Toga quente, placa fria

17.05.19

Ministros de tribunais superiores estão abrindo mão, com frequência cada vez maior, das famosas chapas de bronze, aquelas nas quais aparece a inscrição da corte a que pertencem. Ao circular por Brasília, eles têm preferido utilizar outras placas, parecidas com as dos comuns mortais, para não chamar atenção. Mas um detalhe desperta curiosidade: muitas das chapas são frias.

Por mais discrição, alguns ministros têm deixado de lado as tradicionais chapas de bronze

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Chapas "frias" significa fraudes nos tribunais superiores. Precisamos, urgentemente de uma "faxina drástica nas togas e togados.

  2. Neste país, quem deveria dar o exemplo de respeito às leis, são os primeiros a infrigir. Ninguem respeita tantos os policiais por isso, a toga vai pro mesmo caminho. Toga/Farda suja virou comum neste país.

  3. Deprimente ver as pessoas que comandam a “justiça” no Brasil, e que deveriam ser ovacionadas pelo povo, como muitos já foram, (Moro, Joaquim) estarem se escondendo como ratos em esgotos.

  4. Mais uma atitude que vem vergonhosamente se somar às outras que tanto nos entristece . Afinal nossa suprema corte deveria nos orgulhar e a cada dia nos envergonha mais !!

  5. As excelências sabem que são execradas pela sociedade Brasileira! Andam se esgueirando pelos esgotos, pois às claras, são vaiados. Fizeram por merecer o tratamento hostil que os vejo recebendo onde quer que vão !

  6. Quem não deve, não teme. Mas quem tem o rabo preso, terá que conviver com situações como a citada nessa matéria. Deprimente e vergonhoso não poder frequentar um restaurante com medo de ser hostilizado. O povo cansou de tanta corrupção.

    1. é parece que escolheram "o lado negro da força"

    2. Mas poderia ser diferente estar sendo recebido com prazer nos lugares sendo aplaudidos, mas escolheram o lado errado segundo a voz do povo. E a voz do povo é a voz de. Deus (Dito popular).

  7. Além do que já foi mencionado, tb usam a chapa fria para levar e trazer familiares para o shopping, cabeleireiros e demais lugares onde o carro com placa de bronze os denunciariam. Os “príncipes”, já dizia Maquiável, “têm medo do povo”

    1. Essa é a grande questão: placas frias existem, principalmente, para esconder as mordomias, o que está errado, o que não é razoável, o que não é republicano!

  8. Abaixo a frota especial dos Poderes!! Cada um que vá trabalhar no seu próprio carro! Com exceção do Presidente e do Vice, suas excelências deveriam fazer como seus pares da Suécia, Dinamarca e tantos outros países de primeiro mundo. Que baita economia para a nação!

    1. Isso é a famosa Culpa no Cartório,Quem não deve não Teme.

  9. Isto é mais uma aberração da República, porque estes caras tem que ter carro com motorista e placa especial?? Ah, sim são especiais, a toga os torna semideuses, estão acima do bem e do mal e nós o povão que ande de ônibus, metrô, a pé, afinal somos o zé povinho que mal tem um calçado pra vestir, andamos de chinelo de dedo, de roupa desbotada, ganhando mísero salário mínimo, nem como cidadãos podemos ser classificados, mas os togados, regados a vinho, lagostas, tem o zé povinho pra pagar a conta.

  10. São tão queridos pelo pivo qhe querem passar despercebidos!!!!Péssimo sinal e o que vamos fazer???? São nossos funcionários!!!!

  11. Já vimos de quase tudo desses notáveis kkk desde min. dando piti para não passar por revista, censura nua e crua, xingamentos em sessão, compras (licitação ainda) de itens digamos fora da cesta básica dentre outros fatos tão bizarros quanto ... agora estamos vendo isso kkk mas calma que ainda deveremos ver mais!

  12. Será que finalmente estão sentindo vergonha de serem oque são ou tem treta? Cá entre nós! Gosto desse tipo de jornalismo, sem replicar oque os outros meio estão falando e sim buscando seu próprio jornalismo.

  13. Quando o senso de justiça do povo e dos juízes e muito díspar ou o povo é inculto, ou os juízes estão equivocados. Ou ambos.

  14. Ministros cometendo crimes, cada dia mais comum. Um tal de Lewandowski abusa da autoridade em um avião e manda prender um civil. Alexandre de Moraes e outros, querem entrar com prioridade em aviões comerciais, passando na frente da legislação atual que dá prioridade a pessoas de idade, com deficiência e etc... o chefe do Supremo, quer investigar, julgar e condenar. Querem comer do bom e do melhor, agora vem essa de placas frias. Não sei o que mais podem inventar. #VergonhaSTF

  15. Os juízes com placa fria? com combustível e motorista e carro que nós pagamos? Espera eles tem que perguntar para o povo primeiro se podem! Piada de Lisboa. Estou lembrando de um comentarista português se divertindo com o cardápio do nosso STF dizendo que o brasileiro faminto deveria entrar nos tribunais e pedir um prato de comida porque ele paga o que eles estão comendo. É isso somos piada com o STF mais rico do mundo.

  16. Sequer deveriam ter " direito" a carros de luxo e motoristas à disposição pagos com recurso públicos para circularem nas avenidas de Brasília. Esse é um privilégio que os eleitores e contribuintes brasileiros deveriam exigir dos Representantes dos Poderes da República: respeito e austeridade.

    1. Corrigindo: ...exigir que tal privilégio fosse proibido em nome do respeito e da austeridade na República.

  17. Por quê não circular assumindo a própria identidade? Medo de hostilidade da população? Por que será essa hostilidade? Será que eles já se deram ao trabalho de refletir sobre isso?

  18. Isso vergonha pelos atos cometidos que mais favorecem corruptos e criminosos que julgam. É também medo de serem utilizados pela população.

  19. Não sei se quando li esta reportagem interpretei certo quando citado que as chapas dos carros dos ministros são "FRIAS". Ao meu ver o DETRAN deve ser notificado deste crime e apreender os veículos, bem como prender os proprietários, ou se não entendi, as leis deste País são feitas para os "COMUNS" Pessoas do governo são consideradas extraordinárias, ou seja são muito mais do que "ORDINÁRIAS" são crápulas, medíocres,nefastos, hipócritas, arrogantes, imperialistas,fétidos, nojentos, nauseantes,etc

  20. Muitos já disseram aqui o que isso significa: os srs ministros estão em Marte, ou mais longe ainda. Um dia a população acorda. Não queiram estar vivos srs!

  21. Quando Temer foi preso pela primeira vez em SP, as placas da Pajero da PF que transportou dentro do aeroporto de Congonhas pertenciam a uma moto.

    1. Rafael, pior que é isto mesmo. O assunto placa de carros oficiais já foi tema de várias reportagens de outros orgãos de imprensa e por aqui, interior de SP, a gente vê os carros, até com as ditas placas oficiais (que aliás não tem padronização nenhuma) passando a mais de 140 km/h sem levar multa ou ser parado por nenhuma autoridade. Cadê a igualdade para todos?

  22. sera que é tão difícil pra esses ministros notarem que se precisam ser esconder ou passar desapercebidos entre a multidão é porque alguma atitude ou decisão sua está na contramão dos interesses da população ou do país. via de regra legislam só em causas próprias ou interesses negociados nos bastidores pra quem lhes paga mais.

    1. Dá vontade de chorar. Juízes circulando em automóvel com placa fria. Se um juiz de corte superior entende que é permissível adotar comportamento criminoso, com nós “pessoas comuns” devemos nos comportar. Seria viável, seguindo o exemplo, circularmos com placa fria para evitar multas?

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO