Edilson Rodrigues/Estadão Conteúdo"Os pontos mais importantes são os que tratam das vedações de privilégios. Isso o Congresso só deveria ampliar, e não reduzir"

Por menos privilégios

Paulo Uebel, o ex-secretário do Ministério da Economia que ajudou a desenhar a reforma administrativa, diz que a pressão popular pode fazer com que o Congresso inclua os atuais servidores nas novas regras
02.10.20
Mais notícias
Assine
TOPO