Governo do Estado de São Paulo

A justificativa do governo Doria para não revelar os gastos com a vacina

13.12.20 08:02

Embora tenha repassado 85 milhões de reais para a Fundação Butantan desenvolver a vacina contra a Covid-19 em São Paulo em parceria com o laboratório chinês Sinovac, o governo de João Doria (foto) não revelou ao Tribunal de Contas do Estado os custos da compra de 6 milhões de doses da
Coronavac e da matéria-prima para produzir outras 40 milhões no estado.

O questionamento foi feito à Secretaria da Saúde pelo conselheiro Dimas Ramalho, relator das contas anuais do governador no TCE e responsável pela fiscalização dos gastos estaduais com a pandemia. Em resposta ao tribunal, a pasta e o Instituto Butantan, que é vinculado ao governo, afirmaram que não era possível revelar os gastos à corte porque os pagamentos das vacinas são feitos pela Fundação Butantan, que é uma entidade privada.

O argumento não convenceu o conselheiro, que vai voltar a notificar o governo Doria dando prazo de cinco dias para esclarecer os custos com a Coronavac. Segundo Dimas Ramalho, em 2012, a Fundação Butantan foi reconhecida pela corte como um órgão de apoio às atividades exercidas pelo Instituto Butantan e, por isso, o governo “não pode se abster de prestar os esclarecimentos requisitados”.

Além disso, afirma o conselheiro, “ambas as entidades assinaram a referida parceria com a empresa Sinovac, em manifesto interesse do governo do estado”.

O Instituto Butantan iniciou esta semana a produção da Coronavac em São Paulo, e aguarda a conclusão da fase três de testes para solicitar o uso emergencial da vacina à Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa. As primeiras doses importadas da China chegaram em novembro. A previsão do governo paulista é iniciar a campanha de vacinação no estado em 25 de janeiro.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. João Dória é perigo! A Imprensa séria deve ficar de olho e em cima desse sujeito oportunista e sedento de poder. O dinheiro é público e é claro que a devida satisfação deve ser totalmente dada às autoridades e à sociedade.

  2. Pisaram no rabo do gato e ele miou. O que está faltando? Cinco dias para uma informação que está sobre a mesa do governo chinês, perdão, paulista! Soltem os agatunados. Segue o baile!

  3. Órgão do Estado associado ou não a fundações privadas transferir recursos públicos e não prestar conta dos mesmos é no mínimo uma afronta ao princípio da transparência. Uma uma falta de respeito para com os contribuintes representados pelos órgãos de fiscalização.

  4. E tem gente que ainda defende esse vagabundo-canalha-traidor e mentiroso. A única coisa que ele tem em mente é a presidência da república em 2022. Como todo insano ainda não percebeu que não se elege mais pra nada, nem pra síndico de puteiro.

    1. Alberto, se existe idiotas que defendem Bolsonaro, Lula etc...também existem os que defendem o governador de SP né?

    2. Esquece, amigo. O paulista vai votar em tucano como sempre fez.

  5. O Estado, via Tribunal de Contas, não investiga ou faz de conta que investiga essas tais fundações “privadas de interesse público”, onde acontecem muitas vezes ( e botem muitas nisso) coisas que até deus duvida. Isso na grande maioria! Seria interessante que a Sociedade Brasileira por seus mecanismos de poder investigasse, nessa altura do campeonato, porque o TC está investigando, agora, um contrato do Butantã? Excesso de cuidado com o covid? E a midia, porque embarcar nisso?

    1. Osvaldo,.Osvaldo. O Ministério Público estava tentando entrar na fila de prioridade para se vacinarem. O Ministério Público Federal é capitaneado pelo PGR Aras, Bozista até a medula. Então meu caro, não faça comentários estúpidos.

  6. O Reino Unido hoje verifica como positivo o BREXIT, por que com a saída da UE, teve mais agilidade para tomar as decisões referentes a vacina, sendo os primeiros a começarem a vacinação no Ocidente. Na República das Bananeiras chamada Brasil, um governador agora, mesmo antes de ter efetivamente uma vacina, tem que prestar conta para um burocrata..Vamos imaginar uma questão legítima que possa ter nesse contrato. Taxa de sucesso. A vacina tem um preço variável que contemple risco e eficácia.

    1. Exato Paulo. Ninguém deve prestar contas. Devemos ver a taxa de sucesso. Por exemplo, qualquer presidente que rouba mas faz, se tiver uma taxa de sucessos elevado, tudo certo! Se o Lula roubou, mas teve uma taxa de sucesso elevado, não sei pq investigar ele. Na verdade, ele nem deveria prestar contas. Prestar contas à população do dinheiro público, pra quê? (Modo sarcasmo on)

  7. Está escondendo o quê. Se está escondendo é porque é impopular para ser mostrado. Ou seria do interesse da polícia? Perde-se voto, no mínimo. Revele logo, é lei.

    1. Paulo, se recicle. Não existe estrupa e sim estupra!!!! Coisa que você faz com a nossa inteligência, imbecil MOR....

    2. Antonio o que é a lei? Vamos supor que para salvar milhares de vida vc tivesse que ir contra a lei. Vc estaria disposto a isso? Ou seguiria a lei e deixaria milhares morrerem? Mandella foi contra a lei de Apartheid e foi preso. Essa lei era justa. Pelo seu comentário tosco, acredito que seja Bozista. Bolsonaro segue a lei? Quando aparelha instituições para protegerem os seus interesses, não está desrespeitando a lei? E sem contar o STF que estrupa a lei recorrendo a subjetividade. Que lei?

  8. A expressão de medo deste Pazuello está evidente: medo, susto, pavor, pressão....parece que vai evadir a qualquer momento. Não sabe nem que está fazendo lá! Bolsonaro: monstro, destruidor!

  9. O Plano de vacinação hoje, é o enredo mais popular que desfila nas passarelas políticas.As escolas de samba são protagonistas de um espetáculo que marcará uma época na saúde pública do país. Os carnavalescos Dória e o Bolsonaro gastam fortunas para ganhar o campeonato.O grande juri é pandemia. O samba enredo do Bolsonaro tem o plágio do pagode do Zeca Pagodinho: "Deixa o Covid-19 me levar".

  10. Quanto custa uma vida? Qual o retorno de investimento da vacina? Seriam estas as grande questões que os membros ilustres do TCU paulista deveriam estar se perguntando. Quem sabe eles são bozistas, para quem uma vida custa zero e a compra de vacinas é apenas mais uma despesa que eles queriam evitar!

    1. o gado não conseguem entender que a vacina não tem preço, pois ela salva vidas e a ecomia tb

    2. Paulo, você só posta asneiras!!!! Deixe de Zurrar, Asno MOR!!!! Chega de sandices....

    3. Wanderlei está aborrecido por idolatrar um presidente vulgar, desrespeitoso e incompetente. E Doria que é o inverso disso incomoda ele. O Doria foi o político que mais contribui com a transparência no que tange a vacina: mostrou para todo mundo que o governo estava nu. E para nao perder a piada, depois da decisão do Kassio Marques a favor do Lula, ainda descobrimos que tem a bunda vermelha.

    1. Para mim, se custar menos de US$ 30 ao consumidor final estará de bom tamanho, se comparada com as vacinas contra influenza nas clinicas privadas.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO