Divulgação/Câmara Municipal de João Pessoa

Temendo durar pouco no governo, Queiroga quer seguir em entidade médica

22.03.21 07:35

Marcelo Queiroga pretende acumular o cargo de ministro da Saúde com o de presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Segundo pessoas próximas, sua intenção é garantir um “porto seguro, caso sua permanência no primeiro escalão do governo Jair Bolsonaro seja abreviada por questões políticas. Sucessor de Luiz Henrique Mandetta na Saúde, o oncologista Nelson Teich ficou no cargo por menos de um mês. Já o general Eduardo Pazuello foi demitido dez meses depois de ser efetivado no comando do ministério.

Queiroga foi eleito presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia para o biênio 2020-2021. Ainda tem, portanto, mais de nove meses à frente da entidade, uma das mais importantes do país na área médica. “Não se sabe quanto tempo ele ficará no governo”, reconhece o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Celso Amodeo.

Amodeo acredita, entretanto, que Queiroga terá condições de fazer um bom e duradouro trabalho na Saúde. “Ele tem jogo de cintura e trânsito na política. Espero que consiga unir todos os lados, como fez na Sociedade (Brasileira de Cardiologia), afirmou Amodeo.

O departamento jurídico da entidade ainda terá que avaliar a legalidade do acúmulo dos dois cargos. Recentemente, advogados da associação deram aval para que Queiroga exercesse simultaneamente o posto de diretor da Agência Nacional de Saúde Suplementar, para o qual foi indicado em dezembro, e a presidência da Sociedade Brasileira de Cardiologia. O médico não chegou a ser nomeado diretor da ANS porque a tramitação não avançou no Senado em razão da pandemia.

Atualização — A Sociedade Brasileira de Cardiologia negou que Queiroga tenha tentado acumular a presidência da entidade com o cargo de ministro, embora tenha admitido que solicitou um parecer jurídico segundo o qual não haveria restrições, em seu estatuto, ao acúmulo das duas funções. Por fim, Queiroga apenas se licenciou da presidência da SBC, o que significa que, sim, caso não dure muito no cargo de ministro, ele pode retomar a cadeira de presidente da entidade.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Para não fazer nada em plena pandemia, como o anterior, pode assumir até mais um cargo se quiser. Um de manhã, outro à tarde e o terceiro à noite, assim recebe pelos três, não faz nada em nenhum e inferniza a vida de todos! Esse é o "Brasil Pátria Amada" que apoiamos em 2018. Mas se arrependimento matasse...

  2. Meu Caro médico e doutor, saia disso imediatamente. Esse presidente não respeita como profissional, cientista, defensor da ciência e do povo. O Brasil precisa do Senhor e de centenas de seus pares. Ps. Não sou esquerdista, só realista.

  3. Bolsonaro passou poucos anos no exercito, o restante foi na vida de politico, civil. Assim como a maioria de seus filhos são politicos.

  4. Se o cargo de MINISTRO DA SAÚDE.. não precisar de EXCLUSIVIDADE..nenhum outro cargo deveria ter.. Que vergonha.. Nem precisaria haver uma pandemia.. qualquer minicéfalo consegue enxergar q o ministério da saúde de um país do tamanho do br.. SE ENCARADO COM RESPONSABILIDADE já seria trabalho pra além do tempo integral. Em pandemia.. nem precisa falar. Doutor Faz-de-conta.. vai pegar outros trabalhinhos, vai.. NÃO PRECISA FAZER BICO NO MINISTÉRIO DA SAÚDE...

  5. Submeter-se a ficar na reserva, enqto o Minto tenta encaixar o Cel "Porpeta", num cargo que lhe proporcione fórum preivilegiado, é ser capacho demais para uma função que exige liderança e autonomia, além do conhecimento técnico.

  6. Milhares de pessoas morrendo diariamente e os Bozistas zurrando, alegres com a performance do genocida. Eles gritam felizes: queremos 500 mil. Bozistas são criaturas horrendas, nojentas, vulgares e criminosas. Eles deveriam ser identificados e presos por crimes sistemáticos contra a pátria-amada.

    1. Joãozinho...claro que são genocidas, mas para evitar redundância, preferi não repetir o que é conhecimento de todos. Por sinal, já lavaste a boca hoje? Como todos sabem, bozistas são imundos!

    2. Se a imprensa levantasse o currículo dele e publicasse, tenho certeza que pediria para sair

  7. Desde sua nomeação nada mudou, as mortes seguem aumentando, mas e daí???O importante para o bolsonazifascista é q mortes sigam acontecendo e o povo em vez de vacina tome cloroquina.

    1. Ele ainda não foi nomeado oficialmente. Mais uma trapalhada do bozo.

  8. ...começou bem o ministro "ligue djá" . o INÚTIL pazuelo foi assim ministro/general, no fim descobrimos que não era nada era só um leão marinho. o nome desse pais DELES deveria ser : BOQUINHA--LITTLE MOUTH-KLEINER MUND-PICCOLA BOCCA ETC..

  9. Pode acumular até dez cargos. Essa sociedades não fazem nada, só servem para alimentar a vaidade de gente pequena mas com o ego grande. MS

  10. Nordestino não desprega do cargo fácil. Ademais essas Socidade médicas só são instituições de representação social e de coleta de anuidades dos associados. Só, somente só.

  11. Kkkkkkkkkkkk. O cara já entra com medo de sair nos próximos dias. O que isso significa? Dias coisas: não confia em si mesmo e tem o rabo preso!

    1. João Bozista — se ele é Bozista, ele é genocida. Igual a você, criatura pervertida. Simples assim! Bozistas são tão néscios. Não conseguem encontrar respostas nem para as perguntas mais simples. Será que é genético?

  12. Dedicar seus conhecimentos (se é que tem)em prol da população, na luta contra o coronavírus, o cafajeste prefere ficar com as mãos agarradas ao bolso $$$.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO