O troco de Seripieri

11.12.20

O acordo de delação premiada recém-assinado pelo empresário José Seripieri Filho, além de assombrar figurões da política brasileira, como José Serra, Renan Calheiros e Aécio Neves, pode atingir em cheio o ex-ministro Antonio Palocci. Pessoas que tiveram acesso ao acordo de Seripieri afirmam que ele coloca em xeque a delação do petista. Isso porque o empresário conhecido como Júnior da Qualicorp relata em um dos seus anexos, ainda sob sigilo, um crime que Palocci teria omitido em seu acordo fechado com a Polícia Federal em 2018. Seria uma espécie de troco do empresário. É que entre os alvos da delação premiada de Palocci está a própria Qualicorp. O petista acusa a empresa de bancar um advogado para defender Rosemary Noronha, ex-chefe de gabinete da presidência em São Paulo no governo Lula e denunciada por corrupção, tráfico de influência e formação de quadrilha em 2012. O advogado citado por Palocci é o mesmo que hoje defende Seripieri.

Lula Marques/FolhapressLula Marques/FolhapressO acordo de colaboração premiada do empresário José Seripieri Filho, o Júnior da Qualicorp, coloca em xeque a delação do petista Antonio Palocci (foto)

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
Mais notícias
Assine agora
TOPO