O hacker quer falar

02.10.20

Thiago Eliezer Martins, o programador de computadores preso por integrar o grupo de hackers que invadiu aplicativos de mensagens de Sergio Moro e de outras autoridades da República, quer virar delator. Antes de ser solto na última terça-feira pelo juiz do caso, Chiclete, como Thiago é conhecido, entregou à Polícia Federal uma proposta em que se oferece para contar o que sabe sobre o roubo das mensagens. Na parte mais palpitante do relato, ele diz que pode falar sobre a participação de outras pessoas supostamente envolvidas no esquema, entre elas um político do PT. O programador, cuja ligação com o caso foi revelada por uma reportagem de Crusoé em agosto do ano passado, também se dispõe a dar mais detalhes da atuação do grupo em fraudes bancárias. Apesar do aparente teor explosivo das revelações que o hacker promete fazer, há sérias dúvidas se a delação vai sair. Os investigadores não se animaram muito com a proposta de delação. Eles acham que, até o momento, Chiclete não dá mostras de ter provas para entregar. Radicado em Brasília, Thiago Eliezer era tratado como o “guru” de Walter Delgatti, o estelionatário de Araraquara que confessou o crime.

ReproduçãoReproduçãoThiago, o Chiclete: ele diz que há um petista na trama

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Enquanto contarmos com alguns desses membros do STJ e STF, os contraventores e corruptos podem se tranquilizar, pois nada acontece. O HC ainda impera, para liberar a bandalheira.

    1. Não estão interessados porque ele disse que tem político do PT envolvido, e todos sabem que o Ministério público e o Judiciário foi aparelhado por esse partido corrupto.

  2. fiquem tranquilos cidadãos brasileiros, o presidente JUDAS bolsonaro vai, já, já escalar alguem para proteger esses meninos, e evitar incomodos ao PT.

Mais notícias
Assine
TOPO