Uma injustiça a menos

12.02.21

A sindicância aberta para investigar a conduta de três procuradores que esmiuçaram as evidências colhidas pela Lava Jato sobre a relação de Dias Toffoli com a Odebrecht e a OAS chegou ao fim, e o resultado não foi dos melhores para as excelências – inclusive da própria Procuradoria-Geral da República – que gostariam de vê-los punidos. A comissão destacada para apurar se o trio vazou informações sobre o caso concluiu que o procedimento tem de ser arquivado. Ao longo da apuração, até jornalistas foram chamados a prestar depoimento, como informou Crusoé. Os três procuradores integravam a equipe da Lava Jato na PGR quando decidiram sistematizar as informações sobre os laços de Toffoli com as empreiteiras. Feito o trabalho, eles sugeriram que uma investigação fosse aberta a partir das evidências. Como o gabinete de Augusto Aras não se mexeu, acabaram pedindo para sair. Logo depois, viraram alvo da sindicância.

Valter Campanato/Agência BrasilValter Campanato/Agência BrasilA apuração sobre os procuradores não viu culpa nem razões para punição

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Como é possível que as excrescência do supremo olimpo não possam ser investigados, mesmo com fartas evidências de suas faltas? Ahhh! Estamos no Brasil.

  2. gente estes procuradores precisam ser mais cuidadosos... tem que ser mais espertos que as cobras de Brasília...nossa justiça precisa se sofisticar ainda mais para conseguir prender estes caras. No dia em que estes caras do STF pagarem pelos crimes dele aí sim teremos o orgasmo coletivo nacional. Tomara que os (as) procuradores (as) consigam achar o que procuram e enquadrem os STFanus; aí sim veremos um carnaval revolução, que vai levar o povo ao gozo delirante da justiça sendo feita de verdade

  3. O maior inimigo do povo brasileiro é a Brasília corrupta. Sergio Moro se tornou o maior inimigo da Brasília corrupta. O povo decente necessita urgentemente defensores honestos e competentes como Sergio Moro, Deltan Dallagnol e afins!

  4. Será que o próximo passo da bandalheira corrupta de Brasília, após aniquilar Moro e Deltan e acabar também com a procuradoria? será??

  5. ARAS, TOFFOLI, GILMAR MENDES e BOLSONARO só tem como PRIORIDADE MANTER a CORRUPÇÃO e a IMPUNIDADE! São DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

  6. Um procurador deve investigar. Mas não pode investigar poderoso, a menos que esteja disposto a enfrentar uma série de riscos, ameaças, perseguições. Acho que temos uma República de mentirinha.

    1. Eu diria democracia de mentirinha. Ha monarquias mais democráticas (como o Reino Unido) e há repúblicas menos democráticas (República Democrática do Congo). Estamos no Ancien Régime em pleno século XXI.

  7. Se o PGR não se interessou pela investigação, cabe agora verificar se cometeu crime ao ignorar as conclusões dos procuradores. Também seria muito didático se o relatório vazasse para o distinto público pagador de impostos!!

    1. Que coisa boa ler nos comentários comentários como o teu, Rubem. Se aprende. Abraço

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO