Adriano Machado/Crusoé

Impeachment na agenda

A condução desastrosa do combate à pandemia por Jair Bolsonaro leva lideranças do Congresso, ex-presidentes da República e até ministros do Supremo Tribunal Federal a discutir seriamente, nos bastidores, a necessidade de um processo de impeachment
22.01.21

Processos de impeachment no Brasil costumam seguir uma cartilha conhecida. Em geral, quando combinados fatores como crise econômica, escândalos de corrupção, perda da governabilidade e mobilização popular, o afastamento do presidente de turno torna-se inapelável. Reunidos esses pressupostos, tem-se uma tempestade perfeita, avassaladora o suficiente para derrubar do cargo o mandatário do país. No caso atual, a tormenta pode ainda não ter sido completamente formada, mas a cumulonimbus – como são conhecidas as nuvens verticais e, portanto, mais perigosas – se aproxima aos poucos do Palácio do Planalto. Considerado impensável há alguns meses, o afastamento do presidente Jair Bolsonaro começou a entrar no radar de Brasília. Para além do que pode ser observado a olho nu, como as pressões exercidas pelas redes sociais e por esparsas manifestações de rua, já há nos bastidores conversas, cálculos de cenários e até ensaios sobre possíveis soluções e caminhos a serem seguidos caso o plano dê certo e Bolsonaro seja destituído do cargo. Participam das discussões lideranças do Congresso, ex-presidentes da República e até ministros do Supremo Tribunal Federal.

Antes completamente inerte, por considerar que não havia clima político para nem sequer iniciar um debate sobre o impeachment, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, adotou uma postura diferente nos últimos dias. Conversou sobre o assunto com políticos de diversas colorações partidárias e até magistrados. Entre seus interlocutores principais estiveram o ministro Gilmar Mendes, do STF, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o governador de São Paulo, João Doria, e o candidato do MDB à Presidência da Câmara, Baleia Rossi. Aconselhado, Maia passou até a medir o pulso do Senado, na hipótese de um processo de impedimento de Bolsonaro desaguar lá. De Simone Tebet, candidata do MDB ao comando da casa, ouviu que ela jamais se oporia a dar andamento ao processo de impeachment, depois de aprovado na Câmara. “Imagina: o processo é aprovado na Câmara e o Senado presidido por Simone Tebet barra? Não existe essa hipótese”, garante, sob reserva, um interlocutor da senadora.
O tema do impeachment também esteve no cardápio de uma reunião no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, na sexta-feira 15, entre Maia e Doria, que contou ainda com a presença do candidato do MDB à presidência da Câmara, Baleia Rossi. Foi na saída desse encontro que Maia, pela primeira vez publicamente, admitiu a possibilidade da abertura de um processo contra o presidente. “O impeachment de Bolsonaro é um tema que será debatido de forma inevitável pelo Congresso no futuro”, vaticinou.

A emergência sanitária e a negligência do governo no combate à disseminação do coronavírus, seja pela teimosia atávica ou pela inépcia presidencial, tem sido o elemento catalisador das conversas nos últimos dias entre lideranças políticas e integrantes da cúpula do Judiciário em torno de um possível afastamento de Bolsonaro. Gilmar Mendes, apesar de ter se aproximado de Bolsonaro nos últimos meses, demonstra preocupação com o agravamento da crise. Em recentes manifestações públicas, ele disse que “os atrasos e recalcitrâncias na importação das vacinas já passam do tolerável”. Para o ministro, a “situação estarrecedora em Manaus escancara as falhas no combate à Covid-19”. Embora não seja um defensor ferrenho do instituto do impeachment, ele não seria obstáculo se a questão for parar no Supremo.

Gilmar Mendes não é voz isolada no STF. Marco Aurélio Mello adota uma linha semelhante. “Impeachment não é algo saudável em uma República, é a exceção”, disse o ministro a Crusoé. Questionado se Bolsonaro incorreu em crime de responsabilidade durante a condução da pandemia, ele disse que é “preciso aguardar” para saber se houve “má fé”. “Um erro sem má fé é perdoável. Agora, resta saber se houve ou não má fé. Temos que aguardar um pouco. Mas não foi bom para o Brasil, tanto que estamos com mais de 200 mil mortes.” O presidente do tribunal, Luiz Fux, e o ministro Luís Roberto Barroso também enxergam o atual cenário com preocupação. A exemplo de Marco Aurélio, Barroso entende que existem indícios de crimes de responsabilidade, mas ainda acha que a saída mais adequada para a crise são as eleições de 2022. De qualquer forma, também não se oporia ao impeachment. Nem Fux, que como presidente do STF teria de conduzir o derradeiro processo no Senado, como fez o ministro Ricardo Lewandowski em 2016. Fux, porém, considera que as condições ainda não estão dadas – por ora, o governo tem margem para inviabilizar o afastamento do presidente a partir de uma eventual retomada da economia em 2021. Em que pese a avaliação pessoal de cada magistrado, fato é que o impeachment já integra a pauta de conversas do STF, mesmo durante o recesso da corte. Até meados do ano passado, essa situação era considerada implausível.

Marcelo Camargo/Agência BrasilMarcelo Camargo/Agência BrasilMaia e Baleia: jogo combinado, ainda que uma parte dele ainda esteja em segredo
Do mesmo modo, soaria estranho um diálogo entre Rodrigo Maia e FHC sobre a deposição de Bolsonaro nas circunstâncias que se apresentavam há menos de três meses. Impulsionado pelo recrudescimento da crise sanitária, o quadro mudou. O tucano diz preferir a renúncia a partir de um “gesto de grandeza” que dificilmente virá, por considerar o afastamento um processo longo e custoso para o país, mas acredita que a situação política de Bolsonaro começa a ficar insustentável com o avanço do coronavírus no país. As impressões foram compartilhadas em telefonemas com o também ex-presidente José Sarney, que classifica o governo Bolsonaro como “desastroso” e um dos “piores da história”. Entre os ex-mandatários, Lula e Dilma Rousseff estão, por ora, excluídos das tratativas. O petista, condenado, sempre foi favorável à tese de “deixar Bolsonaro sangrar” até 2022 e só vai entrar de cabeça numa eventual campanha pelo impeachment se essa opção se apresentar como inevitável. “Lula perdeu o ímpeto político. Só quer saber de namorar, atacar Moro (o ex-juiz Sergio Moro) e reverter os processos contra ele no STF”, diz uma fonte do PT.

Na esquerda, no entanto, o impeachment foi defendido nos últimos dias por nomes como Ciro Gomes, do PDT, e Guilherme Boulos, do PSOL. Embora não estejam no parlamento, onde a peleja do afastamento presidencial pode ser decidida, eles seriam atores importantes na hora de cabalar votos contra Bolsonaro – são necessários 342, dois terços dos deputados, para aprovar a abertura de processo na Câmara. “Temos que usar todos os instrumentos que o parlamento e a legislação permitem para conter esse governo genocida. Para isso, estamos conversando com todos os setores, até com a direita”, diz o líder do PT na Câmara, deputado Ênio Verri.

Apesar de as recentes movimentações de Rodrigo Maia sugerirem o contrário, o presidente da Câmara até esta semana ainda não pretendia dar andamento a um dos 61 pedidos de impeachment contra Bolsonaro que repousam na Câmara. A ideia inicial é, a partir das recentes conversas, aplainar o terreno para o próximo presidente da casa – o seu candidato, Baleia Rossi, tem preferido não mencionar o assunto durante a campanha à presidência da casa por estratégia, temendo perder votos. Mas a abertura do processo em um futuro próximo não é uma opção fora da mesa. Embora não pretenda acionar a bomba relógio capaz de apear Bolsonaro do cargo, Maia a deixará pronta para ser detonada. Se seus planos de emplacar o sucessor na Câmara forem frustrados, caberá a Arthur Lira, do Progressistas, candidato do Palácio do Planalto, tocar adiante um eventual processo contra o presidente. Maia entende que Lira dificilmente teria o papel de algoz, mas poderia vir a estar para Bolsonaro, assim como Eduardo Cunha esteve para Dilma. Ele acredita que, se a situação política se agravar, o DNA do Centrão falará mais alto — ou seja, Lira não hesitará em abandonar um barco próximo do naufrágio.

Na avaliação dos que debateram o impeachment nos últimos dias, ainda faltaria a “solução” em torno da qual seriam discutidas as bases para uma transição até 2022, como ocorreu no impedimento de Fernando Collor, com Itamar Franco, e no de Dilma, com Michel Temer. O vice-presidente Hamilton Mourão ainda não se apresentou claramente para o jogo. Mourão concorda com a máxima de Tancredo Neves de que Presidência é destino. Não quer ficar na história por ter tramado um complô, acusação imputada a Temer durante o impeachment de Dilma. Nem quer ser alvo de insinuações de que um eventual afastamento do presidente tenha sido uma iniciativa tecida com os fios da vingança, por ele ter sido preterido nos últimos anos por Bolsonaro – o principal sinal de desprestígio foi o vice ter sido recebido pelo presidente apenas seis vezes em 2020. Ao mesmo tempo, porém, Mourão não quer deixar transparecer que não está pronto para assumir o país, caso necessário.

Mateus Bonomi/CrusoéMateus Bonomi/CrusoéMarco Aurélio: ministros do STF discutem, nos bastidores, o futuro do governo
Para transmitir a impressão de que pode eventualmente vestir a camisa de titular, no ano passado Mourão recheou sua agenda de encontros e videoconferências com eminências do PIB nacional, e proferiu palestras em fóruns empresariais. O comportamento ambivalente do general pode ser ilustrado por uma conversa mantida por ele com diretores e presidentes de bancos em 22 de julho de 2020, no gabinete da vice-presidência da República. Questionado, em tom de brincadeira, se poderia ser chamado de “presidente”, Mourão, face corada, disse se tratar de uma resposta difícil. “Se eu disser que sim, vão dizer que quero derrubar o cara lá do cargo. Mas se eu disser que não, vão achar que não estou preparado para assumir. Então, prefiro não responder.” Estavam presentes ao encontro representantes do Santander, do Bradesco e do Itaú.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico nesta semana, Mourão voltou a jogar simultaneamente no ataque e na retranca. Perguntado sobre o impeachment, argumentou que o governo teve mais acertos do que erros. “Vamos olhar, por que vamos fazer o impeachment? Vai chegar daqui ao ano que vem. E, se o governo dele não for bom, ele não será reeleito.” Em seguida, no entanto, ponderou: “Agora, é óbvio que se o presidente colocar em risco a integridade do território, a integridade do patrimônio, o sistema democrático e a paz social, ele tem que ser parado pelo sistema de freios existente”.

Uma das entusiastas de uma eventual ascensão de Mourão à cadeira de presidente é sua mulher, Paula. Advogada, progressista, defensora da descriminalização do aborto e de temas caros à esquerda, como a liberalização da maconha, a segunda-dama, de acordo com pessoas próximas, demonstra desconforto também com o tratamento dispensado por Bolsonaro a Mourão desde o início do governo. No ano passado, Paula curtiu comentários postados em sua conta no Instagram que pediam “Mourão presidente”. O comportamento provocou a ira de militantes bolsonaristas. Em casa, é Paula quem desperta os instintos presidenciais do vice.

A despeito do voluntarismo da própria mulher, o vice-presidente ainda não é consenso nas rodas de políticos e empresários, como um dia já foram Itamar e Temer. Na falta de acordo em torno da “solução Mourão”, a outra hipótese, se Bolsonaro se inviabilizar politicamente, seria a cassação da chapa pelo TSE – neste caso, como já passaram dois anos de mandato, teriam de ser convocadas eleições indiretas conduzidas pelo novo presidente do Congresso. Mas a “saída TSE” também está longe de ser ponto pacífico. O ministro do STF Alexandre de Moraes já disse a seus pares que as apreensões feitas pelo inquérito destinado a apurar as supostas ameaças a integrantes da corte, relatado por ele, guardam importantes informações sobre suposto esquema de disparo em massa de notícias falsas na campanha de 2018, bancado por empresários. Moraes acha que, sem o compartilhamento de provas do STF com as ações que tramitam no TSE contra a chapa Bolsonaro-Mourão, não haveria elementos para condenar o presidente. De todo modo, admite que o TSE pode dar uma saída jurídica caso não exista resposta política por meio de um processo de impeachment.

Uma terceira e última possibilidade para o afastamento de Bolsonaro seria a partir de uma denúncia do procurador-geral da República, Augusto Aras. Esse cenário também passou a ser sopesado por ministros do Supremo durante a semana. “Para o crime de responsabilidade você tem o julgamento político jurídico do Congresso, mas há outra forma de um presidente ser responsabilizado e evidentemente essa outra forma depende da iniciativa do procurador-geral da República. Se houver a iniciativa, nós vamos enfrentar a matéria, ouvindo a Câmara”, afirmou o ministro Marco Aurélio a Crusoé. O rito está previsto na Constituição. Se achar que há indícios fortes de crime cometidos pelo presidente durante o exercício do mandato, o PGR apresenta uma denúncia ao Supremo. Para que o STF possa deliberar ou não sobre a aceitação da denúncia, a Câmara precisa autorizar, com anuência de pelo menos dois terços dos deputados. Se a Câmara der o aval e o Supremo decidir pelo prosseguimento da denúncia, o presidente é afastado por até 180 dias, tempo limite para que o caso seja julgado pelo próprio Supremo. Se for considerado culpado, o chefe do Planalto perde o mandato e responde pelos crimes como um cidadão comum.

Renato Araújo/Agência BrasilRenato Araújo/Agência BrasilAs conversas passam também por ex-presidentes, como Sarney e FHC
O problema, nesse caso, é que Augusto Aras, em vez das atribuições que lhe competem como procurador-geral, tem preferido arrogar-se o papel de advogado de defesa de Bolsonaro. Em nota pública distribuída nesta semana, contra a qual reagiram o STF, o Congresso e o integrantes do próprio Ministério Público, além de lavar as mãos de investigar os supostos crimes do presidente da República, ao dizer que “eventuais ilícitos que importem em responsabilidade de agentes políticos da cúpula dos Poderes da República são da competência do Legislativo”, ainda fez uma ameaça velada. Após mencionar o estado de calamidade pública decretado pelo Congresso em 2020 em razão da pandemia, disse que “o estado de calamidade pública é a antessala do estado de defesa”. O estado de defesa, segundo a Constituição, pode ser decretado pelo presidente da República quando há necessidade de restabelecer a “ordem pública e a paz social” se estas são ameaçadas “por grave e iminente instabilidade institucional ou atingidas por calamidades de grandes proporções na natureza“. Acontece que o estado brasileiro não sofre hoje nenhuma forma de ataque que justifique a invocação do estado de defesa, iniciativa que limita direitos individuais, como a restrição de direitos de reunião, de sigilo de correspondência e de comunicação. Ao fazer tais insinuações, Aras parece agir como porta-voz do presidente. Porta-voz de uma ameaça, diga-se.

Não é o suficiente para tranquilizar Bolsonaro – ele mesmo já teme ser afastado. Nos últimos 15 dias, falou sem ninguém perguntar que vão ter que aturá-lo “até o fim de 2022” e que “se Deus quiser” ele vai continuar no mandato. As declarações são sintomáticas. Ocorre que o próprio mandatário do país toma decisões que o aproximam cada vez mais do cadafalso.

O comportamento de Bolsonaro durante a pandemia não só contribuiu para deixá-lo em frágil situação política como, principalmente, para colocar em risco a vida dos brasileiros. Começou desdenhando efeitos da Covid, tachando-a de “gripezinha”. Previu que menos de 800 pessoas morreriam no Brasil em decorrência da doença – hoje, já são mais de 210 mil óbitos. De costas viradas para a ciência, desestimulou o isolamento social e o uso de máscaras, ajudou a plantar sementes da dúvida nos brasileiros ao discutir a não obrigatoriedade da vacina e fez de tudo para sabotar a compra dos imunizantes e a aprovação da Coronavac, a única vacina disponível para os brasileiros hoje. Disse, inclusive, que o imunizante poderia transformar as pessoas em “jacaré”. Tudo isso enquanto atuava como garoto propaganda de medicamentos sem eficácia comprovada cientificamente. Dois ministros da Saúde foram saídos no curso da pandemia. E o atual, um general supostamente especializado em logística, esbanja debilidades. Um deles, Luiz Mandetta, deixou o posto depois de cair em desgraça com o presidente porque estava se destacando demais e alçando voos próprios – algo que incomoda Bolsonaro enormemente. Os erros do governo custaram vidas. “Até quando a nação aguenta uma pessoa com esse grau de perversidade? O presidente, é um louco, um perverso, um caso de interdição. Mas aqui no Brasil não temos algo como a 25º emenda da Constituição americana”, lamenta o jurista Miguel Reale Júnior, um dos autores do pedido de impeachment de Dilma, em referência ao dispositivo que permite a transferência de poder em caso de incapacidade física ou mental do presidente dos EUA.

Na primeira semana de vacinação, os erros ficaram mais evidentes.O pior deles foi atraso no envio de insumos para produção da Coronavac e da vacina de Oxford/AstraZeneca, que pode comprometer o plano nacional de imunização. Os canais diplomáticos poderiam ter atuado para facilitar a remessa da matéria-prima pelos chineses. Só que o presidente, seu filho 03, Eduardo Bolsonaro, e o chanceler trapalhão, Ernesto Araújo, se ocuparam, em várias ocasiões, a lançar petardos gratuitos à China. Bolsonaro chegou a dizer que não compraria a vacina chinesa “porque ela não transmite segurança para a população pela sua origem”. Enquanto a Argentina exporta insumos para o México fabricar a vacina de Oxford/AstraZeneca, o Brasil agora depende da boa vontade do país que tanto criticou. Para piorar, a remessa de 2 milhões de doses da vacina produzida pela Índia atrasou — e foi por causa da postura arrogante de Ernesto Araújo durante as tratativas com os indianos.

Em meio ao cenário tenebroso, o presidente da República ainda achou tempo para ameaçar o país com uma intervenção militar. Anunciou que viver sob uma democracia ou uma ditadura é decisão das Forças Armadas. A sucessão de erros faz Bolsonaro derreter nas redes sociais e os panelaços ecoarem como nunca, desde o início da crise, pelas janelas dos lares brasileiros. Nunca se falou tanto sobre impeachment no Facebook e no Instagram. O recorde foi quebrado na sexta-feira, 15, com 2,1 milhões de interações, de acordo com uma pesquisa da consultoria Bites. Para além do desastre na condução da pandemia, o rol de supostos crimes de responsabilidade de Bolsonaro é extenso. Seriam mais de 20, nas contas de juristas ouvidos por Crusoé. Desde a interferência na PF, passando por incitações à intervenção militar e o uso do aparato do estado, mais precisamente da Agência Nacional de Inteligência, a Abin, para proteger seu filho primogênito das barras da Justiça. Movimentos como o Vem Pra Rua e o MBL, que encabeçaram as manifestações pela saída de Dilma, agora exercem forte pressão pelo impeachment de Bolsonaro. Para domingo, 24, estão marcadas carreatas de protesto. E todos sabem: no Brasil, a única coisa que mete medo em político é o povo nas ruas. O jacaré a ser tirado da sala é ele.

Com reportagem de André Spigariol
Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Este é o presidente, louco, despreparado, desequilibrado, mente muito e até acredita nas próprias mentiras .E votei nesta peste e como me arrependi.

  2. Vai tomar vergonha, uma reportagem tendenciosa, vc colocou tua opinião sem embasamento algum, apenas palpites. O Brasil está cheio de corvo que vão perder suas mamatas. pode demorar, mas vão perder.

  3. “Cria cuervos y te sacarán los ojos” (crie corvos e eles te arrancarão os olhos) Que seja esse o futuro do desgovernado Capetão com os corvos do Centrão.

  4. Voltei em Jair Bolsonaro na eleição de 2018, hoje me encontro arrependido, consequentemente favorável, que se der início ao processo de impeachmant do atual presidente.

    1. Procure A verdade, não a especulação e verá que o homem está fazendo o que precisa ser feito.

  5. Bastou o tema impeachment aparecer de forma mais consistente no noticiário que o genocida mudou o semblante, assumiu uma postura mais moderada (não sei por quanto tempo) perante o público, e até fez ressurgir o ministro da economia... Deve se segurar assim até sair o resultado das eleições na câmara e no senado. Não passa de um dissimulado e mentiroso!

    1. Mais um vermelho que vai perder a mamata pra chamar o homem de genocida. o PT é suas coligações mataram milhões de brasileiros, são o quê?

    1. Antes fosse!! Estamos no Titanic. Com o Capetão fazendo água!!

  6. Vamos imaginar o inimaginável: alguém que consiga não ver motivos para tachar o presidente de louco. Como manter-se assim após ouvir essa preciosidade: " democracia ou ditadura é uma decisão das forças armadas " Em que mundo esse capitão presidente vive?

  7. Profundamente decepcionado com a parcialidade da linha de desinformação, que não presta nenhuma utilidade a Nação e a Democracia. Lamentável, menos um assinante..

    1. VAI NADA. VOCÊ VAI CONTINUAR AQUI ENCHENDO O SACO. BOZOMERDAS NÃO PASSAM SEM O ANTAGONISTA

  8. Comigo tb , decepção total, vcs são esquerdas travestidos de jornalistas. Não vou renovar a assinatura em hipótese alguma. Imprensa marrom .

    1. ANTES FOSSE. PETRALHAS E BOZOMERDAS ODEIAM O ANTAGONISTA MAS NÃO VIVEM SEM ELE. GENTALHA DE MERDA

  9. Assinei essa revista, decepção total. É uma mistura de desespero com apelo, verdadeiro abraço de afogado, saia de perto para não ir junto. Sou 100% Bolsonaro.

    1. Luiz toma um coquetel DE VODCKA com kit Covid, compra um revistinha do Cebolinha e vaza meu. Esperava encontrar o que aqui?Aqui não se bate palmas pARA o GENOCIDA, O MONSTRO DO LAGO PARANOÁ QUE É O SERIAL KILLER DO ALVORADA, MILICIANO, OBTUSO, ENRUSTIDO, MENTIROSO.O ELEMENTO PARA MENTIR ESSE BOLSONAZIFASCISTA. ELE DE PUXA

  10. Tá difícil esse Brasil , agora Rodrigo botafogo, Gilmar Mendes, ex presidentes , só gente de primeira , esse pessoal só tem destruído e rasgado a constituição , esse pessoal falar em impeachment , quando eles estão no começo da fila , fica difícil , não que nosso presidente não tenha errado bastante , mas falar em raposas para colocar ordem em galinheiro é mais difícil.

  11. É MAIS FÁCIL, nosso PRESIDENTE fechar o CONGRESSO NACIONA, O STF, A IMPRENSA MALDITA, que esse IMPEACHMENT prosperar. QUANTO QUEREM APOSTAR??? - A MAIORIA DOS QUE TENTAM DERRUBA-LO São ESQUERDEOPATAS DE MERDA, comunistas disfarçados de DEMOCRACIA, encabeçados pela REDE LIXO DE TELEVISÃO GLOBO. Há como quero ver o Bonner e a Renata CHORAREM NOS PÉS do Bolsonaro em 2022 quando ele não RENOVAR A CONCESSÃO AQUELE LIXO de empresa. - A Abril já se foi kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    1. Bozistas genocidas e necrófilos zurrando aqui. Eles fazem uma sinfonia imperfeita. Coisa típica de Bozistas delinquentes!

    2. O PIOR DISSO TUDO É QUE ESTAMOS PAGANDO ESSA MERDA DE REVISTA.

    3. Sobre a Abril, os herdeiros possuem hoje a bagatela de 3 bilhões de dólares. O Grupo Globo em 2019 pagou 3.2 bilhões de reais de impostos e lucro de 1.2 bilhão de lucro.

  12. O rol das pessoas citadas na matéria, que discutem a possibilidade de impechment - muitos são políticos investigados, desesperados, todos desacreditados pela população e preocupados apenas com a perda de poder - não traz qualquer credibilidade a um eventual processo.

  13. Infelizmente vivemos momentos de dúvidas quanto quem governa e como governa, gostaríamos muito que nossos políticos fossem sensatos e governassem para o povo e pelo povo e esquecessem por 4 anos os holofotes das câmeras. Governar é olhar pelas pessoas e cuidar seja de qual gênero for, idade, formação, cor, credo ou raça, governar é acertar e até errar, mas reconhecer o erro, pois reconhecendo não se tem a perspectiva de errar de novo, sejamos honestos nossos políticos estão muito estranhos.

    1. Sim. Nossos políticos são seres disformes. Deformados pela ambição, do poder, do dinheiro, são monstros sem limites. A maioria. E parece que ninguém e nenhuma instituição reage. Parece que estão todos juntos e misturados. Que carma! Uma coisa é fato, quem se distinguir será visto pelo povo.

  14. O problema é nossa porca e podre estrutura político-institucional. Os políticos, corporações, judiciário, mídia, bancos, sindicatos, tomaram o país de assalto, transformando a população em hospedeira do parasitismo, que lutam para manter. O Bolsonaro é apenas uma pedra no sapato desta corja. Não será removido sem reação. As pessoas que trabalham na iniciativa privada estão cansadas de serem exploradas e ainda zombadas por esta bandidada. Aqui tudo que depende do estado, não mais funciona.

  15. O que mais me impressiona é a capacidade dos delinquentes Bozistas construírem narrativas defendendo o presidente genocida e necrófilo. Pensando bem eu deveria fixar surpreso, pois não se pode esperar muita coisa de seres que nasceram com deficiências cognitivas sérias que não os permite compreender a realidade. Embrearmos: Bozistas são seres bestiais desprovidos totalmente de decência, ética, inteligência e bom senso. Merecem, portanto, viver no esgoto para o resto das suas vidas doentias!

  16. Parabéns à Crusoé e ao Antagonista por terem resistido aos governos Dilma e Bolsonaro e mantido seu jornalismo investigativo e imparcial. Hoje é a única revista que assino com prazer pelo nível das discussões e pela coerência de defender princípios democráticos. Se agissem de outra forma, eu não estaria nesta ilha. Espero que continuem assim.

  17. Um homem sozinho lutando contra um sistema podre . Por mais que faça é massacrado 24 horas por dia. Não sou Bolsonarista, sou contra este sistema podre, arcaico. Os governadores e prefeitos meteram a mão na verba enviada para combater a pandemia e ninguém fala nada culpa o P O Luladrão, tirou dinheiro da saúde para construir estádios, hoje abandonados, ainda declarou que não se ganha copa com hospitais. O mal do PR é não ter entendido que aqui o roubo é livre, o crime compensa. A mídia é vendid

  18. Sonhar mais um sonho impossível Lutar, quando é facil ceder Vencer o inimigo invencível Negar quando a regra é "se vender"! Impedimento já! #ForaBolsonaro

  19. Que generosidade da CRUSOÉ promover esse "a coisa" a jacaré..... esse traste não passa é de uma ameba empalhada que muiiitíssimo infelizmente reproduziu mais 4 !!!!!

    1. Ah, sim.... esperamos inteirar 400.000 mortos que, claro, ""a coisa"" conseguirá.

    2. Os americanos já se desinfeccioram da ameba agente-laranja deles.... estamos esperando o quê, pra nos desinfeccionarmos da nossa ameba empalhada broncossáurica????

  20. Lembram-se daquela frase “nunca antes na história deste país “? Quem diria, 2 anos atrás que ela descreveria com perfeição os erros de Bolsonaro tanto na crise da pandemia como na demissão de Sérgio Moro. Nuca antes na história deste país um presidente demonstrou tanta incapacidade de liderar, governar e demonstrar humanidade com o pivô que governa.

  21. Inacreditável como esta reportagem é parcial. indigna de ser publicada em uma revista como a Crusoé, que vendia jornalismo imparcial. Mostra foto de ministro do STF e de ex presidente "discutindo" o afastamento do presidente. São fotos antigas e nada tem a ver com o assunto. O processo de impeachment está previsto na constituição e não sou contra e nem a favor. Só não gostei da parcialidade CLARA desta reportagem. Por isso não renovarei mais a assinatura. Quero fatos e não opinião.

    1. Se concorda que 95% são fatos, concorda que 5% são opinião. Quero 0% de opinião. Dê-me os fatos que formarei minha opinião.

    2. Interessante...95% são fatos. Ou não? Não consegui enxergar qualquer mentira no que está descrito. Até li outra vez pois eu poderia estar enganado. Há algo que possa ser contestado? É fácil dizer que a reportagem é tendenciosa sem mostrar onde. É como o próprio Bolsonaro ( ou Trump) que faz acusações sem provas. Não entendi, realmente, onde está a tendenciosidade da matéria....

    3. De fato, está revista vendiA imparcialidade, porém, se tornou mais do mesmo!!!

  22. O primeiro grande erro do presidente foi pensar apenas na reeleição, pois esta é consequência de um bom governo; O segundo foi incentivar o confronto com base em ideologia defasada e dispensável; O terceiro e o mais grave é a falta de diálogo com todas as parcelas do eleitorado, enfim, governar para todos e não só para os seus adeptos mais fervorosos, isso tira muitos votos e pode inviabilizar a reeleição. O segredo do sucesso dos 2 anos restantes de mandato está na mudança dos rumos do governo!

  23. Sarney dizer que este é o pior governo, parece piada. Um corrupto que saqueou o país durante 60 anos e deixou um hiperinflação de 3/4 % AO DIA? FHC está gagá, fez um 2o. governo porcaria. Lula só quer é se livrar da cadeia. Namorar? Kkkk. O cara gosta é de beber, encher a cara de cachaça. Temer é corrupto, mas fez um bom governo. Infelizmente todos os personagens citados não podem melhorar o Brasil, pois estão mais preocupados em fugir da justiça e para continuar o saque ao país

  24. O primeiro grande erro do presidente foi pensar só em reeleição, vez que esta é consequência de um bom governo; O segundo é a teimosia, o bate boca gratuito para polemizar na ideologia gratuita, defasada e desnecessária; Terceiro, ele só coloca a corda no pescoço se não mudar o discurso e as ações, tipo FHC “esqueçam tudo que escrevi e disse”. Ou seja, presidente, dê um cavalo de pau no seu governo enquanto ainda tem apoio na opinião pública!!

  25. Não acredito que ex dirigentes como FHC José Sarney,Lula ,Gilmar Mendes e outros sem nenhuma moral na história do nosso Brasil venham com essa historinha de afastamento do presidente Boldonaro . Não posso acreditar que esses elementos ainda tenham voz ativa sendo eles algozes do nosso Brasil é para acabar de vez com nossa inteligência Sem moral esses ex dirigentes deviam se calar

  26. O país assiste a um show de idiotices e não faz nada para mudar .. O que faz o Congresso e o STF ? Até onde vão deixar este débil mental seguir na Presidência?

  27. Nós, brasileiros, podemos rever nossos erros, como atenuante para está exaustiva jornada até 2022. O impeachment é processo doloroso, mas, curativo para o mal que assola o país. Quiçá, pela cassação da chapa...ficar inertes é que não!!!

  28. Os mesmos poderosos de sempre decidindo o destino do país. Ao povo, que está morrendo com a pobreza e com a Covid, resta aguentar o que esses poderosos nos oferecerão goela abaixo. Não me iludo. O Brasil ainda vai sofrer muito enquanto essa estirpe de políticos, juízes e empresários estiverem com os cordões nas mãos. Somos marionetes dessa gente sórdida. Só o voto distrital e não obrigatório poderá nos dar liberdade. Enquanto isso não acontece, tudo muda para ficar como sempre esteve.

  29. Em se tratando de pandemia, nada faz muito sentido. As medidas de isolamento social são uma piada que já perdeu a graça. E qualquer um que tente encontrar um padrão para a doença se perde em exceções. Sempre há um jovem saudável que morreu “em questão de dias”. E sempre há idosos frágeis que pegaram Covid-19 e nem febre tiveram.

    1. Parabéns pelas suas palavras, tão bem colocadas e fortemente esclarecedoras. Sempre pautei pelo bom senso, odeio os extremos, cegos de ódio, de compaixão, de reflexão e de luz. Você colocou um holofote no momento que estamos enfrentado.

    2. Tamanha desinformação faz com que nos sintamos à mercê do destino. Do caos. E, em última análise, do vírus. Uma estrutura que mal compreendemos e que até nossa imaginação mais fértil e esclarecida tem dificuldades para conceber. Em meio à tormenta sanitária, faz sentido que nos perguntemos se há alguém no leme. O passo seguinte é discutir se rumamos para o caminho certo: o da salvação.

    3. Mas você já navegou por mares nunca dantes navegados, como dizia o caolho? Simplesmente não há pontos de referência claros. Ainda mais quando a abóbada do raciocínio, embotada de ódio, está nublada. Não adianta. Enquanto não nos sentirmos novamente no controle da situação (uma sensação sempre falsa, como sabiam os estoicos), procuraremos culpados a torto e a direito.

    4. É por isso que eu digo que é bom viver a pandemia sob o governo de Jair Bolsonaro. E não sob Merkel. Ou sob o primeiro-ministro da Suíça, quem quer que seja. Ou sob Xi Jinping – mas aí são outros quinhentos. É bom ter alguém tão insuportavelmente comum e detestável para culpar por nossos infortúnios. A incompetência, repare bem, é sempre alheia. Ou, para usar a célebre frase final da peça “Entre Quatro Paredes”, de Sartre: o inferno são os outros.

    5. O inferno são os outros entre quatro paredes. Entre as fronteiras também. E ainda nas redes sociais. São sempre os outros os incompetentes e de caráter duvidoso, os que furam a fila da vacina e os que escondem oxigênio, os que têm interesses escusos ou são “filhos de uma ideologia necrófila”.

    6. Que bom, então, termos um governo desastrado e um governante tosco para culpar. Assim, não precisamos nem filtrar as informações que nos chegam a fim de compormos uma imagem a mais realista possível da tragédia. Não precisamos olhar para dentro e investigar a origem do nosso medo. Do nosso pânico. Não precisamos nem cogitar a alternativa insuportável de que talvez, só talvez, a sensação da pandemia tenha sido inflada por uma sensação anterior, e falsa, de segurança e abundância.

    7. Deve ser insuportável viver sob um governo competentíssimo, comandando por uma pessoa educada, que se manifesta por meio de aforismos cuidadosamente preparados por uma equipe de redatores; que tem sempre por perto o conselho de especialistas muito sábios (com o perdão pela redundância); que não usa “no tocante” nem “talquei”; que agora mesmo está elaborando um complexo, mas eficiente, plano de vacinação; que demonstra cuidado com as nossas vidas.

    8. E, no entanto, lugares assim, com líderes políticos que se enquadram mais ou menos nesse ideal, também estão sofrendo com a Covid-19. Uns, como a Alemanha da polidíssima Merkel, até mais do que o Brasil. Deve ser horrível ver as pessoas morrendo, a economia sendo destruída, a saúde mental da população indo para o esgoto – tudo sem nem poder pedir impeachment, sem xingar alguém de genocida, sem debochar da ignorância do tal “tratamento precoce”.

    9. Mas, se o caos é generalizado e a sensação de impotência (propulsora da raiva) não encontra fronteiras, fico aqui me perguntando como as pessoas que vivem em democracias sólidas comandadas por homens extraordinários estão lidando com a pandemia.

    10. Será que culpam a China ou algum gourmand de morcego? Será que culpam as mudanças climáticas? A OMS? Tem ainda os que vivem em ditaduras – também comandadas por homens extraordinários. Como essas pessoas lidam com a impossibilidade de derrubar o governo e ver a ordem política-econômica-sanitária reinstalada? Será que, neste exato momento, há um chinês lá no interior da província de Sichuan abafando o grito de “Fora Xi!” com o travesseiro?

    11. Não estou imune a isso. Também sinto raiva. E, às vezes, diante da tela do celular, me desespero e me deixo contaminar por esse desejo inconsciente de buscar culpados pelo que estamos vivendo. Ou deixando de viver. É tão fácil. E tão bom.

    12. Numa hora você se vê perdido ao tentar acompanhar as porcentagens de eficácia das diferentes vacinas e, na outra, depois de dois ou três socos na mesa e de certezas bradadas ao vento, é como se você alcançasse uma baía, com sua promessa de águas mais tranquilas e viagens mais serenas no futuro.

    13. É bom. E, ah, você não tem ideia do quão mais fácil seria me juntar à nau dos indignados e aqui ecoar o discurso segundo o qual Bolsonaro é um inequívoco vilão. Um genocida. Um assassino. Ou, para usar a novilíngua tão cara aos revoltados, alguém que “deliberadamente impôs uma política de extermínio por omissão”. Mas, por excesso de escrúpulos ou talvez estupidez, vou novamente correr o risco de ser visto como alguém que defende um governo. Pior, um governante.

    14. É bom viver a pandemia sob o governo Bolsonaro. Mas só para quem o tem como bode expiatório. Para mim, que continuo perdido e, não nego, um tanto quanto amedrontado, sem falar no cansaço e na solidão, é péssimo não ter para quem apontar o dedo e gritar “genocida”.

  30. Continuando, temos um vice presidente muito bem preparado para assumir o cargo, além de ser uma pessoa ponderada, inteligente e capacitada.

    1. Eu, atualmente, tenho dúvidas... Ñ queria te-las, mas o comportamento de certos militares me plantaram suspeitas sobre as FA.

  31. Gilmar Mendes e Doria, assim como Maia não tem moral para levantar esta pauta, mas o certo é que Bolsonaro mostra a cada momento total incompetência para estar a frente do comando deste País. Tem vários pontos positivos de sua gestão na escolha de alguns ministros, como o da infraestrutra que é simplesmente fantástico, da agricultura e da economia, peca pela virada de viés de suas promessas de campanha, afogando as operações da lava jato e total inanição com a lida no combate ao COVID.

    1. Eles deviam se calar porque não passam de vagabundos gananciosos

    2. Eu,também, pensava assim! A decepção se acentuou com a nomeação do conservador Aras o Augusto,!!!

  32. Eu faço parte dos 57 milhões do gado que tirou do poder os jumentos empacados na maior roubalheira da história do Brasil. Veja a diferença Bolsonaro não gosta de pobre DPVAT R$ 12,30; o pai dos pobres Ratazana Mor Lula ladrão DPVAT R$ 292,01. Esquerdopatas no poder nunca mais.

    1. Aguarde e verás! Se é a imprensa mesmo! O bicho é despreparado ao extremo. Sou conservador e ñ me cabe ficar garimpando virtudes em políticos, ainda mais nos detentores de Capivaras extensas.

    2. Sabe onde não morreu uma única pessoa sequer? Em marte, lá mesmo, zero vitimas da Covid. Falar em números absolutos só deixa clara a ignorância do interlocutor. Os números para serem comparados devem levar em conta a quantidade por mil, ou por milhão. Também não adianta comparar os números, mesmo que relativos, com nações que estão sob ditaduras, como é o caso da China, Cuba, Venezuela...

    3. Cara. O que está acontecendo no Brasil não é o suficiente? Isso não é mais uma questão de política, ele é inapto para o cargo... não tem empatia.. “a especialidade dele como capitão é de matar”... 210 mil pessoas é pouco?

  33. O mais correto é o impedimento desses membros do stf e governadores, agora que deu merda querem culpar o governo....são uns fdp mesmo

    1. Dizem q o pior cego é aquele que ñ quer ver. Sou obrigado a tomar como pura verdade

  34. SOMENTE O IDIOTAS ANTAS E SEUS SEGUIDORES COM ARREIO ACREDITA EM IMPEACHMENT. BOLSONARO É O ÚNICO POLÍTICO QUE VAI ÀS RUAS E É BEM RECEBIDO PELO POVO. CONSTATEM, SAIAM DE SUAS CASAS DE ONDE NÃO SAEM, ENQUANTO O POVO TRABALHA DE VERDADE NAS RUAS.

  35. Sem entrar no mérito de impeachment, que não cabe a mim, mas nunca ví nos meus 74 anos uma conspiração golpista ser tão escancarada como essa. Não há o menor pudor em atentar contra um Poder da República. Representantes do Congresso articulam-se com membros do Supremo para derrubar o chefe do Executivo, mancomunando-se e estimulando outros interessados,por motivos diversos e conhecidos, preparando e forjando as condições políticas para a aventura.

  36. As viúvas da União Soviética estão desde antes da posse apostando no impeachment do Bolsonaro, primeiro falavam em 6 meses, depois em um ano, depois em dois anos... e Bolsonaro segue firme e cada dia mais forte na presidência. No mais, esse "artigo" é baseado somente em fofocas, é a cartada final antes percepção ampla do crescimento vertiginoso que ta ocorrendo e permanecerá nos próximos anos.

    1. Crescimento vertiginoso que estou percebendo é da inflação. 2021 não será nada fácil.

  37. Sobre o artigo acima, me chamou a atenção a dúvida sobre a existência de má fé no desconcerto da gestão da pandemia por parte dse alguns ministros do STF. Eu nunca tive essa dúvida porque entendi que o Jair sempre quis o caos para esconder sua incompetência e tirar a atenção das jogadas do Paulo Guedes. Hoje, El País publica, em verdadeiro furo internacional, o estudo da FSP/USP e Conectas, que detalha, analisa e comprova uma estratégia governamental de propagação do vírus no Brasil.

    1. No meu entender, os dados que o estudo detalha, declarações, discursos, decretos, vetos e propaganda negacionista patrocinada, configuram um plano, estratégia e consecução da ampliação da pandemia no nosso país. O estudo é uma peça robusta de acusação de genocídio que, seguramente, serias acolhida em Haia.

  38. Vcs fizeram essa matéria com qual objetivo? Vcs acham mesmo que essa palhaçada que vcs escreveram apoiando essa esquerda maldita vai passar? tem que ser muito idiota quem acreditada que Bolsonaro vai sofrer Impeachment ! Entre vcs irem a falência e o Impeachment do Bolsonaro eu aposta na falência de vcs.

    1. Entre um bozista produzir um pensamento útil sequer e uma ameba desenvolver uma nova teoria da relatividade, eu aposto na segunda opção. Simples assim!

    2. Foram tantos os acordos bolsolulistas que não entendo essa cegueira dos adeptos de Bolsonaro. Aliás, o pior cego é o que não quer ver. Jamais esquecerei aquele acordo noturno em torno do fundo partidário de bilhões. E o povo na situação em que está...revoltante!! Petistas e bolsonaristas são farinha do mesmo saco. De fato!

    3. Acorda bozolulamerda, seu Minto ta fechado com o Lula pela impunidade. Basta ver o acordo mútuo para o apoio do pacheco para o senado. Esse chororo bozolulista é muito mediocre mesmo.

  39. O impeachment de Bolsonaro não é uma questão de politicagem ou partidária. É uma questão de sobrevivência das instituições independentes, dos princípios éticos e republicanos e mais, da própria dignidade humana. Precisamos retomar valores perdidos com a Era bolsonaro, como o amor ao planeta e ao ambiente, ao ser humano, à solidariedade, à vida, à justiça e aos Direitos Humanos. É pensar no bem das próximas gerações. Basta de tolerância a essa tragédia governamental!

    1. Realmente vinicius, eu fico na duvida se é a do Bozo ou do Sarney.

  40. Paulo Guedes não entra na reportagem, curiosamente. Ano passado ele deu uma entrevista otimista dizendo que a vacinação em massa traria a retomada econômica. Faria mais: afastaria o risco de impeachment e garantiria as eleições de 2018. Eles tem a faca na mão: a capacidade de mobilização do Estado brasileiro é extraordinária. Pensemos em nossas eleições: no primeiro turno de 2018, em um único dia, colocamos, entre as 8 e a 17h, 18 milhões de pessoas numa fila. Falta o queijo. Falta o produto.

    1. Eu diria q falta algo mais importante. Interesse do Bozo. A jogada dele é outra, está apostando no caos.

  41. quem decreta o impeachment de um PR em primeiro lugar é o povo, o CN executa essa determinação, vide Collor e Dilma, Bolsonaro com 57% de aprovação na pesquisa entre regular(26%), bom/ótimo (31%) não tem clima para impeachment, quem vai meter a mão nessa cumbuca, exceto os "useiros e vezeiros".

    1. pois é, pode ser realmente talvez 10 pontos percentuais para menos pois é do "DataFalha".

  42. À época do PT os petistas eram contra o impeachment porque "havia ações sociais para pobres e a corrupção era mínima"(!!??). Na Era bolsonaro seus defensores alegam que "não há corrupção e que os cheques da Michele, as relações (in) diretas com os milicianos e os gastos corporativos sem fiscalização são mera obra do acaso. E mais, Moro é traidor e os sacrifício da Lava Jato é um mal necessário". SOS Brasil!!!

  43. Conluio de poderosos acostumados a surrupiar o País falam em democracia mas não existe democracia em uma trama como essas só interesses de grupos não é uma boa ideia continuar com isso quem já teve lula e Dilma tem que aguentar até o fim

    1. Dilma e Lula estão virando batedores de carteira, perto do homicida no Planalto. Veja o que ele consegue!

  44. Muito boa matéria do El Pais. Leia e compartilhe. “Pesquisa revela que Bolsonaro executou uma “estratégia institucional de propagação do coronavírus”.” El Pais Link: https://brasil.elpais.com/brasil/2021-01-21/pesquisa-revela-que-bolsonaro-executou-uma-estrategia-institucional-de-propagacao-do-virus.html IMPEACHMENT JÁ.

  45. Teria sido esta excelente matéria a serviço da democracia, como peculiar à Crusoé, se não houvesse cometido o equívoco de colocar deste lado, o Min. do STF Gilmar Mendes, que, hoje, é, ao lado de Lula e do Presidente Bolsonaro, dos três fatores de perturbação da Estabilidade Política Nacional, como se depreende de seu voto já adiantado no HC de Lula contra Moro, que pede a anulação da sentença deste que o condenou, à revelia de outros 10 Magistrados do TRF,STJ e STF que a ratificaram. Namastê!

    1. Motivo para impeachment tem, motivos políticos não muitos. Tirar um presidente como estamos fazendo fragiliza a democracia. E redes sociais não servem de referência para medir popularidade, serve somente para dividir opiniões.

  46. Aqui estas as provas para o impeachment: https://www.conectas.org/noticias/estudo-inedito-aponta-estrategia-do-governo-federal-para-propagar-a-covid-19

  47. Deixar o General da saúde como responsável isolado pela crise de abastecimento de oxigênio que está matando assustadoramente em Manaus é de uma injustiça enorme... afinal ele disse “um manda e o outro obedece”...

  48. Interessante, o governo brasileiro reclamou da não entrega das vacinas de Oxford. Entretanto a índia optou por dizer que, primeiro , tinha que entregar as vacinas de doação para os países próximos a ela e também foi revelado que eles acharam o Brasil "muito indiscreto". Porque????? E, há pouco,o embaixador da Índia afirmou que as vacinas entregues ao Brasil eram "doação "?????

    1. Para a população da India, 2 milhões de vacinas é igual esmola. E o atraso foi por causa da pirotecnia bozista com adesivagem e ze gotinha, pois a Índia queria uma transação discreta pois ainda estavam iniciando o processo de vacinação no país.

  49. Muitas raposas velhas espreitando e alguns lobos ávidos para retirar o incompetente genocida do cargo, por isso acho que o impeachment não prospera se não houver a participação maciça do povo, nas ruas.

  50. Quem nesse país tem moral pra falar de Bolsonaro. Só temos bandidos, em todas as esferas. Desde João Figueiredo só fomos governados por vermes, bandidos, criminosos da pior espécie. Todos, sem excessão são criados e treinados para roubar a população. A sub-raça serve para votar e pagar a mordomia, e os bilhões que são desviados, roubados, por nossos políticos, Juízes, Desembargadores, funcionários públicos. Só um IRA, um ETA, pra eliminar essa raça viciada que se diz políticos.

    1. André vou repetir, para os lavajistas q elegeram o bozo, fica claro agora que o "Bozo é Lula" e o "Lula é Bozo".

    2. Bolsonaro é, de longe, o pior de todos. Está levando seu povo à morte sem o menor pudor, e sua perversidade compete com a dos generais da ditadura.

    3. Kkkkkkkkk. Andre virou esquerda revolucionária, kkkkkkk. Bozista em estado de decadência mental e social.

  51. Todos os possíveis protagonistas mencionados na reportagem representam o que há de pior na política brasileira. Mas como diz o ditado não há nada tão ruim que não possa piorar.

    1. Maria — Neste caso ele é apenas um bozista delinquente, daquele tipo que cone dejetos para agradar o dono dele. Passa daqui, ser decrépito!

    2. Desde quando? De sua posse dis 20/01? Você é doido ou só gado?

  52. Ninguém falou nada do Lula ladrão em Cuba?? Com certeza foi resgatar o dinheiro roubado e tomar a vacina! Esse verme tinha que estar preso e aqui o Diogo e sua turma quietos??? Vergonha!!!

  53. Em 24 horas Joe Biden já é responsável pela morte de mais de 4.000 pessoas. Genocida!!! Ser oposição é tão bonitinho...

  54. Reformas, iniciando-se com a Reforma Política, abrangendo um outro ser político. Se não muda esse ser, de hoje, o país não mudará. O que prevalece no presente é um congresso corporativista que não pensa o país e sim interesses políticos partidários e projetos pessoais.Não há amor ao país.Sobra hipocrisia. Outro impeachment será mesmice de sempre. Passa o tempo, se troca seis por meia dúzia.

  55. O que não se vê nesse artigo, puramente opinativo, é qualquer comprovação factual de "conduta desastrosa" por parte do presidente. Ele entendeu corretamente a natureza da pandemia, como sendo um desastre natural não muito diferente de inundações e tsunamis devastadores. A "ilusão de controle", sério viéz cognotivo, leva pessoas a crerem que é possivel conter a natureza. Não é. O valor relativo de mortes no Brasil é menor do que o de vários países ricos. Por que deveria ser ainda menor?

  56. Quanta bobagem. Difícil saber quem é menos sério: os jornalistas que escrevem este tipo de artigo ou o 'establishment' de um passado corrupto e podre, que não consegue viver longe do dinheiro arrecadado de falcatruas bilionárias que deixaram nosso povo miserável (e, portanto, mais afeito a consequências nefastas de pandemias). O Presidente Bolsonaro tem mil defeitos, mas é o presidente mais honesto (se não o único honesto), da horrível 'Nova República '.

  57. A errática condução da crise pandêmica da Covid custou a reeleição de Trump e o mesmo poderá ocorrer aqui. É urgente para sobrevivência do presidente que ele dê um cavalo de pau no seu governo, tipo: esqueçam tudo que fiz e disse, agora é só love e trabalho duro em favor do país!!

  58. O interessante de tudo é que em diversos Países no resto do mundo ninguém culpou seus Presidentes e Dirigentes por causa da Pandemia, só nesse nosso amado País. Elé é culpado também pelo ocorrido em Manaus, antes era pela devastação das florestas da Amazónia e agora tb. é responsável de aumento d contágio em São Paulo. Querem os esquerdo patas retornarem para assaltar o País. Não conseguirão. Em 2022 vamos dar um cacete maior ainda que 2018. Quem viver verá.

    1. acho que Você matou a charada! acredito que se a eleição fosse hoje com tudo o que está acontecendo a chicoteada seria mais firme e muito mais dolorida. o povo está cansado de roubalheira. Bolsonaro venceria facilmente

    2. Falou PAULO "CONFUCIO" o astrólogo e adivinho da revista Cruzoé. Conseguiu prever que o PT não terá candidato próprio santa inocência é o mesmo que acreditar que o LULADRÃO é o homem mais honesto do Brasil, ou que a "mula sem cabeça" existe.

    3. Nunca existiu "em outros países ou no resto do mundo" na história da civilização um presidente tão insólito quanto Bolsonaro. Então, não há país no mundo que sirva de base para o Brasil e seu governo neste momento.

    1. CRISTIANE, o Brasil quer um novo presidente. E um presidente novo, inteligente, bonito, charmoso, pronto para todos os desafios, que sabe tudo de matemática, entende de física quântica, escreve como o Salinger, que é educado, que respeita a diversidade... Uai. O Brasil quer eu como presidente. ELE DESCOBRIU QUEM VEIO PRIMEIRO: SE A GALINHA OU O OVO. VOTE NO PAULO. VOTE NO NOVO. Em 2022 vote no NOVO, PAULO PRESIDENTE,

  59. o Presidente Bolsonaro esta sendo usado como "Bode Expiatório" nessa história toda por vingança daquel es que perderam as eleições há 2 anos. Se continuarem a agir dessa forma perderão novamente em 2022. Quem leu a matéria toda lembra os nomes dos que estão a favor do impedimento de Bolsonaro. Esta revista esquerdista de vez. Acorda Maynard e saia dessa fria.

    1. Não é o caso mungir ou não Maria, é apenas usar da inteligência e bom senso, coisa que vocês não tem. Achar que esses políticos que querem a queda do Bolsonaro querem o melhor para o País é de uma insanidade bestial, verdadeira lavagem cerebral. Aguardem 2022, aí vocês viram em Maia, Dória, CangaCiro, Haddad "o poste", Boulos o " invasor" e outros corruptos que aparecer.

    2. Não sei se os bolsonaristas sabem, mas, informo: não existe só "bolsonaristas ou esquerdistas" no mundo. Há outras vias. Há inteligência no planeta terra. Que aliás, diga-se de passagem, não é plano.

    3. O PIOR DE TUDO QUE ESTAMOS DANDO DINHEIRO PRA ESSA MERDA DE REVISTA.

    4. Que vergonha ver a revista com esse formato esquerdista. E chega a ser imoral e mentirosa...

    1. Os bolsonaristas está se saindo melhores do que os petistas, ou você pensa igual ao excrementíssimo presidente da república ou você é esquerdista e comunista. Estão se saindo muito bem como extremistas

  60. Interessante a matéria. Mas tem um falha crucial. Em momento algum fala do mais importante ator neste contexto, as forças armadas. Esqueceram?

    1. Não me arrependo de ter votado no Bolsonaro para ter tirado o PT. Mas não achava q ele ia ser tão medíocre e cercado de pessoas extremamente incompetentes para os cargos ocupados, começando pelo Ministro da economia. O restante nem se fala de tão ruim..!

  61. O EB, tão zeloso, passou a mão na cabeça de um psicopata, mas o povo é mais forte que o exército. Continuamos confiando. Mas tem limite.

  62. Espero sinceramente que Congresso, STF, TRE e as instituições façam sua parte. Já passou da hora de o Sr. Jair sair da presidência. Ser presidente não é fazer show midiático e sim ter responsabilidades às quais ele nunca demonstrou ter. E que nós brasileiros façamos nossa parte. Impeachment ou renúncia imediatamente. Chega de palhaçada. Com relação ao procurador, o mesmo também não se mostra digno do cargo que exerce. Mais um que teria que ser destituído, por falta de impessoalidade(Constituição

  63. As vacinas estão chegando no Brasil ao mesmo tempo OU ANTES que em outros países atrasados como o nosso. Todos por culpa de políticos corruptos e imprensa incompente, analfabeta funcional e tendenciosa. Incluindo...

  64. É triste, mas é necessário. Teremos mais um impedimento presidencial. E que seja o quanto antes. Muitos opositores de Bolsonaro apostam em seu sangramento como cartada política. Mas não se esqueçam, O Brasil também está sangrando. Ninguém aguenta mais essa situação. Não há nada que mude a realidade que é a decepção do povo tanto com a esquerda quanto com a direita. O que virá no lugar do Bolsonaro não importa no momento porque cabe estancar a sangria, sobreviver a essa catástrofe.

  65. Vai ter impeachment também em vinte e quatro países que estão piores que o Brasil , Bélgica Reino Unido Alemanha França Espanha Itália Suécia Argentina México Rússia Índia e China não divulgam o real e vários mais

    1. José, fica tranquilo. Você não está cansado de FHC? LULA? DILMA? TEMER? BOLSONARO? Você não quer um presidente bonito, charmoso, inteligente, que as mulheres suspirem por ele? EU SEREI O NOVO PRESIDENTE. Contra a feiúra vote no bonitão, ele é inteligente, ele é o bão.

    2. José é aquele cara que vai dar um mijão no banheiro do shopping e fica manjando a Rol* dos outros para ver qual é a maior. Francamente viu... Não é necessário ficar vendo o que ocorre nos outros países para sabermos que não temos um governo federal preocupado em ajudar o povo no combate da pandemia.

  66. O bom jornalismo exige que os fatos relatados sejam rigorosamente comprovados. 200.000 mortes, a imensa maioria de pessoas que já estavam "no fim da linha" por terem toda a sorte de enfermidades, numa população de 210 milhões de habitantes significa cerca de 0,1% de taxa de mortalidade. Qual a taxa de outros países? E a propagação do vírus se deveu a que? Se deveu, em grande parte, pela necessidade dos mais carentes trabalharem para manterem sua renda, ao contrário da CANALHADA do Congresso.

  67. O índice VDM* para este ato será muito alto. Já falaram até em guerra civil. Será? Se assim quiserem, que seja bem vinda. (* Vai Dar Merda).

  68. Quem dará andamento à expulsão do Pinocchio assassino? Os capachos, os paus-mandados ou os vendidos? Sobra para as ratazanas. Difícil ter esperança.

  69. Sarney opinar sobre Bolsonaro ser o pior presidente da história do país é, no mínimo, risível. Será que está tentando passar adiante o cetro que sempre foi dele?

    1. VARLICE, verdade. Eu pessoalmente acho que essa briga para o posto está bem ferrenha.

  70. Falar em impeachment p um governo que não rouba e nem deixa roubar, só pq os ladrões da república estão com grave síndrome de abstinência é, no mínimo, uma grande palhaçada. Impeachment deveria ter acontecido para os sabotadores do país e os solta-bandidos. A maior parte da população está atenta.

    1. Votei no presidente em busca de mais justiça e transparência, e da entrada do Sérgio Moro no governo. Com a saída do ministro, o presidente mostrou-se que é um irresponsável e inconsequente, tem criado mais problemas que solução. Neste caso é melhor sua saída e que o vice Mourão assuma o leme deste barco desgovernado. Só com a saída de alguns representantes da Câmara dos Deputados / Senado / STF / PGR, que não representam os anseios da população é que o país pode melhorar.

    2. Maria, não defenda o Bolsonaro. Defenda o PAULO para presidente, Ele é inteligente, Com ele o Brasil ficará contente.

    3. Tem alguma coisa errada na sua análise Maria. Tem certeza que está falando do Brasil, do Bolsonaro?? Tem uma distorção de imagem aí. Essa narrativa não confere com a realidade. Com todo respeito.

    4. Maria, você acha normal esconder verba da covid na bunda? o que é corrupção para você?

  71. Assine o baixo assinado para o impechment do Jair Bolsonaro !! https://www.change.org/p/congresso-forabolsonaro-assine-pela-abertura-do-impeachment-e-compartilhe

  72. Assine o baixo assinado para o impechment do Jair Bolsonaro !! https://www.change.org/p/congresso-forabolsonaro-assine-pela-abertura-do-impeachment-e-compartilhe

  73. Impeachment já! Fora Bolsonaro assassino! Pior presidente que o Brasil já teve, burro, ignorante, mentiroso e indiferente com as mortes dos brasileiros. É um psicopata.

  74. Sou totalmente a favor do impeachment desse louco, mas acho um absurdo o Sarney, o pior presidente que esse país já teve, ser chamado hoje pra dar "pitaco e dizer que essa administração é a mais desastrosa que o Brasil já teve. Essa não é uma boa administração, reconheço, mas, tirando a condução da crise da pandemia, não é pior que a do Sarney.

    1. Bom comentário o seu Divina. Por aí você vê o nível dos nomes das pessoas que querem a saída do Presidente Bolsonaro. Se acharmos e concordarmos que pessoas como Maia, Dória, Sarney, FHC, Narco Aurélio Mello, Gilmar "Laxante"Mendes, Baleia Rossi, CangaCiro Gomes, Boulos, Freixo, Flavio Dino, LULADRÃO o chefe da Quadrilha, então o BRASIL é o seu POVO chegaram ao fundo do Poço como Nação. Esse pessoal não estão nem aí para o Povo, eles estão preocupados com seus bolsos.

  75. Este cara cometeu crime eleitoral ao enganar seus devotos como uma campanha contra a velha política e agora se alia à ela. Se isto não bastasse a podridão em que está metido e o negacionismo, leva à morte muitas vidas.

    1. O Mourão também pode ir junto que não vai fazer falta, não passa de um marionete.

  76. Interessante essa matéria ao afirmar a atuação do Presidente da República como desastrosa no combate à pandemia e na administração do país com argumentos rasos e fornecendo credibilidade a um corrupto na lista da Odebrecht e tantos outros citados. O circo está armado, está tudo acertado entre as raposas do congresso e stf, só se esqueceram dos verdadeiros "DONOS" deste país. Aguardamos a "grande" movimentação de 24/01.

    1. Um passarinho disse que hoje haverá panelaço novamente contra o ser trevoso. Será por isso que as bozolulétis estão alvoroçadas hoje?

    2. Só se for uma grande movimentação de psicopatas e seres bestiais sai do do esgoto para apoiar o genocida!

  77. É realmente assustador para quem percebe há tempos que falas de Bolsonaro sobre democracia e liberdade do povo é pura demagogia, é farsa. Ele desde o início tenta desacreditar as instituições do governo e ameaça com o uso das FA. Agora quer ameaçar o povo que se manifesta contra ele. Seu governo muito provavelmente é um dos piores no combate à pandemia. É urgente o processo de impeachment. Temos o vírus destruidor e temos agora ameaça de ditadura. Inacreditável!

  78. essa reportagem é tendenciosa o único presidente que em dois anos de mandato não tem um só caso de corrupção no seu governo ser tirado do cargo com 57milhoes de votos eleito de forma democrática é um absurdo.

    1. Absurdo é não fazer nada para evitar todas as mais de 214 mil mortes no país até o momento.

    2. Votei neste incompetente e não vejo a hora dele sair. Acho que o Mourão é mais prudente e não deve fazer tanto estrago. Enquanto tivermos esta Câmera de Deputados/Senado/STF e,PGR, que não fazem nada, estamos largados as traças. Mais uma geração perdida, com este cabide de emprego. Acorda Brasil.

    3. 27 anos se enriquecendo no parlamento às custas dos salários de servidores, fantasmas ou não, e ainda usando os filhos como laranjas. Se isso não é corrupção pra vc, então suponho que vc faça parte desses esquemas de rachadinhas.

    4. Joaquim, enfiar dinheiro de verbas de saúde no rabo não é corrupção?

    5. Rachadinas e apoio às milicias nao são crimes? Seu jumento, volte para o curral do seu mito, e continue se alimentar dos estrumos dele.... e ainda têm defensores do Bosta por aqui!

  79. Tenham dó do povo brasileiro. Tudo não passa de disputa de poder para continuarem mamando nas tetas da União. Os conspiradores são os de sempre desde que Bolsonaro assumiu. Impeachment teria que haver contra alguns ministros do STF e STJ e presidentes das duas casas legislativas. Esclareço que não sou bolsonarista mas ainda está longe os pretensos crimes para acontecer o que os de sempre desejam. A Crusoé já foi melhor. Diferenciada no início tornou-se mais uma mídia nada isenta. 😕

    1. Antonio, bozo ta matando o povo, incentivando o mesmo a se contaminar geral e dificultando a campanha de vacinação. Quer motivo maior que esse para impeachment? Volta pro cercadinho cara!

  80. Embora considere que a atuação do presidente têm muitas falhas no combate a pandemia, deve-se ter uma questão objetiva para se propor impeachment. Deve-se respeitar o voto popular, a eleição já é no próximo ano. Parece que aqueles que propõe o impeachment têm medo da eleição. Isto sim é golpe.

    1. Voto popular meu ovo! O povo não apoia mais esse louco genocida! Essa política desastrosa do governo federal no enfrentamento da pandemia é motivo de sobra para chutarem a bunda desse fdp.

  81. O grande problema é que a postura de irresponsabilidade do Presidente contagiou a alguns ministros de de seu governo e outros órgãos da República que deveriam ser absolutamente independente como determina a Constituição Federal. A postura do Procurador Geral da República sobre Estado de Defesa é preocupante, pois isso não está entre as suas atribuições, sendo da alçada do Presidente da República e do Congresso Nacional. Poderia haver até um último até nobreza do governo em se recuperar a queda.

  82. Parabéns excelente matéria! Gde parte da população quer o afastame desse " alucinado " PR. Inacreditável momento de caos , obscurantismo, amadorismo estamos vivendo. Pior momento pós redemocratização no Brasil! 214 mil cadáveres na conta dessa desse negacionismo, verdadeiro boicote na aquisição de insumos pra vacinação. Povo na rua vai se arriscar porque está insustentável essa situação vergonhosa. PR completamente inapto pra exercer tal função! Vergonha de ser brasileira!

  83. Me envergonha muito essa mídia, esquerdopata, doentia dando força para um regime fracassado, corrupto e que ainda não entendeu que o atual presidente foi eleito pela maioria! Aguentamos 14 anos de roubalheira e vocês ficariam satisfeitos de voltar ao regime anterior??? Tenham um pouco de humildade para reconhecer as melhorias!

    1. Outra coisa, o regime anterior não perde em nada para o atual, ainda vemos o centrão corrupto no leme desse desgoverno atual.

    2. Sério mesmo que vc, uma fanática bitolada nessa extrema direita porca que o bozo representa, paga para vir ler uma revista digital que você considera de "esquerda"? Heloisa, volta pro esgoto filha, se fecha na bolha bozista do cercadinho onde o presidente aglomera os seus bovinos mais dóceis. Nos brinde com a sua ausência, por favor.

  84. E a ABIN? Esses caras estão conspirando contra um Presidente legitimamente eleito. É um golpe de Estado! E o contragolpe? Não precisa de Forcas Armadas não. Os americanos invadiram o Capítulo. NÓS vamos invadir Brasília. Não votarei em Bolsonaro por causa dos rebentos. Mas não vou admitir golpe de Estado. É todo brasileiro não-comunista correr pra Brasília. E já vou avisando que tenho PORTE pra carregar uma carabina de ar comprimido.

    1. Jaime, vocês bolsonaristas acham que uma guerra, seja ela entre nações ou civil, se resolve somente na bala? Você é realmente uma espécime em extinção. Já ouviu falar de guerra cibernética? Guerra biológica? Por trás dessas estratégias de combate, temos mentes brilhantes. Fica quietinho dentro de casa, desconectado de qualquer ponto de energia. Feche a casa meticulosamente, incluindo qualquer ponto de entrada de ar. Talvez assim você estará seguro. Porém, em pouco tempo estará morto

    2. Bozete, são mais de 200 mil famílias em lagrimas com a ação genocida do seu Rei do Gado. O povo já está em lágrimas e a culpa é do Bozo.

    3. Pode rir à vontade, cumpade. Mas, se essa merda rolar, espero que esteja pronto pras lágrimas.

    4. kkkkkk a bozete surtou de vez.. deve ser a cloroquina usada preventivamente.

  85. Um síndico louco, errático, imaturo, perverso e vingativo não duraria muito tempo no cargo. E como fica um presidente da República?

  86. politicos que derem suporte a esse governo de horror em 2022 serao eliminados. TEMOS QUE MANTER UM PLACAR COM NOMES E ESTADOS....UM POR UM COM DETALHES

  87. Vai ser Dificel com o Aras defendendo Ele mas o POVO e cidadãos de Bem querem e muito cometeu uns dos piores crimes negacionismo da Pandemia e Deboches da vacina queé a unica que temos no momwnto

  88. Pasquim de quinta , só destila ódio , a esquerdalha e imprensa aparelhada que perdeu a mamata está desesperada , tentem tirar o Nosso Presidente do poder ,tentem ! A Fan Culo Diogo !

    1. A imprensa comprada, os corruptos da esquerda derrotada em conspiração para derrubar o presidente! Os ministros do STF que recebem por fora ninguém quer se indispor com eles!

  89. C. Excelente. Creio que a soluçāo Mourāo será a menos traumática. Será boa para o país e para as Forças Armadas, que terāo sua credibilidade restaurada.

    1. O problema aí, Paulo, é que os políticos corruptos tem medo exatamente da "solução Mourão".

    1. Irônico, está claro que a corrupção permeia o governo federal tmbm. Visto de cima, fica claro que pelo menos ele patrocina a mesma como forma de barganhar a permanência do reizinho no trono.

    2. Arnaldo, concordo com você, com tanta corrupção e desvio de verbas por parte dos governadores, vai faltar oxigênio pra muita gente.

    3. O caos atual, que está se acentuando, vai deixar saudades do anterior...

  90. Não deu certo como militar, foi um parlamentar medíocre e está sendo um presidente inepto, autoritário, conflituoso e desagregador. Não tem mais condições de fazer um governo descente!

  91. Existe um outro caminho para derrubar o Bolsonaro. Eu o John Galt. A um chamado meu, os mais perspicazes empresários, os melhores professores e as mentes mais brilhantes da ciência, entraremos em greve e iremos embora. Todos os melhoress profissionais, das mais diversas áreas, a um chamado meu, deixarão de contribuir para este Estado inchado e irracional. O Congresso e sua incompetência histórica sentirá na pele o que é não ter mais o salário. Vão ter que trabalhar.

    1. O judiciário platônico não terá mais finalidade no estado de caos que se instalará no Brasil. Os militares ao não ter mais o seu soldo, vão se matar uns aos outros, somente para se livrarem do tédio. Nós, os melhores brasileiros, as mentes brilhantes, iremos para outro lugar. Onde nossas virtudes sejam valorizadas. Infelizmente o povo vai sofrer. Mas não é do povo que tem essa crença estúpida em tudo. Vão de Lula a Bolsonaro num piscar de olhos. Sejam prudentes. Quem é John Galt?

  92. Só não vê quem não quer! Boçalnaro usou às instituições para obter informações sigilosas para proteger seus filhinhos milicianos. Debochou da pandemia, fez questão de não usar máscara, promoveu aglomerações e desincentivou as vacinas ao invés de dar o exemplo, dado por todos os líderes dos países desenvolvidos! A ignorância e a falta de empatia, solidariedade com as pessoas e famílias vitimadas pela COVID é tamanha q chegou ao ponto de menosprezar a importância vida. #Impeachment Já! ForaBozo!

  93. Dizer que a Cloroquina "não tem eficácia comprovada" na prevenção e tratamento da Covid é um eufemismo. Na verdade a maioria dos trabalhos prova que é ineficaz. Quanto ao impeachment, vai sair muito caro para o país. Além de ser um procedimento traumático, o presidente vai gastar dinheiro que não tem para comprar o arquivamento ou sua absolvição junto à classe política. O veredito dele vem inevitavelmente em 2022.

  94. RODRIGO MAIA só tem como PRIORIDADE MANTER a CORRUPÇÃO e a IMPUNIDADE! É um DEGENERADO MORAL que IMPEDE o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos!

  95. Assim como foi expulso do exercito esse sujeito tb deverá ser expulso da Presidencia da Repúblca, só não foi expulso da Camara por conta de seus pares.

  96. Papo mais provinciano!! Não é epidemia nascida expontaneamente no Brasil e cultivada seja lá por quem for. É pandemia, está em TODO o planeta. As pessoas deveriam parar de olhar para o próprio umbigo vermelho. Já temos vacina e o MS está distribuindo. Deem graças a Deus.

    1. Que vacina? por enquanto tivemos só o cheirinho dela e, a depender desse governo omisso e ideologicamente retardado, ficaremos só no cheirinho dela mesmo.

    2. Pedro, só teremos vacina de fato, na quantidade necessária, se Bolsonaro dor o Messias capaz do milagre da multiplicação. Quem é John Galt?

  97. jair é o cara que iria fazer o brasil COMERCIALIZAR com o mundo sem viés ideologico....pois bem ! destruiu as relações com o mundo todo e se orgulha de ser PÁRIA.

  98. Como eu estava dizendo. Muito perigoso e o seu alinhamento com os militares que já são milhares no seu governo. A prova maior da suserviencia dasFFAA e o M.S PAZUELO. Aceita tamanha humilhação e acredito que não é só pelo salário extra como Ministro não. Tem ideologia por trás. O IMPEACHMENT tem que acontecer antes que ele dê o bote. Vamos fazer carreatas e panelaços. quem tomar a segunda dose das vacinas vai para as ruas e os demais fazem carreatas e panelaço. temos que tirar ele e sua família

    1. Ele está desesperado para conseguir o apoio dos militares, mas só conseguiu arrebanhar as récuas dessa turma. Os pilares militares estão bem centrados na figura do Mourão que pode vir a suceder o genocida na presidência. Bozo está sozinho e isolado, sem o Centrão para lhe segurar será difícil permanecer até 2022.

    1. Avelar, engraçado que quando o bozo e o senador rachadinha foram beijar a mão de toffoli e gilmar vc não pensou o mesmo. Bozetes, vocês são irmãos gêmeos dos mortadelas petistas. Patéticos...

    2. Pois é, meu chapa... Crusoé é um folhetim esquerdista. Não vamos encontrar aqui muitos críticos sensatos ao Bolsonaro. Só críticos raivosos, esperneando sobre a eleição passada. Sim, o presidente merece críticas, mas está muito longe de ter dado motivos para um impeachment. Faço minhas as tuas palavras: Se Gilmar e o Botafogo ( e demais membros da curriola...) são a favor do impeachment, eu sou contra ! Desconfio profundamente das intenções desses cidadãos com relação ao País.

  99. Esta matéria é estarrecedora. Impeachment é um cláusula de defesa do cidadão. Só ha impeachment com amplo apoio popular. Sem ser impeachment, deve haver um fato grave juridicamente. Isso nao é questão de escolha, mas pelo jeito está sendo articulado um grande acordo para derrubar o presidente. Isso é muito grave e preocupante!

  100. Nunca gostei do JB. Desde sua campanha de muitas mentiras sem falar de ataques a minorias e desrespeitando as mulheres,vi que coisa boa não viria dali. Não me arrependo nem um pouco de ter votado em quem votei,que não foi esse LOUCO. Tenho grande admiração pelo meu candidato sem idolatrar. O JB faz tudo ao contrário das suas promessas que o elegeram. A maioria de seus eleitores estão arrependidos mais têm vengonha de demostrar. Uma coisa perigosa que ele continua e acha que será sua salvação .

  101. Sobre a ditadura o Boçalnaro deve saber da história do pai do escritor (dentre tantas!) Marcelo Rubens Paiva , cujo principal protagonista foi o "herói" comandante Ustra, condenado por sequestro e tortura pela 23a. Vara cível de SP

  102. O governo Bolsonaro acabou quando veio à tona as falcatruas do Zero 1! Por causa dele Bolsonaro se perdeu em conchavos para salvar o filho e sua aura de honestidade foi pro espaço! Todos os motivos que o levaram à presidência desmoronaram! Para agravar ainda mais a situação, a atuação dele na pandemia foi um desastre! Dificilmente justificável!

  103. Vacina pra virar jacaré ainda vi, mas pra virar BeZerro a BZnaroVac tem 30% de eficácia. As provas, algumas delas, estão abaixo.

  104. Não concordo com a Crusoé. Essa reportagem requentada vai ainda voltar a ser capa da revista outras vezes. A depender dos cozinheiros consultados o objetivo já teria sido alcançado. Falta combinar com um povo cansado. Votei no Bolsonaro por falta de opção, mas contra a esquerda votaria novamente. É óbvio que eu preferiria um presidente calado, sem filhos enrolados, sem passado tortuoso, que fizesse o que prometeu fazer e não populista. Os cozinheiros da matéria são mestres na mesma receita.

    1. Bozo é um verdadeiro estelionato eleitoral, abandonou completamente as verdadeiras promessas de campanha. Uma prova disso é que o melhores ministros já pularam fora do barco. Já a récua, tende a se grudar na bosta até a hora da descarga, quando o turbilhão vier todos se separam e será cada um por si na descida ao esgoto.

    2. Amílcar descordo de você eu votei no JOÃO ALMOEDO no primeiro turno mais no segundo contra o PT aí sim não tive opção tive que votar nesse Pinóquio psicopata é corrupto do Bolsonaro. E achei a matéria da CRUSOE muito interessante.obs como sempre o povo brasileiro gosta de ser enganado por políticos populistas é não sabe analisar os políticos e só ver pé políticos eleitos pelo povo brasileiro simplesmente bizarro a classe política brasileira

    3. Concordoplenamente! Ñ sei como essa turma não cansa de falar as msms bobagens! Qdo ele ñ tiver mais apoio popular aí sim podem até fazer essa conjectura, antes não!

  105. Condução desastrosa foi feita por governadores e prefeitos. STF proibiu o presidente de interferir. Reportagem mentirosa, como tudo que essa revista faz. Trouxa é quem paga assinatura da revista do PSDB. cancelem.

    1. Paulo, vc sabe que o STF desmentiu essa sua afirmativa... aliás, confirmou que união, estados e municiios legislam concorrentemente no tópico pandemia, como outros assuntos dispostos na legislação, exemplo dos royalties. Propagar fake news é demais.

    2. Paulo, seu comentário não é verdadeiro. Raciocínio simples de apenas um fato. Uma criança de dez anos consegue. Se o governo federal não pode fazer nada por força da justiça, por que então o general Pazzuelo foi para Manaus? Por que depois que aquelas imagens de pessoas morrendo por por falta de oxigênio tomou o mundo, foi feita uma operação de guerra, que mesmo assim não conseguiu impedir mais mortes? "UMA MENTIRA DITA MIL VEZES TORNA-SE VERDADE." Somente para os estúpidos.

    3. infelizmente no contrato, não podemos cancelar a assinatura! Ainda bem q a minha está acabando, eles são tão espertos que se vc não ligar pra cancelar eles renovam automaticamente!

  106. Os esquedopatas que compõem o SISTEMA CLEPTOCRATA POLÍTICO BRASILEIRO, vão fazer de tudo para impedir a candidatura do presidente Jair Messias Bolsonaro em 2022, porque eles sabem muito bem que o mito é imbatível e povo brasileiro esta com ele.

  107. Na agenda dos idiotas de plantão. PSDB não se elege. Não adianta essa revista e os antagonistas ficarem mentindo sobre a conduta do presidente. Cancelem a assinatura desse lixo. Revista do PSDB devia ser de graça.

    1. Paulo, pede para o Alexandre Garcia e o Olavo de Carvalho publicarem uma revista nos moldes da Crusoé. Ao contrário de você, eu vou assinar com gosto. Só para ridicularizar tanto os colunistas, passando pelas matérias e descambando nos que se aventurarem à comentar. Aqui, como vocês não conseguem avançar em fake news, nem se contrapor, é só choradeira. Sugestão de promoção da Crusoé para bolsonarista: Assine Crusoé e ganhe uma chupeta para não ficar chorando.

    2. Eu renovei a assinatura com esta revista para combatê-los com notícias inverídicas e irresponsáveis.

    1. Como cancelaram? Eu ñ conseguí... Vou cancelar o pgto...

    1. CELIA, não vá. Promoção do dia. Bolsonaristas que continuarem com a assinatura, vão ganhar uma chupeta para pararem de chorar.

    1. Essa eu tenho certeza que fazia parte do Partido ESQUERDOPA cleptocrata do Brasil, só queria mamar nas tetas da União.

    2. Fora Bolsonaro.. imbecilidades é pouco pra ele. Que este coro cresça.#forabolsonaro#

  108. Estamos vivendo a “democracia”Venezuelana muito mais aperfeiçoada no negacionismo, na crueldade, no desrespeito às leis e costumes sociais, na isenção dos erros cometidos conscientemente,no genocídio de mais de 214 mil mortes por incompetência moral, mental e verbal.

    1. impeachment já! FORA bolsonaro incompetente , Fora Bolsonaro Incompetente! lena

  109. Quando Ministros do STF ( que constitucionalmente julgam o Presidente da República por crimes de responsabilidade) , antecipam seus”votos” mesmo a falta de provocação por quem de direito, ferem o Estado Democrático de Direito, rasgando a Carta Magna , e exigindo do Senado Federal posição firme contra esses ministros. Silenciando o Senado, cabe às Forças Armadas, constitucionalmente, intervir para restabelecimento da ordem.

    1. Este negócio das Forças Armadas novamente. Dois cenários. Cenário 1. Bolsonaro perpreta um golpe com o apoio das Forças Armadas. Qual será o posicionamento dos Estados Unidos? Iraque invade Kuwait. USA invade Iraque. Sadam Hussein é enforcado. Em jogo petróleo. Infiro que os Estados Unidos vai intervir. Em jogo a Amazônia. Cenário 2. As mentes mais brilhantes do Brasil vão embora, desencadeando um caos ainda maior. Militares gostam de soldo no final do mês. Quem paga eles? Pensem...

    2. Quando um presidente mentecapto atenta contra a vida, o estado democrático de direito e o código penal, é o que? que forças armadas intervir que nada, deixa de falar besteira, os caras vão fazer o que, da tiro de fuzil no povo...isolar o mandrião no palácio...gado, sempre gado, gado,gado,gado...

  110. Eu não sei porque os jornalistas sérios não estão denunciando os jornalistas mau caráter. Quando estes jornalistas começam a serem descaradamente militantes, eles precisam serem investigados. Certamente tem muita coisa escondida. Está na hora de investigar um por um esses bandos comunistas cleptocratas que tomaram conta deste país durante 35 anos de mentiras e falsidade s.

  111. Já devia ter saído com a denuncia do Moro, mais que comprovada, com os cheques na conta da esposa, receitando cloroquina, dando declaração absurdas , entrando em confronto com vários países por nada. Estamos isolados do mundo e isso vai ter um preço na economia, mas desemprego e a situação econômica que não engata

  112. Fora, parvo!!!!! Leve junto o sargento Garcia - Pesadelo, a louca da damares, o beato salú - ernesto...e como diz o Professor Marco Villa, toda sua caterva...Fora, beócio..

    1. Cada vez mais parecido com o PT. Esses bolsopetistas ....

  113. Esse MANDRIÃO, APEDEUTA, CORRUPTO, MENTIROSO tem que ser barrado de alguma forma. Quanto arrependimento por ter votado neste VERME!!!!

  114. A informação sobre a quantidade de votos necessários para o impeachment está incorreta. São 342 votos ( na câmara dos Deputados) e não 372 como informado na reportagem.

  115. Só podem estar de brincadeira, Bolsonaro ganhando a câmara do Maia, e o Maia tem força política? Maia que se cuide pra garantir uma vaga de vereador no RJ.

  116. A culpa é do Rodrigo Botafogo Maia q engavetou mais de 60 pedidos de impeachment do MONSTRO DO LAGO PARANOÁ que é o serial killer do Alvorada.Maia tem o rabo preso pois é o Botafogo na planilha da corrupção.O chaghão vai agir só no apagar das luzes de seu mandato pra que a bomba caia no colo de outro.

  117. Gesto de grandeza de um beócio, um elemento que subiu ao poder e só age para vingar e propalar ódio, discórdia, insulflar seus asseclas doentes mentais que acreditam em comunismo dominando o mundo etc? Esse elemento Jair nunca vai ter esse gesto.

    1. Concordo com você, vamos então colocar o Adélio Bispo pra governar.

    1. Tá gastando seu tempo e dinheiro aqui por que razão, ruminante? é masoquista?

  118. Que venha logo , chega desta desgraça que se abate-o sobre o Brasil , não sabe governar , é medíocre , perverso, milícia, genocida , egocêntrico, asqueroso, em fim um lixo , como pessoas e presidente

  119. Falastrão, comportamento de idiota ... e um punhado mais de adjetivos! Mas tudo que o Brasil não precisa agora é de um processo de impeachment. Mesmo pq não há motivos para isso. Se o STF passou esta responsabilidade para os estados e municípios, estas mortes não podem cair na conta dele. Tiramos ele na eleição do ano que vem.

  120. Que matéria de merd..... bem bo nivel de quem escreveu. Ninguém fala de impeachment do governador do Amazonas? Dos que compraram respiradores em loja de vinho? E agora, a bandalheira da vacina, dos fura fila? E vcs do Antagonista estavam fora do Brasil quando o STF determinou, deu poder a governadores e prefeitos na condução de decretos, portarias, etc. no controle da pandemia? Vcs como jornalistas de narrativas e não fatos, estão fadados a sucumbir. Acordem ou podem procurar emprego. Mandem CV

    1. Se alguém fala em impeachment do governador do Amazonas, é no Amazonas, e portanto nos órgãos de imprensa locais. Essa balela de que o STF impediu Bolsonaro de atuar na pandemia é só uma mentira descarada, imoral, esculachada e imbecil. Evidentemente nenhum órgão da Justiça faria isso. O STF apenas impediu Bolsonaro de Sabotar o combate à pandemia, e muito mal, pois ele ainda o fez de outras formas.

    1. Vamos entregar o impeachent para o Ministro Ricardo Lewandowski, porque ele como bom ESQUERDOPA, vai rasgar a Constituição Federal , como fez com a Dilma Rousseff.

    2. Coitadas das profissionais do sexo. Assim você corre o risco de ser processado e ter que pagar danos morais em valor altíssimo.

    1. Quanta polarização muito ódio de ambos os lados, impedimento agora depõem contra o país, elegeu pelo voto demite pelo voto, democracia, simples assim.

    2. Quanta polarização, muito ódio de ambos os lados, impedimento agora levaria ao descrédito perante o mundo, o país elegeu pelo voto, que demita da mesma forma

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO