Os desafetos do vice

07.05.21

É bastante ruim a relação do prefeito em exercício de São Paulo, Ricardo Nunes, do MDB, com alguns dos principais integrantes do secretariado de Bruno Covas, do PSDB, que se licenciou do cargo no último fim de semana para tratar o câncer. Nunes, que é ligado ao ex-presidente Michel Temer e foi emplacado pelo governador João Doria na chapa de Covas em 2020, vinha se queixando havia algum tempo do papel quase decorativo que tinha na prefeitura. Ele apontava como responsáveis por seu isolamento integrantes do gabinete de Covas com os quais está tendo que lidar agora. Dias atrás, houve uma reunião com a equipe na tentativa de aparar as arestas, mas ainda há dúvidas se isso será possível.

Nunes: ele se sentia escanteado pelo staff de Covas

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. É muito difícil o contato. Eu consegui neste e mail alguma resposta. Nunca consegui acessar o A+ pelo app. Leio no crome, depois de muito insistir, deram este caminho.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO