Tudo em casa

16.08.19

Na última terça-feira, o auditório do Superior Tribunal de Justiça foi aberto para um evento destinado a discutir arbitragem, o cada vez mais lucrativo método em que as partes escolhem uma pessoa ou entidade privada para resolver litígios, sem participação do Judiciário. O painel, divulgado com a marca do STJ, foi malvisto por uma parcela dos integrantes da corte. O motivo: um dos quatro palestrantes era a advogada Ana Maria dos Reis, mulher do ministro Sebastião Reis. Os críticos viram no evento uma maneira indevida de usar a imagem do tribunal para promover a companheira de um de seus integrantes. Junto com material de divulgação da rodada de palestras, aliás, havia um convite para um jantar que o próprio Sebastião Reis ofereceria horas depois, em sua casa, em homenagem aos palestrantes.

DivulgaçãoDivulgaçãoA sede do STJ: palestra de mulher de ministro no auditório da corte foi malvista

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Essa falta de separação entre o publico e o privado que no Brasil é praxe, nunca vai acabar. O judiciário e os tribunais de conta são CASTAS. Quem vai acabar com os privilégios desse povo? O legislativo tendo a maioria com o rabo preso?

  2. Uma vergonha se darem a esse desfrute. Não existe república. São nobres que se protegem, fazem conchavos, fazem tráfico com seus parentes e fingem não ver o roubo alheio para que não vejam os seus. É uma vergonha!

  3. o país tem que tlrever seu sistema judiciário. Uma instância viciada e despreparada para entender a vida do país. Uma instância que já nasceu podre, desde o império.

  4. Ministros do Judiciário aqui são deuses! Falta apenas um século pra virarmos o jogo e nos transformarmos em uma sociedade de Primeiro Mundo. Quem sabe nossos bisnetos...

  5. E assim, nossos impostos vão indo para o ralo. Mordomias e mais mordomias!! Além da suspeição dessa nova modalidade de arbitragem.

    1. Exatamente o que o texto expõe: “... o cada vez mais lucrativo ...” (pra eles).

  6. STJ e STF mando de incompetentes deslumbrados que alcançaram o cargo por conchavos políticos. É urgente a necessidade de mudanças p assumir esses cargos. Seleção através de provas, como é para os juízes!!!!

  7. Privatização ou terceirização de julgamentos. Judiciário incompetente, principalmente da 3a e última instância, da nisso.

  8. O Ministério Público, guardião dos direitos da sociedade, não se interessou ao menos em investigar esse "pequeno ataque" à ética ?

    1. Investigar pra que, Costa? Quem é que vai julgar?

  9. Palhaçada e malandragem dos verdadeiros destruidores de nossas instituições publicas. Bando de pés de chinelo semi analfabetos que deveriam ser eliminados do serviço público para o bem do Brasil.

  10. Justiça no Brasil? Democracia no Brasil? Igualdade de cidadãos na justiça? A república Brasileira baseia-se no não sabe com quem está falando, o povo está completamente indefeso aos desejos e desmandos dos seus governantes.Votam em mentiroso criminosos e são traídos,

    1. E agora então que o cabo e o soldado não tem mais nem pão 🥖!!!! acabou o dinheiro pra pagar o almoço até dos cabos e soldados. Quem vai fechar o STF?

    2. É uma verdadeira corte, com pompa e circunstância, regiamente patrocinada pelos súditos com seus diuturnos tributos.

Mais notícias
Assine
TOPO