"Nesses primeiros dois meses, meu computador foi invadido quatro vezes. Minha sala foi grampeada"

O ministro brigão

Abraham Weintraub diz que o MEC é até hoje um centro ideológico da oposição. Ele afirma que foi grampeado dentro do gabinete e que ganhou uma cusparada na cara em seu primeiro dia de trabalho
16.08.19
Mais notícias
Assine
TOPO

AJUDA