RuyGoiaba

Um náufrago na pororoca

13.11.20

Começo esta coluna passando mais um atestado de tiozão: tenho idade suficiente para me lembrar de Amaral Netto, o repórter. Ao som da versão übercafona de Ray Conniff para “Aquarela do Brasil”, seu programa na Globo exibia as glórias do Brasil Grande: a Transamazônica — que antes de ser engolida pela floresta era, ao lado da Muralha da China, “obra humana visível da Lua a olho nu” — e aquilo que o deputado-repórter chamava de “monstro das mil faces”. Era o Fenômeno da Pororoca, que o leitor sabido sabe tratar-se da onda gigantesca gerada pelo encontro entre as águas do rio Amazonas e as do mar.

(Mais tarde, Amaral Netto ficaria célebre por sua defesa incondicional da pena de morte, o que levou a turma do Casseta & Planeta a sugerir uma pena alternativa ainda pior que a morte: ser degredado para uma ilha deserta junto com Amaral falando non-stop do Fenômeno da Pororoca. Mas divago. Fecho o parêntese.)

Por que comecei dizendo isso? Porque na semana que passou (e acho que vocês me serão solidários) eu me AFOGUEI em uma pororoca de cretinices: era a torrente fluvial de Jair Bolsonaro disparando sua metralhadora de asneiras —manobra diversionista já manjada para desviar a atenção de coisas mais sérias, como aquela abjeta comemoração da suspensão dos testes da “vacina do Doria” — se encontrando com a recusa de Donald Trump a aceitar sua derrota, em meio a um oceano de teorias conspiratórias sobre a “fraude” estimuladas pelo próprio bufão que ocupa a Casa Branca. O New York Times ouviu responsáveis pela eleição em 50 estados e nenhum apontou irregularidade, mas ah, os brasileirinhos do WhatsApp, esses têm as provas mais contundentes!

Ter muitos temas para a coluna, no fim das contas, é tão complicado quanto não ter nenhum: o náufrago precisa emergir da pororoca para conseguir escrever sobre ela. Além disso, a gente faz o que — além de piada, e todas já foram feitas— quando o fucking presidente do Bananão fala em resolver com pólvora disputas com os americanos? Reclama no Procon que o chefe do Executivo veio com defeito? Processa por concorrência desleal como humorista? Cutuca o Rodrigo Maia até ele parar de sentar em cima daquela pilha de pedidos de impeachment? Já escrevi aqui, mas repito: comédia só é legal a certa distância sanitária, não quando a gente está DENTRO dela, e eu já estou meio cansado de ouvir o Universo gargalhando enquanto caímos no bueiro todo santo dia.

Mas é como diz o clichê da “sabedoria popular”: tá no inferno, abraça o capeta. Quero ver Trump agarrado a um pé de mesa no Salão Oval, esperneando e gritando que não vai sair, como uma criança de cinco anos, e sendo retirado à força por marines. Quero ver a brava gente brasileira indo para a guerra e derrotando as tropas dos EUA à base de passar cal em absolutamente TUDO, coisas e pessoas, no território inimigo — ou desestabilizando o psicológico dos ianques à base de muito sertanejo universitário. Quero ver as filhas de milicos que recebem pensão na linha de frente da nossa artilharia. Quero ver Compadre Washington tomando posse de Washington, ordinária. Enfim, ver a cobra fumar, a jiripoca piar: chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor.

(Tudo somado, virarmos Havaí do Sul não é má ideia. Mesmo assim, se o Sargento Pincel me convocar, estamos aí. Bananão, verás que um filho teu não foge à luta: como diria Sidney Magal, me chama que eu vooou.)

***

A GOIABICE DA SEMANA

A rigor, tudo que entrou nesta coluna e muita coisa que ficou de fora dela é “goiabice da semana” (talvez do mês, do ano). Mas hoje o foco é nos idiotas das redes sociais que reclamaram de a vitória de Joe Biden na eleição americana ter sido “decretada pela imprensa”. Como nos EUA não existe um TSE para centralizar os dados das apurações estaduais — a rigor, são 51 eleições simultâneas, nos 50 estados e no Distrito de Colúmbia —, é precisamente isso que a imprensa americana faz em TODO pleito. A Associated Press, por exemplo, começou ontem: consolida o resultado nacional em toda eleição desde 1848.

Acho que esses oligofrênicos só foram superados pelos que descobriram agora que, oh céus, a Globo paga por pesquisas do Datafolha e do Ibope — coisa que a própria emissora anuncia claramente a cada vez que noticia os resultados no Jornal Nacional, os institutos explicitam, os jornais publicam, a Justiça Eleitoral registra etc. Sou obrigado a concordar com Roberto Campos sobre o passado glorioso e o futuro promissor da burrice — e não apenas no Brasil. A capacidade do pessoal de ter nascido ontem nunca cessa de me espantar.

Reprodução/CNNReprodução/CNNDonald Trump desconfiando que o voto de Melania talvez não tenha sido nele

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Rui, você não é ubercaforna, é ibercafona pois Aquarela do Brasil é uma linda música mas infelizmente de música você não entende nada. A orquestra do Ray Conniff foi uma das melhores. Nessa você comeu a goiaba.

    1. Deve ser o tempo que vai levar para que o Trump dê o primeiro golpe de estado em 224 anos de democracia americana. Posso dar um print nessa sua profecia?

  2. Bom mesmo é quando estava o nine no poder, né? Aí não havia qualquer coisa a envergonhar o Brasil, nem um presidente no palco com as calças mij4das, nem a roub4lheira indecente de 17 anos inteiros, né, Goiaba? Perdeu a graça...

  3. É de ficar estupefato o fato de algum leitor entender que há pluralidade de opiniões, neste canal de notícias. A mim, parece que todos os textos convergem para uma candidatura Moro/22, desde o diagnóstico sobre a saúde mental do Presidente, à entrevista com a diretora da ONG, até as bananices semanais.

  4. Adorei a ideia da denúncia ao PROCON, kkkkk! Realmente, esse não foi o presidente que eu "comprei" em 2018: está claramente com defeito!!! Quero meu voto de volta, kkkkkk!

    1. Vamos chamar o Russomanno e reclamar, pois o produto veio com defeito, rsrsrsrs

  5. Assino Crusoe e Antagonista+ pela pluralidade de opiniões. Se e quando o Editor exigir uma linha só de pensamento deixo de assinar. Cansei de jornalista passa pano, como diz o grande Felipe Moura Brasil.

  6. Amaral Netto, Bolsonaro, Compadre Washington, poporoca, jiripoca, Sydney Magal, sei que o cronista vê virtudes em tudo isso (o espírito de, vá lá, não vamos nos levar tão a sério). Seu espanto é que essa coisa toda tenha chegado ao poder.

  7. Não deixei de apreciar as goiabices de Ruy Goiaba. Mas alguém aí na redação - sei lá, um cara que faça as vezes de Toffoli, o grande editor do Brasil, mas em escala mais modesta - deveria (a) ou lembrar o Sr. Goiaba que o colega dele, Duda Teixeira, nesta mesma edição, ao falar de "Um mau perdedor", reconhece o cacife, o poder político e as maquinações de Trump, ou (b) tentar sintonizar as duas matérias e os dois redatores, de modo que não pareçam tão conflituosos sobre assunto comum. Feio!

    1. Sintonizar? Tá louco?? Viva a pluralidade de opiniões!!

  8. A patética e ignóbil “live ” de ontem protagonizada por Bolsonaro e Damaris foi a goiabice do ano ! Perdoe .. mas entre as piores foi a pior ! Amanhã pode surgir mais uma ...uma floresta vertiginosa que só aumenta !! RUY a concorrência é desleal Você tem toda primazia , mas é irresistível ! Desculpe querido ...

    1. As lives de promoção dos candidatos de Bolsonaro também devem se revelar verdadeiros desastres eleitorais hoje! Veremos até o fim do dia, kkk!

  9. Em razão de tantos vexames do Bozó, Comandante Pujol falou sobre militares não deverem se envolver em política e patati patatá... será que esse assunto vai estar envelhecido para comentário seu na próxima semana?

  10. A goiabice da semana traduziu minhas aflições sobre quem não cessa de nascer ontem. Rindo do ridículo, qdo a vontade é fazer essa gente voltar para o limbo debaixo de porrada. Cansa, ah como cansa! Afora a tolerância zero atual, eu já até tinha esquecido do Amaral. Vc trouxe a lembrança de como a gente era resistente, né não? Ou só éramos mais jovens? Sorte que não perdi a capacidade de rir muito, com gente criativa e espirituosa que faz das tripas coração. Nisto o Brasil é muito bom!

  11. Eu leio TODOS os artigos para poder gargalhar no último. Obrigada, Goiaba! Muitas vezes, eu tenho vontade de sumir do planeta!😬

  12. hiahuhuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahua.. como pegar algo pra eleger como bom... tá genial demais.. contudo, "brasileirinhos das redes".. e "passado glorioso e futuro promissor da burrice" ainda q em parceria com roberto campos.. é mto demais. Amei. Amei. Amei. E é verdd, precisaria uma certa distância sanitária pra apreciar.. a gente tá ali, na beira, no meio e procon não vai dar a menor bola. Bem q seria bom poder reclamar dos defeitos.. mas o aras diz q não tem nada de errado..

  13. Afinal em 6 de janeiro o pessoal conta os votos dos delegados e oficialmente diz quem é o presidente. Essa é a lei por lá. Nem dois meses... Pra que a pressa? rs

    1. Claro q eu não entendi. Mas eu tenho gênios como vc para me esclarecer, kkkk

    2. Paulo, adorei o seu comentário às 1431h. E entendi. Já Carlos não entendeu, nem um, nem outros...........

  14. Goiaba adoro sua coluna, mas citar o New York Times que declarou em editorial seu apoio à Biden e sempre se alvora em denunciar Trump, como fonte neutra, foi a sua melhor piada.

  15. Numa semana para chorar, a sexta finalmente chegou e tem o Ruy para desopilarmos o fígado! Ruy Goiaba consegue superar a realidade, nesses tempos de concorrência desleal com o Humorismo na esfera federal. "Compadre Washington tomar Washington, ordinária" - hilário!

  16. Enquanto Goiaba usar NYT como referência e mantiver o seu medo/medinho de se apresentar como de esquerda, vou respeitá-lo tanto quanto eu respeito um assassino. A exemplo da decadência de O Antagonista, Ruy Goiaba segue célere para um completo anonimato. Graças a Deus.

    1. Uma pequena ajuda, Monteiro: Sergio Moro é de extrema direita tanto quando Saddam Hussein era de extrema esquerda, fazendo coro a sua asnice. Vá se catar!!

    2. E o Monteiro continua aqui na Crusóe porque sabe que o conteúdo da revista vai fazer um bem danado a ele.

  17. Ótimo... uma pororoca de Brasil... tem gente que se diz enganada pelo Bozo tb... como se ele fosse um competente e centrado antes e agora tivesse virado boçal do centrão...

  18. Oh céus, acabei de saber que nasci ontem. Há quatro horas e meia. A com aga e acento tônico, meia no feminino mesmo. Nossa já estou alfabetizado.

    1. O que escrevo aqui nada tem a ver com o Goiaba. Aproveito o espaço para dizer que os comentaristas da Crusoé foram picado pelas abelhas 🐝 vermelhas estao se esquerdizando, tem que voltar para escolha para eprender jornalismo com Alexandre Garcia, ele mesmo, um jornalista que nada gruda nele a nao ser a verdade. Vamos precisar de uma ou duas gerações para consertar as escolas que ediotizaram esta geraçao.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO