Meirelles S/A

26.10.18

No meio da campanha, Henrique Meirelles conseguiu tempo para reestruturar seus negócios particulares. A HM&A, empresa que o ex-ministro da Fazenda criou para administrar o seu patrimônio, foi convertida em uma sociedade anônima. Os papéis foram assinados em agosto, bem no meio da corrida presidencial, e registrados na Junta Comercial de São Paulo em 10 de outubro, três dias após o candidato do MDB ser derrotado no primeiro turno. Além de se submeter a obrigações que antes não tinha, como a publicação de balanços anuais, a firma passará por mudanças em sua gestão. Henrique Meirelles registrou, por exemplo, que pretende pagar quase 1 milhão de reais por ano aos diretores da nova empresa, a HM&A Administração de Bens Próprios S/A.

Adriano Machado/CrusoéAdriano Machado/CrusoéMeirelles: patrimônio administrado por uma sociedade anônima
 

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Só em Repúblicas de Bananas um Homem como esse que por 2 vezes já nosso super ministro em épocas difícilimas não recebe o reconhecimento do Povo. Já o Sem Carteira de Trabalho e Terroristasl Guilherme Boulos consegué ser votado

    1. Concordo, Flavio. Ele teve desempenho perfeito quando o elemento político não interferiu. Quem sabe não seja aproveitado pelo capitão..vamos ver.

  2. Gostaria de comprar ações desta Empresa!!! Fui funcionário do BankBoston por mais de 10 anos, muitos dos quais sob a gestão do Sr Henrique Meirelles. Tive o prazer de ver o crescimento vertiginoso do Banco e da carreira deste competentíssimo profissional, aqui no Brasil e depois nos Estados Unidos. E na carreira pública, como presidente do Bacen e depois ministro da Fazenda. Fosse o país mais educado funcionalmente, certamente ele poderia estar no 2o turno. Boa sorte!

    1. Gostei do nome Provavelmente M&A (Merger & Acquisition). Futuro brilhante!

  3. Melhor faria o Meirelles se criasse uma fundação para oferecer bolsas de estudos a talentos brasileiros nas diversas áreas do saber. Não sei se ele tem muitos herdeiros, mas fato é que a fortuna que ele tem atenderia sobejamente seus herdeiros (caso os tenha) e também serviria a um fim mais nobre. Se ele "chamar o Meirelles" tenho certeza que ele estruturaria um modelo de negócio que garantiria renda perene para os seus herdeiros e para propiciar milhares de bolsas ao longo de muitas décadas.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO