FelipeMoura Brasil

O ‘conservador’ da impunidade

09.10.20

É bem mais desafiador dizer verdades publicamente quando não é popular dizê-las.

Agora que Jair Bolsonaro confessou ter acabado com a Lava Jato; que Renan Calheiros o aplaudiu pelo “desmonte desse sistema”, citando etapas do processo, como a transferência do Coaf ao Banco Central e a nomeação de Augusto Aras à PGR; que o presidente da República abraçou Dias Toffoli e comeu pizza na casa do homem do PT no STF para celebrar a indicação de mais um antilavajatista ao Supremo (Kassio Marques); e que chegaram aos primeiros lugares dos trend topics as hashtags #DeixaOToffoliTeLeitar, #BolsonaroTraidor, #DerreteBolsonaro, #JairCalheirosBolsonaro e#BolsonaroCriaturaDoPântano, qualquer oportunista dos grupos de marketing do bolsonarismo pode juntar frases de efeito no teleprompter e posar de comentarista independente, afetando preocupação antes de voltar a passar pano.

De dezembro de 2018, quando veio à tona a movimentação bancária atípica de Fabrício Queiroz, até o “jogo do Palmeiras” alegadamente assistido por Bolsonaro, Toffoli e Davi Alcolumbre, já que Aras e o advogado Kakay alegaram ter saído mais cedo do convescote de sábado, o buraco era muito mais embaixo. Nem os 2,7 milhões de reais em dinheiro vivo usados por Flávio Bolsonaro, segundo o MP do Rio, nem a notícia da Crusoé sobre os 89 mil reais depositados por Queiroz e sua mulher na conta de Michelle diminuíram os ataques mentirosos bolsonaristas contra quem apontou criticamente, entre outras, cada etapa citada elogiosamente por Renan – o senador do velho establishment que chegou a ser alvo de 18 inquéritos ao mesmo tempo.

No século 18, aliás, tampouco era popular fazer determinados alertas necessários.

O irlandês Edmund Burke (1729-1797), pai do conservadorismo, “anteviu a Revolução Americana e foi incapaz de evitar sua chegada. Vaticinou que a Irlanda seguiria o rumo da América do Norte, caso não fossem feitas reformas imediatamente – e assim fez a Irlanda. Profetizou que a Revolução Francesa despedaçaria a Europa, pedaço a pedaço, até ser subjugada pela força e por um mestre – e isso também veio a acontecer. O otimismo presunçoso do Iluminismo não o infectou”, escreveu Russell Kirk na biografia intelectual Redescobrindo um Gênio, de 1967. “Porque a corrupção e o fanatismo assaltam nossa era tão dolorosamente quanto na época de Burke, a ressonância de sua voz ainda pode ser ouvida”, completou o autor conservador americano.

Em suas Reflexões sobre a Revolução em França, o próprio Burke usou a expressão “multidão suína” para “denotar as classes irracionais e incultas”, como explicou o professor britânico James T. Boulton (1924-2013), “os elementos irresponsáveis da sociedade cuja falta de envolvimento ao sustentar a herança cultural os levaria a destruí-la”. No Brasil assaltado pela corrupção e pelo fanatismo (com guilhotina virtual), a “multidão suína” que ainda confia na família Bolsonaro passou a ser chamada na internet de “gado” mesmo. A irracionalidade e a incultura dessas classes é alimentada pelas emissoras de rádio e TV financiadas ou controladas pelo governo.

Em artigo recente, publicado no portal do Instituto para o Diálogo Estratégico (ISD, na sigla em inglês), sediado em Londres, Garvan Walshe descreveu a instrumentalização da imprensa pelos nacionais-populistas que também chegaram ao poder na Europa:

Na Hungria e na Polônia, eles transformaram emissoras públicas independentes em porta-vozes do governo. Na Itália, programas críticos foram retirados do ar (…). Mas eles não pararam na TV pública. Na Hungria, onde o processo é mais avançado, a esmagadora maioria dos meios de comunicação privados também segue a linha do governo, embora a mídia independente, para descontentamento dele, continue a atrair audiências fortes. (…) A Polônia também mantém fortes jornais e TV independentes, mas os últimos são de propriedade estrangeira, e porta-vozes do partido Lei e Justiça de vez em quando sugerem repolonizar a imprensa.

A tomada do controle da mídia tem uma função dupla. Obviamente, muda o conteúdo que as pessoas recebem, eliminando a cobertura hostil e promovendo material pró-populista e pró-governo. Um segundo efeito é mais insidioso. Ela elimina opções de carreira para jornalistas de mentalidade independente. Com efeito ainda maior do que as mudanças nos mercados de mídia, reduz a mão de obra disponível para investigar a corrupção, cobrar responsabilidades do governo e cobrir outros temas de interesse público. Esta é apenas uma área em que governos nacionais-populistas usam o poder econômico do estado como empregador para consolidar o controle político.”

Até a EBC, estatal que Jair Bolsonaro prometeu privatizar, foi mantida, empregando o ex-diretor da TV do sogro do ministro da Propaganda. O presidente radical do Centrão, que trocou o populismo reacionário desgovernado de 2019 pelo populismo bolsolulista de 2020 com apoios comprados, depende de esmolas, escambos e microfones de aluguel promovendo material pró-populista e pró-governo para acobertar “a frente ampla pela impunidade” (título de artigo de 11 meses atrás nesta coluna) que Luiz Fux tenta conter como presidente do STF, movendo ações penais das turmas para o plenário da Corte.

No Twitter, o berrante já perdeu a força.

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Excelente texto. Vivemos sob areia movediça. Nada é concreto nesse momento em nosso país. Qdo acho que o equilíbrio está retornando, lá vem aquele pêndulo utilizado na demolição de edificações e páh. Toda minha esperança e ânimo, se esvai. Nunca foi tão normal, matar e roubar, como hoje. Todos gritam nas redes sociais, mas ninguém ouve e dia seguinte já foi para o esquecimento o fato, pois surgiu outro mais medonho. Quero sair desse tempo. Par qual espaço tempo? Não sei!🥴😔

    1. Felipe, troque o cenário do Papo Anatgonista, por favor!

    1. O governo que foi eleito com a bandeira do combate à corrupção, transformou-se em inimigo da lava jato e passou a se assemelhar cada dia mais com o pt. O gado naturalmente não vê nenhum problema nisso. Tudo farinha do mesmo saco.

    2. Eu suprimiria apenas o “lamentável”. O resto da sentença está em harmonia com a realidade. Talvez eu ousasse adjetivar com um louvável para antagonizar.

    3. Os ideais do FMB continuam os mesmos, a defesa de pessoas políticas é que mudou. Mas isso é pq essas pessoas políticas tmbm mudaram. Como continuar defendendo políticos que vestiram a carapuça de tudo aquilo que combatiam em 2018? Regina, bote a mão na consciência e reflita sobre como você mesma mudou de 2018 para agora ao continuar defendendo as pessoas de 2018 no momento atual. Redundâncias a parte, Regina, FMB não mudou, vc é que mudou.

  2. E ainda chamam o Moro de traíra. Me atrevo a pensar que tudo estava combinado desde o início. Inclusive o convite ao Moro com promessa de liberdade de ação e futuro cargo no STF. Assim, eles (centrão do qual Bolsonaro sempre fez parte) eliminariam o Juiz caçador de corruptos e o PGR enfraqueceria a Lava Jato. O golpe final seria formar maioria “garantista” no STF. Kassio lhe cai bem. Nem adianta o Fux levar casos ao plenário, pois a maioria está formada )até c Alexandre de Moraes)

  3. A última frase me enche de esperança ! Assumir o erro é possibilidade de acertar na próxima eleição. Todos os políticos que se usam de discurso só para serem eleitos , não podem ter segunda chance !!!

  4. Não adianta eleger um ditador a cada 4 anos. No dia seguinte à eleição já não tem qq compromisso com sua plataforma e eleitores. Parlamentarismo é mais democrático e responsabiliza o parlamento. Candidaturas independentes de partido e aprender a votar seriam fundamentais. Mas como botar o sino no gato???

  5. Esperava mais de tão talentoso articulista. Artigo superficial para demonstrar rancor e desagrado. Está no caminho certo, mas a análise é epidérmica.

  6. É uma pena que tdoos comentaristas de Crusoé, excetuando Narlock alinharam-se a essa narrativa socialistoide chinesa. Malhar o governo. Não interessa as coisas boas. Só os defeitos.

    1. Quem copiou o modus operandi da esquerda foi o teu mito.

    2. Não é um ataque ao governo, e um ataque ao presidente bandido

  7. A Democracia só pode sobreviver com uma imprensa livre! A educação dos nossos filhos e netos precisa mostrar isso. Só com informações de fontes seguras, alinhadas 100% com a verdade, a justiça, a retidão moral e de caráter elevado, pode ajudar a evolução da Democracia. A educação precisa ensinar também o interesse sobre as forças políticas que nos governam pois ficar alheio à política é dar espaço à corrupção! Fora Bolsonaro, Viva Moro!

    1. Porque tu assinas está revista se a chamas de vergonhosa .. vai procurar tua turma !!!!

    2. Vai ouvir o "Pingos nos Is", minha filha. Combina com você.

  8. O jornalismo independente é o único jornalismo de fato, Felipe. Como dizia Millôr, “Jornalismo é oposição. O resto é armazém de secos e molhados."

  9. Congratulações Felipe! Você era a voz, realmente, isenta do programa “OS PINGOS NOS i”, que, após sua saída, tornou-se um programa “chapa branca” e sem isenção, como deveria. Parei de seguir. Saudades de seus comentários, frente aos de José Maria Trindade, Augusto Nunes, Ana Paula e Ricardo Fiúza.

    1. Assino em baixo , o melhor é a capacidade de perceber a mudança dos comentaristas do programa ... como era mesmo ? “Não tenho político de estimação” parece que passaram a ter ....

  10. Deus acima de todos e a família Bozo e sua trupe acima de Deus! A que ponto chegamos? A criatura coloca Deus, palavrão e arma na mesma frase e ganha apoio dos fiéis e das igrejas. Abraça o PT, o Tófolli, Aras, Gilmar e Kasio, mas o Moro, o Diogo, o FMB ou a Crusoé são os traidores. Esse Bozolulismo é uma entidade do mal. Muito alho e oração!!!! Colei chiclete na cruz e estou sendo castigada. Ninguém merece. #derretecriaturadopântano

  11. 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

  12. Vc e suas indiretas.... De nome aos bois, diga nome de empresas, de jornalistas, quem recebe dinheiro sujo, etc etc Eqto nao fizer isso fica a impressao de dor de cotovelo. Ainda nao passou a dor?

  13. Minha mãe me critica dizendo que já nasci “do contra”. Meu pai me elogiava pelo mesmo motivo. Não é que eu seja “do contra”; eu discordo das unanimidades quando as acho burras. Aliás, alguém já disse que “toda unanimidade é burra”. Concordo. A História nos conta inúmeras catástrofes provocadas pelo “efeito manada”. “Deus, Pátria e Liberdade” são mantras fortes, usados por todos políticos populistas para obter apoio dos ingênuos e menos instruídos. Eu acredito em ATOS, não em discursos

  14. Bolsonaro esta decepcionando seu eleitorado, uma vergonha, bate no peito como super honesto, mas fecha os olhos e abraça corruptos e ladrões de dinheiro público.

    1. Só diria diferente , não está e sim decepcionou ! Não merece segunda chance !

  15. O cara fala o contrário na frase anterior e diz, com ironia, o que os lesapátrias tanto desenham ouvir. A ironia é desonestamente ignorada e o pensamento tortuoso segue em frente. Assinei essa revista no começo do ano e, para minha total decepção, mudou completamente sua orientação. Ilha de jornalismo? Conte outra piada... Rs... O fato é que ser conservador implica em transformar a realidade sem revoluções. Se tentar engatar marchas sem estar preparado, o câmbio quebra e os abutres voltam.

    1. Meu querido gadinho ruminante, a revista nao mudou. Quem mudou foi o MINTO e a boiada que o segue cegamente.

    2. Sonia , minha percepção , nunca saiu infelizmente . Poder concedido a pessoa perigosa . A forma que repudia críticos e ex aliados é assustador !

    3. Os abutres já voltaram, meu caro. Ainda me falta ter certeza se Bolsonaro regressou ao ninho dos abutres ou se dele nunca saiu. Estou propensa a crer na segunda opção. Vai vendo o desenrolar dos FATOS e depois me conte 😉

  16. Poderia dizer que o governo Boso acabou.após se sentir ameaçado eleitoralmente por Moro, arrumar uma forma de colocá-lo para fora do governo. Também por sua conduta criminosa diante da pandemia. Certamente por não ter capacidade intelectual de tomar uma decisão diante de visões antagônicas de dois ministros seu e fazer com o sempre tem feito, empurrar com a barriga. Quem sabe pelo abraço caloroso de Toffoli. O Centrão. Mas o mais emblemático para mim do fim desse desgoverno é o apoio de Renan.

  17. Jair Bolsonaro está cagando e andando por todas essas atitudes erradas que vem tomando e por tudo o que não fez prometido na campanha eleitoral, porque sabe que os que passaram a apoia-lo desconhecem quem seja Toffoli, Alcolumbre, Gilmar Mendes, Rodrigo Maia, etc. Esses novos apoiadores são alienados em assuntos. Ele, que é do mal, um tremendo vigarista, está pouco se lixando.

    1. Você ataca o caráter ou traços pessoais do seu oponente em vez de refutar o argumento dele. Típico da falácia.

    2. Dá pra ver claramente que o Felipe saiu da Jovem Pan (na verdade foi saído, kkk), e de lá trouxe a sua troupezinha que não chega a uma centena (basta ver o número médio de comentários dos seus "artigos"). O "jornalistazinho" oriundo da Veja e que vivia colocando os republicanos nas alturas, descia a lenha no Obama e falava bem do Trump, hoje é incapaz de abrir a boca para condenar o Biden,velho caquético que não diz coisa com coisa. Brasileiro tem memória curta mesmo. Nem todos. Eu me lembro.

    3. Que tal fazer um comentário um pouco menos raso e dizer o que você não gostou?

  18. Ainnnn continuo com minha bundinha dodói! Sou o gadinho do MORO! Mesmo falando muitas verdades não fala nada pois faz o sentido das proporções não ter sentido. É muito limpinho esse Felipinho! Vai lá gostosão vai governar com os ratos sem ser autoritário.

    1. Realmente, os artigos do Felipe Moura Brasil são muito eruditos, porquanto inapropriados para analfabetos funcionais. Você deveria abster-se de comentar para não passar vexame escrevendo palavras sem nexo.

  19. Você é fera Felipe!👏👏👏Todo o time de vocês nos dão esperança de uma guinada para não cairmos no precipício.Um jornalismo combativo e desafiador! Augusto Nunes, Alexandre Garcia e outros sempre foram de direita.Mas tudo tem limites e acho que se deram conta de que caíram numa emboscada desse governo ao se comprometerem e se corromperem...eles tem consciência do que fazem e das suas escolhas .É fim de linha para eles!!E que morram de inveja do brilhantismo , competência e coragem de vocês!👏

    1. Quando não se tem argumento se diz palavrões, coloca-se arma na mesa. E diz que a terra é plana.

  20. Excelente! FMB seu trabalho me inspira a continuar acreditando que um dia teremos um país melhor! Seu caráter e integridade são contagiantes!

  21. Felipe sua coragem eh admiravel, assim como sua fidelidade ao jornalismo em sua essencia !!! Parabens !!! Bem ao contrario de Bolsonaro, que conseguiu trair todos os que confiaram nele, desde seus eleitores, seu partido, sua equipe de ministros, seu guru e sua horda mais fanatica. Uma hora ele proprio sera o traido e nao tera a quem recorrer. Torcer para que seja logo para minimizar prejuizos.

  22. Parabéns Felipe ! Ainda bem que vc não faz mais parte do pessoal de "OS PINGOS NOS IS" Lá, lamentavelmente perderam a credibilidade por "passar o pano" nesse Governo mentiroso por causa das "canjas" que é dado a eles.

  23. A "multidão suína" e os jornalistas passadores de pano passam. Segue o jornalismo sério, investigativo e sem patrocínio da Crusoé/Antagonista. Parabéns Felipe, por não se render a essa corja.

  24. Em se tratando de "multidão suina",temos a nossa correspondente...que não só sustenta,como apoia e ainda "justifica"todos os desatinos cometidos por esse governo... Quanto ao texto do Felipe...sempre o máximo!!!

  25. Renan Calheiros, esse bode velho, soube como ninguém dar uma cabeçada em Bolsonaro e coloca-lo no devido lugar com o rabo entre as pernas quando, ironicamente, enumerou as medidas da nova política do governo... rsrsrssss. Acho que William Wack não acreditou no furo que seria essa entrevista...rssssrsss.

    1. Foi o maior "serviço" que o pilantraço renan prestou ao país

  26. Como sempre, lúcido, certeiro nas suas análises, Felipe Moura Brasil desnudou o DON e sua poderosa Familícia, que se amancebou com a bandidagem da classe política, jurídica e abençoado pela ala militar que se faz de surda-muda e completamente cega.

    1. Você esqueceu que Deus está com ele e acima de todos, que nojo 🤢

  27. Siga firme Felipe. O trabalho é árduo, dá pouco resultado imediato, mas vocês já protagonizaram o fim do PT, podem protagonizar o fim de mais uma quadrilha.

  28. Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE” é nossa resposta ao ACORDÃO de BOLSONARO com o ESTABLISHMENT! Não seremos LUDIBRIADOS com o “velho plano de MELHORAS NA ECONOMIA!” Triunfaremos!

    1. Sim, mas temos que voltarmos às ruas. Único recado que o Congresso , em sua gde maioria , cúmplices dessa bandidagem,entende. Momento tenebroso que estamos vivendo!

  29. Infelizmente Felipe, ainda o gado é e grande número proporcional à ignorância que o move, e a grande mídia faz abordagens superficiais ( visão d paisagem ) que ajuda a manter a letargia dos pouco informados.

    1. Mas bem menor do que parece. Veja o sucesso que foi a criação do partido dos bozistas

  30. Isso tudo me deixa tão para baixo...que se não fosse tão forte já teria entrado em depressão. É inacreditável...é revoltante...a cegueira que assola o país.

  31. Parabéns, Felipe pelo seu artigo. Muito claro e objetivo. Cada dia fico mais feliz de ser assinante Crusoe/Antagonista e de poder estar com vcs nessas leituras.

  32. Felipe o papo antagonista está muito bom mas tira a imagem do boso . Felipe, o povo precisa voltar às ruas, igual fizeram no governo Dilma.

  33. Agora é fácil falar isso. Queria saber onde estavam o Burke e o ISD em 2018, quando o Felipe usava todo o espaço que tinha numa grande rádio para "traduzir" os descalabros ditos pelo Bolsonaro em algo sensato e justificável? Uma coisa é o eleitor médio que acreditou que entre as opções viáveis, o Bolsonaro fosse a menos pior. Outra coisa é o grande inteligente, que exsuda cultura e sabedoria pelos poros, ter feito de tudo para convencer inúmeros que a estrela do superior ia mudar o Brasil.

    1. Já pensei a mesma coisa, Fernando. Agora Inês é morta.

  34. Volto a outro ponto será que esse número alarmante de desempregados não é esse povo que não ver nada disso,creio que há um ligação,quando mais acéfalos,mas desemprego e mais voto para governos populistas.

  35. Entre todas as situações constantes do texto uma das que mais me irritam é quando a imprensa tradicional nomeia determinados juízes como "garantistas". Garantem o quê? a plena liberdade de melhor saquear os cofres públicos.

  36. O que mais me surpreende é os tais bolsonaristas raiz terem a mesma atitudes que estes antes diziam que os tais petistas raiz tinham. É incrível a quantidade de acéfalos que existe no Brasil a eterna REPUBLIQUETA Bananeira!

  37. É impressionante a guinada de jornalistas que eu respeitava. Parabéns por sua postura, dignidade, por seu trabalho espetacular. Parabéns e obrigada.

    1. Quer dizer, JOAO (sem acento e que a exemplo do Jose, também deve tomar no assento), que o Constantino mora como um brazuca expatriado? Seguindo seu raciocínio de ostra, como devemos considerar o Mainardi? A diferença abissal entre a Crusoé e a Oeste, é que na primeira não há um JORNALISTA do porte de Augusto Nunes, J.R. Guzzo, G. Fiuza, Ana Paula e Constantino. Com a graça de Deus, minha assinatura na Crusoé se encerra em Dezembro. Paguei por ela, vou usar até o final e rebater os tolos.

    2. Nossa, encontrei aqui, nesse diálogo entre vocês, tudo o que eu penso! Muito bom.

    3. Alexandre Garcia e Augusto Nunes estavam à venda tal qual as moças das vitrines em Amsterdã. Bozzo foi lá e comprou os escrúpulos deles. Reinaldo de Azevedo pirou depois do AVC e agora idolatra Temmer e Gilmar Mendes e odeia Moro. Ficou lelé da cuca. Constantino sempre foi um bosta, sem formação e cultura. Mora como um brazuca expatriado.

    4. Augusto Nunes. Foi sondado pelo jumento para ser porta voz do governo. Rejeitou, pois, acertadamente, avaliou que seria mais "útil" desempenhando o papelão que cumpre agora. Rodrigo Constantino, durante anos enganou os editores e os leitores da Veja com o seu liberalismo de araque.

    5. Também fiquei muito decepcionada com alguns jornalistas, passaram a adotar posturas fanáticas e, até mesmo, contraditórias, algo que acho inaceitável para um profissional que deve ser comprometido com o dever de informar. Mas, a dupla Crusoé/Antagonista não me decepciona!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO