Adriano Machado/Crusoé

Após falar que democracia não custou vidas, Mendonça volta atrás

01.12.21 15:16

Durante sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado nesta quarta-feira, 1º, André Mendonça (foto) disse que, no Brasil, a democracia não foi conquistada com “sangue derramado. O ex-advogado-geral da União deu a declaração desconectada do contexto histórico nacional ao ser questionado sobre as falas de apologia à ditadura militar feitas por Bolsonaro e apoiadores.

Diante da repercussão negativa, Mendonça explicou que, na verdade, se referia às revoluções liberais ocorridas nos países europeus. Ele disse ter “respeito” e “lamento” pelas vidas perdidas durante o processo de democratização.

O que não significa que a construção da nossa democracia não tenha custado vidas. Custou, sim, muitas vidas. Eu me lembro da luta pela libertação dos escravos. Quantos não perderam suas vidas? As lutas pelas garantias dos direitos das mulheres. As lutas pelo direito ao voto“, comentou.

O ex-ministro da AGU, então, disse que o negacionismo quanto ao sangue derramado “não condiz” com o que ele pensa.Muitos no nosso país lutaram pela democracia e vidas se perderam para a construção dela. E essas vidas merecem ser lembradas.

A Comissão Nacional da Verdade, órgão instituído pelo governo federal em 2012 para apurar crimes cometidos na ditadura, apontou em seu relatório final que os mortos e desaparecidos pela repressão do regime militar foram pelo menos 434.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Assistindo Globonews,Eliane Cantanhede diz que ele teve uma posição na sabatina e agora na entrevista outra fala...negando o que disse enqto sabatinado...

  2. Mais um para atuar junto a Lewandowski,Gilmar e o outro lá que agora não lembro o nome do desgraçado,para blindar a família BO SO BOS TA. Que nojo.

    1. Isso é uma palhaçada há muito as Forças Armadas devia ter intervindo nessa Simulação

  3. Outro teleguiado do presidentezinho, como se ter um kassio já não bastasse prá acabar de ferrar com a 2ª turma so STF. Lulla é um cara de pau de um lixo dissuadido, mas bollsonaro está fazendo história.

    1. ONDE BOZO VAI GUARDAR TANTO CAPACHO; 1 NA PGR, 2 NO STF AGORA, VÁRIOS NO STJ. AH!! OS AMIGOS DO REI ALI BABÁ.

  4. Outro teleguiado do presidentezinho, como se ter um kassio já não bastasse prá acabar de ferrar com a 2ª turma so STF. Lulla é um cara de pau de um lixo dissuadido, mas bollsonaro está fazendo história.

    1. Cara de palhaço , jeito de palhaço , mas na realidade , os palhaços somos nós . Que saber tem essa porcaria ?

  5. Ô moço.... erro crasso. Não vai dar não. Você não passará mesmo de um pet amestrado do seu dono. Só mais um capacho desse desgoverno infame, trágico!!!

    1. Delação premiada é sim elemento de prova ou mesmo de conjunto de elementos de probatórios, pois só é validada, justamente, após apresentá-los. Será um "terrivelmente capacho"!

  6. Ô moço.... erro crasso. Não vai dar não. Você não passará mesmo de um pet amestrado do seu dono. Só mais um capacho desse desgoverno infame, trágico!!!

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO