Entrave no Judiciário

27.09.19

Rejeitada pelo Ministério Público Federal por escassez de provas, a delação premiada fechada pelo ex-ministro Antonio Palocci com a Polícia Federal já enfrenta resistências no Judiciário. Declaradamente contra o instrumento de colaboração, mas obediente às leis em vigor, o juiz federal João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Criminal de São Paulo, sinalizou que deve rejeitar qualquer denúncia baseada nas acusações feitas pelo ex-petista se o conteúdo não for encorpado pela PF com novos elementos de prova. Ao todo, onze anexos da delação de Palocci foram distribuídos nas três varas especializadas em crimes financeiros e lavagem de dinheiro. Gonçalves ficou com dois, um que menciona suposto envolvimento da Ambev e outro do banco Itaú.

Agência BrasilAgência BrasilPalocci: Justiça avalia desconsiderar parte de delação

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Vamos deixar de picuinha e concluir logo esse processo de delação , punindo todos os envolvidos nas graves falcatruas perpetradas contra o povo brasileiro !!!

    1. Enquanto td se arrasta dá-lhe salários milionários a juizes que näo decidem com presteza e investigadores enrolando com PF e MP no enrolation...

  2. Torço para que o MPF de São Paulo, ao não apresentar condenações nos processos da “lava jato”, esteja balizado na Lei! Pois será grande a decepção se tiver fundamentos de outras natureza!

  3. ENQUANTO FICAR ESSA BRIGA DE COMADRE ENTRE O MP E A PF OS BANDIDOS E SEUS ADVOGADOS AGRADECEM. TA NA HORA DE MORO E O PGR BOTAREM ORDEM NA CASA.

  4. Como sempre para alegar falta de provas nas delações, o Juizado com medo das consequências futuras, faz corpo mole nos casos que envolvem o ex-ministro Palocci. Vamos trabalhar Juízes. A Lava Jato não deve ser só a de Curitiba.

  5. Resumindo a Ópera:: " DELITO COMETIDO, CULPADOS, CONDEBADOS E SENTENCA da CONDENAÇÃO. EXECUTADA." isso, procedimento normal e corriqueiro,. deixou de existir aqui no Brasil Agora todo o esforço de provas é contra quem denuncie qualquer erro e desvio cometidos contra o Erario. E os criminosos dão seus Pareceres, lá de dentro da cadeia esses dois acusados de terem cometido crimes contra o Erário, o ex-P Cunha e o Temer SENTENCIANDO o Janot por denunciar tais delitos em forma de"Contos"!!!!!

  6. Mais uma ilusão dos militaristas, ou como dizia Geisel (fui seu locutor oficial por 5 anos): as “vivandeiras de quartel”. A milicada não tem o menor interesse em meter a mão nessa cumbuca. Sabem, ou nem querem saber, que este país está tão aparelhado e carcomido pelos “estrategistas” petistas, que não vale a pens brigar por ele. Essa é a cartilha! Alvaro Costa (@brasília_urgente)

  7. Só tem uma solução. ou as acomodadas forças armadas, que também participaram dos governos petista comendo lagostas e caviar façam alguma coisa, o que não parece nada provável, que façam, ou o Brasil e todos nós estaremos fudidos.

  8. Ja nos ferramos. Nem milico salva. Ate pq sao coniventes como o foram nos ultimos 20 anos. Seria burrice nossa aceitar q eles nao sabiam da roubalheira q se instalou e do sucateamento das FAA. Estavam cuidando do caviar, lagostas, bons vinhos e camaroes. E, agora no governo nao tem coragem de se mexer pq um reles capitao, mentiroso e com filhos emporcalhados os enquadrou. Resumindo o M M (mito de merda) acabou por permitir q o minimo da decência q ainda tinha fosse pro ralo

  9. O Brasil é um bordel gigante . Nele as prostitutas mais poderosas ocupam os principais cargos no Executivo , Legislativo e Judiciário . Podem conferir , nos 3 poderes não escapa ninguém . Só fechando para balanço essa zona de bordel chamada puteiro Brasil.

    1. Perdi tidas as esperanças. O que esperar desse STF, presidido por Tóffoli, de um Senado e de uma Câmara Federal, tendo à frente, respectivamente, Alcolumbre e Maia, todos com os pés na Lava Jato. Só uma saída: intervenção militar, já.

    2. Discordo! Em bordeis existe o cafetão ou cafetina que todos respeitam por medo ou respeito, fregueses pagam pelos serviços, etc. As pessoas não abrem o bico para falar dos fregueses, respeitam código de ètica da profissão. Existe Ordem! Não é isso que observamos em Brasilia.

    3. Concordo com o comentário do Nonato, as prostitutas prestam um serviço e recebem por ele honestamente, enquanto esses vagabundos roubam descaradamente e não prestam qualquer serviço à nação.

    4. Talvez com os milicos enfiando a bota no bordel, e administrando até tornar todos bons moços e moças... De qualquer forma, vai demorar.

    5. Do jeito que o Brasil vai, a melhor saída ainda continua sendo o aeroporto.

Mais notícias
Assine
TOPO