RuyGoiaba

Há vantagem evolutiva em ser otário?

17.07.20

“Todo dia saem de casa um malandro e um otário: quando os dois se encontram, alguém faz negócio”, diz a sabedoria popular, essa contradição em termos. Nesse caso, a frase está certíssima, mas desatualizada. Hoje o otário não precisa sair de casa para ser enganado — aliás, com coronavírus por aí tudo, nem é bom que saia, a não ser que seja MUITO otário. Graças à internet, pode ser enganado em casa mesmo, no conforto do lar, e até pedir delivery de engano entregue na porta. O resultado — perder dinheiro — ainda é o mesmo.

Há exemplos disso todo dia, mas um dos mais exemplares (o pleonasmo é 100% proposital) foi o “golpe dos bitcoins” que aconteceu no Twitter nesta quarta-feira, 15. Resumindo a história para quem não leu, as contas verificadas (ou seja, oficiais) de várias personalidades — Bill Gates, Elon Musk, Barack Obama, Joe Biden e Kanye West, entre outras — foram hackeadas e reproduziram a mesma mensagem básica: a personalidade X estava se sentindo “generosa” e, diante da pandemia da Covid-19, queria “retribuir” o apoio da comunidade.

“Dobro qualquer pagamento BTC [com bitcoin] enviado para o meu endereço BTC na próxima hora”, prosseguiam os tuítes. “Você envia US$ 1.000, eu envio de volta US$ 2.000! Somente pelos próximos 30 minutos.” É possível que pessoas tenham lido esse anúncio de DINHEIRO FÁCIL sem desconfiar, nem por um minuto, que talvez houvesse algo errado com as contas oficiais dessa turma? Sim. É tão possível que, de acordo com o New York Times, elas doaram mais de US$ 100 mil aos golpistas antes que o Twitter se desse conta do que estava acontecendo e tomasse alguma providência contra os cibermalandros.

Mesmo considerando que grandes calamidades públicas predispõem as pessoas a serem mais generosas — e, por isso mesmo, a caírem mais facilmente na conversa de golpistas —, a propensão da gente a acreditar, mesmo entre os alegadamente mais céticos de nós, é um negócio impressionante. Acreditamos em “notícias” de WhatsApp que coincidentemente dizem aquilo mesmo que queremos ler, em remédios milagrosos, na curiosíssima noção de que você não fica doente de Covid-19 se não fizer o exame e até em discurso de político brasileiro, a ponto de torcer por alguns como se fossem times de futebol.

Gostaria muito de um dia saber de algum biólogo evolucionista, esse pessoal que veste a camisa do Darwin Futebol Clube, se há alguma vantagem evolutiva — contrária a todo o senso comum — em sermos otários. Pelo visto, a seleção natural está escalando seus jogadores ainda pior que o Dunga ao escalar a seleção brasileira: continuamos por aí sendo miseravelmente enganados, ajudando a espécie a se reproduzir e colocando no mundo mais pessoinhas otárias, que por sua vez também ficarão à mercê de malandros predadores. Aquela coisa de “melhorar o pool genético da humanidade” parece só acontecer em casos como o do padre dos balões, o grande campeão brasileiro dos Darwin Awards, que provavelmente já não se reproduziria de qualquer jeito.

O que me obriga a admitir: no fundo, todos nós somos o padre dos balões, voando por aí pendurados em bexigas de festa e sem GPS, geralmente na direção errada. Talvez com um tantinho mais de sorte — mas nem sempre.

***

A GOIABICE DA SEMANA

A reportagem de André Spigariol saiu na Crusoé da semana passada, mas vale o registro aqui: nosso glorioso governo federal acreditou no golpe do “e-mail do príncipe nigeriano” e mandou técnicos do Ministério da Economia analisarem uma proposta de doação de US$ 500 bilhões. Houve pedidos de tradução, um mês de idas e vindas entre o Planalto e o ministério e, por fim, uma nota técnica para dizer basicamente “isso é fraude, sua besta” de um modo mais educadinho.

O bolsonarismo no poder continua sendo um forte indício de que, no Bananão, nem a seleção natural está funcionando como deveria.

Marcos Muniz/FlickrMarcos Muniz/Flickr“Ô, Guedes! Recebi uma proposta aqui que vai resolver nossos problemas, talquei?”

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Goiaba, vantagem evolutiva se mede pelo tamanho da prole. Neste caso, sim, o Brasil oferece condições adequadas para a expansão do otarismo nacional. Basta ver os resultados das eleições e o crescimento do bozismo. Simples assim!

  2. Saudade daquele tempo que em vez de o governo pagar de otário acreditando em golpes da internet, o governo fazia o povo de otário para roubá-lo.

  3. GOIABA: eu ainda estou muito perplexo, mesmo depois de 1 ano e 10 meses, como 57 milhões de ‘“OTÁRIOS’”, votaram neste presidente. Eu tenho certeza absoluta que destes 57 milhões eu tiraria uns 20 milhões. Inclusive alguns da minha família. Como um cara deste tirou no primeiro turno, a chance de um candidato como o CIRO, ir enfrentá-lo no segundo turno. Deixando uma PETISTA, com toda aquela rejeição nacional, disputar um cargo tão importante. Com 2 meses de antecedência eu já estava fora.

  4. Eu faço parte do grupo dos otários, o que já não me enganaram ou me passaram a perna é uma grandeza, sou uma espécie de velhinha de Taubaté, aquela que acreditava em tudo, como eu acreditava que o governo atual ia dar uma força muito grande a Lava Jato e ao combate a corrupção, que seria um governo sensato e decente. Estou aí a disposição de quem quer enganar ou me passar a perna.

  5. A pergunta que cabe é: existe algum humano não otario? O problema do Brasil é ter excesso de malandros, inclusive bozopseudonestos.

  6. Só vou comentar pro Goiaba não ficar triste por sua coluna ter poucos comentários, porque , como sempre, dispensa comentários. Sempre ótimo.

  7. Somos otários, pois nós julgamos muito espertos... Somos o povo do "jeitinho brasileiro".. Como diz o ditado popular: "Jacaré que é muito esperto, vira bolsa de madame" Viva o Brasil...

  8. A gente cresceu sabendo que a fila dos trouxas é grande. Mas que éramos mais de 57 milhões (eu no meio), ficamos sabendo depois. Caímos no conto do homem que segundo Joaquim Barbosa era o único puro não vendido ao mensalão. Se arrependimento matasse...

  9. O brasileiro é otário por natureza, há décadas! Ficou bem mais otário desde as Diretas, quando elegeu um verme chamado Collor, mas sempre foi otário metido a malandro...

  10. Elegemos, desde vereadores, na imensa maioria dos mandatos, políticos malandros. Como otários vamos nos somando para que eles continuem a nos tratar com tal. A seleção natural acontece, no Brasil, extamente como diz o texto.

  11. Acho maior absurdo este acordo de da mais 30 anos para empresas Estaduais para quem não cuidou do saneamento no pais! Acho que presidente Bolsonaro fez certo vetar os artigos de dar mais trinta 30 anos para empresas Estaduais. Empresa ajuda o país não permitir que derrubem os vetos do presidente defenda o povo pobre que não têm água potável?

    1. Essas estatais estaduais de água e saneamento transformaram o país num caos: os poucos lugares onde há rede de esgoto tratado são resultantes de "concessões" de estatais estaduais ou municipais para empresas privadas - em sua grande maioria a Odebrecht Ambiental, que foi "rifada" para o grupo canadense BRK Ambiental... custo para o povo: 100%, em média, do valor do consumo de água do domicílio... não dá mais para lavar o carro, molhar as plantas, tomar dois banhos por dia...

    1. “fã “ se escreve assim: f, a, e til : Fã aproveite para registrar; é sempre uma ocasião para aprender; e de graça.

    1. O êxito da fraude tem base na ganância da vítima. O velho truque do bilhete de loteria premiado repetido em distintas versões.

  12. Se não existissem zebras de montão os leões já estariam extintos. Os leões não se reproduzem em grande número, eles não são otários. No Brasil há um desequilíbrio que ameaça o ecossistema: leões se reproduzindo em larga escala e comendo zebras demais. Puro darwinismo em ação!

  13. O aprimoramento dos otários, naquilo que eles têm de otários, facilita a vida dos espertos (malandros), tornando desnecessário o aprimoramento destes, malandros. É o contrário do que ensina a tese da corrida armamentista de que nos fala Dawkins, renomado darwinista. O texto apresenta otários em casa, caindo em arapucas manjadas e, na sequência, otários do governo (ou será Governo de otários?) caindo em armações igualmente manjadas. A sequência aponta recurso de gradação, ou será cronológica?

  14. Quer dizer que o Bill Gattes "pede" que eu faça uma doação de 1.000 pila que ele "dá" 2.000 pila? Dá pra mandar um recado prêle? " Seguinte seu Bill, dá 1.000 aí direto, causdiquê tô sem ninhum... rs Qui conversa sô! A do biiête primiado é bem mió!

  15. Goiaba, eu acho que as pessoas sofrem golpe porque querem dar golpe. Se fóssem mais honestas saberiam que não existe almoço grátis.

    1. Isso mesmo! Fico fulo da vida quando vejo pessoas que foram lesadas "esperneando" por aí! Foram lesadas, na maioria das vezes, por serem gananciosas.

  16. só na República da banana se perde tempo em analisar um golpe velho como esse... é para isso que vai meu imposto? redução de imposto já

  17. existe um boato que um dos bolsonaros é gay inteligentissimo, acho muito estranho, posto que nenhum deles demonstrou até hoje nenhum sinal da mais remota inteligencia,

    1. Eu não acredito que vocês não conhecem a história do priminho índio? Pelo amor de Deus!

    2. Me nego acreditar nessa, será estou enganado!! Esperar para ver

    3. Carluxo é boila de nascença, cresceu chantageando o pai para não soltar à franga. Estanislao, filho gay de Alberto Fernandes presidente argentino conhece a peça de perto, disse numa revista que já frequentou com ele boates gays em Barilhoche e "CARLUXA" não economizou!!! Disse ele: procura uma namorada dele no Brasil, e o cara já está ficando carequinha, será??????????? hummm!!!!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO