Senado

O protagonismo da ‘ala médica’ na CPI da Covid

09.05.21 14:11

A obsessão do presidente Jair Bolsonaro pela difusão da cloroquina, medicamento comprovadamente ineficaz para o tratamento de pacientes com coronavírus, tornou-se um dos pontos centrais da investigação da CPI da Covid e, por consequência, elevou o protagonismo da “ala médica” da comissão.

Integrado por Otto Alencar (foto), do PSD, e pelos petistas Humberto Costa e Rogério Carvalho, o time protagonizou acalorados debates com governistas ao longo da última semana, durante as audiências de Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Marcelo Queiroga, e se destacou pelos argumentos técnicos, sem deixar de lado boas doses de sarcasmo e alfinetadas políticas. 

Um dos embates mais emblemáticos ocorreu entre Alencar e Luis Carlos Heinze, senador alinhado ao Planalto e expoente da bancada da cloroquina. “Em uma doença como a Covid-19, 90% a 95% cursam assintomático, leve ou moderado. Se tomar um copo de água é a mesma coisa que tomar um comprimido, 10 ou 20 de hidroxicloroquina. A água é melhor porque não dá efeito colateral. Como 90% a 95% das pessoas cursam dessa forma, não custa nada um charlatão receitar hidroxicloroquina, o doente ia ficar bom de qualquer jeito e ele diz que foi a hidroxicloroquina que salvou”, disparou o senador do PSD após o colega fazer a defesa do medicamento, durante a audiência de Teich.

Se, até então, os embates se resumiram a discordâncias com governistas da CPI, em 19 de maio a “ala médica” deverá confrontar um depoente: o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, responsável pelo comando do pasta à época da publicação do protocolo que orientava a prescrição da cloroquina até mesmo em casos leves de Covid.

O general foi o mais longevo ministro da Saúde durante a pandemia e, dono do estilo “um manda, outro obedece”, assistiu calado a Bolsonaro trabalhar pela difusão do medicamento. Além disso, foi na gestão dele que houve a distribuição em massa da cloroquina e da hidroxicloroquina a estados e municípios, graças à ampliação da produção pelo laboratório do Exército. Pazuello, dizem os parlamentares, terá muito a explicar e, com temperamento mercurial e falta de conhecimento técnico, corre sérios riscos de ser engolido pelos médicos da CPI. 

Já é assinante?
Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Assine a Crusoé

*válido até 30/06/2021

Assine a Crusoé ou nosso combo e ganhe o novo eBook de Mario sabino

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O que Rogerio Carvalho e Humberto Costa entendem de medicina? Pelo que sei o primeiro quebrou o sistema de saude de Sergipe quando foi secretario de saude do estado e o segundo se especializou em defender as falcatruas do seu chefe lula da silva. Ambos corruptos e aproveitadores do dinheiro publico.

  2. Não é verdade que é comprovada a ineficácia do tratamento precoce incluindo hidroxocloroquina no tratamento da Covid-19. Aliás se isso vier a ser comprovado futuramente quem terá que dar muita explicação não serão aqueles que a defendem. Quanto a essa CPI patética, comandada por um homem ético como Renan Calheiros, poderiam requerer o depoimento de alguns dos centenas de cientistas charlatões que defendem seu uso, como é o caso do prêmio Nobel de 2015.

  3. O curioso é que o número de mortos no estado de SP e aproximadamente 1/4 do total do Brasil,como a população e 1/4 aproximadamente,parece que o vírus e que define! Poderíamos acusar o governador de genocida como fazem com o presidente?Isso e uma ignorância! E os lobby’s das farmacêuticas e o boicote das mídias sociais aos vídeos de quem não concorda com elas,tudo isso tem que ser visto na CPI,o outro lado tem que ser ouvido!

    1. Bobagem Miriam. O governo federal é quem deveria COORDENAR todas as ações durante a pandemia, não interessando onde morre mais gente (é esperado morrer mais em SP, em razão do tamanho da população). A omissão do governo federal é a causa principal desse caos!

  4. Humberto Costa putaria qualquer um petista por acaso tem moral para discutir em uma CPI? Ridículo.. Quem tem nome sujo no galinheiro. A palavra não vale nada. Que horror

  5. Bom q a cpi, inquisidora, chame diversos profissionais, pesquisadores de renome nacional , favoráveis ao uso, p discutir sobre as drogas contra covid, em questão .Não se pode ouvir só um lado .

    1. Me desculpe senhores mas o PAULO e o ARNALDO só falaram merda em seus comentários. O Dr Uipi tomou cloroquina receitada por ele mesmo e não assumiu, foi um covarde que se vendeu ao DitaDória e sua biografia foi pro lixo. O Dr. Kalil foi mais honesto e coerentemente ético confirmando que usou a cloroquina, a ivermectina e todas as drogas possíveis e disponíveis para o tratamento da Covid-19.

  6. Incomoda ver o Humberto Costa Vampiro, figura envolvida em escândalos milionários na sua gestão saúde, receber alguma relevância no que diz. Porque não dar visibilidade a outros como a Simone Tebet, por exemplo?

    1. Lá dentro da cpi uma boa parte , seria, persona non grata na vida pública brasileira, exemplo , o "coroné " relator.

  7. Quanta boçalidade! Parece que leu, mas não entendeu nada. O homem patrocinou e continua patrocinando aglomerações e, ainda, há quem o defenda, apesar de já terem sido contabilizadas mais de 4 centenas de milhares de óbitos.

  8. Goste ou não, só se vacina no Brasil por causa do Dória. Isso os bolsonaristas nunca irão aceitar, mas a maioria deles está se vacinando.

  9. Sásinhóra.... por Tupã, quando será que interditarão de vez o psicopata-psicótico broncossauro para que cesse o genocídio???!!!

    1. É como sempre disse: charlatanismo por exercício ilegal da medicina!!! https://www.em.com.br/app/noticia/nacional/2021/05/09/interna_nacional,1264853/aziz-sobre-prescricao-de-remedios-quem-e-bolsonaro-para-indicar-medicacao.shtml?utm_source=onesignal&utm_medium=push

    2. https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/factcheck/2021/05/08/interna_internacional,1264512/a-primeira-colheita-de-trigo-no-nordeste-foi-feita-na-bahia-em-1986-nao-no.shtml?utm_source=onesignal&utm_medium=push

    3. https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2021/05/09/interna_politica,1264828/bolsonaro-teria-criado-orcamento-em-troca-de-apoio-do-congresso-diz-jornal.shtml?utm_source=onesignal&utm_medium=push

  10. Mas como é que vão fazer desaparecer o vídeo onde Dória indica a Mandetta que ouça o infectologista Davi Uip sobre o uso da hidroxicloroquina, ou cloroquina, como queiram os acéfalos, uma vez que o próprio Uip, ao contrair a Covid 19 usou o tal medicamento. Nossa Senhora da Internet não esquece. Por outro lado, a quantas anda o Processo contra os " médico por Haddad " que usaram doses cavalares dos citados medicamentos em pacientes graves para desacreditar os fármacos?

    1. .....antigas e seguras na dose e tempo certos, ...muito mais seguras p o fígado q o velho paracetamol . A própria agência de vigilância americana atesta isso. Então acho q deve caber ao profissional e paciente a escolha e não ficarem colocando q a droga é proibida e que é ineficaz, muitos serviços aqui e no mundo tem trabalhos randomizados mostrando sua eficiência....como tb o inverso . Lembrando, é o conjunto: higienização, máscara, isolamento físico , tratamento e vacinas !!

    2. Não e bem assim, Arnaldo . Nunca o Presidente trocou vacinas por medicamento, vc está sendo injusto ou mal informado. Nada contra tratar na fase inicial da doença com hidroxicloroquina, ivermectina, e outros. Há divergências em resultados no mundo td, mas nunca houve morte relacionada a seus usos. Estamos numa guerra e se pode usar algo p tratar ( vacina é p prevenir !) que possa mesmo melhorar o quadro ou diminuir risco de complicações, pq não usar? são drogas antigas e seguras

    3. 1.2 - O mundo correu para comprar vacina. Bolsonaro correu para comprar cloroquina. Só que a cloroquina não funciona, infelizmente. Quer uma prova pragmática disso? Eu como um cidadão acima da média, dotado do poder concedido pelo povo brasileiro, autorizo o nosso governo a trocar a cloroquina por vacina. Então Bolsonaro e senadores bolsonaristas, pega todas essas merdas de estudo, junto com às bostas de médicos que ainda defendem a cloroquina e troca pelas vacinas. Faça a proposta para o USA.

    4. 1.1 - Valval, você sugere que voltemos no tempo? Vamos voltar aos primórdios da medicina, quando eram realizadas sangrias para curar doenças. Ou tempos atrás na epidemia de Ebola, quando uma curandeira prometia a cura através da reza. A medicina evolui. A ciência evolui. Uip usou a cloroquina? Kalil também usou? Quando? Ficar agarrado a coisas passadas e superadas, é indício de insanidade mental. Bolsonaro, é um total idiota. E a idiotice dele causou milhares de mortes.

    5. Existem fatos que todo o Brasil conhece: bolsonaro sabotou, de todas as maneiras possíveis, as ações de combate à Covid. O Doria, pelo menos, está ajudando o país com a Coronavac!

  11. O Brasil foi roubado pelo PT e teve um retardamento mental com o Bolsonaro. Se estivéssemos discutindo hoje, se o cinto de segurança salva vidas, Bolsonaro iria se posicionar provavelmente contra. Bolsonaro é um completo imbecil, sempre vai errar em tudo. A Fosfoetalonamina. Ele, como a Dilma, foi à favor dessa pílula. Quanto às vacinas. Ele sabotou descaradamente. Forçou o general Pazzuelo a voltar atrás na compra da Coronavac, que hoje leva a PNI nas costas. Ir contra o Bozo, é acertar 100%.

    1. Arnaldo , ele não foi expulso....houve processo disciplinar e foi absolvido. Não estou apenas na defesa dele, ele não e exemplo p muita coisa , mas nestas suas assertivas, há um engano.

    2. A sua grande frustração foi ter sido praticamente expulso do exército por não conseguir respeitar regras, daí a sua fixação por militares e a sua obsessão pelo "meu exército". Ainda não consegui identificar a causa do seu TOC pela Cloroquina. Ele é um desajustado social, especialista em criar conflitos!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO