Adriano Machado/Crusoé

PGR quer que inquérito sobre repasse da Odebrecht a Renan vá para o TRE

03.01.21 10:50

Responsável pela Operação Lava Jato na Procuradoria-Geral da República, a subprocuradora Lindôra Araujo pediu ao Supremo Tribunal Federal que remeta ao Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas a investigação sobre suposto repasse de 500 mil reais da Odebrecht para o senador Renan Calheiros (foto), do MDB. 

A manifestação, datada de 14 de dezembro, foi assinada quatro meses após a Polícia Federal concluir o inquérito e afirmar que há “indícios suficientes” de que o parlamentar cometeu o crime de falsidade ideológica eleitoral — o chamado caixa 2 — ao receber e omitir de suas prestações de contas eleitorais doações feitas pelo setor de Operações Estruturadas, como era conhecida a central de propinas da empreiteira, em 2010.

De acordo com as apurações, a Odebrecht repassou a quantia a Renan Calheiros em duas parcelas de 250 mil reais, em espécie. As transferências estariam registradas no Drousys, o sistema de contabilidade de propinas da companhia, e atreladas ao codinome “Justiça”, atribuído ao senador.

“A investigação apontou que houve doação eleitoral não-contabilizada ao parlamentar pelo grupo Odebrecht, no valor de 500 mil reais, registrada em planilha relativa ao ano de 2010, em que consta o pagamento, as datas e o nome do beneficiário, que, por si só, materializa o crime de falsidade ideológica eleitoral”, escreveu Lindôra Araujo. 

O inquérito foi instaurado em 2017 por ordem do ministro Edson Fachin. A investigação mirava, além de Renan, o senador Fernando Bezerra Coelho, atual líder do governo no Senado, apurando a prática de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na construção do Canal do Sertão, em Alagoas.

O inquérito passou para a relatoria do ministro Marco Aurélio Mello e, a pedido da PGR, foi desmembrado, passando a investigar somente os 500 mil reais pagos pela Odebrecht a Renan Calheiros. Delatores afirmaram que o senador pediu propina em troca de apoio político para a obra, de interesse da empresa.

Apesar dos relatos, a Polícia Federal entendeu não ser possível comprovar o conhecimento ou a contrapartida do senador, “ficando a comprovação da prática dos possíveis crimes de corrupção passiva e ativa prejudicada”. Os investigadores, porém, acreditam ter reunido provas suficientes quanto à prática de falsidade ideológica eleitoral.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Renan, notório desqualificado, tem imunidade judicial, algo que beneficia uma série de figuras graúdas da política e do serviço público nos três poderes, quer por relações de parentesco, compadrio e de amizade ou por simplesmente compartilharem interesses escusos. A democracia de compadrio, fonte de atraso e de roubalheira da nossa vilipendiada república.

  2. DECISAO DA JA FAMOSA PGC- PROCURADORIA GERAL DOS CORRUPTOS - AGINDO COMO SEMPRE. MAS, COMO DISSE BOZONARO, O SEU MINISTRO DA JUSTICA TERRIVELMENTE EVANGELICO E O SEU PGR PARTICULAR, NAO PRECISA MAIS DE LAVAJATO, PORQUE DESDE QUE ELE FOI ELEITO NAO EXISTE MAIS CORRUPCAO.

  3. Me parece que o governo(sempre caladinho nessas situacoes), PGR, STF, STJ, OAB, CNMP estao fazendo de tudo para os amiguinhos poderosos da politica e amiguinhos funcionarios publicos, e seus parentes, socios e etc nunca sejam julgados e presos. Eh um trabalho primordial e eficiente para manter eles soltos e o Brasil lider como o pais da impunidade. A grande maioria desses politicos antigos eram pobres e dentro da politica ficaram milionarios, e esta tudo certo com a PGR e nao precisa investigar.

    1. Nyco quem é mesmo Paulo Freire? O que o comentário do colega tem haver com a filosofia de Paulo Freire? Você não sabe de nada, inclusive interpretar texto. Realmente deve ser um robô, um robô estúpido como o que o programou.

    2. "Cidadoes" foi ótima. ... Essa geração Paulo Freire, ... argh!

    3. Lembrando a todos que a corrupcao e desvio de dinheiro publico mata e mata muitos cidadoes brasileiros todos os dias. Pais em que falta tudo, falta; saneamento basico, saude, educacao, merenda escolar, estradas, ferrovias, e etc. E esses politicos e funcionarios publicos vivendo numa casta social diferente da populacao que banca isso tudo e ainda tem que chama-los de excelencias, excelencia eh o povo que paga todas as contas disso ai. Chega, 2022 vamos acabar com essa bagunca toda!! Vote certo!!

  4. Só matando. Esse verme e seus filhos e cúmplices. Maldito útero que pariu esse verme e tantos outros, que zombam da sub-raça que lhes elege.

  5. Uma empresa corrompe políticos, para vencer licitações para a construção de obras. O estrago que isso faz num país é incalculável. Ela superfatura a obra para manter a sua margem de lucro e cobrir o butim. Ela cria um monopólio no setor, impedindo a atuação de outros players, gerando a estagnação. Não vale mais nesse cenário ser mais eficiente e eficaz, mas sim ser amigo e corromper o rei. Avançamos com a Lava Jato, que recuperou vultosos valores para o cofre público. Agora vem o retrocesso.

  6. Imagina só o que esse marginal, que já deveria estar na cadeia há décadas, sabe sobre os demais marginais, para que o taras que é um deles, tenha uma conduta bandida tão explícita sem o menor pudor!!!!!!!!

  7. Renan fez o certo, virou amiguinho do filho do papai bozo, e agora colhe os frutos dessa amizade espúria entre o pai do filho senador corrupto com o seu indicado para a PGR.

  8. Um homem que tem mais de 17 processos e nada acontece. Esse é o Brasil de Aras, de Kassio Nunes, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Flávio Bolsonaro, Ramagem Jair Bolsonaro......e por aí vai!!!

    1. Renan canalheiros, vá para o inferno você e sua maldita família. Verme nojento.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO