Mais um candidato ao STF

17.05.19

Jair Bolsonaro já disse que pretende nomear Sergio Moro para a próxima cadeira a vagar no Supremo Tribunal Federal, mas as articulações de outros postulantes seguem intensas. Na semana passada, Crusoé contou que Isabel Gallotti, juíza do Superior Tribunal de Justiça, se move nos bastidores com a ajuda do marido, Walton Alencar, ministro do Tribunal de Contas da União. Há, porém, mais gente bem posicionada na corrida. É o caso de Ives Gandra Martins, do Tribunal Superior do Trabalho, que tem a seu favor a declarada simpatia pelo ideário do presidente. Até 2022, como é sabido, devem surgir pelo menos duas vagas no Supremo.

Patricia Stavis/FolhapressPatricia Stavis/FolhapressIves Gandra sonha com uma cadeira no Supremo

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. Concordo, irão melhorar muito, porque vão sair 2 que estão entre os 4 piores atuais

  1. Nomear Sergio Moro seria um grande passo para começar a moralizar o STF. Sabemos que ele será massacrado pelo Congresso e, se for aprovado, será voz dissonante nas decisões do STF, mas o Brasil não suporta mais Toffoli, Gilmar, e cia... Cesar Maia, o pai do “Botafogo”, foi destilar seu veneno pra impressa, dizendo que essa nomeação tiraria o maior rival de Bolsonaro de combate. Bolsonaro não deve querer a reeleição, seus últimos pronunciamentos revelam seu dissabor.

    1. Acho que deveriam ser as duas vagas pro Sérgio Moro... e Dallagnol para PGR!

  2. O que é preciso notar é que as pessoas mencionadas são qualificadas, são do ramo e são limpas. A questão a ser decidida é quem deve ir logo na primeira vaga. Ainda bem que é uma escolha entre bons nomes.

    1. Desde quando a sabatina teve alguma influência na indicação? Basta lembrar a sabatina feita pela então Sen. Paulo Taques à Min. Rosa Weber que não respondeu metade das perguntas.

    2. Ainda vai passar pela sabatina no Senado! Vão massacrá-lo!

    1. Depende do Senado. Não basta a indicação do Presidente. Ele indica e o Senado sanciona ou veta. Bolsonaro mais prejudica do que ajuda Moro nessa empreitada. Pobre Moro! Amarrou seu burro em pau podre. Melhor seria, sendo ainda jovem, aguardar por uma oportunidade mais auspiciosa para levar adiante seus objetivos. Quem tem pressa, come cru.

  3. Ives Gandra outro grande nome assim como Sérgio Moro e outros. No País existem muitos nomes dignos e preparados para ocupar uma cadeira no Supremo. O problema sempre esteve naquelex que os nomeiam, muitas vêzes, gente despreparada e envolvida com maracutaias.

    1. Uma seleção dos sonhos de quem deseja um STF à altura do País desejado pela Nação brasileira. Seria o desespero dos corruptos, fisiológicos e malfeitores. Sera que um Congresso composto de grande parte de acusados, investigados, réus e condenados aprovaria tal nominata. Duvido, faltaria densidade moral para isto.

  4. Qualquer coisa que o Moro faça ele será bem sucedido, uma pessoa inteligentíssima e com caráter exemplar. Nem precisa de STF para ter sucesso. Deus o guiará nos melhores caminhos e dará tudo aquilo que lhe é merecido. Só é derrotado aquele que desiste e ele não desiste nunca.

  5. E triste mas o congresso vai fritar moro e vão fazer de tudo para destruir esse governo,sem moro como juiz e Bolsonaro como presidente volta tudo como antes ,iremos as urnas para votar só para legitimar a safadeza e canalhice da política nacional e voltar a esse país de faz de conta que somos uma democracia!

    1. Se um avião estiver caindo e estivermos dentro dele, podemos ficar gritando “eu vou morrer, eu vou morrer” ou nos agarrarmos em esperanças, bom ânimo e pensamentos positivos. É difícil, mas muitos passageiros sobreviveram à tragédias agindo desta última forma.

  6. Estou mais preocupada com esse Congresso que temos que engolir e se eles vão ouvir os anseios da população desempregada e faminta e Aprovar as Reformas e MP sem JABUTI Porque aprovar alterando e destruindo não é aprovar é transformar e destruir o país. NÃO trabalham e ainda prejudicam! Quanto o nosso luxuoso STF Moro não combinaria sentar ao lado de alguns juízes já pensou todo dia se fosse só com o Barroso mas não é. Tem que ter a lava toga primeiro depois pode ser.

  7. item 1: Bolsafilho vai manter a indicação? item 2: Moro vai aguentar as humilhações até 2020? item 3: o que o congre$$o vai aprovar? 🤔😖🤨

  8. O Senado não aprovaria nenhum dos dois. O Congresso, o STF e a mídia não aprovarão nada que seja de iniciativa desse Presidente. O acordo (implícito) geral é: DESTRUAM BOLSONARO ! Também destruirão Sérgio Moro e o povo mais uma vez vai ficar escanteado. O tempo dirá.

Mais notícias
Assine
TOPO