Adriano Machado/Crusoé

O limbo da corrupção

Quase um ano depois da decisão do STF que mandou casos de propinas com caixa 2 para cortes eleitorais, o saldo é exatamente aquele que se imaginava: os processos patinam e as condenações são raras
31.01.20

Na semana passada, você soube aqui que o senador José Serra conseguiu se livrar da Lava Jato em São Paulo. Suspeito de receber mais de 52 milhões de reais em propinas, o inquérito a que ele respondia foi arquivado graças a uma mistura de fatores. Um deles, primordial, guarda relação com a decisão do Supremo Tribunal Federal que mandou para a Justiça Eleitoral casos que misturam corrupção, lavagem de dinheiro e caixa 2 para campanhas. É algo que vem favorecendo dezenas de políticos pelo país afora. Nos últimos dias, Crusoé se debruçou sobre processos remetidos para cortes eleitorais e constatou que as piores previsões sobre a sua capacidade de conduzir investigações criminais complexas estão se confirmando: os processos patinam e as condenações são raras. Quase um ano depois, é possível dizer que, sim, ao pronunciar o veredicto, o STF ajudou a garantir a impunidade.

Números levantados junto a dez dos maiores tribunais de todo o país falam por si. De 107 inquéritos e onze ações penais consultados, só houve condenações em dois casos até hoje. Trata-se dos casos envolvendo os petistas Fernando Haddad e Fernando Pimentel. Haddad foi condenado por caixa dois em sua campanha à prefeitura de São Paulo em 2012 e Pimentel, por tráfico de influência e lavagem de dinheiro por utilizar seu cargo de ministro do governo Dilma Rousseff, para acertar repasses de empresas para a sua campanha ao governo de Minas em 2014. Ambos ainda recorrem das condenações. Os motivos para o desempenho pífio da Justiça Eleitoral são muitos. Em primeiro lugar, estão a influência política dos caciques em suas regiões e a falta de estrutura física e de capacitação técnica nos tribunais eleitorais para conduzir casos criminais complexos. Além disso, há a alta rotatividade de juízes e promotores eleitorais, que costumam ficar só dois anos no cargo. Por fim, soma-se ao cenário o fato de que a Justiça Eleitoral tem a tarefa primordial de organizar eleições em todo o país a cada dois anos.

Tudo começou em 2018, logo após o plenário do Supremo decidir, por unanimidade, restringir o foro privilegiado de deputados e senadores. A decisão na época foi comemorada como uma vitória para o combate à corrupção e aos crimes do colarinho branco. Com a restrição do foro, porém, coube à Segunda Turma da corte, onde tramitam os casos da Lava Jato, decidir para onde enviar os processos. Já naquele ano, o colegiado que conta com os ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, Edson Fachin e Cármen Lúcia começou a adotar o entendimento de que, quando crimes como corrupção e lavagem de dinheiro envolvessem também a suspeita de crimes eleitorais, como caixa 2, as investigações e ações penais deveriam ser remetidas para a Justiça Eleitoral nos estados. Em março de 2019, o plenário do Supremo se debruçou sobre o tema e decidiu, por seis votos a cinco, referendar a posição que vinha sendo adotada na Segunda Turma. O voto de desempate coube ao presidente do STF, ministro Dias Toffoli. Desde então, foram inúmeras as decisões determinando a remessa de procedimentos para as cortes eleitorais. Alguns exemplos ilustram à perfeição o impacto da decisão.

Marcos Oliveira/Agência SenadoMarcos Oliveira/Agência SenadoJosé Serra no Senado: processo arquivado por “extinção de punibilidade”
Na capital federal, está a cargo do promotor Clayton Germano, do Ministério Público local, a condução de nove inquéritos que tramitam atualmente na 1ª Zona Eleitoral do DF. Entre os casos está um inquérito envolvendo o ex-presidente Michel Temer. À diferença do grupo de nove procuradores da Lava Jato na PGR que estava dedicado exclusivamente a investigações desse tipo, Germano terá de tocar sozinho o caso, que soma centenas de páginas de documentos, além de horas intermináveis de depoimentos de delatores. Tudo isso enquanto divide sua atuação eleitoral com a de promotor encarregado de fiscalizar, veja só, a aplicação dos recursos da saúde no Distrito Federal. O promotor acumula as funções de dois gabinetes e ainda é responsável por casos que herdou quando integrava o grupo de combate ao crime organizado. Ou seja: dificilmente o processo terá a atenção que merece.

O caso de Temer é aquele em que o ex-presidente, juntamente com seus ex-ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, foi indiciado pela Polícia Federal por corrupção e lavagem de dinheiro, por ter pedido 14 milhões de reais à Odebrecht para financiar campanhas do MDB naquele ano. Se o promotor não concluir as investigações até janeiro do ano que vem, quando termina sua passagem pela seção eleitoral, o procedimento passará às mãos de um novo titular, que terá que analisar tudo do zero novamente. Também passou pelo gabinete um inquérito destinado a investigar Dilma Rousseff a partir da delação premiada do casal João Santana e Mônica Moura. Os dois disseram ter recebido por fora 10 milhões de reais para fazer a campanha da petista em 2014. Esse caso, em especial, mostra bem como o vaivém dos autos acaba virando um bom negócio para os investigados. O processo foi remetido pelo Supremo à 13ª Vara Federal de Curitiba ainda em 2017, mas graças a um recurso de Guido Mantega, também investigado, a Segunda Turma livrou Dilma da Lava Jato em Curitiba e mandou que as informações seguissem para Brasília. Nenhuma diligência foi realizada. Quatro meses depois, o caso voltou para o Paraná.

O tempo é um problema para os investigadores e um aliado dos advogados dos envolvidos. É o que mostra, por exemplo, outra investigação relativa à campanha de Dilma em 2014. O caso envolve o acerto de 24 milhões de reais em propinas entre Marcelo Odebrecht e Guido Mantega para que o PT pudesse comprar o apoio político de quatro partidos a sua chapa presidencial. Em abril de 2018, Edson Fachin mandou o caso para a Justiça Federal em São Paulo. Em agosto daquele mesmo ano, porém, o ministro acolheu um recurso de um dos investigados, segundo o qual o dinheiro, na verdade, era caixa 2 e não corrupção. Ele determinou que a investigação fosse para a Justiça Eleitoral no DF. O MP Eleitoral, contudo, entendeu que houve um acerto para o PT comprar o tempo de TV dos partidos que o apoiaram, e não um simples caixa 2. O argumento foi aceito e, em janeiro de 2019, o caso voltou para São Paulo. Os advogados conseguiram fazer com que a investigação se arrastasse por mais seis meses só nas idas e vindas da discussão se era crime eleitoral ou não.

Marcos Corrêa/PRMarcos Corrêa/PRHelder Barbalho: promotor liberou suspeitos de intermediar ajuda para  campanha do governador
A quase 2 mil quilômetros de Brasília, em Belém, uma recente operação da Polícia Federal expôs as dificuldades enfrentadas pela Justiça Eleitoral para avançar sobre caciques políticos. A Operação Fora da Caixa, deflagrada no dia 9 de janeiro deste ano, mirava o caixa dois de 1,5 milhão da Odebrecht para a campanha do governador local, Helder Barbalho, em 2014. O valor era referente a um acerto da empreiteira com políticos para as obras da usina de Belo Monte. Dois investigados por suspeita de intermediar os recursos foram presos temporariamente, graças a uma ordem da Justiça Eleitoral, mas pouco depois o Ministério Público deu uma guinada e entendeu que ambos já poderiam ser soltos. A mudança de posição ocorreu graças a uma feliz coincidência para os investigados. A promotora responsável pelo caso estava em férias e, em seu lugar, assumiu um colega que é filho de um antigo aliado do pai de Helder, o notório senador Jader Barbalho – juntos, os dois respondem até hoje a uma ação por suspeita de desvios na Sudam. “Confesso até que talvez, se fosse mais à frente na investigação, se tivesse que analisar provas, algum outro detalhe, talvez eu viesse a me declarar suspeito”, diz o promotor Alexandre Tourinho. O processo tramita em uma zona eleitoral de Belém cuja juíza titular veio da Vara da Infância e Juventude de Belém. Ou seja: os responsáveis por julgar nem sempre têm a experiência necessária para tratar de casos que envolvem corrupção e lavagem de dinheiro. Diferentemente da Justiça Federal, onde há varas especializadas em crimes financeiros, na Justiça Eleitoral muitas vezes os processos ficam com juízes sem qualquer vivência na área criminal.

Os (maus) exemplos se repetem no Rio de Janeiro e em São Paulo. Um dos primeiros beneficiários da sequência de decisões do Supremo de remeter para as cortes eleitorais suspeitas de crime envolvendo políticos foi o ex-senador petista Lindbergh Farias. Ainda em março do ano passado, a Segunda Turma mandou para a Justiça Eleitoral no Rio o inquérito em que ele é suspeito de receber 4,5 milhões de reais da Odebrecht durante as campanhas para prefeito de Nova Iguaçu, em 2008, e para senador, em 2010. Desde que chegou no Rio, o caso ainda não andou.

Já em São Paulo, onde tramitam 32 inquéritos eleitorais decorrentes da Lava Jato, o ex-governador tucano Geraldo Alckmin não tem motivos para se preocupar. Delatado na Lava Jato, ele também teve seu caso enviado para a Justiça Eleitoral. Não há previsão de quando as diligências destinadas a reunir provas para o processo serão concluídas. O promotor que estava responsável pelo inquérito renunciou em novembro, depois de passar onze meses no posto sem ter apresentado uma denúncia sequer envolvendo políticos. No lugar dele assumiu um colega que ocupou um cargo na gestão de Alckmin e é da confiança do atual procurador-geral de Justiça de São Paulo, Gianpaolo Smanio, alçado ao cargo pelas mãos do tucano.

A seguir nesse ritmo, o prognóstico feito pelo coordenador da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, logo após o veredicto do Supremo, parece bem encaminhado rumo à confirmação. Na ocasião, Dallagnol afirmou que a decisão começava a “fechar a janela de combate à corrupção política que se abriu há cinco anos, no início da Lava Jato”.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Não é segredo para ninguém, de que o STF se tornou, de uns tempos para cá, a porta dos fundos para os corruptos se livrarem de processos. Num país sério, alguns dos ministros já teriam sido enquadrados em crimes de responsabilidade. Mas a artimanha continua e, enquanto lá permanecerem os que perderam a vergonha na cara e agora agem com desenvoltura em campanhas partidárias, será difícil colocar no xilindró esses espertalhões. É esperar para ver.

  2. Pobre BRASIL! Com essa "turminha mixuruca" em nossas Instituições Públicas que "trabalha" para os confrades e parentes (poucos se salvam); com "adevogados" que NÃO buscam Justiça e sim MAMAR parte do dinheiro público ROUBADO (em muitos casos os pseudos advogados até fazem parte da QUADRILHA processada pela Lava Jato); pergunto: nós brasileiros de bem, honestos e trabalhadores podemos dizer que vivemos numa Democracia? Estamos ou não próximo de uma Venezuela? Temos ou não BANDIDOS demais?

    1. Caixa 2 é praticada por bandidos, e corrupção é praticada por ratos... Nada que o mesmo veneno não extermine...!!

  3. Seguidas decisões de meia duzia( seis formam maioria ) de ministros do STF enfraquecem a lava jato e não podemos fazer nada, efetivamente, para contê-los? São ditadores infiltrados na república! Revoltante!

  4. Só com um IRA, ETA pra explodir essa raça chamada políticos. Vermes a desserviço da nação. Pior que de pai pra filho. Quando um larga já tem tentáculos a nos sugar.

  5. Tudo começa no corrupto STF. Se não houver uma atitude drástica do povo Brasileiro nós nunca sairemos dessa corrupção generalizada.

    1. Certíssimo Ivanilson! O supremo manda. Nossa esperança é um Brasil mas politizada nas novas eleições. Também as novas nomeações do Supremo Tribunal! Só com tempo, temos que esperar infelizmente!

  6. A parte mais estratégica do “mecanismo” está no poder jurídico. Ele garante a impunidade dos políticos e empresários que contribuíram para o progresso dos poderosos desse poder. Principalmente o STF.

  7. Miriam Leitão fez um programa na GloboNews afirmando categoricamente que a democracia brasileira está sofrendo um risco maior que a "democracia" de Venezuela. Risco que estamos correndo e com postura STF, vergonha

  8. Vergonhoso esse STF que alcançou seu objetivo único de existência! GARANTIR A IMPUNIDADE. Até quando vamos tolerar essas togas imundas?

  9. impossivel sequer comentar algo sobre o assunto em questão.....o sistema sempre esta a favor dos indiciados.......o sistema trabalha para os.....fora da lei.......com esse judiciário......muito pouco sera feito.................

  10. O desmoralizado STF conseguiu sua nobre intenção: livrar os corruptos da Lava Jato desviando crimes de cx dois para a patética e inoperante justiça eleitoral. Nossas cortes supremas não passam de supremas cortes de ação entre amigos.

  11. A promiscuidade da justiça com os supostos acusados, não leva a nenhum deles a prisão, a impunidade é descarada, a falta de moral e justiça são os maiores problemas do país, não vejo nenhum prognóstico positivo.

  12. A pior situação que poderia ter ocorrido ao sopro de esperança que veio nestes últimos tempos ao Brasil foi a desarticulação dos movimentos de rua, quebrando a capacidade da população se mobilizar para pressionar as mudanças que estavam em curso. Eles venceram e a população pode se preparar para a repetição do que foram os 35 anos passados de corrupção, privilégios sem fim, negociatas, justiça para ricos bandidos, e a opressão de todas as formas para o resto da população.

  13. Lamentável. O Supremo, infelizmente, é conivente com a corrupção. Não tem independência, nem vontade de punir os corruptos. O compromisso dos ministros não é com a CF ou com a sociedade. Triste demais.

  14. Ações para garantir a impunidade. 1-Casos de caixa 2 para ser julgado pela justiça eleitoral; 2-Prisão só em última instância; 3-Juiz de garantias; 3-Querendo anular as condenações do Ex Juiz Sérgio Moro; 5-etc, etc, etc, etc.

  15. Precisa mudar a lei no que permite que haja prescrição, seja lá de que esfera for civil, criminal etc. Porque prescrição? Se houve transgressão, tem que pagar. Prescrição = proteção a bandido.

  16. Onde estão os Ministérios Público Federal e Eleitorais para impedir que a conspiração armada para proteger os políticos corruptos seja neutralizada? Se não agem, onde estão os advogados preocupados com o Brasil para promover ações populares contra esses absurdos?

  17. Os tribunais superiores, sob a tutela do STF, são os arautos da corrupção no país, particularmente, os tais garantistas, que estão chafurdados nela. Eles garantem o crime sem pena. Como não ter vergonha da banda podre da justiça?

  18. Quem se lembra de Ricardo Mansur, o empresário bandido que deu golpe nos Bancos (Mappin etc...). Só agora, mais de 20 anos, foi condenado em definitivo na "enésima" instancia. Pena 6 anos de prisão, domiciliar. Ele deve ter uns 70 anos. Esse e outros casos deveriam ser noticiados, todos os dias na imprensa, para não esquecermos da PRISÃO EM SEGUNDA INSTANCIA. Acho que até a turminha da Cruzoé já tirou de pauta. Vamos retomar o assunto no inicio do ano legislativo? ACHO QUE NÃO.

    1. Ney esclareça por favor. Você está se referindo à milícia petista que assassinou Celso Daniel e roubou bilhões do povo?

  19. Das três cabeças do Cérbero que guarda a porta do inferno republicano, uma já foi decapitada, outra levou uma cacetada, mas resta incólume esta outra, a mais hidrófoba.

  20. O que esperar dos covardes do STF, sua maioria? Acham que iam deixar seus protegidos bzz as medidos, quadrilheiros, corruptiva, criminosos entregues às feras?

  21. Claro que os 6 Ministros do STF que votaram a favor do Caixa 2 ser julgado pelo Tribunal Eleitoral sabiam perfeitamente que a impunidade ia acontecer . Não são crianças, são corruptores das leis . Deviam estar respondendo a processos por irresponsabilidade com a coisa pública . Mau caratismo . Todos sabiam .

    1. E a única ação ao meu alcance é votar em quem pode mudar isso pra melhor. O pessoal do NOVO tem se mostrado capacitado pra isso!

  22. Quando o próprio judiciário na sua expressão máxima age sorrateiramente pela impunidade dos malfeitores de colarinho branco que aparelham os partidos e os três poderes, o que se pode esperar para a nação?

    1. De pleno acordo com você Jose. Infelizmente no Brasil a Justiça é uma porcaria q só beneficia os criminosos de colarinho branco. Os juízes dos RJ, STJ, STF e TE eTSE teêm culpa dessa morisidade e impunidade.

  23. se não houver uma investigação no Judiciário, especialmente nos tribunais superiores, seremos obrigados a conviver com situações como essa.

  24. O Brasil não é um país sério . É uma zona, um prostíbulo dos politicos brasileiros que legalizaram toda sorte de vigarices . É o paraiso dos pilantras vagabundos que vivem às custas do suor dos tolos imbecilizados.

    1. Concordo! Foi de caso pensado este envio para Justiça Eleitoral! Visando a prescrição e a impunidade! Decisão de corrupto para corrupto!

  25. A única coisa que salvaria este país é aparecer um maluco para levar está turma para o outro lado, única forna da justiça ser feita, afinal politico bandido corrupto do outro lado seria feita a justiça. Enquanto isso políticos corruptos e ladrões ficam impunes em razão de um judiciário mambembe que não tem nenhuma capacidade de julga-los.

  26. Não adianta nada, neste pais esses politicos São todos canalhas ,não merecem a comida que comem e ao povo só resta obedecer como verdadeiros cordeirinhos.

  27. Alguém tem dúvidas que alguns membros pró corrupção do STF estão com o rabo preso, cito como ex. o telefonema do Aecio para o Gilmar pedindo ajuda.

  28. Desde que assumiu o presidente contribuiu com medidas para barrar a Lava Jato e minar o plano de ação do Sergio Moro. Ja esta associado com os corruptos de sempre.Esta afinado e nas mãos do Dias Toffoli.Meu voto munca mais

    1. Bolsonaro traiu os eleitores e o Brasil. Nunca mais...

    2. Faço das suas minhas palavras, isso está evidente e infelizmente tem gente que finge que está tudo bem.

  29. A decisão do STF que beneficiou a bandidagem política teve os votos daqueles ministros do STF que até pouco informados já sabem quais são.

    1. O coronavirus ainda é fraco. Penso que só uma mutação do Ebola!

    2. O coronavirus ainda é fraco. Penso que só uma mutação do Ebola!

  30. O STF passar estas investigações para a Justiça Eleitoral chega ser vergonhoso. Horrível a sensação de ter as mãos atadas diante de decido como essa.

  31. A Lava Jato era a salvaçào contra a corrupção. Mas todo um projeto unindo corruptos de todos os poderes já estava sendo planejado para destruí-la. Ate me surpreende que ainda tenha gente presa. A gente cansa!

  32. É incrível , que nós brasileiros sejamos sempre impedidos de adotar leis que nos beneficiam. O que fazem para que i país regride e continue a proteger corruptos é imensurável. Quando teremos autoridades imbuídas em colocar o Brasil no patamar de primeiro mundo?

  33. Enquanto não houver uma limpeza geral dos corruptos no Congresso Nacional e no alto escalão do judiciário , tudo continuará na mesma. Como armas temos os nossos votos e os protestos nas ruas.

    1. E nada mais do que isso, a falta de interesse do poder judiciário aliado a corrupção de mais de 30 anos de todos os poderes não tem como colocar um fim porque está muito enraizado. Eu não tenho mais esperança.Como dizia Maquiavel em 1.523 "havera um tempo em que, um povo para combater a corrupção, talvez tenha que retroagir uns 20 ou 30 anos no judiciário, pois é nele que se perpetua o mal"

    1. A conclusão é de que: O crime compensa. Estamos fodidos e mal pagos.

  34. Impossível deixar de vir a nossa mente o vídeo do Toffoli que viralizou na internet, com os precisos comentários do saudoso Chico Anisio. Enquanto não nos livrarmos da banda podre do STF não avançaremos enquanto Nação

  35. Como diz o sério e excelente jornalista Augusto Nunes: O BRASIL TEM QUADRILHAS DE LADRÕES MAS NÃO TÊM QUADRILHEIROS CONDENADOS. Esse STF é uma piada !

  36. Depois que o STF mandou os precessos para a Justiça ELEITORAL.E dividiu mandou para os estados os precesso da LAVA JATO.PERGUNTO: Em SP quantos já foram processados.ou como o caso do SERRA .fica por isso mesmo.

  37. Será q o STF tem ainda alguma idéia mirabolante, anticonstitucional, além do juiz de garantias, q os afaste completamente, incontestavelmente, de uma delação premiada lhes acusando? Ñ, Ñ, e ñ. Então q se recolham, deixem o país andar e parem de legislar...Lula voltando é pior pra eles.

  38. Quando uma investigação é enviada para São Paulo, todos já sabem o que irá ocorrer, ou seja, caducará ou será apresentada sem condição mínima de ser aceita. Até quando, CNJ?

  39. Como sempre tudo acaba em pizza. E o Deltan é o cavaleiro solitário. Nem precisam de juiz de garantias pra atrasar o processo. É deixar como está.

  40. Só a imprensa séria e verdadeira para instigar a justiça a andar e cumprir o seu dever. O que mais assusta a gente neste país é ver e presenciar a omissão de quem é pago pra trabalhar, com nomes pomposos e altíssimos salários, descumprir a própria lei, da qual é o agente responsável por sua aplicação. Para nós, agem iguais aos malfeitores processados. O Conselho Nacional de Justiça, tornou-se mais um apêndice no crescimento da folha de pagamento à conta dos sofridos trabalhadores brasileiros.

  41. É o Brasil , onde o crime compensa , se for preso comum recebe bolsa cadeia , com essa segunda turma o retrocesso foi uma tapa na cara do povo honesto , hoje sendo ladrão é só gastar o que rouba pra se eleger a algum cargo que como político não só compensa ser bandido , com tem a impunidade quase garantida pela parte ruim do judiciário .

  42. Um verdadeiro circo ,onde o povo é o palhaço abobalhado nas mãos dos espertos inquilinos do Congresso,do judiciário e demais profissionais da política brasileira

  43. Lamentável, com certeza não irá dar em nada,enquanto houver ministros no STF sem compromisso com a verdade vai ser difícil prender algum corrupto.

  44. Resumindo , a segunda turma sempre dá um jeito de favorecer o criminoso desde que seja dos seus , se não conceder diretamente manda para cafundó de judas que nunca será julgado.

  45. Esse STF é uma vergonha, uma cambada de corruptos encobrindo outros corruptos, vai ver quantos bilhões esses bandidos de toga devem ter lá fora, paga por quem nos roubou, ou todo mundo acredita que o molusco e a anta deram aquele monte de bilhões para as ditaduras amigas e não receberam nem um dolarzinho, com essa dinheirama esses bandidos de toga devem estar rindo da cara do povo brasileiro com essas decisões estapafúrdias, cadê o cabo e o soldado para fechar aquela Joca logo?

    1. Esse é o país em que vale a pena ser ladrao de colarinho branco. Pqp

  46. parei na metade da repotagem, para dar tempo de vomitar. Como ter esperança neste país. O melhor que temos a fazer é se omitir e ser enganados. por exemplo, por alguns notórios ministros do STF inimigos declarados da sociedade brasileira.

  47. Os direitos humanos (art. 5º da CF/88) não podem ser utilizados para proteger atos ilícitos, nem interpretados para afastar ou minorar responsabilidades por atos criminosos, independentemente de quem os praticou.

  48. Ficou no esquecimento a ladroagem da corrupção, é revoltante, cadê a divulgação da notícia das emissoras de tv, vamos compartilhar, poucos brasileiros são assinantes da Crusoé.

  49. brasil vai mal! pobre povo brasileiro. atacado por três poderes da república, executivo, legislativo e judiciário. a quem recorrer?

  50. Esta é a parte podre deste Brasil...sempre tem um jeitinho.Pode-se roubar, matar,mentir,lesar,tudo qto for de porcaria pque temos leis porcarias, e gente porcaria no Poder.Só há uma saída: limpeza pelo voto, exterminar esta banda podre.Justiça de Deus virá com certeza e por aqui justiça do voto.

  51. Somente uma pressão popular intensa poderia reverter essa situação deplorável. Infelizmente faltou educação básica e cívica decente à população carente. Daí ela está sendo manipulada pelos corruptos. Apenas um povo bem instruído será capaz de endireitar a democracia deturpada pela ORCRIM. Todo apoio ao Ministro da Educação!

  52. É asqueroso, surreal, não há palavras pra expressar tanta indignação com os poderes Legislativo e Judiciário. É o limbo total.

  53. a justiça Eleitoral é uma piada O TRE da Paraíba foi desmoralizado pelo Go errado q teve até I. ex advogado seu como Relatora de uma ação, da pra crer numa justiça dessa.?

  54. Nosso maior problema está nas decisões do STF ele é aparelhado para beneficiar os corruptos de esquerda que bailaram por anos nas asas das empreiteiras. Essa transferencia dos processos para a Justiça Eleitoral é só pra beneficiar corrupto.

  55. Crusoé, abra essa reportagem para não assinantes também, e vamos divulgar o máximo possível. Com a pressão popular, o Congresso se vê Obeigado a mudar essas regras absurdas.

  56. Isso tudo e revoltante e mostra que a justica esta toda aparelhada pelos proprios investigados e seus comparsas, o STF entregou o Brasil a impunidade. Temos vergonha do STF, na verdade e o pior STF da historia do Brasil, temos que dar um jeito de arrumar isso, sugiro investigar os mais de 1,000 casos prescritos no STF e ver quem sao os togados campeoes de casos prescritos e ver quem sao os advogados referente aos casos, e dai seguir a investigacao e seguir o dinheiro, so assim limparemos o STF!

    1. Só o Voto Salva, sorry mas o seu nome é uma falácia. Temos votado religiosamente a cada dois anos desde 1988, e nada se salva. A corrupção, a impunidade, a desigualdade só aumentam. Nosso sonho de construir um país decente morre um pouco a cada dois anos.

  57. O STF é incompetente, é vergonhoso. A nossa única esperança contra esta corte corrupta são as duas escolhas para as vagas dos ministros que vão se aposentar. Espereremos que o presidente Bolsonaro indique pessoas com vasto saber jurídico, e não analfabetos legisladores como Tofolli e Lewandowiski.

  58. Sensacional reportagem. É desesperador para nós, ao termos a convicção que a impunidade prevalecerá. Enquanto o eleitor continuar a eleger essa escória, o noticiário será esse.

    1. Hahaha muito boa.. Também não consegui ler, mas não consigo vomitar. Ser brasileiro honesto da uma grande congestão.

    2. Tbm não consegui ir até o final. Depois, com cabeça mais fria, completarei a leitura. Mas é mto revoltante!

  59. Mateus Coutinho, parabéns pelo seu artigo, quase de detetive, desses meandros dentro da Justiça que impedem a verdadeira Justiça. Valeu.

  60. O golpe de mestre da Suprema Traição Federorenta foi de fato jogar os processos da Lava Jato - Caixa 2 para a Justiça Eleitoral, uma vez que ninguem ninguem mesmo será almejado por alguma condenação. Tudo mundo conhece a morosidade da Justiça em todos os níveis, ressaltando a lerdeza histórica da Justiça Eleitoral nos que se refere aos próprios casos. Portanto, a partir de agora só nos restará ficar indignado visto que os políticos já estão de fato blindados.

  61. É por isso q critico esta pegada da imprensa contra o filho do presidente,desgasta o presidente e desgasta o Brasil,por um caso la no meio dos dep do río.vejam o mundo de impunidade.

    1. É isso Goyabademinas. Tolerância zero. Quem faz um rachid e sai ileso não vai resistir quando puder saquear uma Petrobras. É uma questão de princípios.

    2. Não adianta GISLEI, esta gente confunde (iguala) VIADUTO com VIADO ADULTO. Iguala um pai que deu uma palmada em uma de suas 5 filhas com outro pai que estuprou suas 5 filhas. A culpa é da ameba comedora de cérebros. Mas não desista. PÁTRIA AMADA BRASIL.

    3. Corrupção é corrupção, mesmo quando é praticada pelos Bolsonaro. O roubo do dinheiro do povo, seja roubo pequeno ou grande tem que ser repudiado,denunciado e punido.

  62. Revoltante saber e viver essa realidade !Enquanto nós simples mortais trabalhamos duro, e bota duro nisso, para nossa sobrevivência esses crápulas de todas as laias chafurdam à vontade na lama da corrupção vivendo uma vida nababesca que nem de longe parece que o Brasil é sua Pátria e aqueles que os mantém são seus eleitores que neles con fiaram e a quem prometem mundos e fundos pra conseguirem seus votos !Realmente revoltante!

    1. quem mais contribui para a marginalidade, corrupção, depravação são os supremos crápulas, que são os ícones da corrupção, da mediocridade, do cinismo, dos ratos.

  63. Parabéns pela reportagem. Nem se compara com aquela fofoquinha Regina Duarte. Mostra a bandidagem nos poderes e um acobertando o outro. Tem que ele alguém para fazer uma limpeza geral e começar do zero.

  64. E ainda falam em democracia. Isso é democracia? Como estancar essa sangria? Eu só vejo um jeito. Fechamento do STF e do Congresso. Caso contrário, continuaremos trabalhando, pagando impostos imensos e nosso dinheiro indo para os juízes e políticos corruptos dessas casas. Fora com esses vagabundos!

  65. Ótima matéria das entranhas obscuras dos processos d corrupção. Mostra não só o despreparo da justiça eleitoral diante disso, como tb o epicentro d todo o mal: esse STF ridículo, cúmplice d criminosos

  66. Esse artigo deverá ser consagrado. Os fatos remetem a realidade da tentativa de punição em vão aos crimes de colarinho branco que nunca deveriam ser esquecidos e certamente serem cobrados pela sociedade. Nós pagadores de impostos não aguentamos mais!!!!

    1. Notem que quem está por trás de tudo é o stf, assim com letras minúsculas mesmo, tribunal que tem bandidos em seu meio só causa vergonha e ojeriza em quem tem um pouco de caráter.

  67. Definitivamente e sem maiores delongas rotular uma Corte Política ( STF) de ser um centro de impunidade contra políticos corrupios é um pleonasmo .

  68. Os ministro do STF decidem pela impunidade dos políticos corruptos que, por outro lado, livram os ministros do impeachment. O otário somos todos que pagamos pela obscenidade sem poder contestar. Ao menos podemos saber as consequências daquelas decisões cretinas pela leitura da Crusoé.

    1. No Brasil, o crime compensa! E continuará assim até que as pessoas reajam.

  69. Esses resultados estavam calculados quando o stf que nos envergonha tomou a decisão vergonhosa de mandar a corrupção para tribunais eleitorais sabidamente incompetentes para tal. O stf provoca um enorme retrocesso para o país.

  70. Independente de onde estiver e da modalidade dos crimes praticados neste país existem inúmeros erros judiciais que precisam ser corrigidos na Constituição. Uma das mais importantes e que geram impunidade permanente são as famosas prescrições de penas. Não interessa se por idade ou por outros fatores mas é injustificável. Quando isso for corrigido ninguem mais sairá ileso porque vai ser julgado e preso mesmo que seja por um mes e aos 100 anos !!!

  71. Dá náuseas ver como funciona nossa in(Justiça). O desejo que tenho é que esses juízes que compactuam com a corrupção, se aposentem e vão embora,dando lugar a magistrados novos e sérios.Afff

  72. Isso prova que o Nosso judiciário está profundamente comprometido. O STF com essa turma podre por encaminhar para as cortes eleitorais e o TSE por não expor a dificuldade para julgar e compartilhar com a impunidade A solução seria a imprensa cobrar e denunciar isto, mas a maioria tbem não é séria

  73. No Brasil a suprema corte tem outro papel. E as vezes até penso que, ainda bem que não trabalham em cima dos temas constitucionais. Imagine o que aconteceria se vossas excelências fossem dar aquele “tapinha” na constituição como o fazem em relação ao combate à corrupção??? Já teríamos virado uma Venezuela ou Cuba.

    1. Sem uma ruptura da carapaça de proteção aos corruptos existentes no brasil a luta será sempre inglória e as vitórias muito pequenas e pouco efetivas.O mais notório dos corruptos que já vi nos meus 57 anos de consciência politica já foi libertado. O poder judiciário é uma peneira tentando reter ar. Só pega coisas muito grossas ou grotescas. Tenho vergonha do brasil. Não uso mais maiúscula para me referir a este bananal.

    2. Pobre Pais, onde aquela que deveria ser a mais alta corte em defesa dos cidadãos, transformado em balcão de negócios dos políticos. Sem dúvidas a Justiça é pior entre os puderes dessa fita "Democracia".

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO