o partido comunista chinês ☭ tratou de exportar a peste da China para o mundo, o modo que o partido comunista chinês ☭ fez para conter a epidemia foi simples lacrou e soldou as portas das residências condenando milhões a morte por isolamento só por apresentar febre, outros presos nas ruas e mandados para Campos de extermino com nome de hospitais. 🇧🇷

  24. Mais uma matéria (como todas) embasada em infectados, para ter credibilidade teria que apresentar o percentual de infectados sobre os testados, cada país tem uma capacidade e uma política diferente de testes. A matéria está comparando bananas com pneus de carro.

    1. Ha modelos epidemiológicos que se baseiam em números de casos diagnosticados ou mortes. Extrapola-se para obter uma idéia de casos na população em geral. E eles funcionam.

  25. Essa falta de testes é realmente uma calamidade. Aqui em casa tivemos um caso suspeito e todos estamos de quarentena total. Na estatística do governo só aparece como 1 caso suspeito, os outros três são ignorados. Assim tem muito mais gente infectada do que aparece nos dados oficiais.

  26. Considerando o fracasso estrondoso das ideologias de DIREITA e ESQUERDA na condução dos destinos do país, sugiro aos leitores que pensam que leiam sobre a social-democracia europeia. É só dar um google.

    1. Carlinhos, você não leu o que eu escrevi? Meu comentário é para pessoas que pensam, que sabem ler. Certamente não é esse o seu caso.

    2. Vai ler o cebolinha seu babaca, comparar 24 anos de esquerda é um de Bolsonaro e decretar o fracasso da direita ! Vai lavar as mão e passar álcool gel !

  27. Se o problema é testar, onde estão os doentes não testados? Não procuraram hospitais? Estão curados? Estão mortos? Se faltam testes e os contaminados morrem isto faria o índice de mortalidade aumentar em relação ao número de infectados. Desconfio desta reportagem 🤔

    1. É o que mais querem !!! Tem que haver muitas pessoas internada e o caos para poderem gastar dinheiro

  28. Aqui na Itália foram mais de 6000 profissionais da saúde (médicos, enfermeiras) infectados. Notícias do Brasil mostram que o Einstein já tem 348 funcionários positivos e 13 internados. Sírio Libanês 104 e Hospital das Clínicas da USP 125.

    1. Ele se acha o primeiro-ministro, mas deveria lembrar que somente representa uma pequena fração do estado do Rio de Janeiro, a cara dele não treme mesmo.

    2. Botafogo só sabe atrapalhar o Brasil , e tudo o que fala e divulgado ! Não vejo uma ideia boa desse lixo , só bla bla bla

  29. Tá difícil. A imprensa brasileira é um horror. Leio apenas notícias que não tenham qualquer tipo de manipulação, ou seja, quase zero.

  30. Siglas, siglas, OMS, ONU, OAB, STF, TCUs, TCEs, nada nos presta. Ultimamente até a dilmAnta aprendeu o q são abscissas e coordenadas. Inglês idem, idem, lock down entrou em sua "comanda". E até já procurou o Lewandowski, num novo acordão, pra tentar o retorno, ñ sem antes prestar bons serviços verticais, de forma abscissa com coordenadas do poste, q, em pé, traçará um crescimento horizontal, se possível sepulcral

  31. Eu estarrecido com a hipocrisia da imprensa. O país ocidental que menos teve obítos, foi o Brasil, e essa imprensa sensacionalista com essa idiotices. uns comentários rude que dá até desânimo. o Brasil está sob crontrole turma de tapados.

    1. Aí Arthur, em SP o governador mandou colocar no atestado de óbito a causa como coronavirus tudo que não tiver confirmação, o que virá depois com os teste pronto, está no diário oficial, então pode ser que tenha até menos mortos por esta causa do que se divulgam.

    2. se todos os "milhares" de infectologista que, diariamente, expõem sua sapiência na mídia dizem que cerca de 80 por cento da população será, inexoravelmente, infectada, o que importa é o número de mortos. O resto é pânico pra vender jornal é enriquecer uns poucos.

    1. Amigos Não sou infectologista, sou neurocirurgião; mas, vos digo : esse novo coronavírus é como todos os outros vírus. Precisa de células pra sobreviver e se reproduzir. Viaja como fogo em palha e com certeza muitos de nós que aqui lêem já estamos - ou estivemos ! - contaminados. Sem sintomas, e se não fizermos uma sorologia , nunca saberemos que fomos infectados, assim como todas as outras viroses.

  32. Quanto a China, temos que acreditar nos números "declarados" pelo governo. Que convenhamos não é um padrão de transparência, muito pelo contrário.

  33. Faltou à boa análise considerar a variação sazonal das doenças respiratórias. O inverno no hemisfério norte se encerrou em fins de março, e se iniciará em fins de junho no nosso hemisfério.

  34. Boa tarde. Na verdade, uma pergunta: se já temos registradas 40 mortes pelo covid19, como saber se outras mortes ocorridas neste período não são tb pelo mesmo motivo? Essas já foram confirmadas, ou são apenas suspeitas? Tem como comparar com o número de óbitos usuais, por exemplo, para o mesmo perfil de paciente? Qtas pessoas morreram no ano passado, nesse mesmo período, de causas semelhantes (q poderiam ter sido covid19 se fosse atualmente)?

    1. Muito boa colocação, mas infelizmente isto não interessa a imprensa nem aos políticos cleptocratas. Também acho que deveriam apresentar os números como um percentual de infectados sobre os testados. Nunca acontecerá.

    2. Boa Laura, e isso que acho que uma imprensa isenta teria que publicar, para termos um parâmetro .

    1. Além daqueles que acham que só há chance dos outros terem.

  35. Da série “O FRACASSO DO GOVERNO TRUMP”: Finalmente, os hospitais de NY vão receber 200.000 máscaras das quais precisam urgentemente. Mas vocês pensam que o governo Trump vai entregá-las diretamente aos hospitais. Não, as máscaras serão entregues a fornecedores privados que farão leilão entre interessados de todos os EUA e até de países estrangeiros, vendendo a quem oferecer mais e lucrando com a operação. Até lá, profissionais de saúde continuarão desprotegidos. A ideologia LIBERAL não é linda?

    1. Marcos e Leandro, a verdade dói, eu sei. Mas fugir dela é coisa de covarde. Vide Trump e o Bolsonaro.

    2. Eduardo, que conversa mole e tendenciosa! Sai comunista!!! Deixa de ser besta!

    3. Eduardo não sei se vc tem tanto conhecimento de causa assim para num simples comentário tendencioso denegrir uma nação com tamanho desenvolvimento. USA é com certeza o porto seguro de todos nós que não compactuamos com o socialismo. Se dependesse da Europa seríamos servos desse regime totalitário e horroroso. Então se sabe cobrar tão bem vê se sua entrega é proporcional.

  36. Essa notícia não agrega nada, não contribui, não ajuda, aliás, ajuda a infernizar ainda mais a nossa vida. É melhor não escrever nada, lamentável.

  37. matéria não aborda degradação do coranavirus pelo calor ...e não considera ordem do governo de SP para considerar toda morte como sendo provocada por corona.. matéria xoxa e pré-conceituosa. ...

  38. Tivemos a Covid-LULA que quase quebrou o país com corrupção e sim, sobrevivemos... Estamos agora com a Covid-19 que já assola o mundo. E não bastasse esta Pandemia, sofremos ainda de Carência Absoluta de Estadistas no meio político, agravada por uma maioria de despreparados, idiotas, panacas, irresponsáveis e babacas. E na direção deste triste Circo de Horrores, dois Presidentes que se alternam, na vida real e nas redes sociais, em sério conflito de Édipo. Sim, sobreviveremos. E aprenderemos...

  39. Vc aí brasileiro q perdeu um ente querido, lembre-se quando olhar p um chinês quem foi q matou teu Parente, e o mundo segue de quatro p os chineses.

    1. Caraco.. e o que é que a religiào, biblia e coisas assemelhadas tem a ver com esse tal covid19? Eita gente desenganada pela inteligência..apscosta

    2. MATEUS Não julgueis, para que não sejais julgados. 2 Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. 3 E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? 4 Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? 5 Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.

    3. MATEUS Não julgueis, para que não sejais julgados. 2 Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. 3 E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? 4 Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? 5 Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.

    4. O povo chinês nao tem culpa. A culpa é do governo, e lá nao se escolhe, se fosse aqui a culpa seria do povo e do governo, porque aqui se escolhe.

    5. ...e sempre rezando para que a China continue comprando os nossos produtos.

    6. Sr. Cosmo Vc não merece o nome que tem. P que tem a ver o coitado do povo Chinês com as cagadas do governo daquele País. Pare de semear discordia.

  40. O Brasil tem clima quente. A propagação é mais dificil. No Brasil o problema foi o carnaval, o maior carnaval da história de São Paulo. Não acredito que a quarentena esteja ajudando, ela deverá ser restrita aos municipios com problema. Na Espanha, o problema também foi uma festa, FESTA DAS FEMINISTAS, que disseminou o vírus. A maioria da disseminacao do vírus na Brasil, foi em festas PUBLICAS (CARNAVAL) ou particulares No Uruguay, até pouco o segundo país mais contaminado da AL, tb foi festa.

    1. Foi o carnaval, com certeza. Só falta o gênio crente explicar porque Salvador tem menos de um quinto dos casos do Rio e menos de um décimo dos de São Paulo, e uma disparidade ainda maior no número de óbitos. E isso com Salvador apinhada de turistas estrangeiros.

  41. O Brasil tem, terá e teria menos casos de qualquer forma por causa de nossa demografia jovem, densidade demográfica menor, pequena população chinesa e clima quente. Iremos bem pior, isso sim, quando tivermos o maior desemprego do pais e várias Illinois pra chamar de nossas, falidas e sem pagar nem aposentadorias de quem trabalhou a vida toda. Aí os donos da Crusoé, fora do Brasil há anos, vão poder bater no peito e dizer que somos culpados pela nossa miséria

    1. José, foi excelente e lúcida sua ponderação. Nossas particularidades nos torna diferentes dos outros países. Chega a ser criminoso o os números que um blogueiro biólogo apontar que 1 milhão de brasileiros morreriam. Isso é tocar o terror.

  42. A falta de testes interessa muito ao governo pois assim as contaminações e mortes pelo covid sub notificadas reforçam o discurso de gripizinha e que alguns poucos morrem. Para a ciência e o corpo técnico os testes são de suma importância.

    1. Ao contrário do que vc diz, quando os testes aumentarem o percentual de mortos vai diminuir! Hoje estamos em 3% dos contaminados, quando mais pessoas forem testadas esse índice vai cair.

  43. Da série “O FRACASSO DO GOVERNO TRUMP”: Trump continua se negando a liderar e centralizar os esforços de combate à Covid-19. Até agora não emitiu uma ordem nacional de isolamento social o que leva governadores REPUBLICANOS a resistir ao isolamento. O governador da Geórgia disse ontem que, até o dia anterior, não sabia que havia portadores assintomáticos! Trump também hesita, apesar de estudos recomendarem, em ordenar o uso, em nível nacional de máscaras por todos os cidadãos. Surgem, a cada...

    1. ...dia relatos de alertas sobre o risco de futuras pandemias, feitos por Bill Gates e os serviços de inteligência, em 2015 e pelo Pentágono, em 2017. E o que fez Trump? Desmontou toda a estrutura de detecção e combate à pandemias montada por Obama. Quanto aos mais de 50% de americanos que não tem dinheiro para pagar o tratamento do Coronavírus, o governo CONSERVADOR, não tem qualquer solução. Ou seja, não receberão tratamento algum. Não há nada, portanto, a elogiar na administração Trump.

  44. A China escondeu o vírus e todo mundo critica, os governadores esconderam o vírus para não deixar de faturar e ninguém fala no assunto. Agora pousam de santinho e preocupados com a vida. No carnaval, só um cruzeiro internacional trouxe 3mil italianos o carnaval. Onde estava a preocupação do governador nessa hora? O que vejo é o normal na política, um bando de hipocritas lutando pelo poder. A mídia não faz o seu papel de mostrar o fatos e fazer o devido link sobre o momento atual.

    1. governos escondem informações porque são formados por POLITICOS. Política é administrar diferentes interesses simultaneamente. claro que divulgar notícias ruins não interessa a quem vive de votos ou a quem precisa demonstrar capacidade para se projetar.

    2. Marcelo, concordo com você, a irresponsabilidade dos Governadores começou quando permitiram que o Carnaval fosse realizado, mesmo sabedores da existência do vírus e que se alastrava pelo mundo. Certamente que vão dá uma de Lula. "Eu não sabia". Hoje, uma reportagem da UOL informa que 7 pessoas de uma mesma família foram contaminadas. Um dos membros afetados relata que pegou de uma das suas funcionárias que participou do carnaval em Porto de Galinhas. Quem serão os genocidas?

  45. Porque na Índia, onde os hábitos de higiene são precários e "um Brasil" vive nas ruas, ou seja, eles tem mais de 200 milhoes de pessoas que não tem casa e nem barraco, não temos números trágicos como da Espanha e Itália? Porque nao falam do isolamento social apenas dos idosos e crônicos promovidos pelo Japão e os nórdicos? Porque não falam das mortes por outras patologias e caracterizadas como covid19 para inflarem os números? A doença existe, mas a ma fé também.

  46. Severo O que se passa no Brasil hoje me faz lembrar o famoso personagem de Dias Gomes na novela O BEM AMADO , o prefeito ODORICO PARAGUAÇU , cuja grande obra da sua administração era o CEMITERIO , mas não consegui inaugurá-lo por falta de DEFUNTOS Vejo políticos hoje DESESPERADOS tal qual aquele personagem por DEFUNTOS COM CORONA VÍRUS , nem se importam se alguns tenham mais de 90 anos

  47. Nossa !! como caiu o nível da reportagem. Pra começar estão comparando países em situações diferentes. Não falam por exemplo que o foco foi no norte da Itália região de moda e costura que os chineses compraram quase tudo e quando voltaram da chia após o feriado todos estavam infectados o que acelerou o processo na Itália. segundo o norte esta com temperatura média próxima de zero o que favorece o vírus. Ele não sobrevive a temperaturas superiores a 21oC. Então fazer comparações sem base é chute

  48. Temos poucos casos porque não há testes. Apenas isto. Moro numa cidade pequena de MG. Só agora a secretaria de saúde conseguiu comprar alguns testes rápidos. Ainda não temos casos confirmados e aí a quarenteba não funciona. Todos acham que o vírus não chegou aqui. !

  49. Gonçalo . 9Como é chata a contínua e midiática demonização do presidente da República. O cara foi eleito em eleição livre, seus ministros estão fazendo se não o necessário, mas o possível, no combate à pandemia. Larga do pé do homem, deixa ele falar porque não tem atrapalhado o combate à doença. Vamos ser práticos e realistas, louvando o que bem merece e deixando o ruim de lado.

    1. Um ano de governo e já melhorou muito, acabou com a corrupção desenfreada, que reinou por mais de 15 anos. Deixa o homem falar o que quiser. Pelo menos é bem intencionado, honesto e tem todos os dedos das mãos.

    2. Ele é que se demoniza sempre que abre a boca. Não era o mito, o rei da cocada, o que ia resolver tudo? Nesta crise além da sua mediocridade o que vem à tona é a sua psicopatia. Verdadeiro Napoleão de Hospício.

  50. Os dados Pandemia do coronavírus são terríveis, trágicos e assustadores, mas estão muito longe das mortes causadas pela Gripe suína H1N1 de 2009/2010: ENTRE 151.700 a 575.000 MORTES (DADOS DO CDC, QUE MERECEM TODO CRÉDITO) Doença Gripe (gripe suína) Período Janeiro de 2009 – 10 de Agosto de 2010[1] Estatísticas globais Casos confirmados 700 milhões - 1.4 bilhão (11% - 21% da população mundial) (estimativa)[2] Mortes 151.700 - 575.000 (estimativa)[3]

    1. Entendo que o melhor comparativo seja óbitos / número de habitantes

  51. Mais informações sobre o fracasso da administração Trump na presente pandemia. Não bastasse a falta de respiradores, os poucos existentes não funcionam pois o governo cancelou o contrato de manutenção, há um ano. Trump continua se negando a assumir a liderança e a coordenação dos esforços de aquisição e distribuição de suprimentos vitais. Por conta disso, 50 estados disputam, junto a fornecedores que, capitalistas que são, vendem para quem oferece mais. Se não bastasse, companhias americanas...

    1. ...exportaram 240 milhões de máscaras para outros países e o governo não fez nada. Aliás, onde foi parar aquela notícia de que o Brasil teria mandado materiais e ventiladores para a Itália? Saiu no Antagonista.

  52. Pandemia de Gripe suína H1N1, NO MUNDO,em 2009: (DADOS DA WIKIPEDIA) Vírus Influenzavirus A subtipo H1N1 Origem Veracruz, México Período Janeiro de 2009 – 10 de Agosto de 2010[1] Estatísticas globais Casos confirmados 700 milhões - 1.4 bilhão (11% - 21% da população mundial) (estimativa)[2] Mortes 151.700 - 575.000 (estimativa)[3]

  53. O que vemos é muito oportunismo! Temos que ser prudentes, mas sem alarmismo, pois é isso que os cavaleiros do apocalipse tanto da oposição como da maioria da imprensa fazem. O País não pode parar, o Mundo não pode e não vai parar. A humanidade já passou por coisas bem piores e superou, não será dessa vez que iremos sucumbir, mesmo que paradoxalmente muitos da nossa espécie parecem se regozijar com a possibilidade do apocalipse.

  54. Eis um artigo publicado no The Federalist, discutindo a ESCOLHA DE SOFIA para aqueles que têm a espinhosa tarefa de definir a estratégia de combate ao covid-19. Artigo didático e de fácil compreensão. Título em português e link: “Por que o distanciamento social severo pode realmente resultar em mais mortes por coronavírus” https://thefederalist.com/2020/04/03/why-severe-social-distancing-might-actually-result-in-more-coronavirus-deaths/

  55. Não concordo que "a boa notícia pode ser apenas uma miragem". a boa notícia é uma boa notícia porque o número de mortes é bem menor, apesar de alguns políticos estarem super dimencionando os números reais, forçando profissionais da saúde registrarem casos que não têm nada a ver, como Convid 19. Quando solicitaram o exame pós morte cremaram os corpos.

  56. Muito bem analisado, como deve ser quem preze o cidadao! Etica na infirmação é fundamental. Continuem desta firma. Informando e nao desinformando como tem sido na grande midia. Eu fosse Bolsonaro caçaria os direitos ja

  57. A esquerda e a direita racionam com o fígado e não com o cérebro, porque talvez não o tenham.Nosso presidente vive procurando um inimigo, se não tem ele inventa até entre seu próprio time como os fatos demonstram. Nesse cenário é importante contar com técnicos puristas que não deixam a ideologia contaminar a realidade. Nem a esquerda, nem a direita incluindo esse energúmeno troglodita que nos preside deveriam ou poderiam dar palpite ou decidir nessa matéria.

    1. Você diz que os outros agem com o fígado, quando você mesmo o faz! Por quê todos podem palpitar e o Presidente Bolsonaro não? Ele pode opinar sim! E ninguém é o obrigado a acreditar piamente no que a mídia "sacrossanta" diz. Temos que ter Prudência, menos oportunismo e menos alarmismo.

  58. Finalmente consegui um texto não contaminado por ideologias e partidarismos, ou pelo menos assim me pareceu. Apreciei o conteúdo informativo e comparativo. Opiniões, nós, os próprios leitores formam. Obrigado.

    1. Engraçado. Eu tenho visto é muito nas redes sociais a suspeitas de supernotificacao de óbitos pelo estado de São Paulo , até mesmo pelo conteúdo do decreto do governo quanto a atestar as mortes que não são feitas autopista, constarem como covid-19, e por ser no estado de São Paulo hoje 189 mortes da 299 do Brasil cerca de 63% to total contra 22 do Rio !

    2. Verdade, Arnaldo. Também agradeço ao jornalista pela isenção. Quase tudo que se lê parece querer provar que A está ou que B está errado.

    3. Foram encontrados kits contaminados e ineficazes na Espanha e França. Todos devolvidos para a China. Como ficarão as estatísticas com falsos negativos? E falsos positivos?

  59. O vírus já está no Brasil desde janeiro e tivemos infinitamente menos mortes do que a Itália. Libera o comércio Bolsonaro, todo mundo já tem esse virus chinês.

    1. Concordo com você, André. O Covid 19 é seletivo, nunca chegará a grandes centros urbanos, especialmente na China. Onde tem muita concentração de grana, o danadinho não gosta; ficou só nas redondezas de Wuhan. Coincidência?

  60. Agora só há morte de covid... kd o H1n1, a dengue, pneumonias de outras causas?! Essa é a maior fake news da história moderna... pq o vírus não chegou a Pequim e shangai? Pq lá mora a elite do PArtido comunista chinês e o vírus não tem “peito” para contaminar a nata genocida. Bolsonaro, reabra o comércio, mesmo que necessite do exército pra isso.

    1. Porque na China teve uma quarentena super rigorosa!!!

    2. não se alastrou na China porque lá a ordem foi uma só-PAROU TUDO E FECHOU TUDO!!!!Quem entende de Pandemia são profissionais de saúde pública ..nao é Bolsonaro e nem eleitor dele..

    3. Isso mesmo. Por que não houve casos nos centros importantes da China? Aí tem!

    4. Aqui na minha cidade as campanhas contra dengue continuam fortes. Segunda-feira morri uma gestante de 34 anos com dengue hemorrágica.

  61. Qualquer comparação com a China e temerária. O Estado chinês não é confiável. Um país que manda para a prisão (onde veio a morrer) o primeiro médico que identificou a ameaça do Covid-19, fez com que outros sete médicos desmentissem seu colega e sumiu com dois jornalistas que estavam investigando a verdade da pandemia que viria, não merece crédito algum. Até porque ao esconderem do mundo a gravidade do novo vírus cometeram crime contra a humanidade.

  62. Finalmente um texto lúcido, baseado em fatos e ligeiramente despido de interesse ideológico. Infelizmente está baseado no “se”, e este continua (e, continuará sendo) o problema do Brasil. Ah, “se” a esquerda e a direita continuarem mordendo-se todos correm o mesmo risco: morrer. A propósito, seus “mitos”, que me parecem vacinados nesta altura do campeonato pois já infectados no exterior, se safaram...

    1. Prezado Raimundo, reafirmo o que já disse no início da quarentena: só a história da humanidade, contada daqui a anos, poderá descrever a criminosa operação abafa do regime chinês. Essa operação foi ( e está sendo) cultivada pela “doutrina dinheiristica” que contamina o mundo. Ressalto: só teremos essa história se a China não dominar o mundo economicamente. Por favor, não me coloquem camisa-de-força (vestiria o Presidente...).

    2. Concordo, todos os dados brasileiros estão no condicional, contudo não li uma linha sequer questionando os números suspeitos da ditadura chinesa.

    3. Minha afirmativa científica para esta evidência de que direita e esquerda são grupos de risco: são todos raivosos, todos são profundamente estressados e o estresse provoca hiperglicemia que induz a diabete, que além de outras co-morbidades, leva aa diminuição da resistência orgânica, que facilita , em muito, o “trabalho” do corona. Receita: paz e amor, que seus “ídolos” não possuem em seus corações e mentes.

  63. O número de casos notificados é muito menor que a realidade. O indicador mais confiável é o número de mortes já que essas podem ser contadas com mais segurança. Mas mesmo assim, este número deveria ser relativizado de acordo com o número de habitantes da região analisada.

    1. Nem o das mortes é confiável, aumentou muito os óbitos por pneumonia e ninguém fez exame para saber a origem.

    2. E se relativizar, o texto precisa de mais um milhão de "ses". O Brasil é um vazio de informação relevante sobre a epidemia e tem um débil mental espanando e infectando lá do alto da presidência.

  64. Se governantes não surrupiarem a verba pra comprar os testes, logo teremos uma resposta mais rápida. O que vemos é uma briga pelo poder, e como sempre o povo que se f.....

    1. vc tem dúvidas disso? Não só dos testes, mas dos hospitais de campanha, respiradores, etc... Agora vai ser a hora que eles mais vão roubar.

  65. Temos que comparar a ascensão da nossa curva com países do hemisfério sul como Austrália e África do Sul. Assim saberemos se a temperatura elevada diminui realmente a propagação do vírus. Quanto mais kits chegarem, mais testes serão feitos,maior o número de contaminados diagnosticados e paralelamente menor será o índice de mortalidade pois o denominador comum aumenta. Observemos a curva dos países mais quentes...

  66. Da série “ISSO A CUZOÉ NÃO MOSTRA”: Duda Teixeira, mais uma vez, omite de seus leitores informações vitais sobre o que ocorre nos EUA, insinuando que por lá Trump faz um bom trabalho. Vamos aos fatos. Desde o início da pandemia, no final de janeiro, a Coreia do Sul vem testando em massa seus cidadãos, enquanto o capitão “little flu” mente e desinforma seus cidadãos. No cálculo “per capita”, a Coreia testou 4x mais que os americanos. Trump, até o momento, se recusa a emitir uma ordem...

    1. ...feitos por Bill Gates e pelos órgãos de inteligência, em 2015 e pelo Pentágono, em 2017. E o que fez Trump? Desmontou toda a estrutura de prevenção de pandemias criada por Obama. À medida que a pilha de cadáveres aumenta, fica mais difícil à administração CONSERVADORA e aos órgãos de mídia (FoxNews) esconder a incompetência, a irresponsabilidade criminosa de Trump em relação a seu próprio povo. Nada a elogiar, portanto.

    2. ...de isolamento nacional e governadores REPUBLICANOS ainda resistem a essa ideia. O Governador da Geórgia afirmou ontem, desconhecer a existência de portadores assintomáticos. Apesar das súplicas dos governadores por mais materiais médicos, Trump se recusa a obrigar as empresas a produzi-los. Tem usado seus pronunciamentos diários para reescrever a história, escondendo sua grosseira negligência e fazer campanha política. Começam a surgir relatos de alertas sobre o risco de novas pandemias...

    1. É Regina, eles já apagaram duas vezes, depois dos comentários serem publicados. Esse pessoal da direita é mal-caráter.

    1. José, infelizmente nem esse. Pois há casos de "erros" tanto para cima quanto para baixo na causa da morte.

  67. SAO APENAS CHUTES. Esses números estatisticamente não valem nada. Os únicos números válidos são internações em UTI, que ainda estão bem baixas, e mortes em excesso, que não há. O resto é bobagem.

  68. É assustador: não sabemos onde estamos. Ontem, 2/4, havia 200 óbitos aguardando resultado do teste. Certamente vários deles serão confirmados como Covid-19, portanto o nosso número pode sim estar na curva da Itália e a gente aqui alardeando esperanças de que seja menos grave que lá

  69. Da série “ISSO A CRUSOÉ NÃO MOSTRA”: Duda Teixeira, mais uma vez, omite descaradamente o que ocorre no governo Trump. Em termos “per capita” a Coreia do Sul testou 4 vezes mais que os EUA. A curva de contágios e mortes está quase vertical e Trump ainda reluta em emitir uma ordem nacional de isolamento. Governadores REPUBLICANOS, é óbvio, ainda relutam em adotar um isolamento como o nosso. O Governador da Geórgia declarou ontem que só soube que haviam portadores assintomáticos 24 horas antes...

    1. Maria, se esse é mesmo o seu nome, você, além de cretina é burra. Trump está no governo Há três anos e só agora percebeu que Obama deixou as "prateleiras vazias"? Sério, a quem você pensa que engana? Tudo que escrevo pode ser confirmado com uma simples pesquisa no Google ou Youtube. Tenha dó!

    2. Maria, se este é mesmo o seu nome, você é mesmo uma mal-caráter. A quem quer enganar? Trump já tem quatro anos de governo e só agora percebeu que os estoques deixados por Obama estavam vazios? Tudo que escrevo pode ser facilmente confirmado em uma simples pesquisa no google ou no Youtube. Além de canalha você é burra.

    3. Não sei do que você está falando. Aqui nos USA está TUDO fechado escolas, lojas, escritórios. Não tem ninguém na rua, todo mundo em casa. Estão todos isolados. O President Trump está fazendo um bom trabalho diante da devastação inesperada causada pelo cv. E ele não encontrou milhões de máscaras, luvas e respiradores deixados pla administração Obama.

    4. Surgem registros de alertas, tanto de Bill Gattes, como dos serviços de inteligência, em 2015, como do Pentágono, em 2017, alertando o governo do risco de novas pandemias e do quanto o país estava despreparado, e o que fez Trump? Desmontou toda a estrutura montada por Obama para lidar com esse risco. Trump tem se mostrado, desde o início, irresponsável, inepto e mal-intencionado. E a seita republicana continua adorando. Até a pilha de cadáveres aumentar.

    5. Governadores responsáveis, dos dois partidos, imploram por mais testes e materiais médicos, principalmente respiradores mas Trump se recusa a ordenar que as indústrias o produzam. Trump tem utilizado seus pronunciamentos diários para tentar reescrever a história, escondendo sua irresponsabilidade e incompetência, e para fazer campanha política. O governo CONSERVADOR de Trump e republicanos têm sido um desastre desde que essa epidemia começou. Não há razão alguma para elogios.

  70. Sugiro aos agentes funerários de esquerda que se mudem urgentemente para Venezuela, russo-narco-estado, pois lá maduro não deixou o covid entrar. Vão pra lá poha!

  71. Esta pandemia só vai acabar quando mais de 80% da população tiver sido infectada e curada, sendo que a imensa maioria nem vai saber que um dia teve a covid19, portanto estes testes rápidos só servem para super enriquecer os seus fabricantes.

  72. Os textos do Duda Teixeira sobre a crise da pandemia são simplesmente de leitura obrigatória! Parabéns a Crusoé pelo ótimo jornalismo.

  73. Imaginem como estaria a situação se a população tivesse seguido as recomendações do Bozo genocida de contaminação em massa e desdém com o vírus. Para mim, ele traiu a pátria, colocando a saúde nacional em risco. Sorte que os cientistas, os ministros e os governadores se rebelaram contra o charlatanismo bozolavista.

    1. Algum argumento útil, ou só vão ficar atacando o comentarista?

    2. Ele defendeu o Isolamemto Vertical. Se perdurar muito .. O Estado foi roubado pelo PSDB , PMBD E PT institucionalizou a CORRUPÇÃO. A Santa Casa de Rio Claro não tem tubo para entubar pacientes de UTI e nem Sabonete pra dar banho . NOSSO FOCO É PRISÃO EM 2ª INSTANCIA E FIM DO FORO PRIVILEGIADO FODA-SE SFT E CONGRESSO PROTETOR DOS CORRUPTOS

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO