Michelle em Harvard

17.05.19

Enquanto o marido está em pé de guerra com as universidades brasileiras, Michelle Bolsonaro pode estar a caminho de Harvard. A primeira-dama foi convidada para fazer um curso rápido de “liderança executiva” na universidade americana. O tema será “desenvolvimento da primeira infância”. O curso é promovido por Harvard em parceria com sete entidades, que costumam destinar uma parte das vagas a convidados – os demais, pagantes, têm que desembolsar 8 mil dólares para participar. Uma parte das aulas ocorrerá no campus de Harvard, em Cambridge, no estado de Massachussetts, e outra no Brasil. O início do curso está programado para agosto. A Crusoé, os organizadores informaram que a primeira-dama ainda está avaliando se participará.

Atualização: A assessoria da primeira-dama informou nesta sexta-feira, 17, após a publicação da nota, que ela decidiu não participar do curso. Indagada sobre as razões da decisão, a assessora de Michelle Bolsonaro disse não ter mais informações.

Carolina Antunes/PRCarolina Antunes/PRMichelle Bolsonaro foi convidada para um curso na Universidade Harvard

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. a 1.ª dama me parece mais sensata que seu esposo. SErá que ela poderia pedir para o marido "esquecer o dito Olavo e seus filhos patetas"? E também PENSAR ANTES de falar seria de bom tom porque a coisa tá complicada...

    1. Rsrsrsrs. Agora sem brincadeiras, ela é, creio que um ótima pessoa, mas fez muito bem em rejeitar. Nada a haver. Na surdina ela deve estar fazendo algum trabalho social bom, e não espalhando mer.. e rancores nas redes sociais como os filhos

    1. Fem muito bem em recusar. Ciladas para todos os lados. Tempos sombrios!

    2. ou uma grande arapuca... fez bem em declinar. Que siga realizando seus trabalhos sociais longe dos olhos dos eternos críticos.

  2. Ele não está em pé de gurra com as universidades, está de guerra com a robalheira pelos reitores e a não prestação de contas por eles. Seria bom uma intervenção em todas que não prestaram contas.

  3. Acho uma falta total de coerência e elegância colocar a Primeira Dana Michele na vala comum da roupa suja governamental com que somos brindados diariamente pela imprensa. O que esta senhora fez para merecer isso? Defendeu políticas públicas para surdos-mudos e deficientes físicos de modo geral. Isso é motivo para retaliação?

    1. Esse é o vale tudo dos corruptos tentando se manter corruptos, para isso compram a alma de vários editores de jornais e emissoras.

  4. Notícia velha, manchete mantida, mesmo que velha e carcomida, rs... Se deu tempo de desmentir, antes da revista sair, melhor teria sido simplesmente apagar, pô! Um alerta para os excelentes Diogo, Sabino e demais membros da Ilha: SE CUIDEM e coloquem um freio na voracidade financeira de quem ousar inventar mais sites PAGOS aqui. Não que devam ser Santos e desprezar a vil moeda, mas há que se lembrarem de que quem vai com muita sede ao pote... (pois é, né?)

  5. Crusoé estou muito preocupada com a situação da saúde no Brasil. Por favor investigue mais nesta área vejo um silêncio a respeito. A ANS os planos de saude privada e pública sempre exploram na Saúde e são tantos o brasileiros carentes sem condições. Sem verba como será?

  6. Eu vi reportagens em Portugal elogiando a primeira dama pela qualidade na execução da linguagem de libras e seu trabalho de apoio à deficientes e portadores de doencas raras que desconhecia. Bom saber que pode estudar e usar ao próximo. Admiro a luta pelos menos favorecidos e os doentes. Estou orgulhosa pela nosssa primeira dama nunca tinha sentido.

  7. Todo apoio, vai sim Michelle! Você tem DOM de se comunicar bem e de forma simples, é carismática, JA faz uma diferença como primeira dama ao se interessar pelos deficientes.

    1. Anna ela já disse que não vai. Talvez o bozo não queira que ela vá. Ele faz o tipo que não aguentaria a mulher em uma posição superior a dele que já foi impedido de entrar e NYC.

  8. Desde a primeira edição desta revista percebi que cometem o mesmo erro da crase. Antes de palavras masculinas, quando há palavra feminina subentendida antes da masculina deve-se usar a crase. Assim ao invés de usar "À Crusoé", os redatores estão usando "A Crusoé", o que a meu ver está equivocado pela regra citada.

  9. Não sei nada sobre essa senhora mas ninguém entra pra uma família de desequilibrados sendo normal. Porém, acredito que ela não tem vida fácil com dois enteados lombrosianos.

    1. Assim como cunhado não é parente, enteado não é parente. Cada um no seu quadrado.

    2. CARMEM Deve ir sim, é uma ótima oportunidade de agregar conhecimentos; o que só trará benefícios aos necessitados do seu trabalho social como primeira dama!

Mais notícias
Assine
TOPO