Pedro Ladeira/FolhapressDepois de deixar as digitais expostas no escândalo do rachid, Flávio Bolsonaro mudou de estratégia e agora se vale de parceiros para operar nas sombras

Flávio, o polvo

O filho 01 do presidente Jair Bolsonaro espalha seus tentáculos por Brasília: agora com carteira de advogado, ele tem se associado a notórios lobistas e, na esteira do poder do pai, age para influir nos tribunais e em áreas sensíveis do governo
30.07.21

No início deste ano, o Superior Tribunal de Justiça anulou as provas coletadas na investigação que mirou as suspeitas de rachid no antigo gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio. Na prática, a denúncia do Ministério Público fluminense foi aniquilada, e a investigação terá de ser refeita. A peça que sustentou a acusação, porém, revela ao longo de três centenas de páginas um parlamentar descuidado, que investia o dinheiro recolhido entre os assessores na compra de imóveis e em uma loja de chocolates da qual era sócio. O operador do esquema, Fabrício Queiroz, chegou a ser flagrado por câmeras de agências bancárias pagando contas privadas da família do chefe. Eleito senador, e com o status de filho do presidente da República, Flávio mudou de estratégia. Agora ele evita deixar as digitais nos movimentos que faz nas sombras do poder. Também dono de uma carteira da OAB, ainda não virou sócio formal de nenhuma banca, mas opera interesses diversos em parceria com outros advogados e com notórios lobistas escolados no submundo de Brasília – alguns já foram até para a cadeia.

Um dos bunkers utilizados pelo senador é uma casa de 1,5 mil metros quadrados no Lago Sul alugada há dois meses por dois antigos parceiros dele, o advogado Alan Belaciano e o empresário Cristiano Stockler. Até se mudar para Brasília no rastro de Flávio, a dupla não tinha grande atuação na capital federal. Especializado em direito desportivo e trabalhista, Alan Belaciano costumava despachar em processos que corriam majoritariamente no Superior Tribunal de Justiça Desportiva e na Justiça do Trabalho do Rio, onde defende interesses de jogadores de futebol. Já Stockler é dono de várias corretoras de seguros. Ambos já tiveram problemas com a polícia. Em 2005, Belaciano chegou a ser detido por se apresentar falsamente como juiz. Stockler, por sua vez, foi preso mais recentemente, no final de 2020, sob a acusação de integrar o famoso “QG da propina” do então prefeito do Rio, Marcelo Crivella. Segundo a Promotoria, ele operava esquemas na área de saúde.

A casa recém-alugada virou um atalho importante para a Esplanada dos Ministérios e para o Palácio do Planalto. Com a chegada dos novos inquilinos, ela passou a ser visitada por interessados em resolver pendências no governo e por candidatos a cargos importantes que buscam a simpatia e o apoio do filho do presidente – sim, como o leitor verá a seguir, “doutor Flávio” e seus parceiros têm aproveitado o poder transitório de Jair Bolsonaro para garantir influência duradoura em órgãos estratégicos, incluindo os tribunais superiores. Até nomeações para as mais altas cortes brasilienses têm passado pelo crivo da turma de Flávio antes da canetada final de Bolsonaro. Na lista de personagens que bateram à porta da mansão dos parceiros do 01 em busca de apoio, está Alberto Balazeiro, novo ministro do Tribunal Superior do Trabalho. Na ocasião da visita, ele era apenas um candidato à vaga. Dias depois, foi nomeado pelo presidente. Procurado por Crusoé, Balazeiro primeiro tentou se esquivar. Disse não saber do que se tratava. Depois, por intermédio de sua assessoria, admitiu que a visita foi parte do “rito” necessário para que seu nome fosse aprovado para o TST.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéAlan Belaciano: reuniões reservadas e beija-mão de candidato a vaga no TST, que depois foi nomeado por Bolsonaro
A mesma casa no Lago Sul tem servido para encontros reservados, com e sem a presença de Flávio, de outros integrantes do grupo de parceiros do senador. Um deles é o também advogado Eduardo Martins, filho do atual presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins. Eduardo é mais um parceiro do 01 encrencado com a Justiça. Como bem sabe o leitor de Crusoé, ele foi acusado pela Lava Jato de receber indevidamente alguns milhões de reais da Fecomércio do Rio em troca da promessa de facilitar o andamento de processos na corte que seu pai integra. Flávio Bolsonaro e Eduardo Martins têm objetivos comuns que extrapolam a advocacia. O filho do presidente é um dos entusiastas da ideia de guindar o pai do amigo ao Supremo Tribunal Federal – como registra o Diário da nesta edição, Humberto Martins ainda alimenta o sonho de ser indicado para a vaga de Marco Aurélio Mello caso o nome de André Mendonça seja rejeitado pelo Senado. Eduardo diz ser apenas “amigo” de Flávio. Ele nega ter negócios com o senador.

Outro parceiro importante de Flávio Bolsonaro em sua nova fase brasiliense foi personagem de um dos maiores escândalos da história recente da República. Trata-se do advogado Willer Tomaz, que foi preso em 2017 na rumorosa operação deflagrada a partir do acordo de delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista, da JBS, aquela que pôs em apuros até o então presidente Michel Temer. Willer Tomaz teria intermediado pagamentos a um procurador da República para que ele não avançasse em apurações que poderiam incomodar os negócios dos Batista. Depois de passar três meses na cadeia, o advogado atravessou um longo período submerso, até que voltou com força à cena a partir do início do governo Bolsonaro. Nos bastidores de Brasília, ele é apontado como um atalho para quem deseja chegar a Flávio Bolsonaro – qualquer semelhança com a dupla Belaciano-Stockler, aquela da mansão do Lago Sul, não é mera coincidência.

Tanto o escritório de Willer, no mesmo Lago Sul, quanto o rancho luxuoso que o advogado mantém à beira de um lago na área rural de Planaltina, a pouco mais de 70 quilômetros de Brasília, passaram a integrar com destaque o roteiro do poder na era bolsonarista. Em razão de sua preciosa rede de contatos, a banca do advogado passou a atrair uma clientela de peso, que inclui governadores, senadores e deputados, entre eles o presidente da Câmara, Arthur Lira. Os dois endereços têm servido para encontros – alguns mais formais, outros nem tanto – que nem sempre envolvem assuntos jurídicos. Costuras políticas que envolvem o governo e o Congresso também têm passado pelos domínios do amigo de Flávio. No meio da tarde do último dia 24 de junho, uma quinta-feira, por exemplo, ele recebeu os presidentes das duas casas do Congresso – além de Arthur Lira, seu cliente, esteve por lá o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéA casa alugada pelos amigos de Flávio há dois meses no Lago Sul
A volta de Willer Tomaz à ribalta está intimamente ligada à proximidade dele com Flávio Bolsonaro. Assim como ocorre na outra mansão, aquela onde o novo ministro do TST foi pedir bênção para ser nomeado, Willer também ajuda a alinhavar, inclusive nos convescotes que promove, indicações para postos de relevo no governo. Alguns desses encontros ocorrem bem longe dos olhos de eventuais curiosos, no superprotegido rancho do advogado, onde convivas costumam chegar de helicóptero para desfrutar de momentos de relaxamento a bordo de lanchas e jet-skis. Flávio, o amigo do peito do advogado, já andou por lá. “O Flávio foi na minha chácara, de fato, assim como 240 deputados, 40 senadores, e se a gente for falar de todos e outras pessoas”, gaba-se.

Entre Willer, Flávio e os demais parceiros brasilienses do senador, há uma extensa teia de relações que se cruzam – e muitas vezes resultam em networking e em novos negócios. Passa por ela, por exemplo, a ligação do filho do presidente com Francisco Maximiano, dono da Precisa Medicamentos, a empresa que tentou intermediar a venda superfaturada da vacina indiana Covaxin para o governo e que hoje está na mira da CPI da Covid. Em outubro do ano passado, Flávio Bolsonaro acompanhou Maximiano, o Max, em uma audiência com o presidente do BNDES, Gustavo Montezano. Em uma sessão recente da comissão de inquérito, após perceber que seu nome e o de Willer Tomaz haviam entrado no radar da investigação, o filho 01 do presidente afirmou ter conhecido Max, o dono da Precisa, por meio de “amigos em comum de Brasília”.

Outra figura encrencada nas suspeitas que envolvem o Ministério da Saúde, o empresário Carlos Alberto de Sá também é integrante do círculo íntimo de Willer. Sá é sócio da VTCLog, empresa de logística contratada a peso de ouro pelo Ministério da Saúde que, conforme mostrou Crusoé, é apontada como parte de um esquema de distribuição de propina a chefes do Progressistas, o principal partido do Centrão. A VTCLog teve seu contrato com o ministério reajustado na esteira de um suposto romance extraconjugal encabeçado pelo novo ministro da Casa Civil de Jair Bolsonaro, Ciro Nogueira. Após alegadamente descobrir que sua mulher estava tendo um caso com Ciro, o também empresário Flávio Loureiro, amigo do dono da empresa, teria aproveitado para pressionar o agora ministro a usar de sua influência na pasta em favor do reajustar o contrato. A história, com todos os seus detalhes picantes, chegou aos ouvidos dos senadores da CPI e, aos poucos, as peças vão se encaixando. A Crusoé, Flávio Loureiro disse que seu amigo dono da VTCLog teve um encontro com Ciro Nogueira no rancho de Willer Tomaz. Willer admitiu ser amigo de ambos, mas negou ter sido anfitrião da reunião. “Nunca houve esse encontro. Isso é conversa fiada desse corno”, disse, referindo-se elegantemente ao personagem traído da trama. Em tempo: o marido supostamente traído também se apresenta como amigo de Flávio Bolsonaro. Diz que até joga futebol com o senador.

ReproduçãoReproduçãoWiller Tomaz: ele diz não ter negócios com Flávio
Para além da animada história em torno do contrato da VTCLog, há várias outras, também rumorosas, que ligam os personagens do entorno de Flávio. É o caso de uma intensa batalha judicial travada em torno da concessão do aeroporto de Manaus. A causa envolve cifras milionárias. A empresa que ganhou a concessão, ainda no governo de Michel Temer, teve o contrato cancelado pelo Tribunal de Contas da União e hoje move mundos – e fundos – para reverter a decisão. Para isso, tem recorrido à Justiça e a políticos ligados ao governo. O advogado contratado pela concessionária para cuidar do caso é justamente Willer Tomaz. Em Brasília, ele conseguiu que um desembargador federal aspirante a uma vaga no STJ assinasse uma decisão a favor da empresa. Em um intervalo de dias, o despacho do desembargador foi derrubado e, depois, confirmado por Humberto Martins presidente do STJ – que, há de lembrar o leitor, é pai de Eduardo Martins, outro parceiro de Flávio. O esforço de Willer só não deu certo porque a canetada de Martins pai foi revertida no Supremo por uma decisão do presidente da corte, Luiz Fux. Sob reserva, ministros do STF e do STJ disseram a Crusoé que Flávio Bolsonaro atua nos bastidores do caso. Willer Tomaz nega. “Não tenho nenhum processo com o Flávio”, afirma.

De tão pesado que é o jogo, alguns dos parceiros de Flávio Bolsonaro se atacam na disputa por posições mais destacadas na relação com o senador – não raro, uns deixam vazar informações pontuais sobre os movimentos dos outros. Ainda fazem parte do círculo íntimo do primogênito de Jair Bolsonaro o advogado Antônio Rueda, vice-presidente nacional do PSL, antigo partido do presidente da República, e obviamente Frederick Wassef, que enche a boca para falar que participa do processo de escolha de desembargadores federais e ministros de tribunais superiores no atual governo. Em mais uma evidência de que as histórias dão voltas e param sempre no mesmo lugar, Rueda, que também promove festas em torno de Flávio e até recentemente vinha liderando o esforço para refiliar Jair Bolsonaro ao PSL, vem a ser sócio do empresário Flávio Loureiro – o marido que se diz traído – em um restaurante de Brasília.

Do rol de parceiros do 01 em Brasília também têm saído articulações em busca de nomes para preencher outros postos estratégicos da máquina federal. Recentemente, lobistas próximos ao senador foram consultados por ele sobre possíveis nomes para ocupar a presidência do Coaf. O grupo vem se movimentando, ainda, para indicar o novo superintendente da Susep, o órgão federal que controla e fiscaliza o bilionário mercado de seguros e previdência privada. Em nota, Flávio Bolsonaro negou que haja interesses escusos por trás do relacionamento que mantém com os personagens citados nesta reportagem.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Essas famílias Bolsonaro e Lula da Silva ainda levam esse país para o fundo do poço, esgoto onde eles estão e vão permanecer até que o povo acorde.

  2. É como enxugar gelo. Saiu um entra outro é tudo continua igual. Só uma revolução de verdade pode dar jeito nisso. Os militares estão na zona de conforto e se lixando para o país. Então precisamos de um revolta popular, de norte a sul, de leste a oeste. Tem que ter manifestação monstro etcccc. Cambada de fdp

  3. Tudo nesse governo é preocupante pela insanidade, contudo, tem um aspecto que me tira o sono: o perfil psicopático da família Bolsonaro. Por onde quer que passem só atuam em benefício próprio; desconhecem o sentido do público e republicano. Alguém precisa pará-los, mas infelizmente, tomaram instituições que poderiam fazer isso como PGR, judiciário, câmara e senado. É desesperador...

    1. Que país é esse ? não temos em quem confiar, poucos ministros do STF são confiáveis o Brasil está cheio de Ratos

    2. Que país é esse ? não temos em quem confiar, poucos ministros do STF são confiáveis o Brasil está cheio de Ratos

    3. Que país é esse ? não temos em quem confiar, poucos ministros do STF são confiáveis o Brasil está cheio de Ratos

    4. "mesmo que o mesmo" é uma pérola.... Que português é esse?

  4. Tá tudo dominado!! quadrilhas novas estão na praça. Bem organizadas...até juízes no esquema! E existem trouxas que acreditam nesses criminosos...

    1. Trouxas !? MUITOS, caro Nestor. Por ai certamente uns 100 milhoes ingnorantes e otarios. Para eleger esse lixo humano e politico da ultra-direita e ultra-esquerda...Nao tem jeito nem saida! Ta tudo dominado mesmo. Deixar grande parte do povo na deriva; sem segurança, sem educaçao, com uma porcaria de sistema de saude....tudo calculado. A longo prazo, Pais sem futuro. Na marcha ré. E obvio.

  5. Temos quadrilhas verdadeiras no Governo Federal. Esses Senadores, Deputados, Advogados (advogados do 😈)alguns membros do STJ e outros são uns verdadeiros Bandidos no poder, Marcola, Fernandinho Beira Mar deveriam todos trabalhar juntos. São iguais ou piores que eles.

  6. Esse é um problema crônico do Brasil que nunca aprende a votar , no desespero de tirar a quadrilha do PT , o povo elegeu Bolsonaro estilo Collor , e para enterrar de vez o país , elegeu a família inteira , e mesmo quem errou votando apenas em Bolsonaro , viu os filhos serem eleitos, interferindo diretamente em todas as decisões de interesse nacional , e acabando de engessar de vez todas as instâncias do judiciário , que já vinha perdendo completamente a credibilidade junto ao sofrido povo.

  7. Se essa gente fosse preta, eu juraria que o artigo é sobre alguma republiqueta africana. Vontade de vomitar até as tripas pra ver se expele o veneno.

  8. O modus operandi é o mesmo de sempre, só mudaram os atores. Agora a solução é correr com eles na próxima eleição e esperar que, sem foro, possa ser feita justiça.

  9. Esse castelo de cartas precisa ser derrubado para o bem do Brasil, mas tá difícil agora que não podemos mais contar com o ministério público, vendido a Aras, e com a PF. Muito menos com Moro.

  10. Pois é... Tiramos o PT do poder, mas as quadrilhas continuam aí, apenas mudaram de mãos. Saem os lulistas entram os bolsonaristas. Até quando vamos continuar vendo tudo isso? Temos a obrigação de fazer alguma coisa para dar fim a essa bandalheira. Venha para as ruas conosco. Vamos acordar esse gigante chamado Brasil!

  11. Ontem o broncossauro boçalnato demonstrou """preocupação""" com a possibilidade de, """sem voto impresso""", a """fraude eleitoral""" se espalhar pelas eleições de """de-putados e senadores""", claro, as crias dele!!! Óóóótimo sinal: estão todos os marginais dessa famiquadrilha execrável, apertaaaaadooos com a cana à vista!!!! Adooooro lembrar as notícias boas sobre esses cafagestes degradados e degradantes, tremendo de medo!!!!

    1. GENERAL MOURÃO TERMINANDO ESSE MALDITO MANDATO E.... O Dr. SÉRGIO FERNANDO MORO E SEU TIME DOS SONHOS EM 2022!!!!

    2. Embora tenha sido por muito pouco tempo, é inesquecível a experiência de ter tido o marginal luladrão, que parecia intocável, no fundo da cadeia e ainda hoje com a possibilidade de voltar pra lá junto com as suas crias nojentas!!!! Ainda seremos premiados também com esses 5 marginais crapulóides broncossáuricos asquerosos, rastejando humilhados e enterrados no fundo de uma cela!!!! IRÃO SIM PRA CADEIA!!!! OS CINCO!!!!

  12. O trem bom só esse país chamado Brasilllllllll aqui todos os políticos nadam de Brasadas, e ainda tem uma enorme rebanho de gados alienados mentais que os veneram!kkkkkkk

  13. Mais uma quadrilha… e de quadrilha em quadrilha vamos assistindo nossos impostos se escoarem para as contas bancárias dos seus membros, não importa de que gangue!

  14. Bolsonaro fala tanto de fraude em eleições, e sem provas, contudo há uma fraude inequívoca nas eleições de 2018, o próprio Bolsonaro, com suas mentiras sobre combate à corrupção e nova política. Bolsonaro é uma grande fraude, e sabe se lá o que ele pretende com essa historia de 'voto democratico'. Penso que ele sabe que esse voto não será implementado, mas ele terá argumento pra causar uma guerra civil no Brasil. Passou da hora das instituições e o STF dá uma proibição pra Bolsonaro.

  15. O BR é isso mesmo. Ou idolatram ladrões ou santificam bandidos. Não é à toa que somos os rebotalhos do mundo. Somos o fiapo do c.o.c.ô do mosquito que pousou na sopa do cavalo do bandido.

  16. Respeitosamente, as coisas vão mudar quando o pai não for mais presidente porque a relatado influência diminuirá com muitos bajuladores se afastando à francesa. Aí chegará a hora do temido acerto de contas com a Justiça, mesmo que a partir de 2026 se o povo carioca não mais o eleger senador.

  17. Para se livrar da quadrilha dos petistas e seus filhotes milionários, o Brasil 🇧🇷 escolheu uma cambada tanto quanto corrupta, ou mais, já que entronizam nos tribunais gente da pior espécie possível, contaminando as instituições por décadas…

    1. Justiça divinaaaa?? Era só o que faltava mesmo pra suprir as “ca.ga.das” da justiça terráquea-brazuka..e haja vade-mécum nos céus..e CPC e Penal..caraiooo

  18. Tá querendo se precaver e não ir pra cadeia no futuro. Mas, nem MALUF, o mais esperto ladrão que o Brasil já produziu conseguiu ludibriar a justiça. Um um dia esse safado e o pai irão pra cadeia !

  19. Diante dessa situação como se pode acreditar em um poder judiciário forte, correto e independente ? Pobre do nosso país !

  20. O Ronaldo dos negócios, filho só Bolsonaro Lembram do Ronaldo dos negócios do Lula ladrão Qq semelhança não é mera coincidência Brasília está podre. E para nós pobres mortais sobrou pagar impostos escorchantes J Walter

  21. Ai, ai, essa leitura depois do almoço perturba a digestão. Será que um dia, isso terá fim? Tenho de pedir desculpa de ter votado ( sem saber) em favor dessa situação. Mas também me orgulho ter votado en Kim Kataguiri e , talvez, orgulho de ter votado no falecido Major.

  22. Mais um gênio dos negócios criado no Bananal, terra do empreendedorismo sem igual, onde mafiosos disfarçados de políticos, médicos, engenheiros e advogados, constroem uma nação moderna e pronta para os desafios do século 21! Será?!

    1. A BBC lançou ontem 29/07 um documentário sobre a constante e forte deterioração internacional da imagem do Brasil desde a olimpíada, tendo Bolsonaro como a cereja no topo desse pudim de esgoto que se instalou por aqui.

  23. Tenho dúvidas se devo ou não partir pra ficar ignorância, como faz a imensa maioria do povo brasileiro, pelo menos não sofreria tanto com toda essa imundície…

    1. Estou tentando, mas sou compelido a ler essas notícias que me causam embrulho no estômago! Onde estão nossas instituições, nossa polícia, nossa justiça??? Já sei, atrás de algum(a) PPP!

    1. A FAMILICIA MALDITA,sempre agarrada aos piores BANDIDOS do MUNDO imundo;de BRASÍLIA...Continuamos nas mãos da máfia.

  24. Eu fico estarrecido com tanta malandragem deste clã e nada se faz, não há mais limites.. eles conseguiram fazer com que todas as instituições esteja em sintonia. Roubar os cofres públicos e descaradamente trabalhar para os poderosos, leio e fico cada dia mais irritado e o país nesta inércia toda.

  25. FAMÍLIA BOLSONARO: os EXEMPLOS EXECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! São DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

  26. E o pai deste senador ainda diz que quer acabar com corrupção. Para acabar com as quadrilha deveria começar olhando para sua própria família.

  27. 1- Lembro de uma cena no filme "O Clube do Imperador", quando no banheiro o professor interpela a desonestidade de seu antigo aluno, agora candidato ao senado. O futuro senador então fala do funcionamento do mundo real, da corrupção. O filho do ex-aluno está no banheiro e ouve a conversa. Ao sair, externa o descontentamento com o pai corrupto. Os filhos do Bozo não nasceram corruptos. Os filhos do JB são crianças. Mais expostos a esse processo degradante, vai ser difícil não se curvarem a isso.

    1. Meu chapa aqui nem o santíssimo quarteto dará jeito.. vai tudo pras cuculas mesmo..

    2. 2- Esta matéria nos mostra a falta que faz a Lava Jato, única a ameaçar o MECANISMO. Bolsonaro é um problema a ser combatido. O ex-presidiário Lula, não pode ser ressuscitado. Agora, o MECANISMO tem que ser exterminado. É fácil escrever isso, dificil para o Brasil será conseguir exterminá-lo, ou pelo menos tirar parte do seu poder. É através do MECANISMO, jesus homem q virou deus através da santíssima trindade: executivo, legislativo e judiciário, q anjos ganham poderes sobre nós, meros mortais.

  28. Estou impressionada com a capacidade investigativa, com a clareza dos intricados fatos que obscuros são, e com o instinto do Luiz Vassalo. Parabéns a linha de atuação da Crusoé.

  29. COM CERTEZA CRUSOÉ É UMA REVISTA INDEPENDENTE E INVESTIGATIVA. PARABENS PELA EXCELENTE MATÉRIA!!! "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará".

  30. Milícias de colarinho branco, avançaM no poder do POBRE E MALTRATADO PAÍS CHAMADO BRASIL. A diferença social, e econômica será acentuada depois dessas pestes petistas/bolsonaristas. A miséria avançará e nos tornará o número 01, O CAMPEÃO MUNDIAL DA DESIGUALDAE ECONÔMICA.

    1. Tratorista, muito pior é ser campeão mundial da corrupção, a esse pódio levado pelo luladrao, que nos impede de ser um país mais justo e igualitário. Contribuiu para isso a nossa herança atavica da corte portuguesa em que tudo era feito por troca de favores e benesses. Corrupção é a marca da atividade política, levada ao extremo no Brasil, infelizmente, agora e sempre

  31. Pobre Brasil, sai de um grupo mafioso e cai em outro. É cíclico, não muda. Bolsonaro e seu grupo são piores pela fraude, mentiras e traições em um momento único no país, no qual se acreditava realmente em melhorias expressivas. Que o passado tenebroso e criminoso de PT e seus coligados ficaria para trás. O povo queria mudança. Aí esse grupo vem e faz o pior possível. Cadeia seria o certo, mas o muno político se articulou para impunidade eterna no Brasil, essa é a realidade, junto aos roubos.

  32. Bandido de mais este 01, agora a roubalheira que era localizada no Rio de Janeiro, passou a nivel nacional, e possivelmente com ramificacoes internacionais. Diria Bolsonaro, meu 01 do qual tenho muito orgulho, meu ronaldinho da roubalheira. Isto deve ser motivo de muito orgulho para um familicia.

  33. Essa trama de relações não republicanas e sim, criminosas nos seus objetivos, não tem nada de "fofoquinha" é a velha e assustadora atividade corrupta própria dos círculos íntimos do poder, formados por parentes, políticos fisiológicos, advogados oportunistas, lobistas e picaretas de toda espécie, que acabam destruindo qualquer credibilidade do governo e causando enormes prejuízos financeiros. Esse grupo ou quadrilha, vai acabar eclipsando o Lulinha e seus irmãos, meros trombadinhas se comparados

  34. Opa!! Essa cadeira de presidente faz milagres acontecerem. Lulinha se transformou num passe de mágica, de imbecil meio retardado para mega empresário, e agora vemos um outro que se transforma como borboleta no casulo da presidência, de advogado que não sabe o que é um juiz na sua frente, a mega advogado super influente no meio. Pais exemplares com seus filhos prodígios. Realmente milagres acontecem em Brasília.

  35. Amigo pergunta ao outro que havia saido com uma mulher casada noite passada. ..e aí "consumatum est ? " o amigo responde ; este e oeste. imagino o marido dizendo a esposa . vai lá, precisamos abrir as negociações.

  36. Revista do PSDB já percebeu que o PSDB acabou? Ou ainda acredita que fazendo fofoca de tia véia vão mudar os rumos da eleição? kkkk

    1. São uns fanáticos com estrume na cachola esses ensandecidos bozistas..

    2. você já observou como a revista bate em Doria? Diogo Mainard já sugeriu que Eduardo Leite saísse do PSDB? Sendo assim, como pode ser revista do PSDB? realmente essa revista é uma ILHA no jornalismo.

    3. E a gadolandia pira com a verdade sendo esfregada em sua cara. Muuuuuuuuu muuuuuuu!

    4. 🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🐄🤡

  37. no brasil é assim rábulas são doutores, recrutas são generais, mentecaptos são presidentes, militantes viram juizes , boçais sao professores. Facil entender porque o sonho de todo o jovem é ir embora do pais. Quando os jovens tiverem partido o Centrão vai transformar o país capitanias dos tiozões.

    1. Em nome do PAI, dos FILHOS e dos ESPÍRITOS PODRES, amém !

  38. Que o filho 01 não é exemplo de honestidade, isso é de domínio público...mas que reportagem fuleira, um monte de fofoquinha, em que momento Crusoé virou coluna social?

    1. A raça bozista até tenta mas não consegue deixar de idolatrar o ídolo bozo. Mesmo q o mesmo tenha se transformado numa cópia porca e suja de seus antecessores. Típico pensamento ruminante de gado.

  39. A foto ficou ótima, pois parece que ele tem mesmo mais braços. EXCELENTE denúncia, mas quem vai prender a família bandida?E a casa de 6 milhões q comprou com meu dinheiro?Tudo é intolerável.

    1. O BR é isso mesmo..ou idolatram ladrões ou santificam cretinos..e por isso mesmo esse país se divide entre os ignorantes úteis e os espertalhões que não estão nem aí pra lava-jatos da vida.. somos o rebotalho do planeta.. o fiapo do cocô do mosquito que pousou na sopa do cavalo do bandido.

    2. Bruno, tem q valorizar quem coloca o dedo na ferida da sociedade e não ficar lambendo a ferida para ver se sara.

  40. Tá na cara que o Sérgio Moro já tinha visto isso tudo é não quis compactuar, mas como os bolsopetista que na verdade são reflexo dessa mesma quadrilha o chamaram de traidor. Hoje pode se dizer que os defensores dessa familicia tem o mesmo caráter.

  41. Que tipinhos asquerosos, cínicos e chinfrins esses 5 crápulas patetóides, 🐥🐥🐥🐥🐥, aboletados no executivo, parasitando sangue, suor e lágrimas do POVO BRASILEIRO!!!!! A começar pelas caras repulsivas que dão engulhos no estômago!!!!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO