Carlos Fernandodos santos lima

O Brasil não é um país sério

18.09.20

Ninguém nasce vilão ou corrupto, por certo! Se o ser humano não é uma folha em branco, nem um bom selvagem, também não nasce o lobo do próprio homem. Há muito de genético nas características humanas, mas sem dúvida o caráter é muito influenciado pelas circunstâncias de vida. O sucesso em muitos meios, por exemplo, exerce uma importante influência sobre as decisões morais. Quando se cresce em um ambiente social em que o reconhecimento está atrelado a valores positivos como credibilidade, honestidade e trabalho, certamente o resultado para a maior parte da população será também nesse sentido. Se os valores forem em caminho oposto, não se pode exigir outro resultado que a subserviência e o servilismo dos indivíduos.

Assim, num país em que a política não reconhece sequer a lei como limite, o sucesso na vida pública, para muitos, parece ser somente atingível por um comportamento amoral e subserviente aos poderosos, para dizer o mínimo. E é isso que se constata, infelizmente, na alta administração do serviço público. Existe há muito tempo um aparelhamento do estado para servir a interesses de pessoas e grupos poderosos, e isso acontece justamente pela colocação de pessoas em postos-chave dos órgãos de controle. Enfim, temos instituições que instrumentalizam o ditado: uma mão lava a outra, e as duas lavam a cara.

Vemos isso nos postos-chave da República. Temos um ministro da Saúde que desconhece completamente essa área, mas que foi colocado lá por cumprir ordens cegamente, mesmo as mais absurdas, como militar da ativa que é. Vemos um procurador-geral da República cuja função é a de conter investigações independentes e manter sob controle o Ministério Público Federal. Assistimos a um ministro da Justiça ser demitido por se opor ao uso da Polícia Federal por interesses políticos e pessoais do presidente da República. Disputam o ministro da Justiça e o advogado-geral da União para ver quem vai propor à Justiça medidas de proteção de particulares simpáticos a Jair Bolsonaro. E esses comportamentos indecorosos não são privilégio dos servos do presidente da República, mas se espalham por todas as esferas do poder e da federação.

Assim acontece especialmente com o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Esse órgão, criado para controlar a administração do Ministério Público nacional, foi totalmente cooptado pelos políticos para espalhar o terror sobre promotores de Justiça e procuradores da República que ousem enfrentar esse estado de coisas espúrio. E fazem isso em evidente abuso e desvio de finalidade, o que é absolutamente ilegal. Como a operação Lava Jato é o principal entrave para o regabofe com o dinheiro público e o grande temor dessa classe de aproveitadores, os principais alvos são justamente os procuradores da República dessa investigação. Tomemos, então, como exemplo do aparelhamento estatal a perseguição contra Deltan Dallagnol e Diogo Castor de Mattos.

Deltan Dallagnol é conhecido nacionalmente como o coordenador da força-tarefa Lava Jato em Curitiba, a investigação original que se espalhou pelo Brasil e pelo mundo. Nenhum outro procurador desperta tanto ódio em nossas elites políticas quanto ele, pois não somente representa a investigação, mas também a campanha por mudanças legislativas que atacam a corrupção como forma de financiamento político. Dessa forma, há um desejo unânime dessas forças políticas em punir Dallagnol, unindo Renan Calheiros, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Augusto Aras, dentre outros, no objetivo de tornar a sua punição um modelo. Para isso, o plano foi o de tomar o CNMP e desvirtuá-lo de sua finalidade.

A maior prova desse desejo aconteceu em setembro de 2019, quando, sob os auspícios de Renan Calheiros, o Senado Federal deixou de reconduzir os conselheiros Lauro Machado Nogueira e Dermeval Farias, que tinham votado anteriormente contra a punição de Deltan. Era corrente em Brasília que a recondução somente aconteceria com o compromisso dos conselheiros em puni-lo, e a não recondução desses dois conselheiros, justamente representantes do Ministério Público no CNMP, somente confirmou o boato. Não bastasse isso, desde março o Senado Federal vem bloqueando a confirmação de três vagas para aquele conselho, sendo duas justamente aquelas reservadas ao Ministério Público.

Observe-se que os nomes para essas vagas foram sabatinados e aprovados pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado em março deste ano, mas desde então aguardam a sua aprovação pelo plenário daquela casa. O abuso é tão flagrante que obrigou a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) a entrar no STF com ação para obrigar o Senado a votar as indicações pendentes e restabelecer o equilíbrio entre membros internos e externos ao Ministério Público, evitando-se que o CNMP se converta em instrumento de limitação à independência de promotores e procuradores.

Foi justamente essa composição manca e punitivista, comandada pelo serviçal dos senadores, o conselheiro Bandeira de Mello, que tentou de todas as maneiras afastar Dallagnol da operação Lava Jato, ameaçando-o, inclusive por postagens contra o voto fechado para a presidência do Senado – o que lhe é garantido pela cidadania – de ser removido de Curitiba para uma distante procuradoria no país. Agiram como se sua lotação em Curitiba — e especialmente seu comando na Lava Jato — tivesse algo a ver com as postagens realizadas. Nem sequer se davam ao trabalho de esconder seu objetivo de usar a medida cautelar como punição. Foram disso impedidos por decisão de Luiz Fux de suspender os efeitos de punição anterior contra Deltan, bem como pela decisão do procurador de se afastar da operação para cuidar da saúde de sua filha.

O caso do procurador da República Diogo Castor é igualmente emblemático do interesse em punir membros da Lava Jato. A singeleza dos fatos, a aceitação pelo procurador de demanda de movimentos sociais para ajudar no pagamento (4 mil reais pagos de seu próprio bolso) de um cartaz em homenagem à investigação, no qual se dizia apenas “bem-vindo à Curitiba, aqui a lei se cumpre”, é absolutamente desproporcional às penalidades sugeridas – inclusive demissão – para a abertura de procedimento disciplinar.

Além disso, não fossem esses mesmos fatos já terem sido arquivados anteriormente pela própria corregedoria do CNMP e pela corregedoria do MPF, o procedimento disciplinar tem origem no hackeamento ilegal de mensagens e em depoimentos produzidos no nefasto inquérito secreto de Alexandre de Moraes no STF – e que, portanto, nada tem a ver com o objeto de investigação autorizado pelo plenário do Supremo, as fake news. Tudo isso indica claramente que se busca apenas fazer de Diogo Castor outro exemplo do que acontece com aqueles membros do Ministério Público que cumprem seus deveres constitucionais.

Diogo Castor e Deltan Dallagnol representam o melhor do Ministério Público, procuradores da República comprometidos com os valores da nossa Constituição. É sintomático também que sejam ambos os idealizadores da campanha pública das “10 Medidas contra a Corrupção”, que incomodou tanto os parlamentares. Mas enquanto estes estão protegidos pelo foro privilegiado e pela negativa da abertura de procedimentos ético-disciplinares, promotores e procuradores estão sujeitos à perseguição inaceitável em um país sério. Entretanto, infelizmente, com o aparelhamento dos diversos órgãos do estado pelos interesses privados e ilegais de nossa elite
política corrupta, o que resta é concordar que le Brésil n’est pas un pays sérieux – o Brasil não é um país sério.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Crusoé e O Antagonista são um alento para quem se sente absolutamente um outsider nessa população tão cheia de péssimos vícios. Parabéns!

  2. não é mesmo, presidente analfabeto, vira capacho de grandes empresários, com a boca muito grande como disse o Sr EO e aí o restante da história todos conhecemos.

  3. De pleno acordo. A Lava Jato é icônica, e jamais será esquecida pelos brasileiros! Lamentável o que as quadrilhas instaladas nas diversas instâncias do poder estão buscando! Cabe a nós, eleitores, expurgar as batatas podres que ameaçam apodrecer todas as demais do saco! A começar pelas eleições deste ano!

  4. Excelente matéria. Após aprovar a PEC que extingue o foro privilegiado, a PEC da prosão em 2a instancia, devemos pleitear que o Senado mude a forma de condução de juizes dos tribunais superiores, bem como, PGR e CNMP. Somente sendo independentes cumprirão seus papeis esperados pela população/constituição.

    1. Certamente!!!! Mudanças na condução dos membros do STJ, STF, CNMP, PGR, CNPD ....É muito aparelhamento !!! É preciso uma mudança urgente!!!!

  5. Infelizmente, retrocedemos no combate à corrupção. Precisamos de vozes como a sua para não se deixar apagar a chama desse combate.

  6. Prezado Carlos Fernando parabéns pela coragem e clareza das suas afirmações. Oxalá suas palavras ajudem a abrir a cabeça daqueles que só fazem repassar fakenews se achando ter opinião....

  7. Excelente artigo! Como sempre. Lúcido, cristalino, corajoso, decente e patriótico. Qualidades raras e imprescindíveis em nossos líderes políticos e judiciários. Desoladamente!

  8. Jair Bolsonaro traiu a confiança dos brasileiros de bem que votaram nele. Foi o maior estelionato eleitoral da nossa história. Sem o menor escrúpulo, jogou a pauta anticorrupção no lixo. Para representá-lo no grupo de 'garantistas' da Corrupção Impune, nomeou Augusto Aras, um fiel cumpridor de ordens. Hoje, todos os corruptos de esquerda, de direita e de centro estão em festa! Pelas mãos de Bolsonaro, a Operação Lava Jato está sendo destruída, feito que os governos Lula e Dilma não conseguiram.

    1. Pedro você está coberto de razão, poi Bolsonaro cometeu sim o maior estelionato eleitoral da história e o pior, está conseguindo destruir a lava jato, colocando o Aras na PGR. Ainda tem gente que acredita nesse presidente traíra.

    2. Que imaginação pobre, achar que um comentário antibolsonarista faz de alguém eleitor de Haddad... Talvez ele tenha votado em Bolsonaro, como eu e muitos que pensaram que o atual PR falava sério e acabamos vítimas de um estelionatário eleitoral. Concordo em gênero, número e grau com todas as palavras que registrou em seu comentário.

    3. Pedro, pena que o seu candidato Maldhad não foi eleito...daí teriamos talvez o que você pretende...você deve ser venezuelano, argentino ou ter parentes nesses paises...

    4. Faço minha as suas palavras, Pedro. Nem os governos Lula/Dilma conseguiram prejudicar tanto a Lavajato. O problema é que tem muita gente ainda que não está entendendo, ou não está vendo ou, simplesmente, resolveram fazer vistas grossas mesmo (como muitos parênteses e amigos meus!)

  9. De onde surgiu esta frase. NO FINAL, O BEM SEMPRE VENCE O MAL. Pois é, atingimos o final, final da esperança, moralidade, da educação e tantos outros bens! E DAÍ??

  10. a foto do lula com renan calheiros recentemente... jantares fora da agenda do bolsonaro com o toffoli, alcolumbre... o governador e ex-juiz witzel realizando o mesmo esquema que o cabral fez... outros inúmeros exemplos para constatar que é muito difícil viver de forma civilizada num país que não é serio. parabéns pelo artigo!

  11. Muito lúcido o artigo. Estou estreando hoje como assinante Crusoé. Temos uma luta árdua pela frente. Desesperar, jamais Octavio César Cavalcanti Teresina PI

  12. Infelizmente um texto que escreve nossa triste realidade. Parabéns ao articulista, pela escrita e pela coragem. Meus pêsames para nós brasileiros.

  13. Excelente, um belo (e triste) resumo. Todo o combate à corrupção está sendo minado pelos órgãos que deveriam fotalecê-lo. Ver tipos nauseabundos como Renan Calheiros perseguindo, com êxito, procuradores honrados é uma demonstração clara e abrangente da podridão que se instalou em todas as esferas do poder. E Jair Bolsonaro, o presidente mentiroso e traidor, deu preciosa contribuição para piorar tudo através de seus acordões e da nomeação do sabujo petista Aras na PGR.

  14. Trata-se de uma triste realidade onde as pessoas se vendem por um cargo e promessa de promoção. Que exemplo deixam para os filhos e netos ? Vergonhoso o que se passa neste país

  15. Mais um artigo brilhante. A cada dia mais sedimenta-se a idéia de que, “Esse é o país dos absurdos”, pois soltam os bandidos e os mocinhos são castigados, por fazerem a coisa certa. É revoltante ter que suportar isso.

  16. A leitura dessas tristes verdades contidas nesse texto do Carlos Eduardo, mostram com clareza que, infelizmente, nosso Brasil não tem jeito mesmo.

  17. Claude Levy Strauss previu na década 30 que o Brasil passaria da barbárie para a decadência sem conhecer civilização. Tristes Trópicos

  18. Polidez do sr. Procurador em dizer q o Brasil ñ é um país sério... aqui a ditadura reina mas a democracia pode acordar contra esse aparelhamento rasteiro q insulta o raciocínio de qlquer cidadão q queira ver a verdade.

  19. O que esperar de um país que tem um parlamento onde 1 em cada 3 congressistas responde na Justiça por corrupção , lavagem e caixa2 ;com Bolsonero o país caiu para a 106 posição entre 180 países pela TI.Situação similar é a do STF, STJ, PGR demais órgãos públicos.Para completar, homens de valores universais e humanos para ocupar cargos públicos é material escasso , quase em extinção. Os dotados destes valores, são alvos de perseguição moral e até física pela milícia mafiosa incrustada no Poder.

    1. Eles não estão nem aí se seus nomes saem na mídia. Sabem que vão sair impunes e reeleitos.

  20. O Brasil é um país do "faz de conta". Fizeram dele um butim. Não há espírito público. Poucos praticam essa virtude. A imagem dos serviços públicos perante a sociedade, é de pior qualidade. No alto escalão, some-se a isso, presenciamos um sistema de corrupção e do corporativismo. No STF vemos uma situação explícita de ministros que defendem corruptos e bancas de advogados notáveis, milionários. O intuito deles é destruir a reputação da lava jato. Deveriam ser expurgados da Corte.

  21. Como sempre seu texto é didático! Claro e objetivo. O Congresso Nacional está mto equivocado achando que população não está atenta aos compadrios da política asquerosa atual. Lava Jato é patrimônio do povo de bem brasileiro! Quero ir de máscara e álcool em gel pra desmascarar essa bandidagem que tomou conta desse país se aproveitando da pandemia. Sou a favor de voltarmos às ruas urgente!!

  22. A nossa democracia é uma farsa. Os poderosos da política e do judiciário praticam uma justiça particular, que só visa atender os interesses de alguns. Juris prudência aqui se cria a toda hora, de acordo de quem é o acusado do crime e não da natureza do crime em si. Dizem que isso causa insegurança jurídica, mas no Brasil já até perdeu sentido. Aqui quem verdadeiramente combate o crime é o condenado. E se não for por unanimidade mexem os pausinhos para trocar quem se opōe a corrupção.

  23. Outra boa frase que resume nosso surrealismo: “O Brasil não é pra principiantes”. Tom Jobim já havia sacado o fato lá pelos anos 70-80... O Brasil surpreende a cada ano. Sempre pode ficar pior!

  24. Excelente artigo!!!! Os maiores problemas do Brasil são a "Brasília Política" e a " Brasília Judiciária", pois delas emanam as principais decisões que infelicitam e inviabilizam nossa Nação. Enquanto isso, o tempo passa e as gerações se sucedem, sempre aguardando uma melhora das condições morais e materiais ,para que os brasileiros possam progredir. Mais do que o Brasil "não ser um país sério" ele é um "país destroçado", com uma elite da pior espécie...

  25. O Brasil pode começar a mudar se mudar o Congresso e precisa de gente como você Carlos Fernando assim como de outros do seu naipe!

    1. Foi colocado em itálico e francês....precisa de citação?

  26. Bravo !! Disse tudo ! Que tal começarmos a faxina pela base ? A primeira reação pode vir agora nas próximas eleições nas prefeituras municipais .. Não eleja/reeleja ninguém que esteja atrelado ao status quo. Sem esquecer que o bolsopetismo são duas faces de uma mesma moeda !! Avante !!!

  27. Como pode ser sério um país que não privilegia o mérito,mas os conchavos,o compadrio,os bandidos de estimação que souberam tirar proveito da cultura oligarca,a que fomos submetidos.A constituição e as leis são interpretadas ao sabor da conta bancária ou da posição no jogo sujo do poder?

    1. Pior é ver parte da população está se acostumando ao lamaçal e até relativizam a roubalheira junto com a imprensa paga com nosso suado dinheirinho.

  28. Além de não ser um país sério, o Brasil está podre. Jair Bolsonaro e Augusto Aras trouxeram mais fedentina ao ambiente institucional.

  29. E a ANPR?!? Assiste a tudo isso calada?!? E os demais Procuradores da República, que não se manifestam e não se movimentam publicamente em favor de seus colegas de Curitiba?!? Não é entregando postos e coordenações que a coisa se resolverá. Pouquíssimos são aqueles que tiveram a coragem de Deltan, mesmo diante dos inúmeros processos disciplinares abertos em seu desfavor.

  30. Infelizmente tenho que concordar com seu artigo!! E não consigo por mais que pense no assunto, ver uma saida. Estou jogando a toalha!!

  31. Você está enganado. 3% dos seres humanos já nascem, em algum grau , psicopatas. Leia sobre isso nas publicações de psicologia. Por isso é, sempre será e sempre foi, impossível extirpar a desonestidade e a maldade no mundo.

    1. No caso do Brasil, estamos bem, mais bem acima da média.

  32. Só há uma maneira democrática de mudar esse estado de coisas: eleger um Congresso e um Presidente honestos e comprometidos com o bem do País. O ano de 2022 se avizinha e, mais uma vez, teremos a chance de promover a mudança. Esses políticos nefastos que ocupam o poder em todos os níveis são eleitos pelo povo. O analfabetismo político do nosso povo é a pior doença que atinge o Brasil. Portanto, cada brasileiro tem o dever de se educar politicamente e educar os que não tem acesso à informação....

  33. Não, nunca que o Brasil foi sério ou será algum dia. Depois de lutar por decadas sem fim por um Brasil sério estou me retirando, me aposentando. Não vou mais sofrer e acabar como meu pai e morrer de subida subida de pressão por causa de mais um escândalo político... Não aguentou tanta merda eu vou me desligar, isso sim.

  34. Realmente,nosso país não é um país sério.Tive esperança de mudança com o novo governo,mas agora,vejo com mt desgosto,que minha expectativa foi frustada.Os bandidos têm mt poder e têm amigos em tds os setores do poder.Onde já se viu,Renan Calheiros,um político com inúmeros processos,ter a ousadia de processar o Procurador Deltan,merecedor dos mais altos elogios?É,não somos um”país sério”!

  35. Parabéns pela excelente publicação! É um absurdo que os bandidos do Congresso tenham a desfaçatez de avançarem sobre os homens íntegros deste país, com a conivência desse governo podre, que nomeia os piores indivíduos pros cargos mais importantes... Mas, com fé em Deus, esse verme não vai mais se reeleger!

  36. Sinto-me de luto desde aquele fatídico dia em que o Sérgio Moro se demitiu.Eu e todos aqui em casa. Nunca pensei que um dia eu me visse torcendo pelo quanto pior melhor, diante da obsessão pela reeleição desse impostor.

  37. Excelente matéria!!! Mostra com clareza e conhecimento de causa o que está acontecendo em nosso País: mais uma vez as forças da CORRUPÇÃO destroem o esforço moralizador de alguns abnegados funcionários públicos. Lamentável!!!

  38. Fato, o Brasil não é sério! Impressionante é a população ser totalmente apática aos fatos, por maior que sejam os escândalos, não nos importamos. Me surpreende é o fato das elites políticas e econômicas desse país conviverem harmonicamente, como se o restante do país não existisse, somos insignificantes! O Nobel em física, Richard Feynman, em seu sabático no Brasil, inicio dos anos 50, sobre nosso ensino concluiu: os professores fingem que ensinam e os alunos fingem que aprendem! Nada mudou!

  39. É lamentável que estejamos nesta situação. Pergunto-me com frequência como deixamos o país chegar a este caos de valores éticos e morais.

  40. Segundo alguns, esta frase foi dita pelo Embaixador Carlos Alves de Souza na década de 1960. Continua tão real nos dias de hoje tendo, como Presidente, um Bolsonaro incendiário, hipocrita , mentiroso, populista!!! Pobre Brasil que continua não sendo serio!!! 😢😢😢🇧🇷🇧🇷🇧🇷

  41. O primeiro parágrafo explica tudo. Nascemos e crescermos numa sociedade corrupta, onde ser honesto e justo é exceção. Os que estão no poder são um espelho aumentado da sociedade. Muitos que reclamam, se lá estivessem, fariam da mesma forma, pois o fazem nas pequenas delinquências que lhes são alcançáveis, seja na sonegação, seja no suborno a um guarda de trânsito ou para furar uma fila, seja saqueando o que está ao seu alcance ou por diversas outras formas. É um problema cultural.

    1. Seriedade é palavra muito subjetiva!! Temos brasileiros sérios sim!! O que não temos é justiça correta e políticos sérios!

  42. O “sistema” está revidando. Os corruptos, em todos os níveis, e seus vassalos estão trabalhando duro para manter a impunidade. Resta a nós, pessoas de bem, honestas,trabalhadoras e pagadoras de impostos, renovar os congressistas demitindo todos os envolvidos em ilícitos. Resta saber, se nós somos suficientes para isso ou se o brasileiro já se acomodou com o roubo do seu dinheiro e com a promessa de ser o país do futuro.

  43. E todas estas perseguições aos membros do MP, ao doutor Moro, à PF conta m com a a aprovação mesquinha e imbecil dos bolsonaristas fanáticos que não conseguem enxergar a realidade. Tudo que não se podia no governo do PT, neste pode. É triste.

  44. É tudo verdade e a maioria dos brasileiros sabem. Pergunta-se o q fazer, quando as liderancas q lutavam contra isso tb foram cooptadas.

  45. Além de procurar com lupa que merece nosso voto...além de procurar esclarecer os que nos cercam...o que mais podemos fazer contra esta corja que destrói nosso país e nossas vidas? rua..temos que ir para Rua....mascarados contra a corrupção descarada

  46. Para o brasileiro que cumpre suas obrigações e segue as leis, é de uma tristeza profunda e de uma constatação , que ainda existam cidadãos como Deltan e o próprio autor do texto que comungam com o meu pensamento. Criei meus filhos nessa linha e pode ser certeza que sofrem por seguir a linha dos pais.

    1. Amara. Também criei meus filhos para serem cidadãos; ajudarem a formar uma nação. Desisti . Agora vivem na Austrália . Não sofrem mais; lá vivem com a dignidade que todos merecem . Quer avançar 500 anos em termos de civilização; mande-os pra lá. podem voltar em segurança pra casa todos os dias .

  47. Só agora você descobriu que o Brasil não é um país sério? de gaulle já falava isso no século passado. Você está muito atrasado.

  48. Denunciei dois promotores de Florianópolis ao CNMP. Um deles usava o [email protected] para acuar condôminos revoltados contra o fato de que ambos compraram áreas comuns de nosso condomínio, inclusive trechos de corredor em frente às suas unidades, sem que a maior parte dos proprietários tivesse conhecimento prévio. Agora em 2020 obtive sentença favorável em primeira instância reconhecendo a ilegalidade da compra, mas em 2018 o CNMP arquivara a denúncia, inclusive quanto ao uso do email funcional.

  49. É muito triste você saber que o teu país não é respeitado lá fora pq os três poderes estão tomados pela corrupção e não pretendem modificar essa situação. É um problema de caráter dos detentores do poder

  50. Os brasileiros foram enganados por um oportunista de momento, daremos o troco nas eleições vindouras com o voto consciente, o texto revela a podridão nos bastidores do poder do QI, quem indica, a troca de favores não podem afetar o Ministério Público, esse sistema de benesses foi criado graças a maldita constituição dita cidadã que está remendada com imediatismo do momento.

  51. Eu que pensava que o aparelhamento dos órgãos públicos tivesse sido promovido pelo PT e agora vejo que os interesses de grupos monopolistas sempre ditou as regras do atraso da republica sabotando qualquer ação contra o combate da corrupção

  52. Sem palavras. Infelizmente o Brasil deixará, algum dia de ser um país, e será um República da Bananas (sem aspas pois será assim mesmo).

  53. Parabéns, Carlos Fernando Lima, pelo texto brilhante e esclarecedor. Pena que melhorias parecem precisar esperar até as próximas eleições, ainda mais que se sabe que grande parte dos votantes é manipulada pelos políticos corruptos. Devia haver meios de acabar com esse congresso e o STF promíscuos. Ainda mais, precisando aguentar um PR apenas preocupado de se reeleger e proteger a própria família, em vez de lutar contra esses corruptos infiltrados no aparelho público.

  54. Parabéns pelo texto! Talvez, hoje, eu entenda porque o voto é obrigatório. Qual é o tipo de público que vota em políticos corruptos contumazes, figuras detestáveis e carimbadas, que se elegem e reelegem por décadas? Triste, a ponto de quase perder as esperanças em vermos o Brasil próspero, digno, honesto e respeitado por outras nações. Obrigado pelo espaço!

  55. A reação das diversas quadrilhas em pleno vigor mostra o quanto sairá caro para a sociedade o retrocesso moral em andamento.

  56. Com tanta perseguição ao procurador Deltan e Sérgio Moro sugiro aos 2 fazerem uma aliança para presidente e visse em 2022! Acredito que teriam apoio de grande parte da população deste país!

  57. Todos os dias eu penso que dei meu voto para um estelionatário; depois de tanto trabalho, voltar ao mesmo ponto, ou mais atrás, é de chorar. Amanheci com dor nos olhos e de cabeça, acho que foi porque ontem vi mais de uma foto do bolsonaromicodaeleição,de renancalhorda, maia &comparsas: a dose diária de horrores foi muita; isso não me faz bem. Parabéns SEMPRE, pela sua coluna aqui, que eu ADORO, e por continuar a mostrar a VERDADE para todos nós.

    1. Agora é tarde para lamentar. Acreditaram em muita fake news. Não deveriam nem ter mandado o cara para o 2º turno. Agora é tarde. Não existe "RECALL". Vão ter que conviver com esta culpa.

    2. Eu TB fui enganado! Moro presidente e Deltan vice Faxina completa!

    3. verdade!!! uma tristeza ver o Brasil viver um círculo de corrupção e desesperança.

  58. Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE” é nossa resposta ao ACORDÃO de BOLSONARO com o ESTABLISHMENT! Não seremos LUDIBRIADOS com o “velho plano de MELHORAS NA ECONOMIA!” Triunfaremos!

  59. Toda esta força e energia dos que acreditaram e viabilizaram a operação Lava-Jato precisa agora ser direcionada para as eleições de 2022. Precisamos de alternativa descente para que não seja necessário votar em branco.

  60. Muito clara sua explicação ! Porisso sempre digo que : com esse congresso e com esse STF não vamos a lugar nenhum ! As leis existem para que sejam aplicadas e cumpridas e quem as faz cumprir tem que ter legitimidade ! Não se deve cumprir nada se quem nos obriga é imoral e ilegal em sua função !

  61. O Brasil realmente não é um país sério. Mas qual país é realmente sério? Não temos para onde ir, só nos resta ficar e lutar aqui e agora para derrubar nossos moinhos de vento, gigantes da corrupção, e tal qual D. Quixotes, sonhar com as evoluções dessa democracia que temos. Ainda tens esperanças? Não mais nesta geração de defuntos insepultos.

    1. O melhor ministro da Saúde que Brasil já teve foi José Serra. Ela não é médico, não há nessecidade de ser médico , e sim , um excepcional administrador, que talvez, seja melhor que um médico, Mas, infelizmente Serra está enrolado no lava Jato. Serra foi o único governado de Estado que teve coragem e a ousadia de propor a Lei que proibiu os fumantes de fumarem e locais fechados e a Lei foi aprovada na assembleia de SP e ele assinou. Depois outros governadores o acompanhou e finalmente

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO