Adriano Machado/CrusoéOnyx Lorenzoni perdeu nesta semana o que ainda tinha de mais valioso em sua pasta, o PPI

O ministro que diminuiu

Onyx Lorenzoni chegou à Casa Civil como um dos mais destacados integrantes do time de Jair Bolsonaro, mas em um ano viu seu poder definhar - e se transformou em peça decorativa no Planalto
31.01.20

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, está amuado. Nas últimas horas, antes de regressar das férias dos Estados Unidos – classificadas por ele como “lua de mel de verdade” com a mulher com quem se casou no final do ano passado –, o integrante do primeiro time do Palácio do Planalto assistiu quase que impassível ao processo de esvaziamento ao qual foi submetido pelo presidente Jair Bolsonaro, na esteira da demissão de seu número dois, Vicente Santini — aquele que acionou aviões da FAB como se fosse corrida de Uber. Um aliado de primeira hora de Onyx brincou: “Ele está se sentindo como aquele personagem do filme ‘Querida, encolhi as crianças’. Só que, neste caso, o encolhido foi ele”, disse o interlocutor, que conversou com o ministro na quinta-feira, 30. Claro que as ligações dos EUA para o Brasil não foram caracterizadas por tons amenos como esse. Com a tensão na estratosfera, o ministro até abandonou um hábito cultivado desde a CPI dos Correios, em 2005, quando passou a atrair os holofotes pela maneira enfática com que esgrimia denúncias contra os petistas enrolados. Ao falar ao telefone, costumava interromper a conversa e dizer: “E aí, galera? Bom dia! Vamos trabalhar?”. A saudação era dirigida, segundo ele, aos responsáveis por grampos em seu aparelho celular. Nos últimos dias, o cumprimento foi abolido — há quem diga que ele teme deparar com um integrante do próprio governo no outro lado da linha. Sim, ele está convencido de que é alvo de fogo amigo.

Quando não disparava xingamentos contra possíveis detratores, em conversas com pessoas de sua confiança pelo telefone, o chefe da Casa Civil demonstrava preocupação em saber como ainda conseguir se equilibrar numa cadeira tão capenga. Onyx, de fato, derreteu. Depois de Jair Bolsonaro retirar dele a articulação política, repassada ao ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, e o controle jurídico, com o remanejamento da Subchefia para Assuntos Jurídicos para a Secretaria-Geral da Presidência, sob a batuta de Jorge de Oliveira, restava-lhe o comando do PPI, o promissor programa de privatizações. Na manhã de quinta-feira, 30, nem essa atribuição ele tinha mais. Em meio às mudanças na pasta, deflagradas a partir da exoneração de Vicente Santini, o presidente decidiu transferir o programa para o Ministério da Economia. Sobrou a raspa do tacho, ou seja, um amontoado de cargos com nomes pomposos, salários altos e quase nenhuma utilidade. Onyx perdeu até o direito de escolher seus assessores. Nunca um ministro no exercício do cargo havia encolhido tão rapidamente, como as crianças do filme dos anos 1980 do qual ele mesmo lembrou. O gesto foi mais do que claro: Bolsonaro transformou a estrutura comandada por Onyx na Casa Civil em algo descartável.

Nesta sexta-feira, 31, o presidente deve receber Onyx em audiência no Palácio do Planalto. Aliados do ministro no Congresso dão como certo que, se ele não sair agora, não deve durar muito. Até o DEM, seu partido, parece tê-lo abandonado à própria sorte. Horas após o anúncio que expôs o esvaziamento da pasta, integrantes da legenda não haviam postado qualquer mensagem em desagravo ou em defesa do correligionário no grupo de WhatsApp em que estão filiados do DEM em todo o Brasil. A aposta é que ele seja apeado do posto para assumir a liderança do governo na Câmara. Aliados do chefe da Casa Civil, ao menos os que ainda dão as caras, atribuem ao ministro da Economia, Paulo Guedes, e a integrantes da ala militar a articulação para implodi-lo. Um dos ministros de alto coturno do governo interessados na derrocada de Onyx seria o general Augusto Heleno, um dos poucos auxiliares a quem Bolsonaro costumar escutar em momentos de crise.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéBolsonaro demitiu o 02 da Casa Civil por uma viagem em avião da FAB, mas haveria outras razões por trás da decisão

Fontes com trânsito na área militar do governo garantem que o clima entre Onyx e o general Augusto Heleno Ribeiro começou a azedar meses atrás em razão de um dossiê que chegou às mãos do presidente. Heleno viu no papelório, que detalhava um episódio antigo, dos tempos em que ele foi comandante militar da Amazônia, uma tentativa de enfraquecê-lo. A suspeita recaiu logo sobre o grupo de Onyx. Desde então, o general estaria empenhado em mostrar ao presidente que o chefe da Casa Civil não pode seguir no cargo. Virou guerra fria. Antes de embarcar para a Índia, Bolsonaro recebeu informações sensíveis sobre a Casa Civil. As informações envolviam o próprio Onyx e também Vicente Santini. No Planalto, murmura-se que a demissão de Santini não se deu apenas por causa da viagem para a Índia que fez nas asas da FAB. O presidente já estaria descontente com supostos “deslizes” do 02 de Onyx que lhe foram relatados pela área de inteligência do governo no briefing pré-viagem.

Da área econômica também parte chumbo grosso. É notório que Paulo Guedes nunca digeriu as intromissões do colega da Casa Civil. Em entrevista no início do governo, Guedes o desautorizou publicamente, quando Onyx se arvorou em falar sobre a Previdência: “É um político falando de economia. Não dá certo, né?”. Subordinado a Guedes, o secretário de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia, Salim Mattar Júnior, já vinha tentando, desde junho do ano passado, tirar o PPI do guarda-chuva da Casa Civil. Embora houvesse no governo quem enxergasse com bons olhos o desempenho da equipe do ministro — inclusive de Santini, que auxiliava na condução do programa –, Mattar alegava que, sob Onyx, as privatizações estavam condenadas ao fracasso. Agora, com o programa subordinado à pasta da Economia, ele terá a oportunidade de finalmente fazê-lo deslanchar como deseja. No governo, fala-se que, caso Onyx seja exonerado, um dos cotados para assumir a Casa Civil é o onipresente Jorge de Oliveira, da Secretaria-Geral da Presidência. Por esse desenho, Oliveira levaria consigo para a Casa Civil a Subchefia para Assuntos Jurídicos, a SAJ, órgão responsável por auxiliar o presidente na área jurídica.

Se deixar mesmo a Casa Civil, Onyx Lorenzoni terá ido da ascensão meteórica a um fim melancólico no governo em pouco mais de um ano. Não raro munido de chimarrão e garrafa térmica de água quente, o gaúcho de Porto Alegre conquistou o comando da Casa Civil pela fidelidade quase canina demonstrada ao presidente antes mesmo de a campanha engrenar. O ministro integrava a reduzidíssima “turma dos 15%”, índice ostentado pelo capitão reformado nas pesquisas de intenções de voto no início de 2018. Na verdade, ele abraçou o projeto bolsonarista quando o capitão da reserva nem sequer tinha a candidatura confirmada.

Reprodução/TwitterReprodução/TwitterSantini, o demitido, com Onyx: amizade com os filhos do presidente não foi suficiente para segurá-lo

Enquanto a maioria dos colaboradores próximos de Bolsonaro tinha pouca experiência com a política tradicional, o então deputado era a exceção. Acumulava uma bagagem de 22 anos de Legislativo, 15 deles na Câmara dos Deputados. No início da trajetória rumo ao Planalto, Onyx assumiu a função de articulador com o Legislativo. Ficaram famosas suas andanças pelos corredores do Congresso com um envelope lacrado debaixo dos braços. O parlamentar guardava consigo o que dizia ser uma extensa lista de apoiadores do então futuro presidente — o papel não poderia ser revelado, dizia, para não expor os signatários. O documento, no entanto, era a prova de que o candidato do PSL, se eleito, conseguiria assegurar a governabilidade. O partido de Bolsonaro tinha apenas 8 dos 513 deputados em 2018.

Em encontros quinzenais realizados no apartamento funcional de Onyx ou na casa de Alberto Fraga, amigo de Bolsonaro, eram apresentados planos gerais de como se daria a relação entre um eventual governo Bolsonaro e o Congresso. Na campanha propriamente dita, Onyx atuava como um dos principais conselheiros do então candidato. Em meio a uma legião de bajuladores, sempre estava o mais próximo possível do ex-capitão, a ponto de oferecer-lhe suco quando a sede batia. À medida que Bolsonaro avançava nas pesquisas, Onyx também crescia em importância. Com o capitão eleito, coube a ele liderar o processo de transição. Até que, durante a composição do governo, acabou contemplado com o almejado cargo de chefe da Casa Civil.

Embora o posto não tivesse o mesmo peso e influência dos tempos de Pedro Parente na gestão de Fernando Henrique Cardoso, de José Dirceu e Dilma Rousseff sob Lula ou de Eliseu Padilha com Michel Temer, pode-se dizer que Onyx iniciou o governo como um dos ministros mais poderosos da Esplanada. Diante de derrapadas nas negociações políticas, contudo, logo virou alvo da ira dos parlamentares. Para piorar, causou incômodo a Bolsonaro uma aproximação entre o chefe da Casa Civil e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. De desafetos, os dois passaram a aliados. No ano passado, enquanto Maia era metralhado nas redes sociais pela militância bolsonarista, Onyx era habitué de cafés e jantares regados a vinho na residência oficial da presidência da Câmara. Segundo aliados, isso levou o presidente a começar a duvidar de sua lealdade. Em junho, o ministro perderia a articulação política e o controle político do governo. Iniciava-se ali o movimento de esvaziamento político de Onyx, concluído esta semana com a retirada do Programa de Parceria de Investimentos, o PPI, da Casa Civil.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéA aproximação com Rodrigo Maia pôs em dúvida a lealdade do ministro ao presidente

Antes de embarcar para o Brasil, para reunir-se nesta sexta-feira, 31, com Bolsonaro, o ministro tentava juntar os estilhaços do que sobrou da Casa Civil. Mas nada é tão ruim que não possa piorar. Nesta quinta-feira, 30, o presidente confidenciava a interlocutores o desejo de mitigar o poder de Onyx em outras áreas do governo sobre as quais o ministro ainda exerce influência. Uma delas é a Fundação Nacional de Saúde, a Funasa. O presidente avaliava demitir o ex-deputado Ronaldo Nogueira da presidência do órgão. Embora Nogueira seja filiado ao PTB, foi Onyx quem o indicou, com apoio de um grupo de evangélicos. Com orçamento milionário, o controle da Funasa fazia parte da estratégia de Onyx para pavimentar sua candidatura ao governo do Rio Grande do Sul em 2022. Assim como o ministro da Casa Civil, Nogueira é gaúcho.

Ainda na transição, Onyx ganhou de Gustavo Bebianno, então presidente do PSL e um dos coordenadores da campanha de Bolsonaro, o apelido de “o veterinário da Arca de Noé”, numa referência à formação profissional do ministro e à estrutura enxuta que ajudava a comandar. Como é possível notar, a arca de Onyx parece singrar mares cada vez mais revoltos.

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Na era petista, ministro que não apresentava valores de corrupção era demitido. Na era Bolsonaro mudou, é demitido quem não apresenta de fato resultados.

  2. mas logo agora o bolsonaro traiu o amigo de infância dizem eles que se conhecem desde criancinha quando criança faziam com uma rachadinha ou algo parecido e agora ele disse que não ia tirar o cara tirou.

  3. 1- Sásinhóra..... é impressionante como essas relações políticas governamentais são mais 'intrincadas' do que 'ninho de guacho', sem querer é claro, desmerecer a arquitetura do pássaro! Entretanto essas "construções" só são compreensíveis mesmo no contexto do bichinho, onde a gente pode reconhecer ou deduzir cientificamente sobre as razões da natureza.

    1. 2 - Já entre a subespécie política, nada NUNCA é o que possa parecer ser!! Ainda que seja entre essa exótica subespécie de seres acostumados à desordem, a instabilidade e a relatividade de conceitos, é difícil pra gente normal entender como eles constroem e sobrevivem (!!!) às relações entre si, nesse eterno processo de desavergonhada antropofagia geral!!!!....Claro, inevitavelmente repercutindo também '"geral'" na vida de todos nós!!!!

  4. O BRASILEIRO tem que aprender que para se ser BEM-SUCEDIDO e VITORIOSO não é necessário se LOCUPLETAR, basta fazer o SEU TRABALHO e APRESENTAR OS RESULTADOS, pq as pessoas podem até se esquecer quem é BOM DE SERVIÇO ou não dar o DEVIDO VALOR, mas elas NUNCA SE ESQUECEM DE QUEM É RUIM DE SERVIÇO e NÃO ENTREGA OS RESULTADOS. Até hj, a POLÍTICA no Brasil se caracterizou pela DISPUTA ENTRE OS MENOS PIORES, está na hora de se INVERTER A LÓGICA: DISPUTA ENTRE OS MELHORES.

  5. Afinal, não é BOM que os CIDADÃOS SAIBAM que um PATRIOTA coloca SEU PAÍS antes do PRÓPRIO ORGULHO, VAIDADE e AMBIÇÃO? QUEM TRABALHA POR SEU PAÍS NÃO TRABALHA POR SI MESMO, pois enquanto CIDADÃO, ele não se BENEFICIA do DESENVOLVIMENTO SOCIAL e ECONÔMICO? NÃO PERGUNTE O QUE SEU PAÍS PODE FAZER POR VC, PERGUNTE O QUE VC PODE FAZER POR SEU PAÍS. Enquanto DEPUTADO, Onyx terá TOTAIS CONDIÇÕES de continuar TRABALHANDO PELO PAÍS, tal qual como MINISTRO DA CASA CIVIL.

  6. Quantos MINISTROS DA CASA CIVIL tentaram APROVAR UM REFORMA DA PREVIDÊNCIA? Quantos conseguiram? O BOM JOGADOR sabe que o SEGREDO é se SAIR ENQUANTO SE ESTÁ GANHANDO. Depois que ele tiver VENDIDO O SEU PEIXE e ENSINADO OS BRASILEIROS que quem se APEGA AO CARGO e ao EMPREGO é pq não é BOM DE SERVIÇO, aí ele pode IR EMBORA. SENSAÇÃO DE DEVER CUMPRIDO e CABEÇA EM PÉ, é PEGAR O CHAPÉU e SAIR DE MANSINHO DEVENDO NINGUÉM. Inclusive, ele podia fazer um TOUR DE DESPEDIDA.

  7. Quem é BOM DE SERVIÇO não sabe que o que IMPORTA É O RESULTADO? Pq o sujeito BOM DE SERVIÇO sabe que RESULTADO é o CARTÃO DE VISITA que garante que ele não FICARÁ NA MÃO, mesmo que eventualmente passe por um PERÍODO DE TURBULÊNCIA. Não só isto, é assim que o sujeito adquire RESILIÊNCIA e FLEXIBILIDADE para SUPORTAR OS TRANCOS DA VIDA, o que importa é NÃO FICAR PARADO e se DEIXAR ABATER por COISAS BESTAS. Onyx não SAI NO PREJUÍZO, mas NO LUCRO.

  8. QUEM NÃO DEVE NÃO SE AGARRA AO CARGO, a SÍNDROME DE POLÍTICO TRAÍDO não se APLICA a quem CUMPRIU O SEU PAPEL. Aliás, esta é uma GRANDE OPORTUNIDADE para que se CONSTRUA UMA CONTRAPOSIÇÃO à uma certa MENTALIDADE muito ENRAIZADA no CONSCIENTE COLETIVO BRASILEIRO: a ESTABILIDADE DOS CONCURSADOS. Quem é BOM DE SERVIÇO precisa de ESTABILIDADE? Se ele é BOM DE SERVIÇO, precisa ter medo de IR PARA O OLHO DA RUA e depois não conseguir mais um EMPREGO IGUAL ou MELHOR?

  9. Apesar de não haver por parte dele a DEMONSTRAÇÃO DE APEGO, nada impede que ele se SEGURE NO CARGO POR UM FIO durante um TEMPINHO A MAIS. Durante este PERÍODO ele poderia aproveitar para FAZER UM DOCE e DEMONSTRAR exatamente que ele não tem QQ APEGO AO CARGO. Fazer declarações de que não vê PROBLEMA em DEIXAR A FUNÇÃO, pois CUMPRIU SUA FUNÇÃO MAIOR (a APROVAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA) e pode SAIR MEDO de que SUAS GAVETAS SEJAM REVIRADAS e a SUA SUJEIRA ENCONTRADA.

  10. Em GOVERNOS ANTERIORES qual era o INTUITO DE POLÍTICOS em angariarem INFLUÊNCIA? Tal coisa não tinha uma RELAÇÃO DIRETA com a CAPACIDADE DE ALOJAR OVOS DE SERPENTE na MÁQUINA? Onyx já LIMPOU praticamente TODAS AS GAVETAS, portanto, pela PERSPECTIVA DA INFLUÊNCIA POLÍTICA não há qq MOTIVAÇÃO para ele continuar no CARGO. Se ele não estava no CARGO para METER A MÃO em RECURSOS PÚBLICOS, então ele está PERDENDO O QUÊ? Como DEPUTADO ele tem até mais REGALIAS e BENEFÍCIOS.

    1. Temos que consultar os estancieiros pra saber se concordam em receber presos em suas segundas estâncias...

  11. Ônix, foi a cobra que gestou Maia e Alcolumbre, dai JB, perdeu a coordenação do congresso e daí surgiu o Centrão sob abatuta de Maia, no Senado Alcolumbre foi alçado pois já se sabia as rejeições a Renan. Quem pagou a conta foi JB, que ficou à mercê do DEM, partido inexpressivo, o PSL começou a se desarticular.

    1. Se eram para ser 2 maçãs a serviço da cobra, deu ruim, porque Adão & Eva, continuam jejuando.

  12. Não tenho nada a favor ou contra Onyx, mas isso demonstra claramente que gratidão não é nenhuma virtude do presidente. Afinal, Onyx deu o sangue pela campanha do Bolsonaro, quando ele ainda não tinha qualquer expressão nas pesquisas eleitorais... Lamento que esse processo de fritura aconteça por parte de pessoas que compõem o proprio governo. Salta aos olhos do povo que política é realmente uma arte muito suja, e em cujo quadro, por melhor que seja a pintura, não se deve confiar.

  13. Igor e Renato gostaria de saber qual é a de vocês. Quanto estão recebendo dos canhotos para só fazer fofocas. Deixe esses assuntos para solução interna do governo, tenho certeza que tudo se resolverá visando o melhor para o povo brasileiro.

  14. "Uai, sô", mas o "home" não ia cair, ou mudar de Ministério? Sonhei ouvir isso ou inventaram uma "narrativa" para desancar logo dois Ministros do Governo Bolsonaro: Onix e Weintraub? Tolinhos...infelizmente o que vocês querem não acontecerá!

  15. "Uai, sô", mas o "home" não ia cair, ou mudar de Ministério? Sonhei ouvir isso ou inventaram uma "narrativa" para desancar logo dois Ministros do Governo Bolsonaro: Onix e Weintraub? Tolinhos...infelizmente o que vocês querem não acontecerá!

  16. A verdade sobre essas publicações é que esse editor nunca fala sobre as virtudes deste governo de Presidente Bolsonaro. Faz a maior enrolação, porém nunca vai direto ao assunto que continua provando que este governo é o melhor de toda história do Brasil. SÓ PROMOVE FOFOCA E NUNCA FALA SOBRE AS VIRTUDES DO GOVERNO SINGULAR DE JAIR MESSIAS BOLSONARO.

    1. Parece Maria vai com as outras... Só fofocas nada de útil ou concreto.

  17. Bom quem anda com Maia é traíra, ainda mais esbanjando dinheiro público em reuniões regadas a vinhos caríssimos. Uma coisa é certa essa gente está nos cargos sempre visando outras boquinhas. Pobre Brasil!

  18. Muito objetiva a matéria. É bom ler publicação independente, que na época da eleição mostrava os podres da ala esquerdista, mas que nem por isso, depois do governo eleito, fica puxando saco do governo, cobrando sua defesa; continua a ser agnóstica e mostra os fatos reais de Brasília para que cada leitor use as notícias para criar sua própria opinião, afinal ninguém tem que ir por ela ou por outra, tem que formar sua opinião própria a partir de fatos.

  19. O presida vai seguindo sua toada: ir tirando, um a um seus apoiadores de primeira hora. Ainda não entendi onde isso vai dar.

    1. verdade que a revista sempre busca esconder. O propósito é nunca mostrar diretamente os méritos e virtudes deste governo. Sempre busca fazer ao contrário, fazendo prognósticos sempre negativos que, na maioria das vezes não acertam porque insistem em focar em teses defeituosas para denegrir este governo do Brasil.

  20. Só fofocas! Fizeram um escarcéu sobre a relação de Bolsonaro com Moro. No final das contas, pouca coisa tinha sentido. A mesma coisa é essa matéria. Pega-se uma lupa pra enxergar focos mínimos de conflito! Está ficando feio!

    1. Perfeito o seu comentário. Nem consegui terminar de ler a matéria tal o nível de fofoca.

  21. Ha, ha, ha as lavadeiras de plantão o que vão falar agora pra vender seu nome? Vergonhoso, hein!!! Quem é a próxima vitima do governo? Nós já estamos acostumados com o mimimi de vcs. Nem ligamos mais pra tanto besteirol, já sabemos que foram formados na Universidade petista. Aí só sai besteirol mesmo. Fi fi fi.....

  22. Para tristeza do "cobrário", o "mini"-Ministro" não vai desalojar o"já demitido"- Ministro da Educação, Weintraub, nem o Ministro da Cidadania, Osmar Terra, e, melhor, vai continuar Ministro da Casa Civil, apesar da "tiurma" "ANTArial" ter torcido muuuuuito pela queda de Onix...perdendo todas, hein?!

  23. Muito bom a materia. Nao faz a gente perder tempo, vai direto aos pontos chaves. E'muito dificil trabalhar com um cara q desconfia de td mundo a ponto de ja ter mudado boa parte da cupula do planalto, mas ao q parece Onix q era pra ser uma peca importante nesse tabuleiro de xadrez acabou virando Peão. . Gostei muito da juncao dos projetos de privatizacao q vai reduzir a estrutura a vai pras maos de quem entende bem do assunto - Salin Mattr/Guedes.

    1. Doutrinado é assim!!! Vota no luciano huck kkkkkkkkk.....

  24. Sera..., todo dia voces inventam um fato novo, ou pra tentar atrapalhar ou para vender manchete, tanto eh que aqui estou perdendo tempo com essa noticia.

    1. Vc não sabia que a Crusoé, antagonista, JPan, etc...é a nova esquerda? Tudo pelo luciano huck!!!

    1. Vai continuar sendo doutrinado? Vota no luciano huck kkkkkk

  25. Essa imprensa ordinária, que só faz intriga, torce os fatos e atrapalha, é a maior inimiga que uma nação pode ter. Enquanto esses blogueiros de esquerda recebiam para falar bem do governo, fosse qual fosse os erros e a corrupção estava tudo bem. Quando Bolsonaro fechou a torneira dos mensalinhos, já viu, né?

  26. Cada pessoa tem uma característica e as empresas usam essa característica para determinado momento, se a empresa está em outro momento dispensa aquela característica e aí as pessoas levam para o pessoal. Talvez seja o q está acontecendo no governo novas necessidades, logo novas características e novas pessoas. Só o tempo...

    1. E pelo visto e observado tu tem um jeitão de palerma..que espanta..rsrs

    2. Crusoé inventou tbm o ACORDAO, cadê? Vivem inventando mimimi pra vender. Vc sabia que eles, antagonista, JPAN, Uol, etc. são todos da nova esquerda?

  27. “Crusoé inventou um dossiê e um estremecimento meu com o Min Onix. Que fontes mentirosas. Que falta de profissionalismo. São incapazes de fazer contato com os citados“. TT General Heleno.

  28. “Crusoé inventou um dossiê e um estremecimento meu com o Min Onix. Que fontes mentirosas. Que falta de profissionalismo. São incapazes de fazer contato com os citados“. TT do General Heleno.

  29. KKKKKK, NAO COLOU COM MORO , AGORA VAO DESGASTAR O ONIX, VCS SÃO UNS BABACAS MESMO. VCS É QUE VÃO REELEGER BOLSONARO, TE GARANTO QUE NORDESTE INTEIRO ESTÁ COM BOLSONARO, AQUI EM VITORIA DA CONQUISTA TEM UNS GATOS PINGADOS DO PT , MIAS NADA. A CARA DO S JORNALISTAS DA GLOBO , TODOS TEM NOJO DE VÊ, A MENTIRA, O ODIO É TRANSPARENTE

  30. Aposto que Onyx Lorenzoni não sai. Bolsonaro parece não ter hombridade para demitir ninguém. Fica promovendo fritura. Situação cômoda para incompetentes e oportunistas sem amor próprio se acomodarem de acordo com seus interesses para o futuro político. Em um governo preocupado com competência, Weintraub já teria sido demitido há muito tempo.

    1. Quem promove fritura é essa porcaria de reportagem que vc lê. Acorda! Crusoé, antagonista, JPAN, UOL, FOLHA SP, todos da nova esquerda!!!

    1. Discordo, pois a matéria ñ é fofoca, mas sim, um raio-x sobre como funciona a cabeça e equilibrio do GOVERNO. Matéria mto importante.

  31. Sou gaúcha e Onix não deveria estar nesse cargo, nao tem co mpetencia nem fidedignidade para isso. É um primeiro de abril. Nao importa se apoiou Bolsonaro desde o início. Ele é interesseiro, pediu desculpas por ter ganho grana do caixa 2 mas nao devolveu nada. Alėm do mais é do Dem , amigo do Maia e de Alcolumbre. Fora logo!

    1. Já te falei Rildo, deixa de ser boçal, até parece que quem tá fazendo campanha pro Luciano Huck è tu cara. Vai rachar uma lenha, por que nem ler tu sabes.

    2. Outra coisa Rildo, concordo plenamente com a Rosália, tb sou gaúcho e o Onix nunca fez nada por merecer. O Bolsonaro só viu o real caráter dele após lhe dar poderes e por isso, tem mais é que fritar o cara mesmo.

    3. O Rildo, para de encher o saco com essa história de nova esquerda, vai rachar uma lenha que tu tá precisando!

    4. Pra ficar lendo essa reportagem, logo se nota que vc ainda não se deu conta que está sendo doutrinada. Acorda! Crusoé, antagonista, uol, JPAN, etc são todos da nova esquerda. A não ser que vc quer como presidente luciano huck?!

    1. o grande legado de Ônix e David Alcolumbre que saiu do baixo clero e tá aprontando para desestabilizar o governo .

    1. Por favor, concordem com o papagaio, só pró-forma, para ele se sentir importante, coitado!

    2. Gostas de ser doutrinado!!! Acorda, antagonista, CRUSOÉ, JPAN, uol, Band,etc são todos da nova esquerda.

    3. concordo. inclusive chama ligações telefônicas internacionais como "interurbanos". urbe igual a cidade!!!

  32. Mais um dos braços direitos de antes de início de campanha ou de conduta ilibada sendo eliminado. Quero onde essa debandada do Bolsonaro vai parar. O Santos Cruz foi demitido por um print de zap falso, na realidade foi demitido pq não liberou os patrocínios do governo que o Carluxo queria. Uma instabilidade política terrível. Já vi essas inconstâncias de perto. No final, fica todo mundo batendo cabeça, perdido, desorientado.

  33. quase arrependido de ter renovado a assinatura. Tá parecendo que a revista tá trabalhando com interesses escusos, ou melhor, nada escuso, explícito.

  34. Nem li, pois pressenti fofocas maliciosas desse Gadelha, mas ninguém fala das eleições do Maia e Alcolumbre quando o Onix estava sendo taxado como grande artiticulador, ledo engano, deu no que deu ... pior impossível.

  35. E agora "redação" "crusoé", o General desmentiu, vocês não tiveram a capacidade minima de entrar em contato com os personagens da matéria. Voçês estão piores do que a antiga "Notícias Populares". Duas coisas, hoje chegou ao meu limite, vou cancelar a assinatura. Para não passar em branco, o nome da revista foi escrito com letra inicial minuscula, assim como se tornou a revista.

  36. O Gen Heleno desmentiu a reportagem em sua conta tweeter. Qual é a posição de Crusoé? Estou arrependido por ter assinado essa revista.

  37. Acho que tem comentaristas ganhando assinatura de graça para puxar-saco da CRUSOÉ. Se existe espaço para comentar não há porque uns quererem censurar outros . Cada um com sua opinião, qual seja ela

  38. E quanto às ameaças do Álcoolugubre, de que nada mais passa no Senado face à eventual demissão do Ônix, veremos até quando ele aguenta o povo nas ruas.

  39. Esse comentaristas, ao invés de aterem-se ao que é noticiado, ficam fazendo comentários sem pé nem cabeça, criticando a Crusoé, o Igor Gadelha e outros... Se discordam do que é publicado, recolham-se à sua insignificância, cancelem sua assinatura e parem de ENCHER O SACO. ISSO JÁ DEU.

    1. Eles vão cancelar no dia propício segundo o Calendário Maia.

    2. Eles vão cancelar no dia propício segundo o Calendário Mais.

    3. Concordo com você, Marcos! Uma chatura esse lenga-lenga de reclamações. Quem não gosta não assina. Não precisa ficar anunciando que vai cancelar a assinatura.

    4. Concordo contigo Marcos, eu votei em Bolsonaro e não tenho compromisso com o erro. A Crusoé é a única revista que não puxa saco de governo. "Conhecereis a verdade e ela vos libertará".

    5. Sensacional Marcos, é que tem gente que quer aparecer e não sabe como fazer. Ter uma boa ideia é mérito dos inteligentes, criticar uma boa ideia e não ter uma melhor para oferecer, é obra dos idiotas.

    6. Concordo com vc Marcos . Torram o saco ! Não renovem a assinatura e pronto. Não precisa anunciar

  40. Nem perdi meu tempo em ler a matéria. somente será esvaziado se tomar as dores dos demitidos. Simples assim. Se não, porque não?

    1. Estão parecendo fofoqueiras de final de tarde! Kkkkkkkkkkklkkl

  41. Uma carga quase insuportável sobre as ancas da Crusoé esses militantes de "meia tigela" que atribuem aos editores o vezo de fofoqueiros e incompetentes. São umas mulas que não entendem pxxx nenhuma de jornalismo, e como se fosse um mantra, apregoam a cada "traque" que dão, o cancelamento da assinatura. Como se isso tivesse uma punição de valor ponderável aos donos da publicação. Ora, vão "pentear macacos" e se manquem, cambada.. rs

  42. A semana passada reportagens tendenciosas desta revista publicando varias reportagens tentando jogar Moro e Presidente já me deixaram com o pé atras, agora com esta cheia de fofocas descabidas me deu a certeza que Crusoé passou a servir aos canhotos deste pais, meus sentimentos mas vocês estão no mesmo caminho do descredito que e o resto da mídia já esta atirada.

  43. Gastariam 1/3 desse "bla-bla-bla" se consultassem a história : Judas Iscariotes era o Tesoureiro da Mesa dos Doze. Foi ele quem traiu e VENDEU baratinho a Pessoa do.seu Lider: E Judas matou Jesus. Melhor seria a reportagem se tivesse "delineado o caminho da traição". A TOA NÃO FOI ESSA PUXADA DO TAPETE EM ONIX.

  44. O Bolsonaro parece o Jeremias, da música Faroeste Caboclo: atira pelas costas sem sentir remorso algum! Vide o que ele fez c/ antigos aliados que estavam com ele desde muito tempo antes dos 10 ou 15% nas pesquisas. O Ônix é só mais p/ engrossar a lista, juntamente c/ Bebiano, Magno Malta, Santos Cruz, Joyce e alguns outros menos ilustres. O Guedes, o Moro e a Regina Duarte (os três superministros) que se cuidem!!

  45. “Cruzoé inventou um dossiê e um estremecimento meu com o Min Onix. Que fontes mentirosas. Que falta de profissionalismo. São incapazes de fazer contato com os citados.” General Heleno publicou hoje, como assinante, gostaria de saber o motivo da publicação sem contato.

  46. Menos de um ano e o governo Bolsonaro está com outra cara, com outro desenho, com outros atores... a mudança está sendo ruim, pois os eleitores compraram um pacote e estão recebendo outro. Temos que fazer um esforço para acreditar que todas essas mudanças foram necessárias e que outras virão para aperfeiçoar a governabilidade e alcançar os objetivos inicialmente propostos!

    1. Mudanças ministeriais ocorrem em qualquer regime, principalmente nos regimes democráticos. Regimes de excessões, tipo Cuba e Coreia do Norte, é que mantém a estrutura ministerial intacta.

    2. Tenho uma visão diferente. O governo está se aperfeiçoando, livrando-se dos que não corresponderam às expectativas e dos infiéis. Todos governos fizeram expurgos e sempre farão, notadamente nos países democráticos.

  47. Gente como nosso povo tem memoria curta. O que esperar destas tres figuras políticas. D onde vieram do antigo PFL muito odiado por todos os brasileros de bem. Hoje DEM Partidos muito viciados em maracutaias.

  48. Matéria de capa? Qual o intuito da revista com essa reportagem? Causar discórdia no governo? Vocês não tem mais o que fazer, se não ajudam, que pelo menos não atrapalhem. Decepcionante.

    1. Penso o mesmo...Parecem querer causar discórdia no governo...Como por exemplo na edição da semana passada onde fizeram várias suposições sobre a relação do ministro Moro e o presidente Bolsonaro, analisando essas suposições como sendo reais... Não é esse tipo de jornalismo que me levou a assinar a CRUZOÉ...Mais que decepcionante

  49. Vejam no RENOVA MÍDIA o comentário que o GENERAL HELENO fez sobre a CRUSOÉ, a revista está perdendo totalmente a credibilidade

  50. General Heleno acabou de negar a existencia de qualquer dossiê, e que o ilustre reporter Gadelha não entrou em contato ou fez qualquer pergunta a respeito. Resta agora ao reporter responder quem inventou o dossiê ou dizer que o General Heleno esta’ mentindo, sob risco de termos um jornalista treinado por Greenwald nos quadros da Crusoe’.

    1. xiiiii azedo em Crusoé. continuo assinante, mas vê se capricham mais né?

  51. Espero que o presidente complete a limpeza e demita o Ônix,esse cara é o maior responsável pela ocupação das presidencias por Maia é Alcolumbre,pessoas de péssimo caracteres como temos visto.

  52. O que esperar de um político profissional e vazio como esse Onyx? Políticos são sempre políticos. Não lhes atribuam tarefas técnicas. Eles as levam, sempre, para o lado político.

  53. A tacada de mestre, seria economizar um Ministério, que se prova empiricamente desnecessário, o da Casa Civil. Onyx tem o ônus de ter desconsiderado as opiniões das multidões que foram às ruas e as que fizeram o mesmo nas redes sociais, para expressar na DEMOCRACIA, a vontade da maioria, 57.000 000 de eleitores, pelas pautas de Campanha de JAIR BOLSONARO.

  54. Foi 1º erro de Bolsonaro fingir que seu aliafo era bom de política!!!Outro grande erro vem presidente ocorrendo na Casa Civil/Secretaria Assuntos Jurídicos precisa de um profissional de Direito e não aventureiros.

    1. Vale lembrar que temos 2 jurídicos próximos de JAIR BOLSONARO, que só causam na relação BOLSONARO e ELEITORADO, Jorge Oliveira e André Mendonça. Olhem o assunto JUIZ de GARANTIAS. Deu ouvidos a eles e olhem o angu de caroço, que está na conta do PRESIDENTE, que ainda está nessa corda de "a emenda sair pior que o soneto", visto que a competencia técnica de FUX, comparada aos maus conselheiros, está na vitrine.

    2. concordo assunto jurídicos mereceria alguém com elevado saber jurídico não um capacho do amigo do amigo

  55. O ÔNIX é um patriota que, pelo Brasil, transferiu várias secretarias para agilizar o trabalho do Guedes. Vcs deveriam estar elogiando sua pouca vaidade e espírito público. Mas ao invés disso, ficam querendo causar intriga e desgastar o governo. Vai se F. Gardelha!!

    1. Vá se saber! Bolsonaro é muito territorialista! não aprendeu a dividir o sucesso

  56. Pois é ,fico muito triste depois de ler toda essa notícia ,não sou do Partido do Dep. Onix,mas acompanhei de muito tempo a batalha dele contra o PT ,denunciando a corrupção ,e ele foi grande defensor da candidatura do nosso Presidente Bolsonaro,só que eu também entendo e percebo que na política o grande inimigo muito das vezes são os propios companheiros muita inveja ciumes.

    1. Odilo, também fiquei triste .De todos os ministros o que mais devota lealdade a Bolsonaro sem dúvida é ele

    1. Eu acho o ministro Onyx uma pessoa das mais legais ao presidente Bolsonaro.Nada é tão ruim que não possa piorar.O PR vai se arrepender amargamente da fritada

  57. Na semana passada, Bolsonaro havia rompido com o Moro. Agora, o Ônix é a bola da vez. Na semana que vem Ônix e Moro continuarão superministros. Que tal inventar algo para a Regina Duarte, dona Crusoé?

  58. Será por quê todos que apoiaram Bolsonaro quando ele era só um parlamentar medíocre, tão medíocre quanto os outros tantos parlamentares medíocres, acabam sendo triturados no governo. Gente sem lealdade,sem palavra acaba sozinha, sem amigos.

    1. Quem é amigo do Botafogo e do Alcolumbre não merece nenhum respeito.

  59. Tá doido! Ter qualquer relação com o bolsonarismo é coisa de idiota, de burro. Bolsonaristas são canalhas, basta ver os comentários sobre Ônix aqui e no Antagonista. O cara já estava com Bolsonaro antes mesmo de Bolsonaro se lançar candidato, mas tem que encarar um monte de vagabundo dizendo: "é pilantra, se aproveitou da onda Bolsonaro." Felizmente aqui há mais espaço do que no Antagonista para eu poder escrever isto que estou vendo desde ontem. De Bolsonaro e sua gente eu quero distância.

    1. Se para Cuba a distância inda continuar pequena, tenta a Coreia do Norte.

    2. Muda para Cuba! Tá boa essa distância? 😂😂😂😂😂

  60. Matéria claramente tendenciosa com o objetivo de derrubar mais um companheiro de BOLSONARO. A ILHA DE JORNALISMO mostrando que é igualzinha a Velha Imprensa que perdeu dinheiro e poder, e a todo custo tenta derrubar seu adversário, logo tudo será desmentido e a imprensa descaradamente partirá para outros ataques como se nada tivesse acontecido

    1. Eu já havia comentado com uma pessoa q é minha amiga e muito próxima do Ônix Lorenzoni, no início de novembro passado, q o Ônix estava sendo apagado p nosso Presidente!!! Ela então me respondeu q ele, Ônix, se escondeu em uma caixinha e q ela estava bem preocupada c ele, Ônix, e com o rumo q as coisas estavam tomando!!!! Portanto, essa matéria jornalística não é por acaso!!!!

  61. O conteúdo da matéria de capa é muito fraco, cheio de inconsistências e suposições, sem nenhuma novidade. Nada que o leitor de Crusoé já não tenha lido antes sobre esse mesmo assunto aqui ou em outros canais. Parece mais um resumão, cheio de buracos. Mas quando vi que o autor era Igor Gadelha, estava explicado: ele só escreve textos fracos, com pouco embasamento e sem nenhuma credibilidade. Eu espero informações mais consistentes de uma revista como esta.

    1. Eu também esperava mais da Crusoe... estou profundamente decepcionada com esta virada para a esquerda e as fofocas que desinformam ... uma pena ...

    2. Concordo com você, assinei Crusoe achando que ela estaria mais compromissada com mudança desse sistema político que ainda reina no legislativo e alto escalão do stj e STF, mas está sendo tendenciosa e maléfica as essas mudanças! Já já eu saio !!

    3. Quando li de quem era o texto, desço direto para os comentários.

    4. Não entendo. O Gadelha é odiado pelos leitores de Crusoé, e a revista não dá jeito nisso. É em nome da pluralidade?

  62. Onix, sempre foi um zero à esquerda no governo. pouco brilhante nas falas, nada de útil produziu durante o ano em que está como ministro.

  63. Onyx pode não ter sido bom ministro, ainda assim merecem elogios seus ataques ao crime organizado petista e aliar-se a Bolsonaro desde o inicio do início

  64. Onix não engrandeceu a casa cívil.isto prova que a escolha de ministros deve ser somente técnica.o veterinário da arca de Noé .jamais terá o brilhantismo e competência de Guedes Tarcísio Moro e Tereza cristina

  65. Considerando o excesso de frituras no governo que apoio, ou foram escolhas ruins, ou tem muito político sem condições e sem caráter, ou o ser humano é uma bosta mesmo.

  66. Bolsonaro tem a chance única de começar a fazer uma faxina ética no governo. Ônix tem feito muita cagada ultimamente. É do DEM de Rodrigo Maia, não tem articulação política, por isso as constantes derrotas no parlamento. Esse caso da demissão e admissão e depois demissão de novo, mostra o quão confuso tá o governo. No entanto Bolsonaro tenta queimar o ministro que mais da sustenção ao mandato dele que é Sergio Moro.

    1. Sinto falta de comentários de alto nível que havia anteriormente. Os militantes de Bolsonaro são como os do PT: radicais, agressivos, não aceitam nenhum tipo de critica. Fanáticos como os petistas. Invadiram a Crousoe .

    2. Na iniciativa privada o Turn Over sempre é considerado sinal de má gestão.....

  67. A matéria deixa claro o quanto os jornalista ainda não conhecem, ou (não querem conhecer) do Presidente Bolsonaro e de seu Governo. Há pouco mais de um ano temos um Governo em constante mutação rumo ao uma estrutura governamental digna de uma país do porte do Brasil. A matéria em si é um apanhado de conjecturas de baixo nível jornalísticos, que tenta fazer intrigas(fofocas) entres os ocupantes ministeriais.

    1. O presidente Bolsonaro não pode baixar a guarda, no meio político viciado no toma lá dá cá , não vai desistir facilmente da velha política.

    2. Só espero que o presidente não coloque, André Mendonça no STF, amiguinho e rabula de Dias Toffoli. Aí será o fim.

    3. Ok Donato, mas fritado foi, e o ano começa trazendo-nos definitivamente a certeza, de q o nosso GOVERNO, garimpado nas RUAS desde 2.013, deixará de se fazer de enganado p ala fisiológica do CONGRESSO.Ñ se governa c partidos políticos no Brasil, e sim c os poucos patriotas honrados e humanos que ali estão.É um meio político degradado, envolvido até às entranhas c um1 parcela medíocre e criminosa do judiciário, a ponto de termos centrão, maias e alcolumbres à frente. O presidente nos chamará!

Mais notícias
Assine
TOPO