Reprodução/redes sociaisManifestantes em Santiago: com redes sociais, custo de manifestações caiu, e o mundo ficou mais instável

Turbulências no modelo chileno

Protestos são decorrência do crescimento da classe média, que quer serviços de primeiro mundo e alívio econômico
25.10.19
Mais notícias
Assine
TOPO

AJUDA