RuyGoiaba

O ranking da surra de gato morto

01.05.20

Descobri que uma boa diversão para estes dias de isolamento social é fazer um ranking de pessoas às quais você gostaria de aplicar uma surra de gato morto até o gato miar. Aliás, estamos numa situação ideal para esse tipo de passatempo, porque essa surra será necessariamente imaginária: você não vai se arriscar a sair de casa para bater em alguém — mesmo de máscara e luvas — e pegar o coronavírus, certo? Fraternidade sim (de longe, sem abraços), violência não: esta coluna só incentiva os sentimentos fofinhos. Sigamos.

Na verdade, não chega a ser um ranking: são dois grandes grupos de pessoas cujo comportamento durante a pandemia está “me levando aos infinitos”, como diria minha avó portuguesa (assim mesmo, com “infinitos” no plural). Deixo claro que a lista exclui o celerado do Palácio do Planalto e sua família, porque eles são hors-concours e porque, infelizmente, a surra de gato morto não é uma punição prevista na Constituição: nesse caso, existem outras melhores. (Sim, Congresso e STF, é com vocês mesmos que nós estamos falando.)

– Celebridades

Talvez isso não seja tão forte num país às voltas com as declarações do Sr. E Daí?, mas lá nos EUA o pessoal está adorando ver Madonna divagando, numa banheira cheia de pétalas de rosas, sobre como o coronavírus iguala ricos e pobres. Ou Jennifer Lopez com o noivo e o filho, no jardim de sua mansão com piscina, dizendo “não podemos sair para restaurantes, mas o serviço e a diversão aqui são bem bons”. Como se trata de celebridades CONSCIENTES, engajadas e tal, muitas ainda mandam um “estamos todos juntos nessa”, muito reconfortante para quem tem de passar a quarentena bem juntinho com a família num cubículo ou é obrigado a sair à rua porque seu salário depende disso.

A porção jacobina da internet, ao que parece, não acredita muito nesse show de boas intenções e está respondendo às Marias Antonietas do Instagram com a hashtag #guilhotina2020. Mas talvez a melhor resposta tenha sido a da humorista australiana Greta Lee Jackson, que gravou um vídeo em que agradece pelo “humanismo” dessas celebridades. O vídeo inclui depoimentos como “vejo muitas mortes todo dia, e a ameaça constante de ser infectado e infectar minha família é aterrorizante. A única coisa que me dá forças para encarar meu trabalho diário é ver Ellen [DeGeneres, a apresentadora] falando de sua mansão” (corta para Ellen, com belas plantas ao fundo, dizendo “é como estar na cadeia!”).

Termina com a humorista dizendo “obrigado! Vocês [celebridades] são os verdadeiros heróis”. Mereceria o Oscar — que jamais, jamais ganhará.

– Filósofos

Mas ainda mais irritante que a ostentação das celebridades é a overdose de gente dizendo que a pandemia vai nos obrigar a nos REPENSAR ENQUANTO SERES HUMANOS. O homem vai se dar conta de que está no mesmo barco de seus semelhantes e se arrepender de todo o mal feito, seremos mais compassivos e menos egoístas, a moda (a culinária, a economia, a astrologia –preencha com o que quiser) será mais inclusiva, o capitalismo se provará insustentável: em suma, vamos todos cantar “Imagine” de mãos dadas quando enfim pudermos dar as mãos uns aos outros sem usar álcool em gel.

Há também quem diga que o cotidiano “nunca mais será o mesmo” – nem é gente que usa collant e capinha e sai por aí vestida de Capitão Óbvio, mas deveria. Ou sujeitos como o historiador best-seller Yuval Noah Harari, que pontificou: “O maior perigo não é o vírus. São nossos próprios demônios interiores, o ódio, a ganância e a ignorância”. NÃO, seu cretino solene: o maior perigo é, sim, esse vírus que já matou centenas de milhares no mundo todo e para o qual, apesar dos esforços dos cientistas, ainda não temos vacina. E, como disse um amigo, ódio, ganância, mau hálito e Fanta Uva continuarão existindo.

Os seres humanos que sobreviverem depois disso tudo serão o mesmo barro que sempre foram. Mas é verdade que finalmente poderemos abraçar alguns deles – e dar surras de gato morto reais em alguns outros. Não vejo a hora.

***

A GOIABICE DA SEMANA

Enquanto o ministro da Saúde, Nelson Teich, confessa navegar às cegas no combate à pandemia – para deixar todo mundo bem tranquilo — e a pasta suspende as entrevistas coletivas técnicas da gestão anterior, as redes sociais do ministério resolveram dar uma de Rita Lobo e publicar receitas “práticas e saborosas” de pão caseiro. Até imagino que a intenção tenha sido dar uma pausa no meio de um tsunami de notícias ruins, mas só faltou mandar a receitinha de brioches para o figurino de Maria Antonieta ficar completo.

“Transforme a pandemia em pão-demia com receitinha especial de brioche!”

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Eu daria uma surra de gato primeiro no asqueroso do DORIA. Depois nos Srs Governadores e Prefeitos que querem garantir suas reeleições aterrorizando o povo e super faturando as compras para a suposta pandemia. Não mais renovarei a minha assinatura pois está muito claro o viés esquerdista e mercenário dessa revista.

  2. Receita de pão no Ministério da Saúde?!?!?!?!? Será uma ironia do ministro Teich, ante as censuras do Presidente quanto ao chinavírus? Lembra os tempos da ditadura, em que os jornais publicavam receitas culinárias, para substituir matérias vetadas pela Censura Oficial.

  3. Estamos todos no mesmo barco, sem dúvida. Alguns "abonados' viajam na primeira classe, com lautas refeições e todas as mordomias possíveis. A grande maioria vai nas galés, remando no ritmo do tambor e incentivada por chibatadas das PM's. Isso é humanismo, com certeza.

  4. Ontem minha filha e eu demos boas risadas. Eu escrevi: a idolatria a esse ser inferior, que só nos faz mal, mas nos tornaria pessoas melhores é fake news. Como diz o Rui Goiaba fanta uva, ganância e ódio voltarão. E ela: fanta uva, eco; João adora goiaba. E uma sequência de mgs doidas, até eu perceber que ela achou que era goiaba fruta. Aí vieram as gargalhadas. Dessa vez, a ausência de vírgula depois do Goiaba e ter de ficar distante valeram para darmos boas risadas.

  5. Enfim, alguém como eu, que não vê nada de positivo nessa Pandemia. Então, a distância dos amigos, netos (os meus de 1 ano e meio me olham desconfiados nas chamadas por vídeo), filhos, pais (Papai tem 92 anos e não o vejo desde 13/3) faz bem? Nos torna pessoas mais humanas, sensíveis, solidárias? Pra que se não vamos conviver com ninguém? Quer dizer, só com marido (ou mulher). Duas pessoas aposentadas, enclausuradas em casa, só pode dar m...a: desumanas, insensíveis, briguentas, implicantes.

  6. Vc escrevendo "álcool em gel" e referindo-se às coletivas técnicas do Ministério da Saúde foi bem engraçado. Se bem que achei vc menos irônico do que o habitual. Deve estar de saco cheio da quarentena...

  7. Eu gostaria de fazer comentários era nas publicações diárias, onde o tendencioso Jornalista IGOR GADELHA , o Maior MANDETTISTA da Crusoe, faz a festa. Mas, infelizmente é censurado.

  8. Simplesmente fantástico!!!! Digo isso em casa com meus familiares: "o mundo pós pandemia será o mesmo mundo de antes, porém com menos gente e menos dinheiro ".

  9. A que baixíssimo nível desceu Crusoé! Agora até GOIABA aqui vem apresentar seus bichinhos cerebrais sem conteúdo algum. E o pior, com pregação totalitária, inclusive rendendo homenagem a quem VIOLA A CONSTITUIÇÃO FEDERAL há um ano, com um procedimento inquisitorial que começou quando da censura a essa revista. Será que o STF também está pautando Crusoé a escolher goiabas e jacas?

    1. Bolsonaro foi (não é mais) um mal necessário. Tirou o PT do poder. Não precisamos mais dele. Agora, ele deve ser extirpado. #ForaBolsonaro

  10. Sabe o que é pior ? É nós termos que nos calar e nao contestarmos algumas coisas com receio de interptretações errôneas. Porque se eu penso igual eu sou igual. Melhor egolir as palavras e depois despejar por sobre um divã.

  11. Com essa receita de pão, das duas, uma: ou chegamos ao fim do mundo mesmo ou alguém sabotou a redação e publicou isso. Como diz o povo: tem gente que não pode ver uma vergonha que já quer lavar e passar... Af! Concordo com você, Goiaba, quanto às celebridades estarem falando a verdade, com empatia. Não estão! Infelizmente, também acho que, depois da pandemia, o pessoal não vai mudar muito, não. É vida que segue. Nem Jesus na causa, viu?

  12. Bom dia. Excepcional! E como já disse Euclides da Cunha: "Tu não imaginas como andam propícios os tempos a todas as mediocridades... Nunca se berrou tão convictamente tanta asneira sob o sol."

  13. Goyaba, recebi um vídeo, daqueles com música de auto-ajuda, pra levantar o meu astral: falou que todos, prefeitos, governadores e presidentes (sim, plural) estão tão perdidos quanto nós....olha que fofo!! Em qual categoria eu classifico? filósofo? celebridade? político? ou aquele patinho de parque de diversões, que a gente fica dando tiro e nunca acerta? E o lance do complexo de vira lata? Vc está melhor?

    1. Luiz <> Não sei dizer se ainda existe a Fanta Uva! <> Sou do tempo do Grapette...

  14. Excelente. Fazia muito tempo que não ouvia a expressão " bater com gato morto até o gato miar ". Minha mãe dizia sempre isso.

  15. Bolsovid-22 tem uma recaída da cura do SARS-COV-2 e ao sentir a febre (“de novo”), apesar de seu Porte Atlético, da poderosa caneta e de ser ele a própria Constituição, usou seu clássico linguajar puro e castiço e disse pro vírus: “”Pô gripezinha, minha Chapa!!!?? E o nosso trato ‘duma mão’ sujar a outra???!!!””... Aí o vírus, ajeita a coroa, dá uma risada sobre o pleonasmo do mamão e diz: “E daí? Lamento. Quer que eu faça o Q?”

  16. Goiaba, eu de-tes-to celebridades em geral. Um bando de imbecis narcisistas, drogados e infelizes que acham que só por serem ricos podem falar o monte de merda que falam. Daria uma surra em pensamento em todos eles, sem excessão.

  17. Receita de pão?, por acaso a Damares mudou de pasta? É inacreditável! Na listinha da Fanta uva pode acrescentar tb políticos salvadores da pátria, infelizmente não vão acabar.

  18. Essa história da receita de pão só pode ser sabotagem. kkkkk Coronaro, definitivamente, escancarou as portas do Sanatório Brasil.

  19. Ruy, você é do primeiros a investir no delicioso humor sacástico. A resteg criada é sensacional (quem sabe??? o Sapiens é capaz de tudo: até eleger a dupla Lula/Bolsonaro!!!- como já fez, felizmente isolados.) patenteia-a. Senão vou patenteá-la. E me defender.

  20. Hilario, inteligente e totalmente aderente a realidade da pandemia,,,celerado é um termo pouco utilizado, bom para refrescar a memoria e enriquecer o vocabulario ,,,,et, o atual patamar de obtos e infectados já deve ser computado na conta do consultor Teich, já se passaram 15 dias!!!!!

  21. Bolsonaro abraçou um padre hj, sem máscara, sem luvas e sem vergonha. Máscara (ou outros perfis, dá na mesma), só usa para atacar Ministros e outros desafetos não bovinos.

  22. Para uma coluna sem nenhuma expressividade, com essa do goiaba bichada, Crusoé permite comentários. Para as demais matérias cerceio total da liberdade de expressão.

  23. Ruy, adorável Ruy, não sei o que seria do meu dia sem ler seu artigo... Você é demais!!!! Seus adjetivos (cretino solene) caem como uma luva!!!!! Parabéns!!!!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO