Retrato-problema

08.11.19

O Itamaraty enviou tempos atrás para os postos diplomáticos do Brasil mundo afora a foto oficial de Jair Bolsonaro. No consulado em Nova York, porém, houve quem torcesse o nariz para a ideia de pendurar a imagem do presidente na parede. Só recentemente, pouco antes da visita de Bolsonaro à cidade, é que o retrato foi afixado na área de atendimento, à vista do público que frequenta o local. O chefe do posto, embaixador Enio Cordeiro, é visto em Brasília como alguém pouco afinado com o governo. Há tempos ele tem sido alvo de críticas internas. A principal delas guarda relação com os ataques desferidos pelo prefeito Bill de Blasio ao presidente e com o cancelamento do evento em que Bolsonaro seria homenageado em Nova York, em maio. Os críticos de Cordeiro dizem que ele pouco fez para ao menos tentar contornar a situação. Com a embaixada em Washington sob nova direção, o cônsul pode perder a cadeira.

Jefferson Rudy/Agência SenadoJefferson Rudy/Agência SenadoEnio Cordeiro é visto pelos colegas como um diplomata anti-Bolsonaro

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O que é de espantar é que ele ainda esteja no posto. Como é que se pode manter um embaixador, que de nada tem de afinado com o novo governo, ser o titular em uma das mais importantes ccidades do mundo? Fala sério? E por que cargas d'água o Bolsonaro ainda não o destituiu? /sinceramente, não dá pra entender...

  2. O embaixador Cordeiro deveria retornar aos bancos do Instituto Rio Branco: não interessa quem está no comando do país. Ele precisa obedecer as normas diplomáticas.

    1. verdade, essa é a sua Missão na Embaixada: chama-se HIERARQUIA!

    1. POR FAVOR, mandem esse lixo lulista/comunista embora, a embaixada do Brasil funciona sem ele... não fará falta nenhuma.

    2. Agilidade é o que falta. Manda o cara embora logo araujo de m

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO