Confiança em Onyx

21.06.19

O extenso arquivo com os grampos feitos pela Polícia Federal no telefone de Ricardo Saud nos tempos em que o lobista da JBS nem sequer pensava em virar delator contém um diálogo revelador sobre a relação do ministro Onyx Lorenzoni com a companhia dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Era dezembro de 2014, e Rodrigo Figueiredo, apontado como um dos operadores de Eduardo Cunha no Ministério da Agricultura, telefonou preocupado para Saud porque o então chefe da pasta, Neri Geller, iria prestar depoimento na Câmara. A audiência havia sido solicitada por Onyx, que queria saber por que o ministério pretendia cortar um laboratório gaúcho da lista de credenciados para testar a vacina contra febre aftosa. “O Onyx não, não… Não quer entender ou não tá entendendo. Na hora que você puder dar um toque, só pra tirar o pé do acelerador lá, porque, senão, isso acaba sobrando pra mim, você sabe”, afirmou Figueiredo, ao que Saud respondeu: “Vou falar pessoalmente com ele”. Depois da audiência, ao menos formalmente, Onyx desistiu de levar o assunto à frente. O agora ministro da Casa Civil apareceu na lista de parlamentares agraciados com repasses de caixa dois da JBS.

Agência BrasilAgência BrasilOnyx Lorenzoni: menção em grampo de lobista da JBS

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Isto é muito grave.Em varios aspectos: no asprcto politico,no aspecto da garantia sanitária de medicamentos.Ha muito tempo venho preocupada com a corrupção no ministerio da saude e agropeciária que leva a medicamentos ,vacinas ruins feitos com materiais de segunda superfaturados sem efetividade plena e que causam maior dano que o não uso...Este "ele não está entendendo " remete a um perigo muito grande para a população.Esta caixa tem que ser aberta para mostrar seu conteúdo para o bem do Brasil.

    1. P/ mim, deixa só os ministros Guedes, Tereza Cristina, Moro, o da Infraestrutura e alguns poucos. Tiraria os ministros da Educação e das Relações Exteriores sem pestanejar.

  2. Onix, já demonstrou n vezes que não é confiável . Já devia ter sido defenestrado do governo. Evidente que conhecia esse outro traíra q ele indicou: Alcolumbre.

  3. Até agora não entendi a permanência de Onix na Casa Civil.Tem dificuldade de expressão, titubeia ao explicar assuntos relevantes,fujão,em resumo nem nos bastidores tem influência. Gaúcho, tu tá mais perdido que "pum" em bombacha.

  4. Já começou a estratégia de guerra, contra quem não tem determinação e foco como Onyx. A desidratação das atribuições da sua pasta é uma realidade. O Comte da SUDESTE conhece estratégias de guerra. Tudo sob controle. Às ruas em 30.06, para reafirmar nossas pautas contra a corrupção, como assim bem quer as forças armadas, que ñ querem uma intervenção direta.

  5. Olha só. Ninguém está garantido. A não ser que seja absolutamente correto, não tenha mácula alguma e não seja substituível. Isso "non ECSISTE!'...". RSRSRS...O próprio Jair já disse que confia apenas nos próprios pais. E sejamos realistas. Ele abandona amigos e aliados pelo caminho... Quem não é confiável? Já entregou o prometido em troca dos R$ 249 Bi dos créditos suplementares? VAi entregar? Não. Claro que não. Otários!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO