MarioSabino

A lata velha de Piketty e Huck

18.09.20

Em 2013, ao passar pela calçada da livraria parisiense La Hune, em Saint-Germain-des-Près, deparei na vitrine com o recém-lançado O Capital no Século XXI, do economista Thomas Piketty. Como livro de francês sobre capitalismo só pode ser contra o capitalismo, não dei bola. Embora o mais conveniente para mim tivesse sido me tornar socialista, sou lúcido demais para não me enganar a respeito da natureza do ser humano.

Dada a inexorabilidade do capitalismo, a livraria La Hune faliu, infelizmente, devorada pelo capítulo final de um incêndio em 2017, mas Piketty continua vivíssimo. Eu deveria ter dado bola para o seu livro, porque o sujeito se tornou um sucesso mundial graças ao cartapácio. Amostra suplementar de que o meu faro jornalístico enfraqueceu-se depois da covid dos 50 anos, juntamente com a minha paciência. O sucesso de Piketty é tamanho que, da vitrine da La Hune, ele foi parar numa recente entrevista feita por L’uciano Huck. O apresentador agora entrevista gente que, no seu julgamento, pode trazer luzes ao tal do debate — e holofotes para a sua eventual candidatura em 2022.

Se você conseguiu a façanha de passar incólume por Piketty, eu resumo: ele faz longos retrospectos, muito interessantes, para embasar a ideia de que o capitalismo passou a concentrar tanta renda, mas tanta, que se chegou a um nível insuportável de desigualdade. Solução: taxar progressiva e pesadamente renda e riqueza, assim como se fez na Europa do final da Segunda Guerra Mundial até a década de 1990, quando os impostos começaram a diminuir para os ricos e suas empresas. Piketty acredita que a diminuição de taxação está intimamente ligada ao aumento da desigualdade. Para reduzir esta última, portanto, seria fundamental aumentar a primeira. Carregar os ricos e as suas empresas de impostos não inibiria ainda mais o crescimento econômico? Piketty fez uma análise de curvas disso e daquilo para concluir que a extrema desigualdade é que seria freio para o incremento sustentável da atividade econômica.

De fato, mesmo quando se constata que os homens são desiguais em suas capacidades e a massa de extremamente pobres é atualmente a menor da história, não dá para ignorar que o abismo socioeconômico vem se aprofundando de maneira perigosa para a manutenção do próprio sistema. Obviamente, há países mais desiguais do que outros, no Brasil a coisa já virou flagrante delito, mas o quadro preocupante é geral. Ignorante em economia, desconfio de que as respostas efetivas para esse problema concreto, por mais que variem de latitude para latitude, devem ser dadas sempre dentro do capitalismo. Afinal de contas, como expressão da natureza humana, ele já demonstrou ser o pior dos sistemas econômicos à exceção de todos aqueles já experimentados, parafraseando Winston Churchill.

Até o lançamento de Capital e Ideologia, em 2019, Piketty ainda não tinha saído completamente do armário. Mantinha metade do pé esquerdo lá dentro. Como o sucesso liberta, assumiu de uma vez ser socialista. Ele não almeja diminuir a desigualdade para destravar o capitalismo, quer mesmo é mudar o sistema. É o arauto do socialismo no século XXI. Quem sai aos seus não se regenera, eu diria. Em Capital e Ideologia, lá na longínqua página 836 da edição brasileira, depois de fazer nova apologia do imposto progressivo sobre patrimônio, rendas de trabalho e do capital, Piketty conclui, triunfante:

O modelo de socialismo participativo proposto aqui se baseia em dois pilares essenciais visando erradicar o atual sistema de propriedade privada e substituí-lo pela propriedade social e pelo compartilhamento dos direitos de voto nas empresas, bem como pela propriedade temporária e pela circulação do capital. Combinando os dois elementos, chegamos a um sistema de propriedade que já não tem muito a ver com o capitalismo privado tal como o conhecemos atualmente, e que constitui uma real erradicação do capitalismo.

E acrescenta:

Essas propostas podem parecer radicais. Saliento, no entanto, o fato de que, na realidade, elas se situam numa linha de evolução que começou no final do século XIX e no início do século XX, tanto no que concerne ao compartilhamento do poder nas empresas quanto ao surgimento do imposto progressivo. Esse movimento foi interrompido ao longo das últimas décadas, em parte porque a social-democracia não renovou e internacionalizou o seu projeto o suficiente e, por outro lado, porque o dramático fracasso do comunismo em sua vertente soviética lançou o mundo numa fase de desregulamentação sem limites e de renúncia a toda ambição igualitária a partir dos anos 1980-1990.

Basicamente, o que Piketty está dizendo é que o socialismo não morreu, porque o socialismo que ruiu não era o verdadeiro socialismo (cansa, né, meu filho?). O verdadeiro socialismo será alcançado fiscalmente e a tomada dos meios de produção será por meio da propriedade temporária. O sujeito investe num negócio, o negócio dá certo, ele é obrigado a pagar impostos cada vez mais altos, os funcionários passam a ter direito de votar sobre o destino da empresa, o lucro adquire função estritamente social e, voilà, um belo dia ele se vê obrigado a abrir mão do que era seu. Traduzindo: o futuro é o socialismo de cooperativas. A esta altura do campeonato, estou para o mundo como Rhett Butler para Scarlett O’Hara, em E o Vento Levou…: “Frankly, my dear, I don’t give a damn.” Mas, voltando ao início deste artigo, alguém precisa avisar L’uciano Huck de que, se ele concorda mesmo com Piketty, ficará esquisito continuar a fazer propaganda de corretora. Também terá chegada a hora de iniciar a transformação das suas centenas de milhões de reais em propriedade temporária, para dar exemplo. E, se for eleito presidente da República, o caminho coerente a seguir será o de aumentar progressivamente os impostos sobre renda e riqueza, a começar pela sua própria fortuna e as dos amigos dele. Vai ter de botar todo mundo dentro do caldeirão, não tem jeito.

De qualquer forma, já há uma semelhança entre o economista francês e L’uciano Huck, para além de ambos terem nascido em 1971: Piketty também pegou uma lata velha e deu uma recauchutada nela para parecer um carro novo. Dá para acumular um bom capital fazendo isso no século XXI.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Não consigo entender como Mário Sabino, um ser humano absolutamente privilegiado no que diz respeito às sua capacidades intelectuais, ainda acredita nos benefícios do sistema econômico capitalista e o defende, tal como ele funciona. Não pretendo defender Piketty e sua teoria, mas gostaria de entender os fundamentos humanísticos das ideias de Sabino.

  2. Sensacional Mário. O Hulk se chegou no francês porque é modinha bacana. Apenas o Brasil precisa fazer ainda o arroz e feijão, fora de moda.

  3. MARIO SABINO e EQUIPE FANTÁSTICA da CRUSOÉ, vocês (tratamento assim informal porque os sentimos mesmo como amigos muito próximos!) são ☀️ILUMINISTAS ☀️ e essa é uma das muitas boas palavras que melhor os definem!!! APLAUSOS e, sobretudo, OBRIGADA pelo "FIAT LUX" a cada semana!!! 👏👏👏👏👏👏👍👍👍😉😉😉😘😘😘

  4. Raça chata, ignóbil e estúpida que não desiste, essa de socialistas. A fórmula capitalista irá, é lógico, se esgotar um dia, depois que o hemisfério norte fizer desenvolver o hemisfério sul, exatamente com a finalidade de expandí-la até onde for possível mas, uma vez esgotada, será substituída por um modelo totalmente diferente do que possa se parecer com esse socialismo idiotizado que tenta comprimir à força, a diversidade humana em fôrmas aberrantemente padronizadas.

    1. 4 - Como por exemplo o assassino envenenador russo, o dissimulado e sorrateiro opressor chinês e outros tantos imbecilóides, que atrasam o processo civilizatório da Humanidade !!!! Em parceria, é claro, com a quadrilha dos idiotóides capitalistas.

    2. 3 - ...ou seja, a diversidade de configuração biológica, de pensamento, de mobilidade em múltiplos sentidos, isto é, o que interessará sempre é a maior multiplicidade de dados e variáveis possíveis. Portanto, já passou da hora de enterrar definitivamente o ""zumbi-socialismo"", que, claro, já vai tarde e muiiiiiito tarde, depois de ter causado tanto mal e tantos prejuízos a tantos povos, oprimidos por PERVERSOS e FARSANTES proprietários de muitas & muitas """dachas"""!!!

    3. 2 - A menos, é claro, que passemos a produzir seres humanos em laboratórios (o que acontecerá, é lógico) mas, formatados biológica e psicologicamente em "alfas, betas e ypsilones", como cogitou Aldous Huxley, essa fórmula ridícula que trata os seres humanos como massa amorfa, jamais será aplicável, justamente porque, embora se almeje sempre o aperfeiçoamento da espécie, o que mais interessa para o sucesso na consecução desse objetivo é justamente a diversidade humana....(continua....)

  5. Excelente percepção. Quem prega o socialismo, o faz pensando somente no dinheiro, propriedade e suor dos outros. A ideia é tão somente perpertuar-se no poder. Produzindo caos e miséria. Assim como ocorre na Venezuela atualmente e no Chile tb. Malditos Comunistas!

  6. Parabéns Sabino. Não há como criar formatos ideológicos para as sociedades abstraindo da natureza humana. Justiça social não se obtém desestimulando empreendedores com taxação extorsiva, justiça social só é minimamente conseguida com educação pública de qualidade para todos. Caso contrário haverá cada vez mais miseráveis gerando miseráveis e ricos concentrando riqueza.

  7. Parabéns pelo texto. Proponho também solicitar ao Luciano Hulk abrir todos os impostos que paga sobre o que recebe. Será que ele paga todos impostos como todo qualquer assalariado CTL? IR, INSS, FGTS tudo que pagamos pelos "direitos" trabalhistas.

    1. A questão não é ler. Sabino veio a ler e ele não é idiota, ou você acha que é? Todo pesquisador tem que ler tudo da área na qual trabalha, principalmente se tiver grande aceitação de público. Mário Sabino leu e refutou brilhantemente aqui, sem precisar descer nos detalhes sórdidos da vaidade do autor.

  8. socialismo sendo debatido por adolescentes de 50 anos sempre foi muito cansativo. entetanto, socialismo defendido por empresários multi milionários que usam juros camaradas subsidiados pela sociedade é muito pitoresco. sua coluna é muito divertida ainda que sarcástica. assuntos cansativos podem ser tornar animados. obrigado!

  9. esse piketty é um farsante e os que o bajulam são uns ególatras. Ah rarara faz-me rir. a solução é redução de gastos com universidades e transferência para ensino básico com carga horária de oito horas e de qualidade e mais redução de gastos públicos em todas as outras áreas, etc.... vide Coreia do Sul. simples assim...!!!

    1. Já vem outro apelando para religião cultural que tenta mudar o mundo de fora pra dentro. Por que todo mundo tem a tendência de achar que a solução de tudo está na sua caixinha filosófica ou religiosa?!!

    2. Sabino, seja perseverante, a revista vai ser um sucesso. A multimídia veio para ficar. estamos passando por uma revolução planetária e tudo vai ser para melhor. pesquise sobre isso! você foi inspirado. parabéns!

    3. por último, mas não menos importante. Esse Piketty é um ignorante. Se tivesse lido Allan Kardec, na obra o Livro dos Espiritos" na questão 811." não teria escrito essa bobagem. Os Espíritos dão uma reposta brilhante para a pergunta de Kardec sobre as desigualdades sociais.

  10. Assim como o articulista, não entendo nada de economia. Creio, sim, que para diminuir desigualdades deve- se dar igualdade de oportunidades. A educação básica é um dos maiores instrumentos para isso.

    1. Verdade Raimundo. E complementando a questão 811, no Evangelho Segundo o Espiritismo, no Cap. XVI no 8.Desigualdade das riquezas.

  11. Meu pai era carreiro, bebia, caia na estrada, oi bois iam embora, minha mãe era epileptica e me disseram que ela foi parar num sanatorio, fui para o orfanato, nos idos 1948. Escolaridade de verdade focada no ensino sem essa choradeira de Paulo Freire seria um caminho para o desenvolvimento e a diminuição da desigualdade.

  12. Fui criada em orfanato pelas franciscanos com muito amor e também alguns puxões de orelhas. Penso que o abismo social pode diminuir com educação de verdade e planejamento familiar. Onde há sinistros se vê: gente desdentada rodeada de filhos e mais filhos para receber bolsas. Aí a conta não fecha. Vai faltar empresário para custear. Huck é um chato demagogo.

    1. Prezada Marina, você tocou em dois pontos que concordo totalmente: investimento pesado na educação da pré-escola até o segundo grau e planejamento familiar (não dá para a população passar, em 50 anos, de 90 milhões para 212 milhões sem alastrar a pobreza para todo o país).

  13. Brilhante, como TODOS os seus artigos, Mário! É um prazer quase físico ler seus artigos e ouvir seu s podcasts. E suas conversas com o Felipe M. Brasil no Papo Antagonista são simplesmente deliciosas. 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

  14. O Piketty resolveu o problema de capital dele vendendo a ideologia anticapitalista ... kkkkkkkkkkkkk É isso aí, caro Sabino.

  15. Muito bom... Somos todos socialistas, desde que isso somente, afete os outros... Afinal, determinar o que os outros devem ou não fazer, é muito fácil.... O problema é quando chega a nossa hora nessa contribuição social...

  16. Olá Mario! Eu não assisti a entrevista do Luciano Huck, mas comento pautado na sua coluna. O fato dele ter entrevistado um socialista "puro sangue" não quer dizer que ele concorde com o entrevistado. Não estou defendendo o Luciano Huck e muito menos o socialismo. Mas é legítimo que ele entreviste pessoas com pensamentos diversos. É muito melhor fazer isso do que achar que está sempre certo dentro da sua própria visão de mundo (acho que se aplica aqui a frase "toda unanimidade é burra").

  17. Se Huck acreditar no socialismo é bom a avisar logo e começar a agir como um bom socialista. E Piketty deve já começar a distribuir os lucros dos seus livros. Ou então é conversa pra inglês ver...ou francês.

  18. O socialismo a la Huck vai deixar de fora sua tchurminha. É um grupinho de pessoas em torno dos 40-50 anos, que voa em jatinhos próprios, passa os fins de semana al mare de Angra, esquia em Aspen... Essa galera sempre será especial aos olhos do fisco, rigoroso apenas com os outros.

  19. Não comento este artigo, com o qual concordo, mas outro do mesmo autor, de hoje, no Antagonista. Sobre o presidente sociopata. Sabiam que, desde que Pazzuelo assumiu, o índice de óbitos/infectados que em 16/06 esteve em 6,7%, está hoje em 3,02%? E que a taxa de recuperados, nesse mesmo período, evoluiu de 47,8% para 84%? Viva os 10000 médicos de adotaram o tratamento precoce do corona!!! O que definirá as eleições de 2022 é a falta de crédito do povo nas mídias, no STF, e no congresso!

  20. Huck à parte, apesar de todos terem o direito de querer ser presidente, e o que é pior, poder ser, tanto que o cloroquina está aí. Mário, todos tem direito de criticar quem quiser, livros/ideias, e teceste a tua, daí em lendo o que disseste, senti que és partidário do capitalismo (direito teu), consequentemente aceitas o enriquecimento desmedido à custa do mesmo crescimento das desigualdade. Não vês a possibilidade do aproveitamento do bom que existe no capitalismo e do socialismo?

  21. Texto perfeito. Há muitos anencéfalos crédulos no Socialismo como meio de distribuição de renda. Basta Luciano Hulk se passar por socialista, que muitos professores e funcionários públicos ( aqueles que não gostam de trabalhar), vão apoiar a sua candidatura. Durante um determinado tempo a gente pode até pensar que o Socialismo presta, mas depois dos quarenta, é idiotice acreditar nessa ideia.

  22. Nada se cria tudo se copia , minha nossa , vai querer reinventar a roda tbm ?, inacreditável que anda tem muitos ávidos a dar dinheiro para se informar sobre nada.

  23. Muito lúcido seu artigo, Mário Sabino. O livro de Piketty é enfadonho, pois quer igualar todos como se a Natureza tivesse padrão para alinhar mentes e tornar escravos os que realizam algo em prol dos invejosos e desqualificados.

  24. Texto excelente Sabino!! Que idéia mais furada desse Piketti ! Aumentar impostos das grandes empresas só vai afugentá-las do país!

  25. Quando vejo essas idéias aparentemente sensacionais de transformação radical da realidade, como é o caso desse tal Piketty, sempre lembro da famosa frase do (este sim) genial Garrincha: "Mas você já combinou com os russos?" Hahaha. Garrincha era um gênio não só dá bola...

  26. Ler a sua coluna semanal é o ÚNICO motivo da manutenção da minha assinatura hoje na Crusoe. Todos os demais colunistas (o Goiaba às vezes posso excluir) perdem a mão em seus textos. Falta inteligência à Crusoe, regra geral ! Sobra picardia, desequilíbrios textuais, manipulações grotescas e uma fofocada tosca que faria a revista Ti-ti-ti morrer de inveja. Entendo que a polarização é atrativa economicamente. Haters dão bastante dinheiro. Fanáticos também. Mas o equilíbrio é mais brilhante.

  27. Piketty é um estudioso respeitado em todo mundo pelo trabalho de pesquisa que fez, especialmente no livro Capitalismo do século XXI, por isso sua opinião deve ser muito considerada se quisermos uma transição para uma sociedade mais justa.

    1. Creio que muitos que o criticam sequer leram seus livros, que têm conceitos complexos, mas preferem criticá-lo, que é mais fácil que refletir sobre suas propostas.

  28. Bom... Pelo menos esse Piqueti é um comuna que escreve coisa com coisa (mesmo que escreva uma reedição do "Lata Velha", do Ruc. Já o Slavo Zizéqui... Esse é o queridinho piradinho da isquerda. Não se entende patavina.

  29. 1% da população do mundo detêm 99% da renda e 99% da população detêm 1% da renda. Isso é fato. Acredito que essa discussão de direita e esquerda é inócua, porque na esfera da direita têm políticos, corruptos, empresários corruptores, líderes religiosos falsos e membros do judiciário corruptos. Da mesma forma na esfera dos que seguem a ideologia de esquerda também temos esses mesmos problemas, com um agravante, quando a ideologia de esquerda é implementada, tem a capacidade de destruir um país.

  30. A "solução" de Piketty é ridícula. Se você sufoca as empresas com impostos e depois coletiza as mesmas, o resultado é o mesmo da estatização: a produção cai, faltam produtos no mercado, miséria e fome. É só ver o que aconteceu na Venezuela e em todos os lugares onde esses experimentos foram tentados.

  31. Essa Nova Esquerda é pândega porque a incoerência é manifesta. Mas torço para que a Crusoe pegue o gato no pulo como fez com essa matéria.

  32. Não sou socialista e vivo perfeitamente numa sociedade capitalista que está mais de acordo com a liberdade e a democracia. Detesto marxistas e mentes enganchadas nele mesmo após Berlim. Mas pessoalmente acho que as sociedades mais desenvolvidas deveriam achar algum tempero para eliminar os excessos do capitalismo. De preferência de dentro do próprio capitalismo. Pois se não o fizer, a oposição não sossegará. Os níveis exagerados de desigualdade são reais, tem nome, sobrenome e assinatura.

    1. Sim. As Empresas precisam livremente ter responsabilidade social . Precisam beneficiar o entorno . Por outro lado procriam demais . Falta a educação basica .. Complicado ...

  33. Perfeito! Esse sistema proposto de aumentar os impostos progressivamente é uma barca furada, à espera do naufrágio, como também o fim das grandes empresas a longo prazo (afinal, quem vai suar tanto a camisa pra depois ficar sem quase nada?). Infelizmente, essa proposta não é só do Huck, mas também de Ciro Gomes, a esperança dos esquerdistas atuais... Se não tomarmos cuidado, é ele quem vai pro segundo turno com Bolsonaro: duas tragédias ambulantes... Precisamos de Moro pra desempatar esse jogo!

    1. Amigo, o governo atual está dando sequencia a todas as insanidades dos governos anteriores. Quando alguém bate no Bolsonaro tmbm está batendo em FHC, Lula, Dilma e Temer. São tudo farinha do mesmo saco, fizeram e fazem política da mesma forma. (mas ai vem um bolsonarista relinchar que o PT roubou "Bilhões", e eu sempre respondo: vai esperar o MINTO fazer o mesmo?)

  34. PC. Socialismo no sistema dos outros é um conto de fadas. Eles não desistirão de vender essa bandeira rota aos quixotes, enquanto isso lhes der poder e riqueza.

  35. Alguém acha que ele deveria ser candidato a prefeitura do Rio antes de tentar ser presidente ? Se arrumar a cidade já teria algo de gestão a mostrar e nao ficar entrevistando intelectuais de esquerda que não sabem nem o preço do frango.

  36. Não Mário, no socialismo não funciona assim. Quem faz parte do governo ou faz propaganda para ele, não perde sua fortuna, pelo contrário, a aumenta é muito. Basta ver Fidel, Maduro, Lula e os comunistas da Europa, África e Ásia. O Livro de George Orwell “A Revolução dos Bichos” ilustra bem o sistema.

    1. FHC apóia a candidatura Huck. Isso já basta pra denegrir sua imagem.

    1. Realmente. As colunas de Sabino valem o valor da assinatura integral.

    1. E, pra finalizar, esse aumento de impostos sobre o capital ainda consegue provocar uma verdadeira debandada de grandes empresas pra fora do país! Afinal, elas têm dinheiro pra se mudar e ir pra qualquer lugar do mundo! Vão ficar aqui pra serem roubadas? Por quê? Entende por que essa ideia é um fracasso sob qualquer ângulo que se olhe?

    2. Claro que sim, Hilda! As empresas precisam de capital pra reinvestir, contratar mais empregados, melhorar seus salários, aperfeiçoar produtos e serviços, etc. Se o governo abocanha grande fatia de sua receita, a empresa tende ao fracasso a longo prazo! Além disso, tem o fator de desestimular o empreendedorismo! É exaustivo abrir e manter um negócio. Se o governo tira a sua recompensa, que é o seu lucro, pra que alguém vai se dar ao trabalho de investir? Ser empregado é muito mais cômodo...

    3. O Mario eu não sei, mas na forma como o Piketti imagina ser válida, eu particularmente penso ser uma bosta embrulhada em papel de bala.

  37. Sei não. Sozinho dificilmente o Huck ganha, mas se tiver o Moro com ele, é bem possível. Aliás, tendo em vista as últimas eleições onde muitos picaretas com palavras de efeito se elegeram, não me admira se surgir uma chapa Huck-Moro/Moro-Huck como a salvadora incontestável do Brasil. O Huck diz que sabe o que é pobreza, o Moro é o paladino da justiça e probidade. Então, se cada um atrair seu rebanho pra chapa é possível que cheguem ao Planalto. Pior do que o que está lá agora não será. Certeza.

    1. Não acredito que o Moro se prestasse a fazer uma chapa com Luciano Huck, um cara que apoiou Lula tempos atrás... Acredito mais numa chapa Moro/Amoêdo, Moro/Mandetta, Moro/Dallagnol, Moro/Kataguiri, enfim... Sonhar é de graça...

  38. Nossa ! Adorei seu artigo Mário ! Não poderia ser mais explicativo sobre o velho socialismo com roupagem nova ! parabéns ! Abçs !

  39. Pior que esse socialista é a economista inglesa que hoje abre a primeira página do estadão! Ela inventou a economia “rosquinha”!! Ou seja, o povo entra com a rosquinha e os políticos comem!

    1. kkkkkk Belo comentário! Foi bem na mosca! ou seria na rosca?

  40. Comecei a ler a entrevista do L’uciano, mas parei na segunda pergunta! Forada realidade! E o Huck afirmando que conhece a pobreza! Ah tá!

  41. Brilhante! O povo lê um troço, não entende nada, mas fica se achando intelectual e, como a maioria é ainda mais medíocre, passa por ilustrado. E segue todo mundo se enganando; o próprio e os seguidores. Até eleger um sujeito que vai descobrir o que é a realidade às custas do sofrimento da nação. Triste sina a nossa!

  42. Rrrsss amei. Vc sempre lúcido, a ironia contagia.. Estaremos em 2020 dentro do calderão com a cruz e o diabo..o resto ..sem chance.Pobre povo brasileiro.

  43. O cara do caldeirão pode colocar a sopa de letras do tal Piketty ( nome de atos violentos de paredistas ) dentro do caldeirão cozinhar bem e jogar no esgoto.

  44. Cansa mesmo! A ilusão pode até parecer melhor, mas qd tenta virar realidade... Sabino foi preciso em falar sobre natureza humana, ainda que muita gente deteste essa expressão, o fato é que desde que desenvolvemos um mínimo de discernimento, o senso de justiça desperta e não queremos q ninguém pegue o que é nosso, como se seu fosse...

  45. A desigualdade no Brasil é tão imoral que um apresentador de TV bilionário acha que pode ser pensador! Isso cansa! Fazer mestrado, doutorado, ralar todo dia sem ter conseguido um troco pro futuro e ainda ter que aturar isso! E ainda corremos o risco de ver o Huck presidente do bananão, com a benção do FHC (responsável direto pela chaga da reeleiçáo).

    1. Kkkkkkkkkk. E o pior é com todos esses títulos, dar aula na Universidade por 36 anos, somos tachadas de Marajá!!!

  46. Nenhum ser humano consegue reunir estas três qualidades: Inteligência, cultura e ideias socialistas. Temos que nos contentar com apenas duas.

  47. Será que L'uciano Huck, rico como ele é, acha mesmo que vamos lhe dar bola quando se passa por socialista? Será que pensa que somos todos idiotas?

  48. Além da tua cultura e perspicácia em relação as entrelinhas me divirto muito com tuas associações livres. Mas Mario, felizmente “you give a damn”!

  49. Se as pessoas conseguissem entender o que este texto realmente explica, seria ótimo. O pensamento esquerdista, nestes dias, é uma verdadeira "caixa de pandora"...

    1. Este proprietário temporário que interesse terá na prosperidade que é o fim de qualquer empreendimento se quando mais próspero será mais imposto pagará . Pode soar justo como o pagamento do imposto sobre lucro. Mas pergunto você dará sangue e suor para outro ??? O que vemos espoliativa e deixar dívidas porque seria diferente??? Mudo eu ou o sistema????

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO