O guru de Vermelho

23.08.19

Os presos na Operação Spoofing prestaram novos depoimentos à Polícia Federal nas últimas semanas. Os policiais perguntaram o que eles tinham a dizer sobre a relação de Walter Delgatti Neto, o Vermelho, com Thiago Martins, o Chiclete, programador de computadores de Brasília que passou a ser alvo da investigação, conforme revelou Crusoé. Um dos investigados respondeu que não conhece Chiclete, mas deu uma informação preciosa: contou que Vermelho dizia aos amigos ter uma espécie de “guru”, com quem mantinha contatos via internet.

ReproduçãoReproduçãoVermelho: a amigos, ele dizia ter um guru com quem falava via internet

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. tambem e incrivel o silencio da imprensa. Apos o barulho feito para descreditar nossa salvacao(lava a Jato), agora e uma nota ou outra.

  2. excelente informaçao, agora a PF, com certeza, vai investigar as amizades desse Chiclete. Esse pessoal somente quer sobre a Dilma

    1. está igual aquelas pontes construída no meio do mato sem as cabeceiras, (vai do nada a lugar nenhum).

    2. Concordo com vcs.A Crusoé está misturando a sua linha com seu outro produto O Antagonista.Deveriam ser diferentes, pois o segundo é mais panfletário e o primeiro, mais analítico e, esperava eu,mais consiste na crítica e na profundidade.Eu comprei Crusoé assim.Não me agrada jogar dinheiro fora.Se quisesse, assinava Veja e Carta Capital.EDITORES: vigiem mais.Não percam o foco pela ação dos “focas”.

  3. Tinha sumido do noticiário, ressurge com uma nota que não esclarece nada. E o rastro do dinheiro, a história dos bit coins, nada foi apurado? Essa é a a chave do enigma, que vai explicar os interesses envolvidos

    1. Vermelho não é exatamente louco. Tem déficit de atenção com hiperfoco em certas coisas. Provavelmente, acabou se viciando na obtenção das mensagens. Já no caso do Adélio, não tem discussão. Só sendo muito idiota para não perceber desde o início que se trata de um louco de carteirinha. E tem gente que ainda não captou. Um louco que tentou matar outro louco. Simples assim

    2. reportagenzinha.........mixuruca. De gente cansada e burra.

  4. Guru seria algum mandante de lula!!!! Triste país da corrupção constitucionalizada, pois com alguns membros do STF a favor de corruptos os cidadãos “ do bem” estão de mãos atadas!! O crime compensa no Brasil! Tristeza!

  5. O guru é o tal chiclete provalvelmente. Mas o fato de o chiclete ter um pai milico que trabalhou no ministério de defesa é para mim o mais desconcertante. Indício de redes de espionagem paraestatais, algo que partidos comunistas fazem desde antes de tomar o poder. A tcheka é o maior exemplo.

    1. Humm,Humm,esse nome vermelho não lembra nada...........

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO