A Oi entre Xi e Trump?

23.08.19

Gente importante do mercado de telecomunicações está estranhando o esforço do Palácio do Planalto, e de Eduardo Bolsonaro em especial, para que os órgãos de regulação brasileiros permitam a compra da Time Warner pela americana AT&T. É sabido que o presidente Donald Trump fez um pedido especial ao governo para que o negócio seja liberado, a despeito de uma lei em vigor no Brasil proibir que produtores de conteúdo também atuem na distribuição daquilo que produzem e vice-versa. Nos Estados Unidos, a AT&T está fechando a aquisição do grupo, que controla canais como CNN, Cartoon Network e HBO. As duas gigantes estão presentes em 18 países e todos eles precisam aprovar o negócio – daí a importância, para os americanos, do aval brasileiro porque, aqui, a AT&T é dona da Sky. É justamente nesse ponto que mora a desconfiança do mercado. Há quem acredite que, considerada dimensão da Sky, a ginástica dos Bolsonaro – e o pedido de Trump – para deixar o negócio acontecer pode ter algo mais como pano de fundo. O objetivo real seria outro: abrir caminho para que a AT&T compre a Oi, que não faz muito tempo entrou na mira da China de Xi Jinping. Em guerra comercial com Pequim, Washington estaria interessada em evitar que os chineses entrem no estratégico mercado brasileiro. Embora esteja em péssima situação financeira, a Oi é vista como um ativo importante por sua capilaridade: está presente em cerca de 4 mil municípios do país. Eduardo Bolsonaro se empenhou para aprovar a compra da Warner pela AT&T. Dias atrás, visitou a Anatel para pedir que os conselheiros da agência deem aval ao negócio. A agência decidiria sobre o tema nesta quinta-feira, 22, mas adiou o julgamento. O assunto também precisará passar pelo crivo da Ancine, a Agência Nacional do Cinema.

Presidência da RepúblicaPresidência da RepúblicaTrump e Bolsonaro: pedido feito, esforço garantido

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. "estratégico mercado brasileiro" = mercado altamente regulado e protegido Só tem 1 jeito de entrar no mercado de telefonia móvel no Brasil, e esse modo é comprando alguma já existente. É o sonho de qualquer empresa estar em um mercado de oligopólio, pois desse modo, as leis e regulamentações para "proteger" a população, impedem a entrada de concorrência. Quem viveu a transição da telefonia fixa estatal para a privada, sabe os benefícios que a concorrência de mercado traz.

    1. Concordo e adiciono que para uma disputa mais acirrada neste mercado, apenas os chineses teriam o cacife para balançar a goiabeira de mamatas comandadas pelos "crupiers"da ANATEL.

  2. Décadas aguardando esse mercado evoluir, mas o Brasil não era um País sério para se fazer negócio, " 2º um Presidente em outro continente". Naquele milênio, sobrevivemos de vesper em vesper. Destravar para brasileiros ideológicos é negativo! Aos críticos, desejo que voces acordem algum dia destravados, evoluídos e sintonizados no século XXI.

  3. Não dou um ano para os militares perceberem que Bolsonaro não está correspondendo aos anseios do Povo Brasileiro e queimando a suas reputações. Perceberão então que Moro tem muito mais capacidade, inteligência.

  4. Estratégia perfeita. O EUA tem que freiar essa estratégia perniciosa chinesa mesmo. E O caminho é o Brasil. Estamos numa posição bastante confortável. Tanto EUA quanto China precisam de nós. As pessoas não veem que se alguém não parar a China, seremos dominados por esse Gigante Asiático.

  5. Somos uma merda de país, com um povo de merda, a sustentar vagabundos de toda espécie. Todo político e bandido, até provar o contrário. Organizações criminosas, estão em todos os cantos do poder, Municipais, estaduais, e na cúpula do poder. Brasília é um país à parte da merda chamada Brasil. Trilhões d impostos nos são surrupiados, e trilhões são ganhos de forma pouco ou nenhuma correta. Os bandidos lá de cima, estão cagando e andando pra nós, que trabalhamos e pagamos impostos.

    1. É bem por aí, só pensam em arrecadar, e muito, não há quem aguente mais sustentar esse dragão insaciável, que não nos dá nada em troca, mudam as moscas...

    2. A cada dia, acredito mais que colocamos um bode para cuidar da horta - o bodão e os bodinhos, diga-se de passagem. E tem um “lindo carneirinho” governador de São Paulo, doidinho também para cuidar da horta. Enquanto a matilha de lobos descansam no bosque, depois da fartíssima refeição, se refazendo para o próximo ataque. Estamos F. só fuzil resolverá esse Brasil, quer sejam os “botões dourados” ou os “sandálias havaianas”, o tecido irá se esgarçar, e quando esgarçar, nada irá segurar.

  6. seria ótimo negócio. Afinal a operadora oi e oi TV funcionam muito bem nas cidades e nas rodovias brasileira. Tomara que dê certo

  7. Na matéria, a revista reconhece que há setores que são estratégicos para um país, e a telecomunicação é um deles. O setor de energia é igualmente estratégico e sofre ações de forte interesse mundial. Portanto, é um risco para o país deixar esse imbecil deslumbrado, capacho de Trump, ser nosso embaixador.

  8. Eduardo esqueceu que é deputado e o pai que é presidente. Vivem por conta de agir no paralelo pra obter vantagens, não importa com quem se unam. Não esperava grande coisa disso aí, além de nos salvar do PT, daí não posso dizer que estou arrependido. Mas a decepcão cresce a cada dia e agora seu poder destrutivo chegou no Moro. Não vai cair avião pro Mourao assumir?

    1. Moro só não foi jogado aos leões por Bolsonaro porque o capitão sabe q em 2022 não teria nem uma chance contra Moro. Acorda Bolsonaro, te afasta da banda podre do STF !!.

    2. Não fala em queda de avião, pq se algum cair o mais provável é do moro estar dentro. Ele já está com um x no peito, como inimigo de todos q querem ser presidente em 2022. Pois se ele se candidatar a Vitória deve ser no 1 turno, Bolsonaro tem uma carta na manga p eliminar ele, é só indicar p o STF

    3. vão ficar ricos iguais o Lulinha que trabalhava no zoológico.kkkk

  9. Ué? Se o que está emperrando o negocio é a lei brasileira, porque o deputado federal 03, que representa um governo liberal e, portanto, inimigo do intervencionismo do Estado na economia, não apresenta um projeto de lei afim, ao invés de "colocar a carroça na frente dos bois" ao tentar "convencer" os conselheiros da ANATEL? Será que é porque ele se senti muito mais um "embaixador" (ou lobista) do um representante do legislativo federal? Ao trabalho deputado, vc foi eleito e é pago para isso.

  10. Seria maravilhoso se a AT&T comprasse a OI e enfraquecer a porcaria do lobby da Claro junto a Alcolumbre e cia. E melhorar talvez esses serviços horrorosos

  11. Nós temos todas oportunidades em apenas um golpe trazer mais competitividade e qualidade para os negócios de entretenimentos e comunicação, não esquecendo que a 5 geração da internet já chegou e o Brasil, como sempre, deixa tudo passar. Sim é o que devemos dizer para esse empreendimento.

    1. Voce falou Cadê e eu me lembrei do CADE que entrou na mira do Bolsonaro. Caberá a este aprovar ou nao a venda da Oi. Precisa explicar mais?

    2. Ele querem se dar bem fazendo esse lobe. Imagina a comissão que eles vão botar numa conta em paraíso fiscal.

  12. Quem confia em chinês para o mercado de telecomunicações. Não leu uma linha sobre o que significa o regime comunista chinês. Se queremos manter essa democracia, ainda que imperfeita, temos que nos afastar desses comunista de maneira gradual. O que eles querem é colocar um governo ditatorial aqui, que seja fantoche deles, e detalhe se esse governo entrar não sai "Nunca" mais.

    1. Gabriel foi direto ao ponto.As politicas d desenvolvimento americanas promoveram,reconstrucao da Europa e Japao pos guerra, o desenvolvimento da Korea do Sul,o espetacular e rapido desenvolvimento da China pos Mao.O Brasil, sequestrado pelo lixo cultural europeu, construiu castas de intocaveis corruptos, que, com argumentos toscos barram mudancas essenciais.Vivemos como em obsoletos reinados.As castas devem ser removidas da nossa cultura.Quanto a China, veja o que esta acontecendo em HongKong.

    2. Eu também penso isso . Seria muito temeroso uma ditadura, com o poderio bélico da China , assumir o controle de grandes empresas de telecomunicação.

  13. concordo com o Adair, deixem o negócio acontecer desde q seja bom para nós. Precisamos melhorar de nível nos nivelando com o q está acima e não abaixo. O Brasil em breve estará deixando o atraso para trás .

  14. Trump não está sendo tão simpático e acolhedor apenas pelos "belos olhos" do clã Bolsonaro. Depois que conseguir o quer, pé na bunda!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO